História I LOVE Jeon Jung-kook - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 9
Palavras 5.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem 😘😘

Capítulo 6 - Pi pi pi pi piiii alerta de amigo talarico....


Fanfic / Fanfiction I LOVE Jeon Jung-kook - Capítulo 6 - Pi pi pi pi piiii alerta de amigo talarico....

 Jung kook on


Saio de lá fecho a porta e vejo os meninos me esperando Tae deitado em cima do carro do Suga olhando para o céu, Jimim deitado no capô de olhos fechados,Jin encostado no carro mechendo no celular, Nam-joon e Suga sentados em cima de um muro na sombra conversando e Hoseok jogado na grama da casa da minha Omma,vou até eles e falo assustando os mesmos.

(Eu) mais que putaria é essa, só para avisar não tem pão seco aqui não tá (falo e o Jin vem andando em minha direção e me dá um pedala Robinho que fez ver estrelas) nossa prá que agredi não tem necessidade isso.

(Jin) a tem, tem muita necessidade nisso jungkook você mentiu para mim é isso mesmo produção me diga que é mentira ou seus ovos vira omelete seu rapariga.

(Eu) olha Jin eu não quero que eles virem omeletes porque eu planejo ter filhos um dia, mais felizmente não é mentira.(ele foi pra me chutar mais graças a Deus o Nam-joon o seguro o que não adiantou muito)

(Jin) e todos esses anos que eu te ensinei a não mentir em, não valerão para nada é?e Nam-joon se você não me soltar eu juro que vou arrancar suas bolas e do de presente para o meu cachorro comer (o mesmo Souta ele sem nem pensar duas vezes)

(Nam-joon) pronto soutei bixa agressiva.(enquanto eles descutiam entre eles dois ,Suga, Tae, Jimim e o hoseok vieram até minha pessoa e Suga falo).

(Suga) então você não tem nada a falar não?

(Tae) é tipo quem é essa garota misteriosa em?

(Hoseok) é mocinho pode ir se  explicando.

(Jimim) tomara que seja bonita (falo baixo mais eu escutei)

(Eu) como é que é o negócio Jimim, fala de novo que eu não escutei direito.(falo sério com o mesmo)

(Jimim) eu não sei o que você ouviu porque da minha boca não saiu nada.(fala se fazendo de desentendido)

(Tae) mais eu ouvi e ouvi muito bem,o Jimim falo"tomara que seja bonita"então no caso, se eu fosse você eu ficava atento ,porque ele tá planejando pegar tua mina cara, se eu fosse você eu dava uma coça neste toquinho de amarrar jegue aqui.(falo fazendo foguinho)

(Hoseok) pi pi pi pi piiiiii alerta de amigo talarico bem aqui.(falo pulando em cima do Jimim)

(Eu) nem me fale, eu já percebi.

(Jimim) sai de cima de mim seu filho de uma cabrita.

(Tae) oloco eu não deixava falo que a sua Omma nasceu pelada, banguela e sem cabelo.(falo e nós o encaramos) que foi eu falo o que vem a mente, principalmente se for para treta.(todos rimos)

(Jin) então vai falar quem é a abençoada ou não (falou Jin  vindo em nossa direção com o Nam-joon)

(Eu) blz bora negada me segue.(falei atravessando a rua é indo em direção a casa Suga liga o carro dele e estaciona do outro lado da rua)

(Nam-joon) nossa não tinha outro lugar para vocês morarem não tinha que ser em frente a casa da tua Omma?

(Eu) ela já morava aqui com a avó dela.(falo abrindo a porta e entrando em casa)

(Jin) e cadê a avó dela?

(Jimim) é ela deve ser bem gente boa para deixar você mora na casa dela.(fala se jogando no sofá junto com os outros meninos)

(Hoseok) kook eu quero água pega para mim?(fui até a cozinha e pego um copo de água para ele e volto para sala)

(Jimim) então vai me deixar no vácuo mesmo é?

