História I love you, i need you JB (Imagine JB <3) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Lu Han
Visualizações 130
Palavras 1.421
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, turu bom?
Eu to bem.
Demorei? Não...magina.
Eu morri, mas voltei como sempre.

Boa leitura anjos❤

Capítulo 11 - Capítulo 11


Meu celular que estava em cima de minha coxa, começa a vibrar, tinha chegado uma nova mensagem. Logo o pego e o desbloqueio.

Msg on

Yj: Oi

S/n: Oi

Yj: por que não veio?

S/n: preguiça...

Yj: hahsha, dei uma fugidinha do trabalho pra falar com você...estou atrapalhando?

S/n: Nunca JaeJae

Yj: você vai fazer alguma coisa amanhã à tarde?

S/n: Não

Yj: Quer ir no cinema comigo?

S/n: Claro, que horas?

Yj: Passo aí de 14:00 horas, pode ser?

S/n: Haram, já sabe o filme filme quer ver?

Yj: Sim...

S/n: Qual?

Yj: Não vou contar, é surpresa!

S/n: Fala YoungJae, por favor...

Yj: Não

S/n: Chato

Yj: Adoraria conversar mais contigo, mas tenho que ir trabalhar...tchau

S/n: Tchau...5 beijos

Yj: Rsrs, 10 beijos

Msg off

Coloco meu celular do meu lado e fico assistindo TV até notar que a minha pipoca acabou. Levanto do sofá indo até a cozinha e coloco o potinho na pia, volto para a sala e me sento no sofá. Fico um tempinho largada no sofa até escutar o carro do Jin chegar.

- S/n me ajuda aqui por favor?- Jin fala abrindo a porta cheio de sacolas.

- Eita, comprou o mercado todo...- falo pegando algumas sacolas e levando para a cozinha

- Só a metade.

- Só pode ter pedras nessas sacolas...

- Exagerada.

Guardamos as coisas e depois subo para meu quarto, sento na minha cama e pego meu celular, e me vem na cabeça aquele garoto...

Esquisito ele não ter mandado mensagem ainda...Será que ele está tramando algo?

Msg on

S/n: Oi

Deddy: oi...oque te deu hoje? Nunca me manda mensagem

S/n: Está tramando algo?

Eita...kkkkk vamos logo ao ponto

Deddy: Oque? Hahsha, oque te faz pensar que estou tramando algo?

S/n: Achei estranho você passar tanto tempo sem mandar mensagem pra mim.

Deddy: Achou estranho ou ficou com saudade?

S/n: Saudade? Hahsha só você mesmo pra achar que senti sua falta.

Pesado

Deddy: Nossa...machucou.

S/n: Sério? Tadinho...

Deddy: Tomara que você goste do filme amanhã.

Como ele sabe? Que porra tá acontecendo aqui?

S/n: Oque? Como tu sabe que eu vou ao cinema amanhã?

Deddy: Agora sabe o porque que eu passei o dia todo sem te mandar mensagem...

S/n: Você é muito estranho.

Deddy: Você ainda não viu nada...

S/n: Credo, você me assusta.

Msg off

Coloco meu celular do meu lado e fico lendo um livro por um tempo até o Jin chegar no meu quarto e me chamar para ir jantar, nós jantamos e depois fomos para a sala, sentamos no sofá e ficamos assistindo TV.

- Eu quero ver um filme.- falei o-olhando, fazendo uma carinha fofa.

- Vou ver meu dorama, quero nem saber.- disse se acomodando no sofá com o controle na mão.

- Deixa de ser chato, Jin!- falo tentando pegar o controle.

- SAAI...Eu peguei o controle primeiro!- ele estica o braço com o controle pra longe de mim

- ME DÁ...

- SAI S/N!

- ME DÁ LOGO ISSO!

- NÃO, vai catar coquinho!- Jin diz e espicha a língua pra mim, pareciamos duas crianças.

- FRESCO!

- CHATA!

- Então coloca logo nessa coisa.- falo fazendo bico e cruzando os braços, me jogando sentada no sofá novamente.

- É dorama!

- C.O.I.S.A!- falo e ele me olha sério e em seguida se desmancha em risos.

- Que foi?- começo a rir da risada dele - Fala doido, aish...

- Tu é muito besta...- ele fala parando de rir.

- Acho que vou te enternar num manicômio, seu doido.

O Jin coloca no tal dorama dele e ficamos assistindo. Quando termina subo para meu quarto e vejo que deixei a janela aberta, vou até ela e a fecho, estava bem friozinho. Sigo para o banheiro e tomo meu banho, saio do banheiro e me visto, deito na cama e fico lendo o livro que ainda não terminei. Alguns minutos depois Jin abre a porta do meu quarto do nada e quase dei um pulo da cama com o susto.

- Oushi...- falei fechando o livro com o susto.

- S/n, tem problema se você ficar sozinha um pouquinho?- Ele fala com um mini sorrisinho.

- Claro que não, Pra onde você vai?- perguntei curiosamente alegre, fazia algum tempo que ele não saia para curtir a vida. Só saia para o trabalho!

- Uns amigos me chamaram pra ir numa festa...

