História I like you, but you hurt me - Amber Liu - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), EXO, F(x), Got7
Personagens Amber Liu, Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Jackson, JB, Jinyoung, Krystal Jung, Lee Chaelin "CL", Luna Parker, Personagens Originais, Victoria Song
Tags Amber Liu
Visualizações 248
Palavras 991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem qualquer erro, não tive tempo para revisar.

Capítulo 25 - Melhor noite.


Aproximo meus lábios com os dela e a beijo calmamente e devagar. Não demorou muito para ela introduzir sua língua em minha boca. Coloquei uma das minha mãos em sua nuca fazendo nossos rostos ficarem ainda mais próximos, enquanto ela entrelaçou seus braços em minha cintura, fazendo nossos corpos se chocarem. No começo, o beijo estava sendo lente e calmo, mas fomos aumentando a velocidade e foi ficando cada vez mais feroz. Eu passo minhas mãos sobre sua barriga, que parecia ser bem definida. Ela passa as mãos em minhas coxas e divide minhas pernas, fazendo eu me sentar em seu colo. Naquele momento, eu já estava totalmente excitada e só queria ela, mas paramos o beijo por falta de ar. Nos olhamos, ofegantes, e Amber resolve me perguntar: 

Amber: Você quer isso mesmo? 

S/N: Não vou deixar para outro dia, outra vez... Então, sim, eu quero - falo com certeza 

Amber: Mas...

S/N: O que?

Amber: Você nunca tinha feito isso com outra garota. 

S/N: Sabe... Uma garota me falou que eu deveria experimentar, se é que me entende - falo com um sorriso de lado 

Amber: Então está bem... Mas, já que é sua primeira vez com uma garota, quero que seja especial. 

S/N: Como assim?

Amber: Primeiramente, vamos para o quarto, pois não dá para fazer tantas coisas aqui... - fala me olhando maliciosa 

S/N: Como quiser... - nós subimos para seu quarto e ela fechou a porta -  Qual é a parte especial? 

Amber: Você verá - fala vindo em minha direção, me beijando fervorosamente e me jogando em sua cama 

Amber retira seu moletom e logo vejo seus seios, que eram muito bonitos, para falar a verdade. Ela começa a beijar meu pescoço deixando vários chupões que, provavelmente, iriam ficar bem vermelhos. Eu passo minhas mãos pelos seus seios e começo a massageá-los, fazendo ela arfar. Ela retira minha blusa sem parar de beijar meu corpo, depois retira meu sutiã, tendo uma visão completa e bem clara dos meus seios. Em seguida, ela começa a chupar um de meus seios e massagear o outro, fazendo eu gemer baixo. Amber para de chupar meu seio e vai descendo dando selinhos em meu corpo, até que ela chega perto de minha intimidade, quando ela me olha maliciosa e retira meu shorts, deixando eu apenas de calcinha. Ela percebe minha excitação e fala baixinho: "Mas eu nem comecei..." e, logo depois, retira minha calcinha, me deixando completamente nua.

Amber: Tão molhada - fala com um sorriso malicioso e logo abocanha minha intimidade, começando a fazer alguns movimentos devagar com a boca e usando o polegar para massagear meu clitóris, fazendo eu gemer seu nome sem parar e cada vez mais alto. 

S/N: A-amber... Hm... - falo entre gemidos e mordendo o lábio inferior - E-eu q-quero v-você... Awn... Hum... 

Amber: São nessas horas que eu tinho pena dos vizinhos... - fala e logo insire sua língua em minha intimidade, fazendo eu gemer mais alto 

Ela começa a usar sua língua, e muito bem, aliás, e a me chupar. Eu percebo sua cara de satisfeita vendo eu daquele jeito para ela e por ela, afinal... Ela era tudo que eu mais queria. 

S/N Pov's Off

Amber Pov's On

Era tão bom ver ela enlouquecendo daquele jeito por mim, eu me sentia satisfeita a cada vez que ela gemia meu nome e agarrava o lençol puxando meu cabelo em forma de prazer. 

S/N: A-amber... - fala com dificuldade  

Amber: Sim? 

S/N: E-eu a-acho q-que v-vou g-gozar... - fala se segurando 

Amber: Meu trabalho hoje é lhe fazer gozar, então, não se segure... 

Ela acaba se desfazendo em minha boca e eu engoli seu líquido. Como era bom sentir o gosto dela... 

S/N: Agora é minha vez de brincar... - fala me olhando maliciosa 

Nós trocamos de posições, fazendo eu ficar por baixo e ela por cima. Ela começa a fazer o que eu tinha feito nela, o que era maravilhoso. Quando ela chega perto de minha intimidade, ela retira meu shorts e começa a me chupar e utilizar sua língua, fazendo eu gemer cada vez mais. 

Amber: S-s/n... Hm... - fala puxando seu cabelo em forma de prazer - E-eu v-vou... 

S/N: Deixe vir...- eu me desfaço em sua boca e ela engole todo o meu líquido - Tão gostosa... 

Eu a puxo e a beijo passando a mão por todo seu corpo. Eu troco a posição, deixando ela por baixo de mim e começo a beijar seu pescoço e massagear sua intimidade com meus dedos.

Amber: Posso? 

S/N: S-sim... 

Amber: Se doer ou incomodar, aperte minha mão, está bem? 

Ela diz "sim" com a cabeça. Primeiro, eu coloco um dedo e começo a fazer movimentos de vai e vem, devagar. 

S/N: Aaii! - fala com uma cara de dor 

Amber: Ah! Desculpe... - falo retirando o dedo, quando S/N puxa a minha mão de volta 

S/N: N-não... C-continue...

Amber: Como quiser.

Eu a obedeço e continuo com os movimentos de vai e vem, mas ainda devagar. 

S/N: A-amber... M-mais r-rápido... - fala entre gemidos 

Eu faço o que ela pediu, mas adiciono mais um dedo, fazendo ela gemer alto. Começo a ir cada vez mais rápido até ela chegar ao seu ápice, que foi o que aconteceu. 

Eu me deito ao lado dela, nós duas estávamos ofegantes e suadas. Ela me abraça e me dá um beijo calmo. 

S/N: Eu te amo. 

Amber: Também te amo - falo dando um selinho na testa dela - Sabe... Pra sua primeira vez com uma garota, você foi muito bem. 

S/N: Pretendo melhorar, mas, pra isso acontecer, preciso treinar com alguém, claro - fala maliciosa 

Amber: Eu me canditado - falo com um sorriso de lado 

S/N: Devemos fazer isso mais vezes... 

Amber: Realmente... Foi a melhor noite. 

S/N: Fico feliz em ouvir isso. 

Nós damos um leve sorriso e S/N deita sobre meu colo e adormecemos daquele mesmo jeito. Aquela teria sido a melhor noite com a pessoa que eu amava. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...