1. Spirit Fanfics >
  2. I need help, to get back - sycaro >
  3. Biblioteca

História I need help, to get back - sycaro - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


se quiserem podem deixar sugestões de coisas que vocês gostariam na história, isso seria uma ajuda boa pra mim também 🙏🏼

Capítulo 8 - Biblioteca


A noite anterior havia sido boa, tanto para Rodrigo quanto para Ycaro, Rodrigo se sentia mais leve, aliviado depois de ter sido acolhido pelo anjo, aquilo aquecia seu coração de diversas formas, e sorria ao se lembrar daquela noite, era algo tão calmo e simples, que parecia ser a coisa mais linda do mundo, era verdade, tudo quando era feito com Ycaro era diferente e bom. 


Estava em seu quarto mexendo em seu celular, e olhava algumas fotos que havia tirado de Ycaro em momentos de distração do mesmo, sorria bobo enquanto deslizava o dedo pela tela vendo as outras fotos tiradas.


Ainda tinha duvidas sobre o que sentia por Ycaro, ele o fazia um bem enorme desde que se encontraram, queria fazer de tudo para ajudar ele, e faria qualquer coisa, para ver aquele anjo sorrir, adorava ouvir sua risada e ver seus sorrisos bobos. 

Eram diversas coisas que aconteceram nesses dois meses, que só fizeram Rodrigo se apegar mais e mais em Ycaro, tudo que ele fazia o encantava, simplesmente amava ver ele ao acordar com seus cabelos bagunçados e sua cara exausta, também gostava de ficar deslumbrando aquelas asas, se pudesse, faria uma estátua de Ycaro para colocar no meio da sua sala para sempre poder olhar para ela quando ele não estivesse presente.


Mas parando para pensar, não entendia do por que ter tantos sentimentoa ligados a Ycaro, eram várias emoções juntas, eram confusas e uma completa bagunça, mas quando Ycaro estava por perto, parecia fazer todo sentido, ele era a sua lucidez, não conseguia parar de pensar nele um segundo sequer, sempre vinha em sua mente aqueles olhos, aquele sorriso radiante, as belas asas, e sem falar naqueles cabelos grandes e sedosos que toda vez que tinha a oportunidade acariciava algumas mechas.




Enquanto viajava em seus pensamentos, nem notava que havia um pequeno anjo voando apoiado em sua janela chamando por seu nome.




- saiko, SAIKO!

- que foi caraio?!

- vem comigo até os céus

- pra que doido?

- eu tenho que falar com a Isa

- e pra que tu quer que eu vá junto?

- tem algo lá que eu quero te mostrar e acho que você vai gostar - disse sorrindo apoiando seus mãos sobre a janela, encarando Rodrigo com aqueles olhos brilhantes

- huum... - queria poder segurar aquele lindo rosto com suas mãos e jamais soltar, era uma das fraquezas de Rodrigo 

- e então? Vamos?

- tu prentende ir como pra lá?

- com isso aqui - disse mostrando o relógio de transmutação

- e de onde tu arranjou isso? Do teu cu que não foi

- shiiiu, eu pedi pro Victor me emprestar e ele me ensinou como usar, agora vamo logo que eu tenho é pressa - disse entrando para dentro do quarto

- ta bom bicho chato




E então foram em direção ao banheiro mais perto, pois para funcionar precisava pelo menos ter uma única abertura, no caso, uma porta. Ycaro se pôs de frente para a porta e seguiu as instruções de Victor, assim, fazendo um pequeno estrondo, o que fez Rodrigo soltar uma risada que irritou o mesmo.





- ta rindo de que saiko?

- de tu dando um pulinho de susto

- pra sua informação eu não me assustei

- ah é? Foi o que então?

- isso foi causado pelo estrondo do portal, besta - bufou se virando e abrindo a porta, novamente dando para aquele pequeno templo de mármore

- e não é que tu conseguiu memo' - disse fazendo cara de surpresa

- mais respeito aqui ó, sou um anjo esperto meu fi' - respondeu estufando o peito de orgulho

- vamo logo então pra tu falar com a Isa

- tu pare de ser chato assim senão eu te largo aqui esperando

- vamo logo Ycaro

- tu é chato ein, dá essa mão aqui

- o chato que tu adora que eu sei




Ycaro corou com aquela provocação de Rodrigo, mas não respondeu nada, mas para dar o "troco" apenas puxou ele pelo braço o jogando em meio as nuvens, pulando logo em seguida.