- Ata, então não vou ficar sozinha um pouquinho e sim um poucão.- eu ri e me sentei na cama

- É só algumas horinhas...se quizer fico em casa mesmo, não tem problema.

- Tem problema sim! Pode ir que eu não vou morrer...não se preocupa.

- Tá...não quer ir também?

- Não...

- Então...eu já vou.- ele fecha a porta e desçe.

Acho uma maravilha o Jin se distrair um pouco, ele tem trabalhado demais ultimamente. Coloco meu livro na cama e me levanto indo até a porta, saio do meu quarto e desço as escadas e vejo Jin ainda na sala.

- Desistiu?- falo enquanto caminho para a cozinha pra beber um copo de água

- Não, meus amigos vão vir pra cá...nós vamos juntos

- Ata.

A campainha toca e escuto a porta sendo aberta, logo depois vozes, dou uma espiadinha da cozinha e vejo dois caras. Não é por nada não mas...eles são uns gatos.

Por quê que minha camisola tinha que ser tão curta? Aish, como vou sair daqui?

Tomo coragem e sigo para a sala com as mãos para trás e com o cabelo solto, um pouco bagunçado. chego na sala e os dois caras me olham de cima a baixo.

- É sua irmã?- Um dos caras fala ainda olhando pra mim.

- Sim, essa é a s/n, minha dongsaeng!- Jin fala sorrindo pra mim e logo após olha pra eles.

- Oi...- falei olhando para os dois. Eu estava vermelha.

- Impossível ela ser sua irmã...- O mesmo cara fala, e o outro rir baixo.

- Que?- Jin o olha.

- Nada não.- ele fala rindo

- Esse aqui é o Jackson, e esse o Jinyoung ou Júnior...- Jin falava apontando para cada um

- Oi...- falou o tal de Jinyoung sorrindo de maneira amigável.

- Pode me chamar de Jack se quiser também.- Jackson fala sorrindo e eu concordo com a cabeça.

- Vocês querem alguma coisa? uma água?- Jin pergunta, muito educadinho como sempre.

-Não.- diz Jack balançando a cabeça negando.

- Não, obrigado.- Jinyoung respondeu educadamente. Ai que moço educado...seria outro Jin?

- Então vamos?- Jin falou olhando algo no celular.

- Vamos!- falam os dois moços em unison

- Até logo s/n..- Jinyoung diz acenando

-Tchau s/n, oque acha de agente marcar de sair um dia?- Jackson fala e Jin dá um tabefe na cabeça dele.

- SeokJin!! Tchau pessoal, tchau Jin...

- Tchau e não vai dormir tarde.- ele fala e fecha a porta.

Corro até a janela e fico olhando eles entrarem no carro do Jin, Jackson que estava no banco de trás coloca a cabeça pra fora do carro e acena sorrindo, acabo acenando para ele também. Jinyoung abre a porta do banco do carona e entra, em seguida coloca a cabeça pra fora do carro e me olha.

- TCHAU DENOVO S/N...- Jinyoung grita sorrindo e eu apenas aceno.

- ENTREM POR INTEIRO NO CARRO E PAREM DE CRIANCICES! PORRA!- Jin fala... grita, abrindo a porta do carro.

- Credo calma, oushi...- Jinyoung fala e ele e o Jackson tiram as cabeças das janelas do carro.

- Tchau s/n...se cuida!- Jin fala e entra no carro.

Jin da partida no carro e eles vão embora. Saio da janela e volto para meu quarto, me deito na minha cama, aquele garoto o "Deddy" parou de me ligar e falar aqueles troços...tenho que começar a chamar ele por outro nome, mas qual? Ah que se foda. Me ajeito na cama e acabo adormecendo.

[...]

Acordo com barulhos altos de risadas, olho no meu celular e eram 3:00 horas da madrugada. Levanto da cama e saio do quarto indo até a escada, fico espiando pra ver o que tava rolando, e lá estavam os doidos, mas estava faltando um, o Jinhyung. Tinha algumas garrafas de bebidas e eles conversando sobre algo e riam bastante.

- Oque está espionando?- Jinyoung chega do nada falando baixo e me assusta.

- Mano...cê é louco? Quer me matar de um susto?

- Desculpa, mas oque faz acordada a essa hora?

- Acordei com as risadas de vocês, mas oque você faz aqui em cima?

- O Jin pediu pra mim ver se você estava bem...

- Ata...

- Então, vamos descer pra sala?

- Não, não, eu vou voltar a dormir, está muito tarde...

- É mesmo, não é hora de criança ficar acordada.- ele fala e sorrir cínico.

- Criança? Que criança? Não sou nenhuma criança!- Falo e ele rir

- Tá rindo doque?- falo cruzando meus braços.

- Nada, vai dormir...

- É, vou mesmo, tchau.- me despedi indo em direção a meu quarto.

- Boa noite s/n...ou bom dia, sei lá.

Riu e fecho a porta do meu quarto, me deito na minha cama e durmo de novo.


Notas Finais


Gostaram??
Espero que sim ^^
Comentem pfvr...e o JB aparecerá sem roupa alguma no seu quarto🌚 EITA heuheuhe

Tchauzinho amoras <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...