História I need u boy (imagine Jisung) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), G-Dragon, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jisung
Visualizações 85
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sairá outro cap hj, e me desculpem mais uma vez

Capítulo 11 - 11


Fanfic / Fanfiction I need u boy (imagine Jisung) - Capítulo 11 - 11


Jisung começou a me puxar sem rumo, naquele momento só queríamos fugir, e ainda tenho que saber mais sobre o outro jisung.

Q.D.T

Minhas pernas já doem, estamos correndo a quanto tempo?

(S/n)- jisung...

Digo tentando recuperar o fôlego, ele me olha

(S/n)- eu... Não... Não aguento mais... Estou muito cansada.

(Jisung)- só mais um pouco... Nós temos que ir!

Ele me puxa rápido

Corremos muito rápido, e de repente tudo fica claro... Claro até demais, meus olhos chegam a doerem, e logo depois a escuridão reina .

Abro meus olhos devagar mas de qualquer forma eu estava tonta, tudo girava ficou assim por segundos e finalmente parou, levanto devagar e olho em volta, eu estava na frente do lago de novo, Então... Foi tudo um sonho?!

Cadê o Jisung?

passo meus olhos envolta daquela floresta e o encontro, ele andava depressa... Mas porque ele não me acordou ou me levou junto...?

Melhor pensar nisso depois.

Começo a andar mas alguém me segura, e tampa a minha boca já que eu estava prestes a gritar pelo susto.

(???)-shiii... Calma sou eu s/a.

Era... Chenle

(Chenle)-não grite por favor

Assim que ele diz isso tira sua mão de minha boca.

(S/n)- YA! você me assustou!

(Chenle)- aigo... Pedi para que não gritasse.

Oque faz aqui?

Ficamos em silêncio por um tempo... ele suspira e senta na raíz de uma árvore, que era enorme!

(Chenle)-Eu vi...(outro suspiro)

(S/n)- viu oque?

Eu com certeza estava nervosa o suor do nervosismo já se encontrava em meu rosto.

(Chenle)- sente - se aqui.

Ele bate na raíz ao seu lado. O olhei com receio.

(Chenle)- pode vir... Não farei nada de mal... Só quero conversar.

Ainda com receio me sentei ao seu lado.

(S/n)- oque você viu?

Digo colocando minha mão em seu ombro

(Chenle)- eu vi..!

seus olhos se encheram e as lagrimas não demoraram a cair, as lagrimas não acabavam, ele não conseguia fala, seus soluços altos não o deixavam, ele estava sofrendo muito...

(Chenle)- eu vi tudo...! E essa não foi a primeira vez!

Em seguida novamente os soluços, mas... Oque será que chenle viu para ficar assim?

Será que... Não.... Chenle não pode ter visto... Isso seria péssimo! Será que ele viu eu e jisung nos... Beijando?!

(S/n)- chenle por favor... Me diga oque viu, e por favor se acalme.

Digo isso secando suas lagrimas, mas não adiantou ele voltou a chorar, a única coisa que pude fazer foi o abraçar e lhe dar carinho...

Jisung on

Quando acordei s/n ainda estava desacordada, eu ia pega-la no colo mas... Vi chenle ele andava distraido, mas ainda era arriscado levar s/n comigo... Então a única solução foi deixa-lá ali, ela poderia ser enchida de perguntas, mas por outro lado chenle não estranharia nós dois.

De novo passando pelos corredores do castelo...

Paro assim que escuto um choro obviamente feminino vinha do quarto de meus pais.

Com a curiosidade me corroendo, entro sem bater.

OQUE?!

Meus olhos quase saíram para fora.

Vi a cena em que meu pai abusava de uma das empregadas deste castelo.

Por sorte ninguém tinha me visto, Fechei a porta com cautela e quando fui dar meu primeiro passo, me perguntei mentalmente aonde mamãe estava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...