História I Loved You First (ItaSaku) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Itachi, Itasaku, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sakura
Visualizações 397
Palavras 2.761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heyy estou de volta, sorry meus amores, semana passa eu viajei e nem deu tempo de atualizar, neste feriado eu literalmente estava sem ideias para este capítulo, mas um noticia é que vem mais fanfic por ai, estou escrevendo umas sete de uma vez, o que está sendo complicado. Bom espero que gostem deste capítulo.

Capítulo 15 - Capítulo XIV


Fanfic / Fanfiction I Loved You First (ItaSaku) - Capítulo 15 - Capítulo XIV

Itachi a olhava confuso, como Hiruzen-Sama sabia sobre o segredo de Sakura? Desde o início só achou que Tsunade-Sama sabia, mas estava enganado, agora estendia porque o Hokage não mandaria mata-la. O Uchiha tentou achar algum sinal na expressão da Haruno, mas não achava nada, além de estar falando sério. Viu Sakura se virar de costas, com apenas um movimento, segurou o braço dela, não sabia o que falar, pois sabia que deveria perguntar a ela sobre isso.

- Sakura... como ele sabia?- perguntou meio tenso

- O meu avô era o conselheiro do terceiro Hokage- disse calma, diferente do Uchiha que se assustou com a resposta

- Conselheiro?- estava olhando nos olhos dela

- Eu não o conheci, ele morreu na terceira guerra, assim como minha avó- respirou fundo para que pudesse continuar- Ela era do clã Mashiba, então o conselheiro do Terceiro Hokage, o meu avô, ele não sabia sobre isso na época, só soube quando meu pai veio a nascer, com os olhos totalmente diferente, completamente azuis, naquele momento o Hokage soube, por conta de ser um grande amigo de Kiza, meu vô. Depois disso queriam matar minha família, mas Hiruzen-Sama os impediu, dizendo que apenas deveriam se afastar- a Haruno já estava com lágrimas em seus olhos, nunca havia contado essa história para ninguém- Depois que meu pai tinha completado sete anos as manchas começaram a aparecer com frequência, Kiza pediu ajuda ao Hiruzen, assim veio Tsunade ajudar, desde então conseguiram esconder meu pai, depois de grande conheceu a minha mãe, o resultado me tiveram, tanto que meu pai ficou até preocupado que eu poderia ter a mesma infância que ele

- Sakura...- Itachi abraçou sentindo a mesma desabar em seus braços

- Eu não estaria aqui se não fosse por eles-  Itachi-Kun só não me faça contar essa história, por favor- passou uma de suas mãos no rosto para que secar suas lágrimas- Odeio tudo isso que aconteceu

- Por isso estou aqui-  estava acariciando os cabelos róseos da pequena- Estou aqui para te proteger te fazer feliz, jamais faria algo contra você- continua abraçá-la

Sakura odiava lembrar do passado de sua família, sempre pensava que não deveria existir, mas também pensava que se estava neste mundo era para fazer alguma mudança, mudar o conceito de seu clã. Ela sentia-se protegida nos braços do Uchiha, não queria soltá-lo de modo algum, lembrava-se do que o moreno havia lhe contado, mas só queria ignorar isso, se ele estava ali para protegê-la não iria questionar.

- Uma das coisas que me ajudam a disfarçar foi os cabelos róseos do meu pai e os olhos de minha mãe- um sorriso espontâneo formou em seus lábios

- Que bom então, porque gosto de seus cabelos assim, não consigo imaginar  você com os cabelos loiros igual de Mebuki- sorriu ao menos tentar imaginar- e seus olhos- se afastou para olhar-los- São perfeitos como as esmeraldas-  percebeu que a kunoichi sorriu ao escutar suas palavras, então decidiu fazer o mesmo

- Obrigada- o abraço mais forte

- Obrigado, você Sakura... por estar ao meu lado

[...]

 Duas semanas já havia se passado, a Haruno não poderia estar mais feliz, estava ao lado do homem que amava, todos os momentos que estava ao lado do Uchiha sempre tinha um sorriso estampado em seu rosto, até mesmo quando os dois treinavam. Dentre este tempo, Itachi a ensinou novas técnicas de luta, ensinando até mesmo o Katon, já que sua linhagem tinha liberação de fogo, ficando surpreso por Sakura ter conseguido.

[...]

