História I Must Love You - Fillie and Joah - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Eleven (Onze), Mike Wheeler
Visualizações 447
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me desculpem por não postar ontem, fiquem sem internet, mas esta ai mais um capítulo, espero que gostem!

Capítulo 3 - A roda gigante


(Noah narrando)

Depois da escola eu, jack, finn e millie fomos na mesma lanchonete que nos encontramos da primeira vez, tomamos nossos cafés, e resolvemos onde ir. Millie queria conhecer mais a cidade. Então finn teve a ideia de leva-la ao Park de diversões, onde tinha uma roda gigante, e daria pra ver um pouco da cidade. Mas claro que eles ensinaram mais os caminhos para nós.

- vou em casa me arrumar, encontro vocês onde? - millie pergunta.

- vamos te levar em casa, na ida ao Park a gente te busca por lá mesmo. Ok? - diz finn.

- claro, ótimo - millie diz.

Fomos pra casa, e em menos de 2 hrs estávamos todos prontos.

(Millie narrando)

Vi finn chegar a minha casa pela janela, e eu vou abrir a porta pra ele entrar em seguida.

-oi finn - eu abro a porta olhando pros seus lindos cachos e sua boca vermelha.

-oi millie - ele me abraça e da um beijo em minha bochecha, e eu o puxo pra dentro.

- vamos esperar o noah e o jack. - eu falo.

- noah mora aqui também ne? - pregunta finn se esquecendo do que eu tinha dito na lanchonete.

-sim sim, minha tia trabalha em aeroporto. Chega bem tarde, por isso quase não esta em casa! - eu digo.

- entendo... animada?.- finn pergunta, mas eu não consigo prestar atenção em suas falas, tudo fica mudo, eu o vejo em câmera lenta, sua boca se meche lentamente o fazendo ficar mais atraente ainda! Eu estou completamente estranha.

-millie? -finn me encara balançando suas mãos em frente meu rosto, me fazendo sair do transe.

- ai me desculpa. E que... eu.. é... esquece - falo embolada.

- você é muito linda quando fica assim!- diz finn rindo e me olhando.

Eu só penso. ai merda, o quão ele é lindo, e gentil, porra oque está havendo??

- muito obrigado- digo dando um risinho sarcástico pondo meu cabelo atrás das orelhas.

Noah desce as escadas com uma jaqueta de couro, casaco preto por baixo e uma calça jeans com sapatos pretos também!.
Eu havia botado uma blusa branca caida nos braços, uma calça jeans de boca larga nas pontas, e um sapato branco.
Finn estava com uma blusa preta e branca listrada, uma calça preta e sapatos pretos.
Jack bate na porta.

- até que enfim! - diz finn abrindo a porta.

- demorei?- pergunta jack fazendo cara de surpreendido.

- não jack, ele é doido - eu disse dando uma risada.

(Jack narrando)

Saímos de lá, e fomos ao "como town"
Era um park junto com zoológico.
Eu percebia uma troca de olharem em finn e millie, mas deixava rolar, vai que não tinha nada? Eu devo estar paranoico.
A noite era fria, e eu vestia um casaco fino da cor vinho, e uma calça preta, com o sapato também perto. Estava fazendo um frio e todos estavam percebendo eu por os bancos em volta de meu corpo tentando esquenta-lo.

- Jack? Está com frio? - pergunta noah.

- sim, mas ta tudo bem, depois passa.-Repondi. Noah foi tirando sua jaqueta e ergueu pra mim para eu por ela.- ok eu aceito - eu disse.
Noah deu uma batida em meu ombro dizendo - de nada -.

Chegamos ao park de táxi, e finn e millie me deixou pra trás com Noah.

(Finn narrando)

Ela parecia uma menina bem quieta, mas com uma beleza dessa, como não chamar a atenção?

- você namorava em sua outra cidade? Eu pergunto na cara de pau.

- não, mas cheguei a ficar com alguns.- diz ela em um tom baixo de voz.

- vejo que não quer falar disso - eu falo

- não ta tudo bem. É que eu gostava de um menino que se chama Jacob sartorius. Mas ele ficou com uma menina em minha frente - ela disse meio arrependida de me contar essa historia - mas ja passou ok?- ela pergunta.

-claro, todo bem.

Então quer dizer quer essa linda boca não tem dono?

(Millie narrando)

- E você? Namora?- eu pergunto

- não, nem quero. - diz o dono dos melhores cachos do mundo.

- entendo.- digo.

- não sou pra namorar, as meninas caem em mim como chuva - diz ele se gabando.

- ata - eu digo revirando os olhos.

Pagamos nossos ingressos e fomos em alguns brinquedos.

(Jack narrando)

Noah era uma pessoa completamente diferente de muitas outras. Era gentiu, engraçado, por mais que ele não falasse muito. Ele só era diferente.

- gostar de algodão doce?- ele me pergunta e eu balanço a cabeça afirmando que sim. Ele compra dois para comermos e andarmos um pouco.

- sabe... esse ano ia ser mais um de muitos, e eu achei que seria completamente chato. E você e millie apareceu, tornando o dia melhor. - eu disse olhando para os olhos de noah enquanto andávamos.

- que ótimo, eu ainda vou fazer seus dias ficarem muito mais que melhores - ele disse sorrindo pra mim.

(Noah narrando)

Jack era um ótimo menino, parecia não se importam com meu modo de ser, e eu o admirava por ser sempre um amor comigo. Sei que é bobeira minha e logo vai passar, mas acho que gostei até de mais de jack

- eai vamos na roda gigante? Millie e finn estão na fila. - ele diz.

- claro vamos- eu disse isso em direção a fila.

(Millie narrando)

Agora chegou o momento da roda gigante.

- vamos- finn disse sentando no brinquedo e me dando as mãos. Eu as segurei e sentei. Lá no alto parecia mais frio, e dava realmente pra ver a cidade, quer dizer, as luzes da cidade. Estava a noite.
Eu olhei pro finn e ele soltava um sorriso estonteante ao meu lado, parecia me sentir livre ali com ele de alguma forma. Ele se aproximou de mim, chegando mais perto de meu rosto, eu ia beija-lo, mas eu vim pelos estudos.

- oque está fazendo? - olhei pra ele me afastando.

- eu achei que queria - ele disse.

- eu quero, eu queria. EU NÃO POSSO! - eu disse gritando na última frase.

- oh! Tudo bem- diz finn voltando ao seu lugar.

Descemos da roda e la foi a vez de jack e noah. Eles pareciam se divertir, noah soltava um sorriso nunca visto nem por mim. Eu estava feliz por ele mesmo sem saber sua sexualidade.

Chegando em casa finn me deu um abraço e eu um beijo em seu rosto, noah deu um abraço apertado em jack, o agradecendo pela noite. Jack o entegou o casaco, mas noah recusou, disse que era pra ficar com ele.

(Jack narrando)

Cheguei em casa e não sabia pensar em mais nada a não ser em noah.
Oque esse menino fez comigo? Me despertou um sentimento sem nem mesmo falar nada. Literalmente.


Notas Finais


Eu gostei bastante desse capítulo, e vocês?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...