História I love you, my baby boy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Sugamon
Visualizações 114
Palavras 1.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 3 - Not Today


Fanfic / Fanfiction I love you, my baby boy - Capítulo 3 - Not Today

 P.O.V's Yoongi.

 Ele... Ele me beijou. Eu não estou acreditando que isso aconteceu. E o pior, eu disse sussurrando um "eu te amo" baixo para ele, será que ele escutou? Mas eu acho que sim, pois ele me abraçou mais forte. Não posso reclamar. Eu adorei tudo isso. Ainda estávamos nos abraçando, até que ele se separa e me olha diretamente nos olhos, sem desviar o olhar de mim. Essa sua atitude me fez corar violentamente. Mas eu estava tão feliz que resolvi ignorar esse fato e, por impulso, o beijei novamente. Melhor beijo que eu já tive, e meu primeiro, mas não esperava que seria com um homem, e principalmente com ele, Namjoon. 

 -Não esperava que meu primeiro beijo fosse com você.-Sua expressão mudou completamente, e o mesmo sorriu malicioso para mim. Já sabia que já vinha com segundas intenções, mas resolvi me certificar.-O quê? O que isso tem de mais? 

 -Você é virgem também, meu amor?-Aquela sua voz sensual me deixava louco! Me deu arrepios, e pude sentir minhas bochechas ficarem mais vermelhas e quentes com tal pergunta. 

 -Si... Sim...?-Isso soou mais como uma pergunta. Mas acho que ele não percebeu e o mesmo me jogou na sua cama e ficou por cima de mim, mordiscando meu pescoço e sua mão passeando sua mão por debaixo da minha camiseta me fazendo soltar baixos gemidos. Mas eu não estava pronto para isso, não agora.-Nam... Namjoon. 

 -Diga, meu babyboy... O que deseja?-Aquela sua voz sexy e sua tentativa de tentar fazer aquilo comigo... Estava fazendo com que eu cedesse a ele, mas preciso me controlar, não podia me entregar assim de bandeja.

 -Eu não estou pronto, ainda.-Ele parou com os movimentos quando eu disse isso, então voltou a me encarar um pouco triste na verdade, fiquei com pena do mesmo.-Não fique assim, só estou negando porque não estou pronto ainda. 

 -Claro, o que eu não faço por você? Mas lembre-se, você é meu, só meu e de mais ninguém.-Falou sério. Que me deu arrepios. 

 -Mas Namjoon, nem namoramos direito. 

 O mesmo nada disse, apenas me deu um selinho, mas foi o suficiente para me fazer corar.

 -Estamos assim a um tempo, com provocações, carícias e beijos... E ainda pergunta se estamos namorando? 

É verdade... Estamos nessa troca de beijos e caricias a um tempo, realmente estávamos namorando. E principalmente, o ciúmes que sentíamos um pelo outro. 

 -Mas Suga... Você é só meu. Se alguém tentar tocar em você com más intenções, essa pessoa pode se considerar morta.-Com suas palavras eu me arrepiei e senti calafrios. Mas eu adorei, e muito. Saber que alguém me ama.  

-Claro Namjoonie, sou todo seu.

 O mesmo pulou em cima de mim fazendo com que a gente caísse em cima da cama novamente. E me deu uma mordida na região da clavícula, tão forte que fez sangrar.

-AIIII! PORQUE FEZ ISSO NAMJOON?- Ele lambeu o sangue dos lábios e se levantou e logo se pronunciou:

 -Só querendo mostrar para os outros que você tem dono.-O mesmo me deu um beijo no lugar onde mordeu, e deu uma leve lambida limpando um pouco do sangue.-Como deve ser seu gosto?

 Ele fala cada coisa que me deixa tão envergonhado, só podia ser ele mesmo... Mas adorava quando ele falava isso. Mas eu estava mais preocupado em como contar isso aos meninos. 

 -Como vamos contar isso aos meninos? Pode ser um assunto delicado...

 -Vamos fazer que nem o V e o J-hope. Como assim? Ele está dizendo que eles dois já fizeram "aquilo" uma vez?

 -Eles tem algum tipo de relacionamento?-Eu estava suspeitando sobre se eles dois tivessem alguma coisa. Será? -Eles namoram...?

 -Sim.-Uma simples resposta mudou tudo. E assim eu já sabia mas... PORQUE O HOSEOK NUNCA ME CONTOU SOBRE ISSO?!?. 

 -Hoseok está morto.-Namjoon começa a rir.

 -Ué, o que ele fez?-Pergunta ainda rindo da minha palavra.

 -Sou o melhor amigo dele, e aquele filho de gente não me conta nada? Então ele vai ficar sem saber sobre nós! 

Namjoon continua rindo e se deita de novo. Hm... Se ele me chama de babyboy.... Ele é meu Daddy? Vou começar a provocá-lo.