Já estava na penúltima semana juntos, Sakura não queria ir embora em nenhum momento, mas seu dever como Ninja era voltar à terra natal, diferente de Itachi que não podia voltar, por conta de sua traição. Em momento algum decidiu contar a verdade para a pequena, até mesmo sobre sua doença, pois estavam se divertindo bastante para que mudasse isso tudo, transformando tudo em algo tenso, sabendo que a Haruno faria de tudo para contar a verdade para Tsunade e tentaria levá-lo a Konoha, mas não havia terminado a sua missão.

Todas as semanas a Haruno mandava cartas para a mestre através de Yuri, nisso acabou descobrindo que Yuri "vigiava" Itachi e que o mesmo não contaria sobre sua "suposta traição", mas nenhum dos dois ninjas resolveu contar a verdade a ela, que Yuri era um subordinado de Itachi. O loiro havia avisado que Tsunade estava mais tranquila com as cartas, assim como sua família, dizendo também que Kizashi estava indo com muita frequência na sala da Hokage, deixando a kunoichi muito curiosa para saber o que se passava e ainda dizendo que Mebuki não estava ficando em casa, Sakura realmente estava preocupada com esses acontecimentos, seus pais nunca foram de agir assim.

Com isso, Itachi fez de tudo para distrair-la, por conta das informações que ambos receberam. Os dois estavam correndo sobre as árvores atacando com kunais um no outro, pois era um treinamento. Por uma pequena distração da Rosada, acabou tropeçando caindo de uma altura alta, chegando no chão a kunoichi já estava gritando de desespero, mas sentiu alguém lhe segurar, olhando para o homem sabia que era Itachi, colocou sua mão no rosto macio do Uchiha e ambos sorriram.

- Eu sabia que não iria me deixar cair- observava os olhos Onix do Amado

- Enquanto eu estiver aqui, você não cairá-  chegou perto do rosto de sua pequena e selou seus lábios

- Obrigado- em seguida o abraçou

- Mas você perdeu- falou no ouvido da Rosada de uma maneira fofa

- Ah não! Acho que já estou acostumada... Você sempre ganha- fingiu estar chateada

- Não irá me ganhar com esse bico- deu uma pequena risada ao perceber como a pequena estava emburrada

- Eu sei seu bobo- tentou sair do colo dele, mas foi tempo perdido- Itachi-Kun me põe no chão- deu um pequeno soco no ombro direito dele.

- Irei te levar para casa- levantou-se com ela no colo

Não estava muito longe da casa aonde estavam ficando, muitas vezes ele carregava no colo, mesmo ela não querendo, achava engraçado e fofo ao mesmo tempo as birras que ela fazia. Enquanto Sakura era levada nos braços do nukenin, ela ficava mexendo nos longos cabelos dele, ficava se perguntando como gostava de ter os cabelos deste jeito, mas ela também gostava de ter cabelos longos, não foi à toa que deixou seus cabelos crescer durante dois anos e meio. Ao chegar na casa, Itachi a pôs no chão esperando a rosada fazer alguma reclamação.

- O que foi meu amor? Que está me olhando desse jeito...- ficou esperando uma resposta para sua pergunta

- Uma reclamação sua...- disse normalmente- É que toda vez que eu te trago no colo, você reclama depois

- Como já sabe dos meus costumes?- perguntou rindo, entrelaçando seus braços em volta do pescoço do Moreno

- Mesmo estando com você apenas duas semanas, parece que já foi anos- pôs suas mãos na cintura da Rosada- Apenas três semanas você me fez mais feliz do que esses treze anos que abandonei Konoha

- Não fala assim- falou com a voz triste

- Estou falando a verdade- sorriu para garota sua frente

-  Sabe o que podemos fazer?- perguntou se afastando um pouco para olhar o rosto do Moreno

- O que?- pegou uma mecha dos cabelos róseos de Sakura e colocou atrás da orelha dela, já que estava na frente do rosto da mesma

- Podemos ir até a vila, está faltando algumas coisas aqui- falou animada

- Claro- respondeu

Sakura correu para dentro de casa, para que pudesse pegar sua bolsa, diferente dela, Itachi ficou do lado de fora esperando ela vir, era a segunda vez que estavam indo a vila que ficava ali perto. O moreno levou um susto ao escutar a voz da Rosada, quando estava vindo para fora. Ao se levantar, pegou a mão dela e seguiram em direção a vila, até chegarem lá andando, dava mais de meia hora, mas não se importava com tempo.

