História I like you, just - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Kaya Scodelario, Ki-Hong Lee, Rosa Salazar, Thomas Sangster, Will Poulter
Personagens Dylan O'Brien, Kaya Scodelario, Ki-Hong Lee, Rosa Salazar, Thomas Sangster, Will Poulter
Tags Dylan O'brien, Dylmas, Newtmas, Thomas Sangster
Visualizações 30
Palavras 510
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas. :)
Essa é uma fanfic "experimental", digamos assim. Geralmente faço fics com shipps yaoi que gosto somente em forma de one-shot, mas dessa vez resolvi testar algo diferente.
Dylmas é um shipp que eu amo MUITO, e tenho muito carinho por essa fic por ser uma das primeiras que idealizei sobre o Thomas e o Dylan.
É isso.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction I like you, just - Capítulo 1 - Prólogo

Era a trigésima primeira mensagem que Thomas recebia nos últimos dez minutos. Todas do seu incansável melhor amigo. 

- Eu não posso ver agora, raios. - ele resmungava para si mesmo.

Mas aquele barulho irritante de mensagens sendo recebidas era tão impertinente que Thomas se obrigou a largar o resto da louça na pia e secar as mãos apressado, enfim pegando o celular para visualizar as mensagens que não paravam de chegar. 

"Você tá aí?"

"Então, Kaya vai pra um acampamento incrível no final dessa semana"

"Amanhã na verdade"

"Ela convidou todo mundo do grupo, mas como o celular dela estragou teve que avisar pessoalmente"

"E pediu pra mim te avisar"

"Enfim"

"Você vem né?"

"Diz que sim Thommy"

"Ah, e leva seu violão"

"Tá aí?"

"Hein"

"Hein"

"Heeeein"

E eram mais diversas mensagens daquele tipo, que Dylan sabia o quanto Thomas odiava. Fazia isso para o irritar, ele pensava. Admitia mentalmente que gostava da maneira que o amigo o conhecia, mesmo que isso fosse estressante as vezes. 

"Eu vou pensar, talvez eu vá"

A verdade era que ele estava se fazendo de difícil. Queria ver Dylan insistindo para que fosse.

Após mandar a mensagem, colocou o celular no silencioso e o bloqueou. O largou sobre a mesa para logo em seguida enfrentar o terror de sua vida, intitulado louça.


Eram quase seis da tarde quando terminou de lavar os pratos.

- Não acredito que sozinho faço tanta sujeira assim. Isso que dá acumular a louça de toda a semana, Thomas. - reclamou consigo mesmo, logo soltando uma risada e pegando o celular na mesa.

Jogou-se no sofá da sala e desbloqueou seu celular. Mais mensagens do amigo. "Novidade", ele pensou. 

"Beleza, vou dizer pra ela"

"Mas é quase certeza que vai ou não vai?"

Visualizou a mensagem e rapidamente digitou a resposta:

"Quase certeza que vou"

"Mas olha, lá é quente, frio, de quem é o acampamento...???"

Terminando de responder, largou o celular no sofá e ligou a TV apenas para passar o tempo. Não teve muito tempo para procurar programa algum, já que o celular começou a notificar outra mensagem.

"Pelo que fiquei sabendo o acampamento não é tão frio não"

"E sobre de quem é o acampamento, isso importa? hahaha"

Thomas sabia que Dylan não fazia idéia de onde era esse tal acampamento. Mas a verdade é que ele também não. Desde que fosse se divertir com os amigos, e desde que o melhor amigo estivesse lá, então estava tudo bem. Não tinha mais tanto tempo de folga no trabalho de professor de violão. Eram alunos todo dia! Tinha que aproveitar as férias que deu a si mesmo. 

"Eu vou sim"

Após mandar a mensagem de decisão, levantou preguiçosamente do sofá e desligou a TV, caminhando até seu quarto. Começou a arrumar suas coisas cantando uma música qualquer, estava bastante distraído. Não fazia a menor idéia de quantos dias ficariam lá, ou sequer onde era o acampamento. Mas além das confortáveis, estava colocando suas melhores roupas. Fazia isso quase sempre "sem querer" - como se fosse coisa que seu subconsciente mandasse -, mas sempre que ia a algum lugar com Dylan, se vestia como nunca se vestia antes. Era como se quisesse chamar sua atenção. 


Notas Finais


Então, creio eu que a fic tenha só mais dois capítulos (sem contar esse prólogo).
É algo simples, mas é só pra começar, sabe. ;)
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...