História I love my "brother" - Incesto Park Jimin - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 36
Palavras 471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eai povvoooo
Tô de volta com mais um capítulo
Boa Leitura❣❣

Capítulo 3 - Seugi?


Fanfic / Fanfiction I love my "brother" - Incesto Park Jimin - Capítulo 3 - Seugi?

Depois daquele dia Jimin nunca mais me provocou ou me xingou, pelo contrário, ele nunca mais olhou na minha cara. 

Se passou 1 semana e hoje o Park pediu para todos nós jantamos juntos pois tinha uma notícia para a família.

Confesso, estou com medo. Por que? Não sei.

Já estava quase na hora do tal jantar, então decidi ir tomar banho.

Sai do banheiro, coloquei uma langerie preta, uma calça de moletom, uma blusa regata e calção minha pantufas e desci.

Já estavam todos na mesa, do lado de Jimin estava uma menina que eu nunca vi, e deu pra perceber que ele estava nervoso.

Me sentei ao lado da omma e respirei fundo pensando no que poderia estar por vim.

-- Já que estão todos à mesa, eu não vou enrolar muito. Essa daqui é Seugi, minha namorada.

-- Filho parabéns, meu Deus meu BB cresceu.

Ele se levantou e foi abraçar o filhinho enquanto aquela varia da tal Seugi sorria.

Eu não o por que eu quis chorar, eu apenas levantei e comecei a andar em direção ao meu quarto, mas quando eu passei pelo Park, ele segurou o meu braço.

-- Aonde você vai?

-- Pro meu quarto.

--Por que?

-- Eu disse que eu estava sem fome.

-- Você não disse nada

--Não? Então estou dizendo agora.

--...

Me soltei de seu braço, e subi as escada.

Entrei no meu quarto e fechei a porta, me deitei na cama e por mais que as lágrimas queriam escorrer eu não ia deixar, acabei dormindo.

                    2 anos depois

-- PARK SN, ENQUANTO NOSSOS PAIS NÃO ESTÃO EM CASA QUEM MANDA NESSA POHA SOU EU.

-- POR QUE VOCÊ NÃO VAI COMER AQUELA VAGABUNDA DA SUA NAMORADA E ME DEIXA EM PAZ??? NÃO PEECEBEU QUE EU NÃO SOU FELIZ???

Subi as escadas correndo e entrei no meu quarto, sentei na cama, tirei meu saltos e comecei a chorar. Senti alguém me empurrar e o impacto do colchão. O Park estava em cima de mim e.... Ele estava chorando?

Seu rosto foi se aproximando do meu, iniciamos um beijo calmo e gostoso e ao poucos foi se tornando selvagem. Ele me pegou no colo e me pressionou contra a parede. Sua mão passeava pelo meu corpo. Nos separamos pela falta de ar, ele desceu os beijos para o meu pescoço enquanto eu segurava o seu cabelo.

Eu sei que o que estávamos fazendo, não está certo, mas... naquele momento eu não pensava em nada.

Ele me jogou na cama e tirou sua própria camisa, quando ele ia voltar a me beijar a campainha ecoou pela casa.

Jimin saiu de meu quarto xingando os caralhos a quatro, porque o inteligente dispensou todos os funcionários da casa enquanto nossos pais estão fora.

Fiquei deitada ditando o teto enquanto esperava Jimin voltar

Jimin on 

Desci a escada puto com quer que seja, iria mandar a pessoa pra puta que pariu.

Abri a porta e quando olhei pra pessoa travei.

- Oi amor.

-Seugi?

Continua....




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...