História I like you, but you hurt me - Amber Liu - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), EXO, F(x), Got7
Personagens Amber Liu, Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Jackson, JB, Jinyoung, Krystal Jung, Lee Chaelin "CL", Luna Parker, Personagens Originais, Victoria Song
Tags Amber Liu, Você X Amber
Visualizações 152
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Seria mesmo o certo?


— Jackson Wang... Não mudou nada, não foi? 

 Você igualmente. - falo rindo e me aproximando dela - Sei que não veio aqui para me dar um "oi" e perguntar se estou bem. Então, pode começar à falar do porquê da sua visita. - falo me sentando a frente dela

— Preciso de sua ajuda. 

 Sabe que não é tão fácil assim, não sabe? - falo colocando minhas pernas sobre a bancada e as mãos atrás da cabeça 

— Sei muito bem. Por isso estou lhe oferecendo minha ajuda para você conseguir pegar Amber de uma vez por todas. 

Tiro minhas pernas da bancada e me aproximo dela. 

 Continue... 

— Sabia que se tratando disso, você iria aceitar. 

 Não aceitei. Só estou dando uma oportunidade para você me explicar melhor sobre o assunto. Então, fale logo. Não tenho todo tempo do mundo.

— Eu posso me tornar próxima de Amber. Não será tão difícil assim, até porque ela foi até em uma festa que fiz. Deu para perceber que ela ainda tem uma queda por mim. 

 CL, eu não estou nem um pouco interessado em sua relação com a Amber. Então, seja mais breve.

— Enfim... Posso à atrair para você. Mas claro, que você terá que me ajudar também.

 De qual jeito? 

— Preciso de dinheiro.  

 De novo? 

— Vai aceitar ou não? 

 É difícil de acreditar em sua palavra, CL... - falo colocando minhas mãos na bancada e me apoiando - Eu aceitarei. 

 Ótimo! 

 Cuide APENAS da Amber. Deixe a outra por mim. - falo dando ênfase na palavra "apenas" 

— Outra? 

— Não sabia? Amber tem uma namorada. Bom... Por pouco tempo, claro. 

— NAMORADA? - pergunta irritada

— Parece que não é a Amber que ainda tem queda por você, e sim você que ainda gosta dela. - falo com um sorriso irônico 

 Cale a boca, Jackson! 

 Ouvir a verdade dói tanto assim? - falo rindo - Mas enfim... Escute o que eu lhe digo... Você pode ser ruim, mas eu sou bem mais. Se eu descobrir que você andou dormindo no trato, considere-se morta. Entendeu? 

— Não se preocupe. Mas você não durma no trato também. 

— Sou um homem de palavra... - falo com um sorriso de lado - Agora saia. - CL sai da sala rapidamente e eu chamo Jinyoung e BamBam - Jinyoung! BamBam! 

Eles atendem rapidamente. 

 Sim, Sr. Wang? - falaram os mesmos 

 Quero que vocês dois encontrem todas as informações possíveis sobre essa S/N. E, se tiverem chance, tragam-na aqui viva. Entenderam?! - falo irritado

— Claro, Sr. Wang. 

— Saiam daqui. - eles se retiram da sala e eu me sento novamente. Pego o vinho tinto que eu tinha em meu escritório e coloco em minha taça, depois bebo um pouco. Apenas fico pensando na S/N enquanto eu mexia a taça com o vinho dentro. - S/N... Não vejo a hora de tê-la aqui. 

Me levando, saio do escritório e vou até meu quarto, onde estava Youngji, sentada na beira da cama, com uma lingerie preta rendada.  

 Sr. Wang... - fala se levantando, cabisbaixa 

 Quero que me chame de daddy agora... - falo me aproximando 

 Como quiser, daddy... 

Jackson Pov's Off

Amber Pov's On 

Eu e S/N tínhamos parado para assistir um filme, mas S/N acabou dormindo com a cabeça em minhas pernas no meio do filme. Eu não queria acordá-la, então comecei à fazer cafuné nela. Aish... Seria mesmo o certo à se fazer? Continuar deixando ela viver ao meu lado mesmo com tudo isso acontencendo? E se ela correr perigo por minha causa? Eu não posso deixar que isso aconteça... 

— Eu não vou deixar ninguém lhe machucar... Eu prometo... - falo baixinho e dou um selinho em sua cabeça, depois acabo dormindo junto à ela 

Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...