- MEU DEUS YCARO VAI SE FUDER NÃO FAZ MAIS ISSO NÃO SEU ANIMAL

- é pra tu largar a mão de ser chato

- MAS NÃO PRECISA TENTAR ME MATAR, ME DÁ A MÃO YCARO EU NÃO QUERO MORRER NÃO, EU AINDA SOU MUITO JOVEM PRA ISSO

- nossa quando drama por causa de uma quedinha nas nuvens

- drama vai ser quando eu amassar tua cara, agora me bota no chão

- como quiser - disse soltando o mesmo com tudo, fazendo com que ele quase caísse de cara no chão

- tu me paga Ycaro




O anjo apenas ria de Rodrigo, que estava com o cabelo todo bagunçado por conta do vento da queda. 

Começaram a caminhar até chegarem naquele pequeno "reino", Rodrigo se sentia desconfortável com os olhares de desgosto sobre si, Ycaro apenas andava sorridente sem se preocupar com nada, Rodrigo então decide ignorar e continuar seguindo Ycaro. Até chegarem em uma enome estrutura de gesso e mármore, com pilares em detalhes dourados e azul claro, com duas portas de entrada. O anjo então caminha em direção àquelas portas enquanto Rodrigo olhava completamente fascinado para aquilo.

Depois de entrarem, Ycaro vai em direção a um local que nele havia uma moça de óculos redondos e um coque que organizava algumas papeladas espalhadas sobre um balcão de madeira escura.




- olá Ycaro! Em que eu posso te ajudar? - perguntou a moça ajustando seus óculos e deixando os papéis sobre o balcão

- bom dia liz, eu queria saber se a Isa esta aqui hoje

- ah sim, claro, ela está organizando a seção de arquivos e enciclopédias, você sabe onde fica certo?

- sim, muito obrigado liz

- disponha. E esse... humano? Precisa de algo senhor? - questionou liz, tentando analisar que espécie seria Rodrigo

- a-ah, não, eu estou junto com ele, obrigado

- certo, bem, tenham um ótimo dia!

- pra você também liz!




Rodrigo sente seu pulso ser puxado por Ycaro, que o guiava entre as enormes estantes de livros que pareciam não haver fim, até que depois de alguns minutos andando por aquele labirinto, se deparam com uma mulher de cabelos longos bem no topo de uma das estantes com alguns livros empilhados em seu braço, ela lia algumas etiquetas e colocava os livros de acordo. Até ela notar a presença de Ycaro e descer até o mesmo, dando um belo sorriso.




- Ycaro! Não esperava encontrar você aqui hoje

- bom dia Isa, eu queria te pedir uma ajuda com uma coisinha, se não for problema para você é claro

- imagina! E você Rodrigo, também precisa de alguma ajuda?

- ah, não, eu só estou aqui a mercê desse anjo chamado Ycaro

- ah sim, imagino que esteja bastante fascinado com os livros em nossa biblioteca, sinta-se livre para explorar ela.

- certo, obrigado




Dito isso, Rodrigo sai andando pelos corredores daquela, haviam diversos livros e as estantes eram absurdamente altas, com certeza aquela biblioteca deveria ter um acervo enorme para com o tamanho daquelas prateleiras.

Vagando mais alguns minutos pelos corredores, decide olhar em uma seção que lhe chamou a atenção, e então se depara com um livro de capa vinho com pequenos detalhes em branco em volta da capa. Depois de dar uma breve analisada, se senta no chão e se encosta próximo a outra estante que havia ali, folheando algumas páginas do livro, começa a achar algumas coisas que soavam interessantes para Rodrigo. Dizia:




"Uma alma pura e forte de um anjo ancestral, pode se dividir em duas ou mais partes, assim, tendo a sua força espiritual, aura e magia distribuída em diversos corpos de espécies diferentes"


"Um anjo (ou qualquer outro ser) que for morto, não ira completamente esvair da existência, o seu corpo físico deixará de existir, porém a sua essência e aura permaneceram, assim, podendo ir para outro corpo de acordo com a vontade desse ser"




Rodrigo estava vidrado naquele livro, não sabia sobre o que era precisamente, mas possuía diversos assuntos que o deixava intrigado e mais curioso, tinha algumas coisas que nem mesmo o seu anjo sabia explicar para ele. Continuando nas páginas daquele livro, encontra mais uma coisa em específico, que fez o mesmo sentir uma sensação estranha.




