História I love you - KiriBaku - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou
Tags Bakudeku, Bokunoheroacademia, Genderbend, Kiribaku, Myheroacademia, Yaoi
Visualizações 80
Palavras 527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Sim, amigos.


POV BAKUGO

 

Oi meu nome é Katsuki. Katsuki Bakugo. Sou muito provavelmente o garoto mais popular da escola, todos me adoram, claro, sou incrível. Mesmo tendo todas as garotas no meu pé estou namorando Izuki, a mais popular, na verdade, nunca cheguei a realmente gostar dela, afinal, tenho de manter minha posição.

Hoje é domingo, para ser preciso, o último dia de férias, pois é, amanha começa aquele inferno ao qual nós chamamos escola. Estou no meu quarto arrumando as coisas com minha namorada desesperada me mandando mensagens, não têm noção de quantas vezes eu já estive pra terminar com ela, mas não posso, caso isso acontece-se aquela vadia iria falar mal de mim pra suas amiguinhas e eu estaria completamente fudido, e não da boa maneira. Então vesti meu pijama, me deitei, e abri as mensagens da minha namorada. A criatura já estava criando teorias de como eu estaria a traí-la e etc etc. Ignorei. Coloquei meu celular na mesinha e apaguei a luz.

 

7:20 a.m.

 

Acordei com o barulho infernal do despertador, me levantei, e fui no banheiro fazer minhas higienes pessoais. Como acordei cedo demais e ainda tenho tempo, lembrando que as minhas aulas só começam umas nove horas, fui tomar meu café de manhã com toda a calma do mundo e logo depois coloquei meus fones e saí de casa.

Eram 8:30, "cheguei cedo demais" pensei. Adentrei na sala e me sentei mo lugar de costume esperando todo mundo chegar. Não passaram nem três minutos e entrou um garoto, a questão era, quem era aquele garoto? Muito lindo por sinal, aqueles cabelos vermelhos e aqueles olhos brilhantes da cor dos meus e, ah, também tinha uma cicatriz num dos olhos! Cara, eu já andava duvidando da minha sexualidade faz um tempo, além disso eu nunca senti isso, o meu coração estava batendo mais forte? Muita coisa passava na minha cabeça, pensamentos que o garoto misterioso parou com a sua, doce, voz.

- O-oi, você me poderia dizer se essa é a sala A? – ele coçou a nuca, adorável.

- Ah, s-sim, oi, essa é a sala A sim. Você por acaso é novo? – comecemos com calma, não quero assustá-lo.

- Sou sim! Vim de uma escola do outro lado do país. Me chamo Eijiro Kirishima, e você é...

- Katsuki Bakugo. Vai ouvir falar muito de mim. – Sorri.

- Por acaso até já ouvi comentarem sobre você nos corredores – ele riu. – Tinha uma garota à sua procura, não seria melhor.. – cortei a fala dele.

- NÃO! Não, não.. a essa hora da manhã não pelo amor de deus! – entrei em desespero.

- Ei, ei, calma cara, oque ela tem de mal? – ele pareceu curioso.

- Ah, desculpa não te falar logo de início. Provavelmente a garota que você ouviu falar de mim é minha namorada, Izuki. – ele pareceu um pouco desiludido, porquê? – Ela é muito chata, já não a suporto.

- Se ela é assim tããããão chata como você falou, porque simplesmente não termina com ela? – arqueou a sobrancelha.

- Não é tão fácil quanto parece... - mormurei.

- Ah eu te ajudo! – olhei espantado – amigos se ajudam não é?

 

        Sim, amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...