(Eu) infelizmente eu não cheguei a conhecer a avó dela porque a mesma teve um infarto e faleceu na frente dela no ano passado.

Quando eu terminei de falar eles ficaram pasmos e hoseok se engasgou com a água

(Nam-joon) nossa pesado em.

(Jimim) é imagina só você de boas converçando com alguém e essa pessoa ter um infarto e morrer na sua frente e você não poder fazer nada.(fala pensativo)

(Tae) nossa ela deve ter ficado abalada né?(fala num tom meio triste).


(Hoseok) claro né, e se você tivesse perdido alguém especial para você como você iria se sentir?

(Jin) mais é o resto da família dela porque a deixou sozinha esse tempo todo?(fala com um tom de indignação)

(Eu) ela meio que está acostumada a ficar sozinha pois quando ela tinha quinze anos sua família toda morreu em um acidente de carro, então ela ficou sozinha até completar dezesseis anos, que foi quando sua avó descobriu do ocorrido e a trouxe para cá para morar com ela, mais infelizmente alguns meses depois ela teve um infarto e faleceu desde então minha pequena mora sozinha.

(Todos) cara a história dela é tença.

(Suga) então bora mudar de assunto porque eu tô achando que não era nem para nós teremos perguntado ?

(Jin, Nam-joon) é to me sentindo mal por ter perguntado sobre isso.

(Hoseok) né?

(Tae) tá enrolado demais quem é a garota misteriosa cujo o seu passado é extremamente trágico e triste em?

(Eu) bom o nome dela é S...(fui interrompido pela minha pequena que entra em casa mechendo no celular escutando música nos fones e cara mesmo que eu não esteja entendo que ligua é essa ela tem uma voz bonita)

(S/N) 

Era uma vez
O dia em que todo dia era bom
Delicioso gosto e o bom gosto
Das nuvens serem feitas de algodão
Dava pra ser herói
No mesmo dia em que escolhia ser vilão
E acabava tudo em lanche, um banho quente
E talvez um arranhão

Dava pra ver
A ingenuidade, a inocência cantando no tom

Milhões de mundos e universos tão reais
Quanto a nossa imaginação
Bastava um colo, um carinho
E o remédio era beijo e proteção
Tudo voltava a ser novo no outro dia
Sem muita preocupação

É que a gente quer crescer
E, quando cresce, quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

É que a gente quer crescer
E, quando cresce, quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um...

Ela me olhou olhou para os meninos sentados no sofá seu rosto começou a ficar vermelho tirou os fones do ouvido eu tô começando a achar que ela está paralisada por não se encher ela nem pisca .

(Eu) pequena você está bem?

(S/N) ah ...ah...e-eu estou bem sim só que eu não esperava visitas.

(Eu) desculpe não ter avisado.

(S/N) não tem problema kook desde que não tenha nenhuma mulher com quem você possa me trair tá de boas.

(Eu) eu nunca te trairia pequena.

(S/N) que bom, assim eu espero caso ao contrário você não passava de hoje (me lança um olhar sombrio e medonho, mais pequena deu mais medo foi o sorriso dela)

(Tae) gostei muito dela jung kook vamos trocar de namorada?(falo chegando perto dela e a abraçando de lado)

(Eu) obviamente que não né Taehyung,e outras eu não sabia que você tinha namorada.( Que garoto mais estranho )

(Tae) é por isso mesmo, eu fico com ela e você com nada.(deu um sorriso quadrado a S/N deu uma olhada para cima olhou para mim eu fiz um não com a cabeça e ela contrariou fazendo um sim)

(Eu) Taehyung você quer fazer o favor de sair daí ?

(Tae) foi mal mais eu não vou poder, aqui tá bom.

Ela pegou o braço dele que estava em seu ombro passou para trás dele torcendo seu braço como os policiais fazem sabe então daquele jeito Taehyung faz uma cara de dor enquanto ela o prensa contra a parede e fala.

