História I Love You (Meldris) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Meliodas, Zeldris
Tags Meldris
Visualizações 72
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction I Love You (Meldris) - Capítulo 1 - Prólogo

Tudo está tão confuso em minha vida, eu nunca imaginei que isso aconteceria com nós dois, esse sentimento por você é errado?


Seu beijo selvagem e cheio de desejo me enlouquece, sua língua explorava cada parte de minha boca, sua mão percorre meu abdômen por baixo do fino tecido da camiseta vermelha que eu vestia, nos separamos pela maldita falta de ar eu olhava para suas orbes verdes que eram hipnotizantes, um sorriso malicioso era nítido em seu rosto, me fazendo corar mais ainda com tudo isso

-Meliodas...

Não tive tempo de falar, Meliodas me interrompeu com mais um beijo selvagem como antes, é errado eu gostar de tudo isso? Você é meu irmão, nós não deveríamos sentir isso um pelo outro

Novamente nos separamos pela maldita falta de ar, nossas respirações estavam ofegantes e aceleradas, Meliodas retirou sua camiseta rapidamente fazendo que eu tivesse a visão perfeita de seu corpo, sinto meu rosto arder mais ainda, como tudo isso aconteceu? Esse sentimento que sentimos um pelo outro, quando isso tudo aconteceu?


Um mês antes de tudo


-Meliodas eu vou matar você

Estava furioso com meu irmão Meliodas, o mesmo havia brigando com o Hawser por causa de mim e agora estamos na detenção

-Zeldris se acalme, não tem motivos de ficar assim por causa de tudo isso

Sinto um nervo em minha testa

-Meliodas você nunca larga do meu pé, eu sei me defender e não preciso de sua ajuda, e você realmente não deveria se meter nas coisas minhas

Meliodas retirou os olhos não se importando com nada que eu dizia, me deixando mais zangado ainda com ele, cruzo os braços tentando me acalmar para não dar um murro na cara dele, sinto um olhar sobre mim e era do loiro olho para ele com raiva mas ele não se intimida e sorri

-Você fica tão fofo quando está bravinho

Sinto minhas bochechas arderem

-Idiota, porque todos falam isso para mim?

Falo resmungando irritado, ouço o loiro rir de meus resmungos

-ZELDRIS!!!

Ouço a voz de Gelda me chamando e logo a albina entra na sala onde estávamos, ela vem até mim com um grande sorriso em seus lábios

-Gelda não grite desse jeito? E se a professor acordar?

-O professor nem vai me notar que estou aqui

Eu ainda me pergunto como o professor ainda não acordou

-O que faz aqui?

-Bem eu queria que você me ajuda se, com aquilo

Suas bochechas ficaram vermelhas

-Com aquilo?

Estava confuso

-Zeldris!! Você realmente se esqueceu daquilo?!!

-Para de gritar Gelda o professor

-Me desculpe

-O que vocês dois estão falando?

Meliodas estava com uma voz fria e com um semblante sério, ele não gostava de Gelda ainda menos quando ela está perto de mim . Gelda ignorou a pergunta dele e me olhou esperando que eu me lembrasse de algo, até que...

-Espera aí, ela veio hoje?

Me levantei da cadeira assutado, a albina concordou

-Merda, vamos Gelda

Pego o braço dela e saio da sala rapidamente deixando o loiro sozinho na detenção

-Gelda você preparou tudo aquilo?

-Sim, mas eu ainda acho que não vou conseguir me declarar para ela

-Você consegue eu não fiquei preparando tudo isso para no final você não se declarar para Liz



Eu estava escondido atrás da árvore observando Gelda que segurava uma rosa, a espera de Liz uns minutos se passaram e logo vejo a rosada Indo em direção a Gelda, eu cruzava os dedos torcendo para que tudo desse certo, as duas estavam de frente uma para outra Gelda deu a rosa para Liz que pegou e encarou a flor, Gelda deveria dizer o que sentía por Liz o amor que ela sentia pela garota mais popular da escola, realmente ela estava se saindo muito bem ela parecia não gaguejar com nenhuma palavra, mas quando Gelda terminou de dizer tudo, Liz jogou a rosa no chão e pisou em cima da flor, eu arregalei os olhos surpreso com tudo a rosada ria de tudo pude ouvir ela xingando e humilhando Gelda, eu sai de trás da árvore de cerejeira e fui até onde elas estavam

-Ei não fala assim com ela, Gelda gostava de você e é isso que você vai fazer com ela humilhar?

Pude ouvir Gelda chorando olho para a mesma que estava caindo em lágrimas, e rapidamente saiu correndo me deixando sozinho com Liz que apenas ria, eu olho para a mesma irritado

-Ela mereceu tudo isso

-Você não tem coração, você não se importa com os sentimentos que ela tinha por você !

Vou correndo atrás da Gelda más no meio do caminho acabo me esbarando em Meliodas, me levantei rápidamente más o mesmo segurou o meu braço com força

-A onde você vai com tanta preça?

-Não é dá sua conta

Meliodas me encara por alguns minutos e solta o meu braço dava para ver a raiva em seus olhos más porque? Ele está assim?, eu então voltou volto a correr a procura de Gelda, mas não consigo achar ela em lugar algum, então sinto o meu celular vibrar em meu bolso pego o aparelho e vejo que era uma menssagem da prateada

-Zeldris eu nunca fui tão humilhada em minha vida

-Gelda a onde você está? Eu estou preoculpado com você

-Não se preocupe comigo

-Gelda me fala logo onde você está!

Nada ela nem se quer visualizou a menssagem que mandei, liguei para ela mas a mesma não atendeu

-Merda, o que eu faço?

Suspiro cansado e irritado, sinto uma mão em meu ombro esquerdo olho para trás e vejo Estarrosa meu irmão do meio

-Porque está tão estressado baixinho?

-É por causa da Gelda, Liz am rejeitou é ainda a humilhou

-Nossa

-Agora eu não sei o que fazer

-Então vamos para casa

-Más..

-Eu sei que está preocupado com sua amiga,  mas ela está querendo superar isso sozinha

-Você tem rasão

Que sensação é essa que estou sentindo?  De ser observado, que estranha sensação é algo angustioso

Olho para trás assustada a procura de algo, mas nada e isso parece piorar

-O que foi maninho?

-Nada

Ando pelos corredores vazios junto com Estarossa, e a sensação ainda não passava e cada vez ficava pior

O que será isso?


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...