1. Spirit Fanfics >
  2. I Love You More >
  3. Praia dos Pogues

História I Love You More - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem.
Boa Leitura.

Capítulo 1 - Praia dos Pogues


 — Bom dia, pai — digo assim que me junto ao café na manhã. — Vamos para algum lugar hoje? 

— Não, não vamos — Meu pai responde, concentrado no jornal. — Tenho muito trabalho, mas Alessandra e Miguel vão passear de barco hoje.

Sorrio para o Miguel, filho da esposa de meu pai, ou seja, minha madrasta. Nós não nos damos muito bem e eu nem quero. Alessandra sempre foi uma cobra, mas meu pai é muito cego para perceber. 

— Onde está sua mãe, mocinho? 

Miguel tem quatro anos, já sabe andar e falar, mas por causa de Alessandra ele sempre fica no colo. Ele apenas indica com a cabeça para a escada. O que quer dizer que ela está no quarto.

— Você vai com eles Isabela?

— Não, pai. Posso ir na Sarah hoje? 

— Claro.

Ele se levanta, dá um beijo na testa de Miguel e sobe as escadas indo, provavelmente, para seu escritório. Alessandra desce as escadas logo depois, ela estava com um vestido preto em Outer Banks, seguro o riso. Alessandra está com uma rasteirinha bege e sua bolsa da mesma cor, pendurada em seu ombro.

— Já acabou, querido? 

Miguel nega com a cabeça e volta a comer seu cereal integral. Ela me olha e sorri falsamente.

— Você vai conosco? 

— Não, mas obrigada.

Ela suspira, aliviada. Pega Miguel no colo, ele tenta pegar a tigela, mas ela o afasta da mesa.

— Já chega, assim vai engordar. — Ela volta para mim. — Que bom que não vai conosco, não terei de te aguentar hoje.

E saiu.

Confesso que mesmo sendo uma Kook, rica. Me sentia triste, indesejada. Desejo todo dia ela, minha mãe, volte para casa..

Minha mãe, Allie Reis, é uma Pogue. Se casou com meu pai, um Kook, e me teve. Mas, ela conheceu outro rapaz e se apaixonou, foram embora de Outer Banks, me deixando com meu pai. Ela envia alguns cartões de feliz aniversário e feliz natal, mas não é a mesma coisa. Agora eu tenho uma irmã que é dois anos mais nova que eu, ela nunca nem sequer falou comigo e tenho a sensação de que não quer. 

Me sinto solitária, mesmo tendo muitas pessoas ao meu redor. Não tenho com quem conversar, a não ser a Sarah. Sarah Cameron, minha melhor amiga, companheira para tudo até para fumar, beber. Mas, claro, escondido de todos.

Me levanto da mesa e subo para meu quarto. Pego meu celular, ligo para Sarah que atende no terceiro toque.

— Isa? 

— Oi, tem alguma coisa programada hoje?

— Não, por quê? 

— Estou indo para aí, não sai!

Desliguei.

Faço um coque bagunçado em meu cabelo, coloco um short branco com uma camiseta amarela estilosa. Um tênis vans meio sujo, por outras vezes que corri na terra. Pego meu óculos de sol, passo um protetor labial e saio.

Nosso barco não estava mais a vista, Miguel e a jararaca não estavam mais em casa.

Saio de casa, correndo, indo em direção à casa de Sarah.

 

Uns vinte minutos depois avisto minha melhor amiga confusa em frente de sua casa. Ela me vê e balança a cabeça em negação.

— O quê? — Pergunto assim que cheguei ao seu lado, ofegante.

— Por quê não veio com seu carro?

— Precisava pensar — respondo. — Mas, falamos disso depois.

Ela assente.

— Alguma festa? — pergunto.

— Não que eu saiba.

A puxo pela mão em direção ao seu carro.

— Então, vamos ver o que temos hoje. 

Ela abre o carro e nós entramos, eu no carona e ela no motorista.

Sarah liga o carro, mas quando íamos sair ela para.

— Já sei onde vamos. — Sorriu para mim e fomos para a estrada.

Coloco nossa playlist e começa a tocar "River" da Bishop Briggs. Começamos a cantar alto, quase gritando e rindo demais uma da outra. Abro todas as janelas do carro e começo a cantar/gritar para as pessoas que vinham caminhando ao nosso lado. Dentre essas pessoas, estavam Kiara e seus amigos. Dessa vez eu e Sarah gritamos mais alto provocando um susto em todos, que nos olharam feio.

Rimos da cara deles. Sarah não gostava de Kiara, eu não tinha nada contra. Mas, é aquela coisa, se sua amiga não gosta de uma pessoa, você também não gosta.

 A próxima música é da Ariana Grande "God is a woman". Sarah ama essa música.

Chegamos ao nosso destino depois de alguns minutos. 

Viemos para a praia dos Pogues.


Notas Finais


Confesso que fiquei sem inspiração no meio do capítulo, mas consegui.
Finalmente postei alguns dos meus pensamentos de histórias/fanfics para pessoas lerem.
Não sei se escrevo bem, mas se sim, obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...