História I Love You,Daddy. (Taekook Vkook) - Capítulo 53


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Namjin, Taekook, Vkook, Yonmin
Visualizações 479
Palavras 976
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


FINALMENTE O ÚLTIMO CAP DA FIC, CRIEI VERGONHA NA CARA E FUI ESCREVER <3 ESPERO QUE GOSTEM BBS <3.

Capítulo 53 - Tentáculos.


Fanfic / Fanfiction I Love You,Daddy. (Taekook Vkook) - Capítulo 53 - Tentáculos.

Depois de muita conversa o jantar já estava no final.

-Mãe e pai, eu tenho uma coisa importante para contar a vocês. -Diz kook bem sério. -Eu quero morar com o Taehyung! Apenas nós dois. -Jungkook completou e eu comecei a engasgar.

-Calma Taehyung, não morra. -Diz a senhora Jeon.

Depois de eu quase morrer, todos voltaram a ficar sério.

-Bom, é um passo muito grande mas se o fizer eu irei ajudá-los. -Diz o senhor Jeon.

MANO, EU TO QUASE CAINDO DA MOTOQUINHA AQUI, EU TO SEGURANDO MINHAS LÁGRIMAS. ;-;

-Vocês poderiam ficar com aquela casa que reformamos, não acha kook? -Diz a senhora Jeon com um grande sorriso. 

-Eu acho uma boa idéia. -Complementa Kook, ele estava me olhando com uma cara de "Você não tem escolha".

-Eu agradeço mas não podemos aceitar, se vamos dar um passo desses, que seja com o nosso suor. -Eu digo firme.

-Mas Tae, você vai adorar, é uma casa bem humilde. -Diz senhora Jeon, com um olhar de cachorro perdido.

-Vamos Tae. -Diz Kook manhoso.

MAS QUE ONE SHOT FOI ESSE VIADO?

-N-Nós iremos aceitar então, porém iremos pagar cada centavo. -Digo tentando resistir a carinha dos dois.

-OBA-OBAAA-OBAA. -Kook estava fazendo uma música, ele estava pulando de alegria.

(...)

Uma semana depois...Jeon estava muito animado e disse que íamos ver a casa.

Sério isso tudo é pra poder me comer todos os dias?

Estávamos passando por um bairro de luxo.

Cadê a casa humilde?

Jeon parou em frente a uma casa que nem se eu trabalhasse cem mil anos conseguiria pagar.

-Vamos amor. -Diz Kookie pegando na minha mão e entramos na casa, ela era tão grande...MUITO GRANDE MESMO, ISSO AQUI SERIA PRA UMA FAMÍLIA DE NO MÍNIMO UMAS 7 PESSOAS.

-CASA HUMILDE ELA DISSE. -Digo tirando risadas de Kookie. -Kookie, essa casa é muito grande para apenas nos dois. -Digo indo para perto do mesmo. -Essa cozinha é um exagero. -Digo me referindo ao tamanho.

-Mas Tae, estou pensando no seu conforto. -Diz Jeon, ai que fofo senhor. -Como você vai dar pra mim na cozinha se ela fosse pequena? -Ele diz erguindo as sobrancelhas e dando risadas.

-ENTÃO ERA POR ISSO? -Digo corado.

-Culpa sua por ser gostoso. -Diz e me dá um tapa nas nádegas, meu deus que homem.

Depois de olharmos toda a casa eu me arrependi amargamente de dizer que íamos pagar cada centavo. Jeon tinha um emprego na empresa do pai dele, como eu sou um atoa, ele conseguiu arrumar um emprego pra mim lá porém em turnos diferentes.

Depois de uma semana de mudança, minha mãe implorar pra colocar câmera no nosso quarto apenas pra ver tudo...CLARO QUE NÃO DEIXAMOS.

Estava tudo indo bem, havia um mês que havíamos nos mudado, descobri coisas novas sobre o Kook e foi tudo maravilhoso.

-JEON JUNGKOOK, PARA DE ASSISTIR ESSES DESENHOS E VAI LOGO TOMAR BANHO PARA O SERVIÇO.

É todo dia essa luta pra mandar ele ir trabalhar.

-Espera só- Diz Kookie mas eu o interrompi puxando sua orelha. -Anda logo inferno. -Digo parecendo uma mãe, kook saiu resmungando mas foi.

Escuto um grito bem fino vindo da televisão.

Wtf

Olho para a televisão e me deparo com meninas mágicas sendo violentada por tentáculos. Sinto que estou chorando sangue.

-T-T-T-ENTÁCULOS? -Digo prestando mais atenção nos movimentos deles.

Me sentei no sofá e comecei a prestar atenção, os tentáculos eram bem grossos me lembravam o pau do Jeon.

Acabei me levando pela imaginação, quando fui ver eu já estava de pau pra fora me masturbando e pensando no Jeon, mordi meus lábios com tanta força que senti o gosto do meu sangue.

-Amor, já estou indo. -Diz Jeon descendo as escadas correndo, afinal ele estava atrasado. -Mas que porra tu tá fazendo? -Ele diz e logo vê meu membro pra fora, faz aquela puta cara de safado e vem até mim. 

-K-Kookie, você está atrasado, v-vai logo. -Digo bastante corado. 

-Nós vamos ser rápidos. -Ele diz e abocanha meu membro, ele começa a chupar tão forte que no final dava uma estralada, eu estava gemendo alto com aquele boquete, essa boquinha aqui é o próprio pecado em pessoa. 

-A-Aaaah. -Eu já estava no meu limite, Jeon percebeu e parou o boquete, o olhei meio confuso.

-Você foi um menino mal. -Ele diz colocando a mão na pontinha do meu pau. -É pra segurar ou vai ser pior. -Ele diz com um olhar muito atrevido. -Vamos começar. -Ele diz e me faz ficar apoiado no sofá e abaixa meu short.

Isso é muito constrangedor.

-Como você foi bem, irei te lubrificar um pouco. -Diz Jeon passando dois dedos na sua boca e os chupando, logo ficando bem melados, ele os enfiou em mim e logo fazendo movimentos de tesoura.

Eu não estou aguentando.

Eu gemia alto, minhas pernas estavam trêmulas e minha respiração ofegante, Jeon percebeu que eu estava mais que no limite.

-É pra aguentar. -Ele diz no meu ouvido e começa a passar a língua pela mesma. Jeon sem nem avisar, retira os seus dedos e me penetra de uma vez, ele nem esperou e já estava se mexendo, ele estava metendo muito forte e estava atingindo minha próstata em cheio. 

-K-Kookie. -Digo e sinto um grande dor na bunda, ele estava me enchendo de tapas e eu estava ficando ainda mais excitado, eu acabei perdendo a batalha e gozando no sofá e o Kookie dentro de mim, eu acabei caindo no sofá.

-Poxa kookie. -Digo reclamado.

-Eu estou atrasado demais. -Diz Kookie arrumando as roupas e eu me dando um selar no rosto e logo indo correndo para o trabalho.

-Tchau amor, eu te amo. -Digo e o mesmo responde um "também".

-Ai ai, se todos os dias forem assim...Eu estarei ferrado. -Digo me referindo a minha bunda.

Bom, eu amo Jeon Jungkook... E agora tenho tesão por tentáculos.

 

 

 

 

 

~Fim.

 

 

 

 


Notas Finais


Bajnaiqnakqnqqo mano...de onde veio isso...nem eu sei.
-Kissus <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...