História I Loved Your Way To Be You - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O, Kai, Personagens Originais
Tags Exo, Imagine, K-pop
Visualizações 98
Palavras 678
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Twenty


Fanfic / Fanfiction I Loved Your Way To Be You - Capítulo 20 - Twenty

- a porta está trancada... -tento abrir a mesma novamente- minha mãe deve ter saído.

- senhora (sua/mãe)! -ele grita 

- já vou! -ela grita de volta 

- e não é que ela está aqui... 

 Ela abre a porta e nós entramos.

- eu vou tomar um banho... estou fedendo... 

- não demore muito em baixo do chuveiro! 

- você sabe que eu nunca demoro mãe. 

 Vou para meu quarto, me despi e entrei no banheiro, ligo o chuveiro na água gelada e entro em baixo do mesmo, com certeza D.O vai contar para ela... nem vai me esperar, logo desligo o chuveiro e me seco, coloco uma camisa regata preta e um short curto com estampa camuflada (do exército), vou até a sala onde D.O e minha mãe estavam e me sento do lado de D.O.

- você já contou para ela?

- contou o que? -ela pergunta 

- achei que você quisesse contar. 

- pode contar.

- vocês vão contar ou não? 

 Nós mostramos as mãos com os anéis e vejo um sorriso crescer dos lábios de minhas mãe.

- vocês estão namorando? 

- é oficial agora. 

- eu sabia! vocês são tão fofos juntos... e eu estou muito feliz por ter um genro como você Kyung-soo.

- eu também estou muito feliz por ter uma sogra como você. 

- que isso, eu sou só uma dona de casa simples.

- você não é só uma dona de casa simples, você é simpática, atenciosa e o mais importante, você é a pessoa que trouxe a S/n ao mundo, sem você ela não existiria, então sou eternamente grato por isso.

- oh não me faça chorar... -ela olha para cima e pisca várias vezes abanando os olhos 

- mãe, você é realmente sentimental... -rio fraco vendo minha mãe naquela situação 

 - UM TEMPO DEPOIS -

- vou pedir pizza hoje para comemorarmos! 

- boa idéia mãe, adoro pizza!

- você gosta não é Kyung-soo?

- claro.

- então hoje vai ser pizza mesmo!

 Ela liga para a pizzaria e pede duas pizzas, uma de calabresa e a outra de queijo, ouvimos a campainha tocar, então fui até a porta e abri a mesma. 

- S/n! 

- Jin Goo?

- a quanto tempo! 

- deve fazer uns cinco meses... 

- você está ótima! 

- ah, obrigada, você também está... aceitável...

- você mudou muito, se fosse a cinco meses atrás você me chamaria de "o girafa magrela" 

- é verdade... -rimos 

- toma aqui. -ele me entrega as pizzas 

- você não quer se juntar a nós? 

- não posso, tenho que entregar mais algumas pizzas.

- que pena... então toma. -entrogo o dinheiro para ele 

- vou indo! 

- tchau! 

 Fecho a porta e vou até a cozinha deixando as pizzas em cima da mesa. 

- vocês não vão comer?! -grito 

- nós vamos. -ele fala atrás de mim 

- aí! desgra... -não acabo de falar- você me assustou...

- ah, me desculpa... 

- vamos comer.

 Nós nos sentamos todos à mesa e espero minha mãe pegar o primeiro pedaço.

- podem comer não precisam me esperar.

- tudo bem... 

Pego uma fatia mordendo a mesma, mas não consegui cortar o queijo, ele só se esticava cada vez mais quando o puxava. 

- precisa de ajuda. -ele fala rindo 

- ham... que?

- ajuda para cortar o queijo.

- a sim, o queijo, é acho que preciso sim. -ele morde o queijo esticado o cortando e fazendo o mesmo bater em meu rosto 

- está muito bom...

- obrigada por sujar minha cara... 

- quer que eu limpe? -ele coloca a língua para fora como se fosse me lamber 

- não, não, muito obrigada, prefiro ficar suja. -ouço minha mãe rir- por que está rindo?

- é engraçado... -ela ainda ri 

- se fosse com você, você não estaria rindo, agora eu tô toda suja...

- você não quis que eu te limpasse.

- eu iria ficar com um cheiro ótimo se você me lambesse. -falo sarcástica 

- está dizendo que eu tenho bafo?...

- não é isso que eu quis dizer.

- mas pareceu.

- acho que nenhuma saliva tem cheiro bom...

- na verdade, eu concordo com você.

- claro que concorda, é a verdade. 


Notas Finais


Desculpem erros
Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...