(S/N) primeiro: eu não sou um objeto para ser trocado, segundo: eu não quero ser sua namorada, terceiro: nunca mas nunca mais coloque essas mãos em mim sem eu dar permissão entendeu.

(Tae) cara gostei de tudo quer ser minha irmã mais nova?(fala e ela o souta ele se vira e os dois se abraçam acho que isso é um sim né o que a de errado com essa gente?)

(Eu) tabom já acabou (falo e eles se separaram e ela vem para o meu lado) pequena esses são jin Nam-joon Hoseok Taehyung mais pode chamar ele de Tae e jimim mais pode ficar bem longe dele também,e meninos essa garota maravilhosa a sua frente é a S/N.(ela me cutuca e aponta para o garoto que estava  no sofá cochilando) e esse é o Yoongi mais pode chamar ele de Suga ele é gente boa menos quando acorda ele.

Termino de falar é ela pula no colo dele o mesmo acorda com algo em cima dele olha para ela na vontade de bater mais ela fala.

(S/N) floquinho de neve você vai mesmo me bater?(fala e ele olhou com mais atenção colocou as mãos na cintura dela e fala)

(Suga) a é você Içá mais o que você está fazendo aqui?

(S/N) essa é a minha casa,o que você ta fazendo aqui veio me visitar?(fala alegre)

(Suga) não vim visitar o meu amigo kook você deve conhecer né já que ele entrou na sua casa.

jin me cutuca e avisa do shorts que ela estava usando eu vou em direção a eles tiro minha blusa vou até eles tiro as mãos dele enrolo a minha blusa nela e a pego no colo

(S/N)  acho que esse pequeno ato  de ciúmes responde sua pergunta né?(fala um pouco alto enquanto eu subo as escadas com ela)

Entro no quarto e deixo ela sentada na cama e vou até o guarda roupa pego uma calça que parecia ser bem confortável e levei para ela a mesma me olhou e disse.

(S/N) primeiro:tá Color e eu não vou vestir isso, segundo: para que isso, terceiro: porque você me trouxe para cima?

(Eu) muito simples você está com um shorts bem chamativo para estar no meio daqueles garotos pervertidos e...(ela se levantou pego a calça que eu estava segurando e foi até o guarda-roupa ) o que você vai fazer senhorita?

(S/N) kook eu não vou vestir a calça tá muito calor deixa eu ficar com o shorts?(fala e faz carinha de triste)

(Eu) a pequena não faz isso comigo...affs tabom pode ficar com o shorts, então pega a blusa mais comprida que você tiver.

(S/N) tá bom amor, agora se vira tá.

Eu acho que ela não percebeu que a palavra que ela falou me fez Cora eu só vou me virar para ela não fica zuando comigo pego o meu celular no bolso e uso como um espelho para ver o que ela está fazendo a mesma está de costas para mim mechendo no guarda-roupa pega uma blusa branca grande mais um pouco curta pois só ia até o final de seu shorts e se virou eu guardo o celular o mais rápido possível.

(S/N) então...a não acredito kook desse jeito não dá de confiar em você.

(Eu) mais eu não fiz nada pequena.

Ela vem até mim me fazendo vira para ela e me olha com uma cara de brava.

(S/N) "não tava fazendo nada pequena", isso é o que nós vamos ver por que eu acho que uma parte do seu corpo me prova o contrário.(ela aponta para o meu membro e da uma risada sapeca eu olho para ele povo um travesseiro e o tampo me deito na cama e tampo minha cara com as mãos e falo.)

(Eu) você também não ajuda em nada,vestida desse jeito.

Eu sinto algo sentar em cima da minha barriga olho para cima e do de cara com a minha pequena me encarando dou um sorriso e ela fala.

