História I loved you for a thousand years - Nick e Judy - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Benjamin Garramansa, Bogo, Duke Weaselton, Finnick, Flecha, Gazella, Jack Savage, Judy Hopps, Leãonardo, Nick Wilde, Personagens Originais, Sr. Lontrosa
Tags Drama, Romance, Zootopia
Visualizações 101
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Imagem abaixo é...

Capítulo 20 - Estrelas Escurecendo III - Mina (Final da mini-trilogia)


Fanfic / Fanfiction I loved you for a thousand years - Nick e Judy - Capítulo 20 - Estrelas Escurecendo III - Mina (Final da mini-trilogia)

... - O que não mata engorda - Disse uma das minhas madrinhas sorridente, pegando um salgadinho do chão.

... - É ÓBVIO QUE ENGORDA! LARGA ISSO! - Disse a outra, gritando estérica.

... - Deixa ela, ela tá com fome - A outra declarou tranquilamente mexendo em seu celular.

... - Quando o vestido não servir em você, não venha reclamar comigo!

Mina: Da pra calarem a boca! Não consigo achar a presilha do meu cabelo! - Gritei do outro cômodo da casa.

... - Mais uma de mal humor? - Saiu finalmente do celular e olhou para as outras. 

... - Como assim mais uma? - Mordiscou o salgadinho.

Revirei os olhos e me concentrei nos acessórios.

 ... - Os meninos falaram que Nick não está tão animado assim... - Cochichou.

... - Nem deveria, ele gosta daquela Judy ou sei lá o que! - Gritou, chamando minha atenção.

Eu sabia que Nick não gostava de mim, e na realidade não me importava. Eu não precisava do amor dele e sim de outra coisa.

 ... - SUA MALUCA! VAI FALAR ISSO PERTO DA NOIVA?! 

 ... - Ops...

Mina: Eu estou ouvindo tudo suas idiotas - Entrei na sala onde todas estavam - Vocês sabem muito bem que eu não dou a mínima pra isso.

... - Eu achei que feria seu orgulho de noiva ou...

... - Eu avisei que ela não ligava - Voltou para o celular.

Mina: Dá pra vocês pararem de falar nisso? Um monte de gente já desconfia de mim por causa das fofocas de vocês! - Falei tirando o salgadinho da mão de uma das três.

... - Mina, não nos faça rir! Nós três sabemos que você frequentou festas que te expõem bastante, e sua fama não é das melhores. - A esquentadinha que antes gritava agora tirava sarro de mim.

Mina: Cala a boca! Milhares de meninas fazem isso e se casam sem suspeita.

... - Só que você não é mais uma menina - A dos salgadinhos se entrometeu.

... - Garotas, o Nick não se deu conta disso e nem vai dar até ver com os próprios olhos. Resumindo, o Nick não tá nem aí e a Mina não tá nem aí, estão se metendo porque? - A do celular se manifestou, me fazendo sorrir - Aquela Judy não é de correr atrás de homem e nem vai se atrever a se meter, por isso vocês também não deveriam.

Todas ficaram em silêncio, e quando eu ia começar a falar, a campainha tocou.

Mina: Fiquem aí. - Todas voltaram os rostos para as unhas e começaram a se arrumar.

Me aproximei da porta e abri, ficando surpresa com quem estava do outro lado.

Jack: Surpresa? 

Fechei a cara logo de início.

[...]

Jack Savage não tinha muitos amigos em Zootopia, porém, tinha várias parcerias ao redor do mundo, por isso, todos os respeitavam, menos eu. 

Ele me odeia por esse motivo, e eu o odeio pois ele é um dos poucos que gostam de me enfrentar. Se entrassemos em uma briga de cão e gato, ele ganharia. Não por força, mas por sua inteligência e posses.

Eu odeio esse coelho maldito.

Jack: Bela casa - Ele entrou olhando em volta - Grande, dois andares... Onde arranjou dinheiro para tudo isso? - Falou calmamente me lançando um olhar malicioso.

Mina: Não se atreva seu- Me interrompeu:

Jack: Tá tá sei... Vamos pular os cumprimentos, tenho assuntos a tratar com você - Virou de costas e subiu para a cozinha, comigo logo atrás prestes a mata-lo.

Subimos e ele sentou em uma cadeira, e eu me encostei na pia de frente para ele.

Ficamos em silêncio olhando um para o outro.

Mina: Então? - Falei sem paciência de braços cruzados.

Jack: Bom... - Ele se ajeitou - Conheci alguns tios do Nick no exterior uma semana atrás. Ofereci algumas armas e serviços para eles que tem alguns acordos com a máfia, porém eles estavam muito ocupados resolvendo outro assunto...

Mina: E que assunto é esse?

Jack: Eles estão atrás do dinheiro do Nick - Ele pegou uma maçã e mordeu tranquilamente.

Mina: O quê?! Como descobriram?! - Falei um pouco alto demais. 

Jack: Eu não sei mas- O interrompi.

Mina: Só eu e Nick sabemos desse dinheiro?! Como eles... - Pensei um pouco - Só eu, Nick e o SEU GRUPINHO! ALGUM DAQUELES IDIOTAS VAZOU INFORMAÇÃO! - Me aproximei dele bruscamente.

Jack: Ei ei ei... Nenhum deles vazou informação, relaxa - Ele riu debochado.

Mina: COMO VOU RELAXAR SABENDO QUE TODO ESSE MEU TRABALHO PODE SER EM VÃO SEU COELHO RIDÍCULO?! - Peguei ele pela gola da camisa, ele era pequeno e leve, então era fácil.

Jack: Haha - Ele sorriu - Você lembra o que te aconteceu da última vez que me desafiou, não lembra? - Bem devagar o soltei, conforme as lembranças vinham a minha mente.

Mina: Presta atenção seu nanico nojento - Me escostei na pia novamente - Eu perdi todo o dinheiro que me restou daquele acordo investindo nesse casamento! Se eu não tiver acesso ao dinheiro do Nick, eu vou parar no fundo do poço! Então é melhor você não deixar NINGUÉM encostar nessa grana, entendeu?

Jack: Nós concordamos em eu te ajudar a ter acesso ao dinheiro, e não a eu proteger o seu dinheiro. - Ele colocou a mão na mesa entediado.

Nesse momento perdi o controle e peguei uma faca de dentro da gaveta, indo em direção a mão dele, mas ele desvia e a faca crava na mesa de vidro, fazendo parte dela quebrar e virar simples cacos no chão. 

Ele pega a faca do chão e faz um corte em meu braço.

Mina: AI!! MALDITO!! - Coloco a mão em cima do corte tentando parar o sangue.

Jack: Não se meta comigo raposinha falida! Eu vou proteger seu dinheiro, mas se você falhar... - Ele passa o dedo no sangue na faca - Você já sabe o que te acontece. - Ele sorri e pega um pano limpando a mão e se retirando.

As garotas aparecem segundos depois, bloqueando a passagem do coelho.

... - O QUE ACONTECEU?! 

Mina: Deixem ele ir! AGORA! - Gritei e ele me deu um último sorriso gozador.

Droga...

[...]

De noite eu já estava de vestido. Era um vestidinho azulado cheio de brilhos em volta de mangas compridas, com um decote bem avatajado e a cauda bem comprida.

Entrei no carro e meu primo me levou para a igreja onde aconteceria a cerimônia, observei todos os convidados e dei um falso sorriso, quando os últimos que estavam entrando lá dentro me avistaram. 

Está quase na hora...

Continua...


Notas Finais


"Precisa haver um pouco de escuridão, para conseguirmos ver as estrelas."


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...