1. Spirit Fanfics >
  2. I love my daddy >
  3. Jimin

História I love my daddy - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amores boa leitura 🧡💛💜

Ah! Esse é o penúltimo capítulo da fic

Boa leitura 😊

Capítulo 6 - Jimin


Fanfic / Fanfiction I love my daddy - Capítulo 6 - Jimin

Sol brilha forte não céu sem nuvens. É três rapazes aproveitam o clima quente, para se divertirem na piscina na tentativa de amenizar o calor.

Namjoon está sentando na espreguiçadeira, debaixo do guarda sol, se deliciando com água de coco enquanto analisa um certo primo que nada destraido. Este é o único que o Kim ainda não teve o prazer de provar, sendo ele perfeito pra fechar com chave de ouro as férias em família.

Não se deixe enganar pela baixa estatura ou pela aparência angelical, Park Jimin e a volúpia encarnada, sua mania de passar a língua sobre os lábios cheios, junto a sua forma de flertar descaradamente já motivaram varias noites sem dormi ao Kim. Fato agravado quando Hoseok comentará o qual bom Jimin é em fazer seu parceiro chorar de prazer.

Namjoon abaixa seu óculos escuros ao pesseber o Park lhe olhando, a mão gordinha arruma os fios loiros molhados, enquanto sorri de lado, movimento imitado pelo maior, o sorriso de covinhas e uma piscadela e direcionado ao loiro, o maior resolve entrar na água. Quem sabe esse é seu dia de sorte. Retira sua camisa tendo o loiro o comendo o com os olhos, junto a Hoseok que fala algo em seu ouvido, motivando um sorriso safado.

A água fria da piscina causa arrepios em sua pele, ele mergulha chegando próximos dos outros rapazes.

- Qual o assunto tão interessante? - Pergunta, recebendo olhares sugestivos, Jimin o agarra pela cintura o surpreendendo.

- Meu garotinho me contou algo realmente muito interessante. - Hoseok se afasta um pouco de ambos vendo o desenrolar.

- O que seria? - Rodeia o pescoço do mais novo com os braços.

- Que você está louco pra me dar. - Segura com força a cintura do maior.

[...]

- Que entradinha apertada bebê. - Fala em um quase gemido, enquanto começa a foder o maior. - Como consegue ser tão gostoso. - Agarra o rosto do Kim trazendo para perto dando um rápido selinho.

Água se move junto as corpos, as bolas do Park batem com força no bumbum fofo de Namjoon que apoia seus braços dobrados fora da piscina para ajudar na sustentação.

- Urg! Jimin mai...s Hum. - Pede curvando a cabeça pra trás ao ter seu ponto mágico acertado.

- Que lindinho meu bebê quer mais quer? - Segura a cintura do maior diminuindo a velocidade, ouvindo o murmúrio descontente. - Quer que eu acabe com seu cuzinho gostoso? Que te foda até não aguentar ficar em pé? - A cada palavra ele entra forte, gerando suspiros sôfregos no moreno - Pede então, implora pra ser fudido pelo seu papai.

- Awn papai me fode! come o meu cuzinho come, me deixa todo abertinho. - Namjoon pede choroso rebolando no pênis alheio, Jimin sorriso vitorioso como resposta logo recomeçando as estocadas rápidas. - Awwn! pa..papai isso ahm!

- Meu bebê está tão lindo gemendo pra mim - Agora a água balança com força. - Vai grita como eu te fodo bem, eu quero ouvir sua voz safada.

- Ahh Ji-min papai hum... awh! - Tenta pronunciar algo, porém não sai nada coerente.

Seu falo esquecido e segurado pela mão gordinha do castanho, que rodeia sua glande pressionando a ponta por onde vaza pre sêmen. O Kim sente seu corpo vibrar, a voz prender na garganta.