"Um anjo pode ter sido morto, mas pode ser revivido no mesmo corpo, tendo assim todas as suas memórias antigas apagadas, mas suas forças continuam ali, porém o mesmo terá que descobrir elas novamente. Se duas partes de uma mesma aura se encontram, ou seja, se dois corpos possuem a mesma aura de um anjo que se dividiu por exemplo, pode haver uma pequena alteração de poder entre ambos, fazendo com que a magia se estenda, tornando-se ainda mais resistente e possivelmente trazendo memórias de sua vida passada. Mas para isso, precisa ser estabelecida algum tipo de conexão entre os dois corpos, para que haja essa interação entre a aura dos dois. Assim que isso é feito, poderá ser lembrado ainda mais coisas sobre a vida passada dessa aura que habita ambos os corpos"




Estava boquiaberto, aquele livro havia diversas coisas que o deixaram extremamente confuso mas ao mesmo tempo curioso por mais, talvez aquilo, pudesse ajudar Ycaro a encontrar o outro anjo, ou qualquer coisa que fosse necessário para o encontrar. Com toda certeza deveria ter algo desse tipo naquele livro, e continuava lendo por vários minutos.







{Isa e Ycaro em outra parte da biblioteca}



- então, o que você queria minha ajuda?

- é sobre o saiko...

- seu humano? O que tem ele?

- eu não sei dizer mas-

- você ta apaixonado por ele né

- que? Como?

- eu percebo os sinais Ycaro, se esqueceu? É nítido como você fica em relação ao Rodrigo, sei que cultiva sentimentos por ele desde que retornou para o céu com a ajuda dele

- eu não tenho certeza ainda Isa, mas, o saiko é diferente, tudo nele é diferente sabe? O jeito dele, como ele conversa, explica, olha, sente, sorri, tudo nele é diferente. Até a-

- a aura dele

- sim, pera, como você sabe?

- desde que você trouxe ele aqui, eu percebi que ele tinha algo estranho, a aura dele não parecia ser totalmente a de um humano, por alguma razão, ela é semelhante com a sua, só que com uma coisa a mais que não sei explicar

- e o que você acha que pode ser?

- eu não lembro exatamente, mas acho que deve ter um livro aqui sobre isso, algo como almas compartilhadas, e coisas do tipo

- e você sabe onde ta esse livro?

- eu posso tentar achar

- então vamos, eu te ajudo




E saíram andando pelos corredores, cerca de alguns minutos, Ycaro decide voar sobre as estantes para ver se encontrava esse tal livro, mas o que encontra era um Rodrigo sentado com algo que parecia o entreter bastante, ele então volta e vai andando em direção aonde ele estava, com Isa o seguindo.




- vejo que gostou desse livro - disse se aproximando dando um pequeno susto em Rodrigo

- para de aparecer assim do nada doido

- que livro é esse? - questionou Ycaro

- não sei, eu achei nessa estante e peguei pra ler por ser chamativo

- hum, é bem bonito mesmo

-sim-- EI!

- era exatamente esse livro que eu estava procurando - disse Isa pegando o livro das mãos de Rodrigo

- eu acho melhor a gente voltar saiko, ta quase na hora do almoço já, mais tarde a gente volta pra cá pra tu ficar no meio desses livros de novo

- certo, vamo logo então que eu já to com fome

- certo, vai indo na frente vai - disse dando um empurrãozinho em Rodrigo

- é esse então Isa? - sussurou para ela

- sim, eu vou levar ele comigo e dar uma analisada ver se encontro o que precisa

- certo, daqui algumas horas eu volto então

- vamo logo Ycaro!

- to indo!




Os dois logo sairam daquela enorme biblioteca, voltando para o templo de mármore e retornando ao mundo humano. Mas não iriam voltar para lá tão cedo quanto imaginam.


Notas Finais


o que ceis tão achando da história? quero saber o que acham pra eu continuar ela


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...