História I miss you... - Carmen! - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello
Tags Lésbica
Visualizações 101
Palavras 576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Eu gostaria de conhecê-la.


Eu corria sem saber ao certo para onde estava indo por aqueles longos corredores. Minha visão estava embaçada, conseguia enchergar pouca coisa por conta das lágrimas.

- Camila! – Senti alguém segurando meu pulso com força. Suspirei e me virei dando de cara com Lauren.

- Lauren, me deixa em paz... – Minha voz custou a sair.

- Por que você está assim? Eu fiquei preocupada. Você saiu correndo do nada quando me viu com aquela garota. – Soltou meu pulso.

- Não... Não é nada. – Enchuguei as lágrimas com a manga da minha blusa e forçando um sorriso em meus lábios.

Eu conheci a Lauren a poucos dias, mas meu coração já palpitava mais forte por ela. Talvez seja uma paixão temporária... mas ver ela beijando outra boca, fez com que isso me machucasse.

- Certeza? – Disse desconfiada.

- Eu só me senti usada. Só isso... Pensei que aquela noite na festa tivesse significado algo a você. – Olhei para o lado.

Minha vontade era de falar tudo a ela, mas nem eu sabia ao certo o porquê de estar sentindo tudo aquilo. Eu deveria estar confusa! Tinha que ser isso... Só uma confusão.

Arrumei a mochila no meu ombro e beijei a bochecha da mesma.

- Vamos pra aula, hm? Não quero que você leve bronca por minha causa. – Sorri com a língua entre os dentes. Lauren apenas assentiu e me acompanhou até a sala.

•••
        Diferente dos outros dias, eu prestei atenção nas aulas. Eu não poderia deixar minhas notas caírem apenas por esses sentimentos confusos. A aula toda, senti o olhar de Lauren sobre mim. Isso me deixava desconfortável, porém não dei bola. Ao chegar em casa, apenas subi para meu quarto e almocei lá mesmo enquanto eu fazia meus deveres. Peguei meu celular e vi uma notificação: 'Lauren babaca: Olha para a sua janela'. Sim, eu tinha mudado o nome dela para Lauren a babaca. Isso que ela era! 

Fui até a janela e lá estava ela. Estava distraída olhando para o celular, presumo que esteja esperando minha resposta. Abri a janela com um sorriso bobo nos lábios.

- O que você está fazendo aqui?!

Lauren se virou e sorrio, e em pouco tempo ela deu conta de escalar e entrar no meu quarto, ficando poucos centímetros de distância.

- Eu estava com saudades.  – Fez um biquinho fofo.

Corei. Eu devo ter virado um tomate. Lauren gargalhou alto demais, por reflexo levei a minha mão até a boca dela tentando abafar o som.

- Shhh! Meus pais estão em casa.

Tirei a mão da boca dela e fui surpreendida com seus lábios macios se tocando aos meus em um beijo calmo. Levei minhas mãos calmamente até sua nuca arranhando levemente o local. Pude ouvi-la suspirar. O que essa garota tem? Sua língua se entrelaçou com a minha com desejo. Lembrei de apenas uma coisa, como ela iria reagir quando soubesse da minha anormalidade.

- Lauren... Não...– Tentei parar com o beijo. Ela ignorou. – Para! – Me afastei dela.

- Eu sou diferente, Lauren... eu não sou como as outras garotas que você costuma ficar. – Comentei tímida.

- Eu já sei, camz. – Falou naturalmente.

- Já sabe?!

- Sim, foi a primeira coisa que descobri quando cheguei naquela escola... os boatos voam rápidos. – Disso rindo baixinho.

- E... Você não liga?

- Não. Eu te aceito como você é.

Ela... me aceita...

- Olha,  camz. Eu sei que não nos conhecemos muito bem, mas algo em você me chama atenção... e eu gostaria de te conhecer mais. – Acariciou meu rosto com as costas da sua mão. – Eu quero conhecer você, Camila cabello. – Sorriu.


Notas Finais


Finalmente as coisas começaram a andar, né?!
Me deem dicas nos comentários. Talvez algo que eu possa melhorar ou de está ficando legal a maneira que a história está se fazendo....

Amo vocês ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...