- Parece que o nammie quer soltar seu leitinho. - Dita masturbando Namjoon, o mesmo acena com a cabeça rapidamente. - No entanto meu garotinho tem se comportando muito mau. - Tira seu membro do mais velho, que geme desgostoso olhando o menor sair da piscina se sentando na espreguiçadeira ao lado da de Hoseok. - Vem senta aqui no meu colinho. - Namjoon como um cachorrinho obediente cumpre a ordem.

O Kim está sentado de costas para o loiro, ele segura o membro duro encaminhado o para sua entrada descendo sobre ele de uma vez, Jimin geme alto, eles passam a se mexer, as vezes se virando para darem um beijo desajeitado. Sendo assistidos pelo Jung que suspira sôfrego, por ter cido proibido de se tocar pelo Park mais cedo. Jimin vendo seu outro menino nesse estado teve uma ideia.

- Hobi baby vem aqui no papai, vem. - Jimin impedia o movimentos do maior, estendendo a mão em direção ao Jung que logo lhe obedece.

- O que o senhor deseja? - Pergunta, posicionado do lado do Park.

- Veja essa boquinha deliciosa. - Ele segura o rosto do Kim virando lhe, para que possa beija lo, deixando seus lábios molhados, e depois aproximando os do pênis de Hoseok. - Você não acha que ela ficaria melhor te chupado? - Fala rouco.

O corpo de Namjoon ferve em excitação, observando o mais velho sorri malicioso e acariciar seu cabelo dando um puxão em seguida.

- Acho, seria lindo ver ele se engasgado comigo. - Os dedos descem parando em seu queixo o erguendo. - Você quer isso, bebê? - O beija de forma agressiva, afasta se vendo o Kim acenar positivo. - Uma verdadeira vadia. - Sorri, colocando de uma vez na boca quente do moreno, que perde o ar pela força usada. Jung tirá o falo uma linha de saliva e pré sêmen liga os dois, ele ouve o outro torci, porém Namjoon  rapidamente coloca a língua pra fora pedindo por mais.

Jimin volta a impulsionar o quadril de Namjoon, este que arfa abafado. O Kim se sente próximo de chorar de prazer, o Park vai rápido e fundo fazendo suas pernas se contorcerem a cada estocada, enquanto Hoseok fode sua garganta de uma forma lenta torturante, o Jung se coloca inteiro interrompendoa respiração do Kim, até o mesmo quase perde o ar, então se retira apreciando a visão de Namjoon corado com saliva e pré gozo escorrendo de seu lábio enchado.

- E...eu awn não ague...to mais. - O tom de Namjoon bera o despero, Hoseok puxa os fios negros de forma bruta, sorrindo sádico. - Por favor para.

- Tenho certeza que aguenta, vai querer  decepcionar nosso papai hum? - Pergunta manhoso, os olhos do Kim estão molhados e lágrimas escorrem por sua buchechas rosadas.

- Isso mesmo bebê, vai mesmo deixar seu papai triste? - Diminue a velocidade entrando e saindo inteiro, depositando beijos no pescoço pouco marcado. - Me responde. - Estoca forte, sorrindo contente pelo grito causado.

- N-não, eu não quero o papai triste. - Fala chorroso.

- Bom menino, então rebola pra mim. - O pedido e obedecido de imediato, ele também volta abrigar o pau do Jung, mesmo sentido sua mandíbula doer. - Ele está sendo tão bom pra nós. - Acaricia sua cintura.

A noção de tempo já se perderá, quando finalmente Namjoon sente sua boca se encher com a porra do mais velho, ele engole o que consegue sentindo uma parte escorre por seus lábios. 

- Que bebê mais guloso. - Jimin exclama, seu ápice estar perto também. - Agora sim você pode gozar, Seokie por que não o ajuda. - O citado ajoelha na frente da espreguiçadeira, segundo o falo tenso do maior começando uma masturbação lenta, enquanto que a boca brinca com os botãozinhos rígidos.

- Ah! Ahn Jim...min hum seok! - Ele se dessfas na mão do Jung, fazendo seu cuzinho espremer o pau do Park que se derrama em seu interior.


Notas Finais


Não esqueçam de se proteger minhas amorinhas doces.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...