(S/N) como assim eu não ajudo em nada vestida desse jeito em?

fala com um sorriso que eu pensei que nunca ia ver em seus lábios um sorriso malicioso eu não pude aguentar e me levanto um pouco me apoiando na cama com um braço e o outro eu coloquei em sua cintura ela acabou tendo que sentar em sima  do meu membro isso me deixou com mais vontade ainda de pegar ela de jeito naquele quarto e fazer ela ficar sem andar por uma semana para punila de tudo o que ela fez e esta fazendo comigo então selo nossos lábios com um beijo calmo e apaixonado porém a coisa foi ficando tença e piorou quando ela começou a rebolar em mim eu me separei do beijo e jogo a cabeça para trás.

Kook off

S/N on 

Eu começo a rebolar em seu membro e ele joga a cabeça para trás isso estava mechendo tanto comigo quanto com ele eu começo a arranhar suas costas que o faz soltar um gemido eu sorrio e quando a coisa começo a ficar mais séria nós escutamos um cochicho do lado de fora do quarto eu saí de cima dele e ele foi até a porta sem fazer barulho abriu a porta e pença numas negada que viram vulto e saíram correndo de lá mais rápido que um raio kook me olhou e nós começamos a dar risada deles até que ele parou e olhou para mim ficou me encarando de cima a baixo eu começo a ver um volume em sua calça que já tinha baixado antes ele percebeu que eu estava o encarando assim como ele estava me encarando então ele se vira e fica de costas para mim 

(Kook) é eu acho que é melhor você se trocar logo pequena.(bora provocar para ver o que acontece)

(Eu) ué porque você não gostou ?(vou me aproximando dele até que eu estava bem pertinho dele e falo) eu acho que está bom assim você não acha?( falo e o abraçando por trás)

O mesmo se vira e me prensa contra a parede e inicia um beijo mais desta vez foi um beijo feroz e necessitado coloco minhas mãos em volta do seu pescoço, e ele vai escorregando suas mãos da minha cintura até minha bunda apertado a mesma levemente,nos separamos do beijo e ele foi deixando trilhas de beijo no meu pescoço até o ombro,e lá ele deu uma leve mordida me fazendo soutar um baixo gemido ele voltou a me olhar e eu vi um sorriso em seus lábios,a kook porque você  tem que soutar aquele sorriso lindo que me deixa louca por você, ele tira meu cabelo do meu rosto e deposita um beijo na minha bochecha e tira a minha blusa e vai fazendo trilhas de beijos do meu braço até o meu ombro onde ele ia morder novamente antes de alguém tossir na porta nos separando kook abaixa a cabeça e eu olho para a porta vendo que quem estava lá era nada mais nada menos que o Suga eu sorrio para ele e o mesmo fala .

(Suga) aí me desculpem eu atrapalhei alguma coisa foi.( finge estar surpreso)

(Eu) na verdade sim .

(Suga) foi mal mais se vocês não se esqueceram tem visitas na casa sabe.

O kook me olha e vê que eu estou só de sutiã e se coloca em minha frente.

( Kook) yaa hyung feche os olhos seu tarado.

 Suga parece processar o que estava acontecendo até que olha para o chão ao lado do pé do kook e vê a blusa que eu estava usando e fala tapando os olhos.

(Suga) aí caralho desculpe Içá vou esperar vocês lá embaixo tchau.( ele sai correndo para baixo)

(Eu) eu acho que ele ficou constrangido kook.

(Kook) é mais eu tô falando sério S/N coloca uma blusa e uma calça.

(Eu) mais tá calor e eu não vou colocar a calça jungkook.( Falo choramingando)

(Kook) tá então só coloca uma roupa mais comprida.

(Eu) tá mais vai ser a primeira e última vez que eu faço isso entendeu.

(Kook) faz o que?

(Eu) obedeço você.

(Kook) minha pequena é orgulhosa.

(Eu) sou mesmo,o que você vai fazer kook?

(Kook) vou resolver um probleminha com meu amiguinho aqui,porque a pergunta?

(Eu) por nada só curiosidade.

(Kook) curiosidade do que vai querer me ajudar?

