História I Need U - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Novela
Visualizações 13
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - "J-hope":uma ameaça em potencial


Fanfic / Fanfiction I Need U - Capítulo 6 - "J-hope":uma ameaça em potencial

Até aí tudo ia bem entre a gente,eu era o seu amigo,ela era minha amiga e a gente se entendia(mesmo eu querendo e desejando mais do que sua amizade  todos os dias )

E procurando estar sempre perto dela,tentando não perdê-la de vista ou com medo que outro pudesse lhe conquistar no meu lugar.Eu fazia tudo só pra parecer interessado no que ela fazia , só pra afastar os outros caras que pareciam querer uma chance com ela(mesmo detestando fazer aquelas coisas chatas como ajudar os outros,estudar e ser bom com quem eu não conhecia e etc)E acreditando profundamente que eu realmente fazia isso de boa vontade,ela sempre me envolvia em causas humanitárias,e com isso eu conseguia tê-la só pra mim por frações de segundos.

Certo dia,ela foi convidada para uma festa na casa de um amigo,e me convidou para ir também.No começo eu nem queria ir nessa festa,porque odiava os amigos dela,tanto quanto eles me odiavam(isso era recíproco)Mas ela falava tanto desse amigo,que eu acabei ficando com ciúmes dele mesmo sem conhecê-lo e fiz questão de comparecer nessa maldita festa só pra vê-lo de perto(era um tal de Jung Hoseok,ou como ela carinhosamente o chamava, J-hope.Ela falava tanto dele, que eu já parecia conhecê-lo a anos.Ele era um bom samaritano,sempre envolvido nas mesmas causas humanitárias que ela;de família rica;bem de vida;estudado;viajado;culto;falava várias línguas e era bem íntimo dela)Cada vez que ela inúmerava suas qualidades diante de mim,isso me diminuía consideravelmente e destruia as chances que eu tinha de conquista-la no lugar dele.

Quando chegamos na casa dele,ou melhor,na mansão aonde ele morava,eu quase caí pra trás (Como eu poderia competir com isso,hein?)O cara além de ser perfeito pra ela,era podre de rico e pudia dá-la uma vida de princesa.Enquanto,eu,mal tinha aonde cair morto e devia até a unha do meu pé pra ter o que comer no fim do mês e aonde passar a noite.Que vi meu mundo desabar diante dos meus pés,ao perceber que minhas chances com ela agora foram  de 1 pra 0,0.

Só que tudo piorou mesmo,quando me puxando pra dentro da enorme sala cheia de pessoas finas e educadas.Ela me apresentou pra ele formalmente  e vi naquele exato momento que ele seria uma pedra no meu sapato.

_J-hope,Suga....Suga,J-hope!_ela nos apresentou,com um sorriso no rosto, após me soltar,dar lhe um abraço forte bem na minha frente e ficar toda a vontade perto dele(como se gostasse mais dele do que de mim)

_Muito prazer,Suga!_ele falou,tocando minha mão,parecendo tão falso comigo quanto o sorriso estampado no seu rosto  ao me encarar,tentando disfarçar que me conhecer era a melhor coisa do mundo pra ele.

_O prazer foi todo meu, J-hope!_eu falei,tocando na mão dele de volta,compartilhando da mesma falsidade que ele,um sorriso mentiroso nos lábios e uma vontade enorme de socar aquela cara de salafrário que ele tinha(me dizendo que eu não tinha nem uma chance com ela)

_Espero que vocês dois possam se dar bem_ela indagou,nos encarando,estando entre nós dois,toda empolgada_Porque são as duas pessoas que eu mais gosto e quero bem nessa vida...e a amizade de vocês dois irá significar muito pra mim,sabia?

Ambos disfarçamos diante dela,fingimos que toda aquela incenação era verdadeira,mas no fundo sabíamos que jamais seríamos amigos um do outro,porque logo de cara nos vimos como rivais(disputando o amor de uma mesma garota)

E naquela noite,a pior da minha existência naquele momento,eu tive que dividí-la com ele e fazer de conta que isso não me incomodava.

Sò que suportá-lo não seria uma farefa fácil de se fazer pra sempre,sabendo que ele queria o mesmo que eu"Stelar"... 

Continua...











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...