Passando-se meia hora conseguiram chegar à vila, era simples e tudo ajeitadinho, ambos olhavam ao ar redor e não deixavam de recordar de Konoha. Logo seguiram em direção ao mercado, adentrando o local resolveram pegar só o necessário, já que daqui algumas semanas eles não estariam mais lá. Itachi sempre pegava as coisas para Sakura, era até fofo de se ver, sempre sendo gentil, quem imaginaria um nukenin deste jeito, só ela estava conhecendo este lado do Uchiha

Depois de passarem um tempo comprando o que precisava, resolveram passar em uma loja de doces, para que pudessem comer dangos, seus doces preferidos. Passaram alguns minutos e depois foram embora, não poderiam ficar muito tempo, pois as pessoas poderiam reconhecer Itachi por ser um nukenin procurado por todas as Vilas ou Sakura por ser a pupila de Tsunade, conhecida por ser a maior ninja médica. O Uchiha se ofereceu para levar as coisas até a casa, mas a Haruno não o deixou levar tudo, alegando que ele estava subestimando sua força

Chegando à casa, começaram a guardar as coisas que compraram, fazendo brincadeiras como jogar uma coisa para o outro guardar, era até engraçado. Após terminarem, Itachi a abraçou por trás sentindo  o cheiro de cereja que ela com tinha, seguidamente beijou seu pescoço, fazendo-a arrepiar. Então decidiram ir para fora sentir o ar gelado da noite, eles apenas escutavam o ar batendo sobre as folhas das árvores e os barulhos que os insetos faziam.

- Isso aqui é para você- Sakura olhou com brilho nos olhos lágrimas, era um buquê de Margaridas iguais quando ganhou mais nova

- São iguais...- pegou as flores, mas foi interrompida por ele

- As que eu te dei quando era você era mais nova- colocou sua mão na nuca da pequena- Quando você era apenas uma criança...- o mesmo começou a se lembrar do passado, quando a treinava e ainda sendo uma garotinha inocente, nunca vendo lado mal das pessoas

- Aquele dia foi o primeiro dia que eu vi Shisui- sorriu para o Uchiha- O que realmente aconteceu com ele?- perguntou olhando para os olhos dele

- Ele se suicidou...- falou sério ao se lembrar do dia- Mas não vamos falar sobre isso Sakura, odeio me lembrar daquele dia...

-  Itachi-Kun...- falou tensa- Você... o... viu...- sua voz saiu fraca, se referindo ao suicídio

- Sim eu vi...- fechou os olhos e tentou manter a calma- Por favor Sakura não me faça lembrar daquele dia...- a abraçou

Itachi odiava lembrar de seu melhor amigo se suicidando em sua frente, e que não conseguiu salvar, mesmo que Shisui havia pedido para não tentar impedi-lo. FIcava se perguntando se ele estivesse vivo tudo estaria diferente, até porque seria ele a fazer o golpe contra os Uchiha's e Itachi morreria. Ficaram em silêncio, talvez era o que precisava para que mudançem de assunto. O Uchiha passou sua mão direita sobre os cabelos da Rosada, em seguida beijando a testa da mesma e sorriu, agradecia a ela por estar neste momento ao seu lado.

- Vem vamos deitar- ela o puxou para o chão fazendo-o deitar sobre a grama, não demorou muito para a mesma apoiando a cabeça mexendo no cabelo do moreno que estava sobre si

- Você adora mexer no meu cabelo não é mesmo?-  perguntou com um sorriso no rosto

- É tão bom-  ela o olhou- É difícil de encontrar um homem com cabelo grande em Konoha, só tenho um colega que tem o cabelo asim, mas não tenho muita intimidade para mexer no cabelo dele- Itachi por um segundo desviou o seu olhar para outro lugar, não querendo demonstrar que estava incomodado.

- E que não tenha...- falou como se fosse um sussurro e apertou mais quando o seu corpo

- Está com ciúmes Itachi-Kun?- perguntou inocentemente, mas ela havia escutado o quê o moreno tinha sussurrado

- Só um pouco...-  sorriu fraco

Por mais que não quisesse assumir que estava com ciúmes, achava errado, sabia que daqui algum tempo iria morrer e sua pequena teria que seguir em frente com outra pessoa, até achava melhor ficar com Sasuke, foi por este motivo que quando saiu de Konoha pediu para que ela ficasse ao lado de Sasuke, mas é difícil aceitar a realidade, ainda por cima tinha sua doença que o impedia muitas vezes, até mesmo poderia ser o motivo de sua morte na luta que teria contra seu irmão. Itachi então beijou a testa de Sakura para que mudasse de assunto

- Voltarei a repetir, acho que comecei a gostar de minha testa por conta de você

- Achava que você já gostava- brincou

- Olha como o céu está cheio de estrelas- disse animada- E acho que estou vendo você

- Eu também acho que estou vendo você- sorriram juntos

- Ali!- os dois falaram juntos e apontando para o mesmo lugar- A lua...- de acordo com o que falaram foi diminuindo o tom de voz, como se estivesse sumindo

- Eu te amo Itachi-Kun- falou olhando nos olhos do Uchiha, os olhos que sempre a hipnotizava

- Eu também te amo minha pequena- segurou a nuca da Haruno- Meu amor- sussurrando para ela e a puxou para mais perto, assim selando seus lábios em um beijo calmo e apaixonante.