(Eu) claro que não né kook.

(Kook) viu meu senhor o que eu passo neste lugar ela só me judia pai amado.( Fala saindo do quarto e indo para o banheiro e eu fecho a porta do quarto)

 Vou até o meu guarda roupa e pego um vestido branco que vai até o meu joelho, uma sapatilha branca,ajeito meu cabelo e desso para a sala chego lá e vou até os meninos que estavam sentados no sofá conversando como não tinha mais espaço no sofá eu sentei no colo do Suga ele me olhou assustado e disse.

(Suga) Içá pelo amor de Deus menina para de me assustar desse jeito por quê uma hora dessas eu morro.

(Eu) tabom mais é só porque eu não quero perder você também tá.( Falo e o mesmo me abraça)

(Suga) você não vai se livrar de mim tão fácil bebê.

(Eu) então sobre o que vocês estavam falando em?

( Jimim) de você e o kook que abandonaram nós aqui e foram se comer lá em cima.( Eu o olhei e o mesmo calou a boca)

(Suga) é brincadeira Içá calma.( Fala me fazendo deitar em seu peito e começa a me fazer cafuné)

(Eu) aqui é bom e aconchegante me transmite uma segurança e muito sono.( Eles riem de mim e eu mostrei a língua)

(Tae) ah como essa garota é tão fofa gente ( fala e aperta minhas buchechas)

(Eu) fofa é a sua almofada eu sou incrível.( Pisco para ele e o mesmo da risada voltando para o seu lugar)

(Nam-joon) então S/N nós estávamos pensando em fazer uma festa do pijama mais para isso precisamos da sua autorização.

(Eu) porque vai ser aqui em casa?

(Todos) sim né.

(Eu) por mim tudo bem desde que seja só nós.

(Hoseok) mais não vai ser um pouco estranho uma festa do pijama com sete garotos e uma garota?

(Eu) é só chamar a namorada de vocês ué.( Falo e eles dão risada)

(Suga) não temos namoradas Içá.( Todos concordam)

(Eu) ótimo então minha próxima missão é arranjar a garota perfeita para vocês.

(Jimim) tá mais enquanto a festa do pijama?

(Eu) vai ter só que com uma condição.

(Hoseok) e qual seria?

(Eu) que o jin seja a minha Omma e o Nam-joon meu Appa.

( Jin/Nam-joon) O QUE COMO ASSIM.

(Tae) fechado .

(Nam-joon) Taehyung!!

(Jin) a por mim tudo bem, afinal um filho a mais ou um a menos não faz diferença.

(Nam-joon) mais para mim faz já tenho pestes bubônicas demais concideradas como filhos e agora mais uma que é pior que os cinco juntos não vai dar nananinanão.

(Eu) então sem festa.( Falo e escondo meu rosto no peito do Suga)

(Nam-joon) tá bom eu aceito você como minha filha S/N sua pequena chantagista.

(Eu) ebaaa.( Falo pulando de alegria mais aí o Suga segura minha cintura e fala com muita dificuldade,os meninos começaram a conversar entre eles ficando apenas eu e o floquinho conversando)

(Suga) i-i-iça pelo amor de Deus p- para com isso.

(Eu) aí meu Deus floquinho me desculpa eu não tinha pensado nisso antes de pular em você eu juro.(falo preocupada)

(Suga) tá tudo bem Içá não precisa se preocupar com isso,eu aprendi a controlar um pouco essa parte do meu corpo desde quando eu te conheci, só que também tem um limite né.(fala e eu me viro ficando sentada de frente para ele e o abraço.)

(Eu)  me desculpa mesmo floquinho de neve eu não sabia que você era sensível nessa parte.

ele se meche para retribuir o meu abraço mais semquere ele faz eu me mecher como se eu tivesse rebolado em seu membro derrepente sinto algo duro cutucar minha intimidade e com ele se mechendo não parecia ter notado que eu já estava corada então ele tira o seu braço que estava atrás de si mesmo e me abraça me fazendo ir mais para baixo só não penetrou mais fundo porque sua calça não permitiu eu cutuco ele e o mesmo me olhou e disse.