 -Heyy Daddy... Quero atenção.-Digo manhoso e subo em cima do mesmo e começo a rebolar em cima do seu membro, pude ver sua excitação ali, então o maior segurou pela minha cintura e começou a acelerar os movimentos, até que eu parei e comecei a tirar minha blusa vagarosamente, e pude ver que seu amiguinho ficou agitado. Então sai de cima do mesmo. -Isso foi só provocação meu amor... O interessante está longe de chegar.-Digo maliciosamente.

 -Aaahhhh Yoongi... Quando for a nossa vez, vou te punir por ser um garotinho mal...-Disse, me puxando para mais um beijo. Até que ouço batidas na porta. Namjoon bufou, mas eu hesitei um pouco ao abrir a porta.-Toda vez que chegamos na parte interessante, alguém interrompe!-Então ele cai na cama e "fingi" dormir. 

Ri, abri a porta e dei de cara com o Hoseok, um dos meus melhores amigos, ou seja, quando quero desabafar eu sempre falo com ele ou com o Joonnie.- Hoseok! O que faz aqui?

-Eu é que pergunto, ouvi um grito alto e estridente vindo deste quarto. Aconteceu algo?

Não queria ter que contar para ele isso... Agora.

-Na...Não. Nada...-Abaixo a cabeça e encaro meus pés descalços.-Já vamos. Não precisa se preocupar com nada... Eu acho...-Essa última parte saiu quase como um sussurro. Ainda bem que ele não ouviu.

-O que disse, Suga?-Que pessoinha insistente.

-Nada, eu e o Joonnie estamos indo.-Fui até a sua cama e (tentei) puxei ele pelo braço e o chamei, não obtive resposta. Cheguei mais perto do mesmo e, em um ato rápido, o mesmo me puxou para um abraço, me fazendo ficar encima do mesmo e o beijar sem querer, ou querendo também.-Jo... Joonnie! O J-hope tá aqui!

-E daí? Ele é um amigo nosso, ele vai aceitar essa situação.-Como ele fica tão calmo numa hora dessas?

Então ele começa a fazer cócegas em mim, rio muito alto e implorando para ele parar.-HAHAHA! TA BOM, TA BOM... JÁ CHEGA NAM... NAMJOONNIE!!! HAHAHA!!!

-Você precisa sorrir mais meu amor... Amo suas risadas.-Olha ele me fazendo corar novamente, que tinha até esquecido do... Hoseok.

-Hoseok... Eu posso explicar... É que... Eu... O Nam... A gente...-As palavras não saiam da minha boca, isso estava muito constrangedor para minha pessoa. Quando criei forças para falar novamente, Joonnie fala logo tudo de uma vez.-Ma... Joonnie! Não queria ter contado isso a ele agora...

-AAAAAAHHHHHHH!!!!!!! É TÃO BOM SABER QUE MEU SHIPP É REAL! SUGAMON É TÃO REAL QUANTO O AR QUE EU RESPIRO.-Eu não esperava que a reação dele fosse esta, mas está bom.-PORQUE NÃO ME CONTARAM ANTES?!?!?

-Porque você não contou sobre você e o Tae.

Sua expressão foi hilária! Ele ficou muito corado, devia até tirar uma foto disso, mas como sou um bom amigo, não fiz isso.-Anda, temos que ensaiar ainda lembra?-Eu tinha até esquecido desse detalhe.

Os mesmos apenas assentiram e Hoseok continuava vermelho, era muito engraçado, então cheguei perto do seu ouvido e sussurrei:"Vhope is my OTP."

Ele tentou pronunciar alguma coisa, mas ele só conseguia gaguejar, hehehe, Yoongi, você é do mal.

Então fomos para a sala de treino junto com os outros, até o TaeTae pulou em cime do Hoseok dando um selinho no mesmo. Sabiaaaa Vhope é real! Então depois do treino(ou ensaio) eu voltei para meu dormitório, estava EXAUSTO, estávamos ensaiando a música Dope. Quando cheguei no meu quarto, tomei um longo banho, porque estava exausto. Sai do banheiro e me vesti com uma cueca box azul escura e uma grande blusa que achei nas coisas do Namjoon, adoro cheirar  suas rroupas tem um cheiro delicioso. Estava pronto para dormir quando o Joonnie entrou no quarto e fez o mesmo que o meu, tomou banho, se vestiu... Só que agora,  ele deitou do meu lado, me abraçando por trás. Ele vem me abraçando muito ultimamente, isso fez eu me sentir especial... Antes de dormir, eu disse:

-Boa noite... Te amo Joonnie...-Com as pálpebras pesadas eu fecho os meus olhos lentamente, mas escuto ele dizer:

-Eu também te amo muito... Boa noite.-E assim dormimos agarradinhos, eu adoro quando ele faz isso, me sinto seguro.


Eu te amo Kim Namjoon, com todas as minhas forças... Porfavor, nunca me abandone... Meu amor...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...