Sakura muitas vezes achava que estava em um sonho, um sonho que já estava se acabando, que deveria voltar à realidade como uma kunoichi de Konoha. A cada momento que se passava, ficava mais apaixonada pelo Nukenin, se isso era possível. Após se separarem, a mesma se apoio novamente no peito do Moreno, assim ficando em silêncio já que ele não era muito de falar. Com alguns minutos escutou Itachi tossindo no mesmo instante se sentando, mas o problema que não estava parando.

-  Itachi-Kun?- fala um pouco desesperada- Você não está bem!

- Estou sim...- tossiu mais uma vez, tendo como apoio a sua mão na frente de sua boca novamente, assim quando afastou viu que havia sangue, então olhou para Sakura

- Itachi-Kun você não está bem! Precisamos ir ao hospital! Agora! Se não eu preciso saber o que você tem para te ajudar, sou uma Ninja médica, você sabe disso- falou com um tom alto e autoritário

- Não posso ir ao hospital- falou sério- Nem você e ninguém pode me ajudar, porque não vai adiantar em nada- dessa vez falou calmo para que Sakura se tranquiliza-se

- Porque não?- sua voz ainda havia um tom de desespero

- Por que é uma doença crônica- a olhava nos olhos e percebeu que continha lágrimas- Eu convivo com isso desde os meus doze anos, nada pode mudar

- Eu posso te ajudar sim!- disse determinada- Se é uma doença crônica não tem cura, mas eu tentarei achar um remédio ou algo assim se for o caso eu tentarei curar com meu amor- o abraçou, deixando suas lágrimas caírem- O que você tem Itachi-Kun?-  falou entre as lágrimas

- Não a uma especificação, mas é como uma tuberculose junto com câncer, não tem como explicar o que é- retribuiu o abraço de sua pequena

- Eu vou achar uma cura, eu prometo- o abraço mais forte que podia

-  Era por este motivo que não queria te contar- Sakura ficou sem o que falar-  Para que não se preocupa-se, eu consigo viver com isso

-  Não! É uma doença crônica, os seus dias de vida só vão diminuindo e a cada dia...- o Uchiha continuou a ficar calado-  Ah... não... você...- ela não quis terminar de dizer o que estava pensando, resumindo que ele estava querendo morrer, era isso que passava por sua mente

- Sakura eu só quero passar um tempo contigo

- Você vai morrer!- começou a se desesperar deixando as suas lágrimas caírem- Eu não posso deixar isso acontecer! Se não eu quero que isso acabe agora- pegou uma de suas Kunais e pôs na frente de sua barriga, assim como os Samurais faziam quando traiam e era exatamente isso que ela tinha feito com a sua vila, uma traição

- Heyy...- a abraçou para que parasse de fazer isso- Eu estarei cumprindo a minha missão como Ninja, por favor, Sakura... Meu amor... não faça isso, nós ainda temos muito tempo pela frente- sorriu para tranquiliza-la

Ensinuou sobre a missão que ainda estava a ser cumprida, deveria ser morto na luta contra Saske, para que ele voltasse a vila e ser considerado um herói por ter matado um nukenin rank-s, por mais que estivesse feliz ao lado de Sakura, não poderia abandonar sua missão pela metade. O Uchiha abraçava a Haruno fortemente, não sabia como se sentia, odiava a ver chorando e principalmente quando ele era o motivo desse choro, o moreno só queria tirar toda a dor que ela sentia e colocasse em si mesmo, não se importava se já havia sofrido bastante. Então ele a puxou para seu colo

-  Eu não desistirei até encontrar uma cura- Sakura disse o abraçando mesmo estando por cima dele.


Notas Finais


Obrigada por lerem, quero agradecer a todos os comentários e favoritos, eu estou tão feliz de verdade, nunca achei que chegaria a esse nível, sempre pensei que ninguém leria minhas fanfic, mas vocês estão aqui. Obrigada de verdade 😘.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...