(Suga) Içá o que aconteceu por quê você está corada pera não me diga que...(eu o interrompo e falo)

(Eu) tá meio que acontecendo algo que não deveria estar acontecendo aqui embaixo sabe você meio que está me pen...( não me deixou terminar por causa dos meninos ele começa a ficar vermelho eu tenta me mecher para ver se parava só que estava piorando)

(Suga)  Içá você pode parar de se mecher por favor você não tá ajudando.( Fala e morde o lábio inferior tentando não soutar qualquer barulho estranho para os meninos não perceber o que estava acontecendo com nós)

(Eu) olha não é culpa minha você disse que sabia se controlar e agora nós estamos numa dessas você acha que é culpa de quem?

(Suga) é porque você nunca sento de frente para mim,só se sentou de costas, você não acha que tem uma diferença entre sentar de frente e sentar de costas não é,e outra você está de vestido.( Me encarou e disse)Içá me diga que você está de shorts por baixo por favor?

(Eu)  bom eu meio que não estou.( ele começa a ficar vermelho igual uma pimenta)

(Suga) desculpe Içá eu sinto muito mas o negócio tá tenso aqui em baixo.( Ele fala e começo a rir) Içá me diga o porque você está rindo numa hora dessas sua desgraça.

(Eu) é para não chorar porque semquere o meu melhor amigo está quase me penetrando só que a única coisa que felizmente impede é a calça dele olha que situação maravilhosa essa não?

( Suga) Içá por algum acaso você se lembra que quando você está em uma situação difícil é começando a ficar nervosa você começa a grita, então foi o que aconteceu você falou alto o suficiente para eles escutarem e agora estão nos encarando.

(Eu) puta que pariu véi eu joguei pedra na cruz.( Eu falo e o Jimim se levantou e vai até o pé da escada e grita)

(Jimim) tabom o negócio tá estranho aqui, O JUNG KOOK VEM AQUI PARA BAIXO POR FAVOR.(Jimim fala e em menos de um minuto ele aparece do lado do sofá me pega no colo com cuidado para não aparecer minha calcinha se sentou no outro sofá e me colocou  sentada ao seu lado eu olho para o outro sofá e vejo que o Suga não estava mais lá provavelmente foi para o banheiro)

(Eu) kook vamos ao mercado?(ele me olha e fala)

(Kook) ué porque se vai fazer o que no mercado?

(Eu) Jeon Jung kook me explicar o que uma pessoa faz em um mercado seu monte.

(Kook) o que você vai comprar se já temos tudo o que precisamos aqui?

(Eu) aé kook vai ser assim então né blz sabe eu estava pensando em fazer algo legal hoje a noite mais pensando bem eu vou fazer com Tae ou o Jimim ou melhor com o Suga ele sim me escuta, me elogia quando eu ti triste ele me alegra, quando eu não quero fazer uma coisa ele não enche o meu saco igual você enche sabe kook eu acho que você não me ama de verdade (começa a chorar fazendo drama me levanto e saio de perto dele é dou de cara com o Suga entrando na sala o abraço e finjo que estou chorando ele me abraça e fala)

(Suga) Içá o que aconteceu porque você está chorando?

(Eu) porque o kook não me ama mais floquinho e a única coisa que o mantém preso a mim é essa vontade idiota dele de tirar a minha virgindade e o medo dele de apanhar de mim floquinho ele não me ama era tudo uma mentira ele tava mentindo para mim.( Chorando juntei toda a tristeza que eu tinha dentro de mim e liberei nesse choro mais chorei de soluçar cara eu deveria ser atriz)

Suga olhou severo para o kook e não falou nada a única coisa que ele fez foi limpar minhas lágrimas e me levar para a cozinha me coloco sentada no balcão pego um copo de água com açúcar e me deu e eu bebi e comecei a balança os pés pois o balcão era longe do chão estáva parecendo uma criança.

(Suga) escuta Içá você não acha que pego um pouco pesado no drama não é.(pego o pote de biscoitos de chocolate que estava em cima da mesa abriu me deu um e começa a comer.)

(Eu) aé agora você está me chamando de dramática sério eu esperava isso de todos menos de você floquinho...( Antes de eu terminar meu drama ele me dá um abraço e deposita um beijo na minha cabeça eu volto a comer meu biscoito enquanto ele faz carinho na minha cabeça ele se afastou de mim e eu mostro a língua para ele)

(Eu) seu chato 😛.( ele pego o meu biscoito e come)

(Suga) sua chata que eu amo tanto.( Da um sorriso lindo e eu aperto suas bochechas rosadas e dou um beijo em cada uma delas é por último um beijo na ponta do seu nariz)

Kook entra na cozinha abre a geladeira pega o último Toddynho que tinha, pego o pote de biscoitos da mesma e pego os últimos três que tinha comeu e o seu Toddynho acabou rápido ou só fiquei observando o que ele fazia até que o mesmo escuta o barulho do seu Toddynho acabando me olha e fala.

(Kook) tabom vamos no mercado logo aí eu já aproveito e compro mais Toddynho.( Se levanta e vem até mim me tira do balcão me colocando no chão)

(Suga) perai o Içá tudo isso era para ir no mercado?

(Eu) sim é a propósito kook hoje vamos fazer uma festa do pijama tá.

(Kook) o que como você decide fazer uma coisa dessas sozinha com seis garotos sem a minha permissão pequena?

(Eu) porque tem algum problema e aliais o Tae agora é meu irmão, o floquinho é meu melhor amigo,jin é minha Omma, Nam-joon é o meu Appa e o Jimim não se atreve a chegar perto de mim porque sabe do que eu sou capaz e você é o meu namorado kook deveria confiar mais em mim sabia?(ele me olhou deu uma risada e falo)

(Kook) isso vindo da garota que ameaça me castrar se eu a trair, bora suga você dirige.( Fala e pega a minha mão eu pego a bolsa que estava no balcão atrás de mim e sigo ele)

(Suga) "Suga você dirige"é claro que eu dirijo né sua anta porque você não vai nunca mais tocar nesse volante.

pega a chave e sai de casa junto com os outros meninos entramos no carro e fomos para o mercado chegando lá e saio correndo pego um carrinho vou até o kook que me colocou dentro dele por eu só ter 1,60 de altura e saio me empanado hoseok foi em outro e jin sai o empurrando,Tae e Nam-joon, Jimim e Suga, então ficou assim eu e o kook responsáveis pelos doces, Jimim e Suga pelas bebidas,jin é Hoseok pelos salgados, Tae e Nam-joon pelas coisas do desafio por exemplo uvas, morangos, limão balões e essas coisas, kook vai até o corredor de doces e eu saio pegando chocolates,balas de goma, bolachas recheadas, mais quando eu ia pegar cookies ele passou reto eu olho para ele e falo.

(Eu) Mozão eu quero cookies.

(Kook) mais porque se você já tem a mim?

(Eu) eu quero os de verdade.

(Kook) e por acaso eu sou falso?

(Eu) não, mais eu quero os comestíveis.

(Kook) e eu não sou?

(Eu) de serra forma sim mas eu quero os gostosos.

(Kook) e eu não sou gostoso?

(Eu) eu quero os cookies kook os cookies volta lá logo.

(Kook) não vou voltar lá pequena.

(Eu) porque não?

(Kook) porque é canibalismo S/N você vai matar e comer os coitados dos meus parentes.

O Suga passa do lado do nosso carrinho e joga quatro pacotes de cookies para mim e sai correndo e eu aproveite para pegar algumas caixinhas de  pocky/pepero sem ele ver depois de um tempo naquele corredor o carrinho já estava cheio então kook me tirou de la eu fiquei abraçada com ele o tempo inteiro.

(Kook) pequena sabe o que está faltando?

(Eu) o que kook ?

(Kook) os meus todyynhos bora pegar ?

(Eu) fazer o que né vamo logo.

Saímos procurando por esse bendito negócio pelo mercado achamos o kook encheu só não encheu o resto do carrinho porque eu falei que se ele fizesse isso eu ia quebrar todos os dentes dele fomos para o caixa a mulher nos encarou com uma cara de tédio e falo.

(Xxxx) vocês são o quarto carrinho cheio hoje sabia,o primeiro foi de foi garotos loucos com o carrinho sheio de salgados,o segundo foi dois barraqueiros com o carrinho sheio de uvas, morangos, balões, limões,espleis de pintar cabelo,e espleis de pichação,o terceiro foi de dois aucolatras com o carrinho cheio de bebidas alcoólicas e só alguns referentes e sucos naturais e água de coco, agora vocês com o carrinho sheio de doces.

fala já terminando de passar tudo eu pago e falo para o kook e o carinha que estáva o ajudando.

(Eu) siga-me os bons.( E saio saltitante na frente deles)

S/N off 

Kook on

Minha pequena sai saltitante na nossa frente indo em direção ao carro e o cara que estava me ajudando fala.

(Xxxx)  ela é sempre assim?

(Eu) assim como?

(Xxxx) desse jeito alegre como uma criança inocente,ela é gringa não é?

(Eu) é brasileira, porque?

(Xxxx) a isso explica o seu corpo escultural,sem falar naquela bunda  do tamanho perfeito,seus seios de tamanho g sabia que dá de perceber tudo isso só de olhar para uma garota né.

(Eu) claro se você for um tarado que dá encima de todas as garotas que vê sem saber se elas têm ou não namorado, porque para mim você parece um cara que não tem medo da mortes sabia?

(Xxxx) tá com ciúmes cara foi mal aí soque o que é bonito tem que ser admirado.

(Eu) sabe que se eu não tivesse com as mãos ocupadas eu te bateria né?

(Xxxx) aliás você é o que dela ?

(Eu) sou o namorado dela é o cara que vai ter bater se você não para com essa pouca vergonha seu pervertido.(ele me olha assustado e fala)

(Xxxx) me desculpa mesmo cara você tem todo o direito de ficar bravo aliais eu falei da tua mina...

(Eu) escuta aqui o mano ela não é minha mina é sim minha princesa, então ou você cala essa boca e para de falar ou eu arranco a tua língua qual você prefere?(ele ficou pianinho) escolha sabia carinha escolha muito sabia.

Fomos para o carro colocamos as coisas no porta malas, entramos  no carro e Suga liga  o mesmo logo S/N entra no carro e senta no banco da frente colocou o sinto de segurança e vamos para casa na metade do caminho ela olha para trás me procurando quando me vê fala.

(S/N) kook do que vocês estavam conversando?

(Eu) vocês quem pequena?

(S/N) você é aquele cara que ficou me olhando como se fosse me comer com os olhos.

(Eu) o desgraçado ainda ficou te secando aí meu Deus eu não sei o que faço com esses pivetes de hoje em dia.(falo e coloco minhas mãos na minha cabeça bagunçando meu cabelo)

(S/N) ele fala como se tivesse uns 30 anos ao invés de 17, mais então vai me responder ou tá difícil?

(Eu) nada de mais pequena eu só falei que se ele continuasse falando do seu corpo na minha frente eu iria bater nele.

ela se virou para frente quando chegamos em casa saímos do carro pegamos as sacolas e entramos em casa deixamos as coisas na mesa e fomos sentar no sofá minha pequena e jin estão na cozinha guardo as coisas até que....










Notas Finais


Me desculpem polos erros e pela demora de postar isso se tiver alguém lendo né mais mesmo assim espero que tenham gostado 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...