História I Need you - Calzona - Capítulo 14


Escrita por: e JenParrilla

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Addison Montgomery-Shepherd, Alexander "Alex" Karev, Alexandra "Lexie" Grey, Arizona Robbins, Calliope "Callie" Torres, Cristina Yang, Mark Sloan, Meredith Grey, Richard Webber
Tags Arizona, Callie, Calzona, Grey's Anatomy, Mertina
Visualizações 543
Palavras 1.303
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction I Need you - Calzona - Capítulo 14 - Capítulo 14

[Callie]

Depois do maravilhoso "café da manhã" que tive com minha namorada, fomos para o hospital, passei por todos os meus pacientes os avaliando e quando achei que iria descansar um pouco meu Pager começou a tocar dizendo do acidente que mobilizaria todo o hospital, corri para a entrada e fiquei aguardando a ambulância, comecei a me preparar quando de repente senti alguém segurar em meu braço e me puxar com certa violência me virando de uma vez e essa tal pessoa me beijar, tentei me desvencilhar, mas logo em seguida senti alguém esbarrar em mim com força e meu coração quase parou quando vi quem era, meu coração gela ao ver que Arizona tinha esbarrado em mim. Tento dizer algo, mas nada sai. Olho para Mark e sem pensar lhe dou um soco no rosto, o que fez com que ele caísse no chão. Me cento em cima dele e continuo desferindo vários socos em seu rosto.

- Está feliz agora? – perguntei as lagrimas - Olha só o que você fez. Seu estúpido. – Ele não disse nada, nem se defendeu e eu continuei - Se ela se afastar de mim a culpa vai ser sua e vou te odiar pro resto da minha vida. Seu IDIOTA.

Me levantei de cima dele e sai andando rumo ao quarto dos médicos sem dar chance ao Mark de dizer alguma coisa, assim que entro no quarto, tranco a porta e começo a chorar sem parar. Pego meu celular e descido enviar uma mensagem para Arizona

Hey. Aquilo que você viu não é o que parece. Vem aqui no quarto dos médicos e eu te explico. Por favor. ��

Devo ter esperado umas meia hora mais ou menos antes de perceber que ela não viria, quando sai do quarto acabei esbarrando em alguém e pra minha surpresa era ela.

- Eu estava com paciente – disse ela sem graça, mas eu podia perceber a chateação dela, eu não sabia exatamente por onde começar a falar o que nos fez ficar em um silencio extremamente constrangedor, mas despertei dos meus pensamentos quando ela virou de costas e disse irritada – Bom, pelo jeito você não tem nada pra dizer.

Mais que de pressa, segurei em seu braço, a virei para mim e a beijei na frente de todos que passavam e disse.

- Eu Amo você, eu estava esperando os pacientes quando ele me puxou pelo braço e me beijou, você não ficou para ver, mas eu bati nele e é bem capaz de eu perder o meu emprego por isso – disse com as lagrimas escorrendo pelo meu rosto, bom eu sabia que ninguém me demitiria, mas eu precisava fazer ela me ouvir então continuei - Mais saiba que eu te amo e não quero te perder – vi seus olhos se enchendo de lagrimas e eu continuei - Você é a mulher da minha vida Arizona.

- Eu vi ele - disse ela sem jeito - ele parece ter sido atropelado por um ônibus - nos duas rimos e ela disse tristemente - ele não vai parar até nos separar

- E eu não vou deixar você ir.. a menos que você queira... - digo acariciando seu rosto e olhando intensamente em seus olhos.

- Eu não quero - disse ela antes de me beijar.

Sorrio e retribuo ao beijo sem me importar com os sussurros trás de mim.

- Eu amo você - digo sem desgrudar nossos lábios, então me afasto para olhar nos olhos dela e dizer pausadamente - Eu.. Te.. Amo..

- Eu te amo também - disse ela com lindo sorriso, mas de repente ela voltou a chorar e disse com voz carregada de dor - quando eu vi ele te beijando... foi como se tivesse arrancado meu coração  do meu peito

- Me desculpa por presenciar aquilo meu amor – digo ao abraça-la, comecei a acarinhar os seus cabelos, estava com tanta raiva do Mark agora por fazer a minha loira sofrer, mas apenas apertei ela ainda mais em meu abraço e disse - Não vai acontecer de novo.

- Espero mesmo que não – murmura ela contra meu abraço, ela se afastou por um momento e disse sem graça – Eu pedi a troca de Residente e o Chefe aprovou. – Ela respirou fundo e disse – eu estou com a Dra. Yang agora.

- Ah.. tudo bem – digo meio chateada, não queria que ela fosse pra Cristina, mas sorri e disse - eu sei que você quer Cristina como mentora e ela é excelente.

- Que bom que você entende – disse ela aliviada.

Trocamos alguns beijos e logo voltamos ao trabalho, devo dizer que tinha muito, mas muito trabalho mesmo, como Arizona havia me informado não foi surpresa quando eu recebi a notificação dizendo que havia uma troca de internos, e Jackson Avery veio para minha equipe. Já quase no fim do dia encontro Mark com um saco de gelo na cara e realmente Arizona tinha razão, ele está horrível o que me faz sentir um pouco culpada, mas não deixaria isso transparecer. Estava quase passando por ele quando ele segurou o meu braço.

- Preciso falar com você – disse ele com uma voz rouca.

- Não quero falar com você. – disse rispidamente então o olhao de rabo de olho e digo em um tom raivoso - Agora faz o favor de tirar sua mão do meu braço.

- Eu sinto muito Okay? Eu passei dos limites - disse ele seriamente sem tirar a mão de mim, ele deu um suspiro irritado e continuou - Você precisa dar o fora, não quero você se afundando com ela.

- Não, você não sente muito e eu sei que não sente, agora se veio aqui com aquele papinho de que tenho que me afastar – digo ao puxar meu braço com força, sai andando e disse - Você perdeu o seu tempo.

- Torres você é a minha melhor amiga – disse ele parando na minha frente – Você deveria correr disso tudo, mas você está indo direto pro olho do furacão.

- Que se dane o furacão. - digo o olhando.

- Eu não te falar mais nada - disse ele seriamente - Já está avisada.

- Com licença, tenho pacientes para cuidar – digo antes de sair andando rapidamente, vou para o quarto dos médicos tentar por a cabeça no lugar e acabo cochilando, mas acordo assustada quando alguém bate na porta, mas fico feliz em ver a minha loira.

- Hey .. Ta tudo bem? – pergunta Arizona meio receosa ao entrar no quarto.

- Estou sim, só cansada – digo forçando um sorriso, então respiro fundo e digo - Eu só queria entender uma coisa porque Mark fala para eu me afastar de você toda vez que me encontra – não consegui nem me sentar, continuei deitada ao dizer - Eu ja disse. Eu não tenho medo. Pode vir o Ozama Bin Laden me procurar e eu não vou correr para longe de você.

- Ele tem medo e pra sincera eu também – disse ela ao se sentar na beirada da cama, ela abaixou a cabeça e disse – eu não quero que nada aconteça com você e minha mãe ... – ela apoiou os cotovelos nas coxas, tampou o rosto com as mãos e começou a chorar – ela pode machucar você

- Hey ela não vai ta bom, iremos conseguir e ninguém irá se machucar – digo calmamente ao acariciar seu rosto, chego mais para trás e bato na cama para que ela deite também e peço - Vem. Deita aqui comigo.

Arizona se deitou comigo, fazendo-nos ficar uma de frente pra outra e eu fiquei fazendo um cafuné em seus cabelos enquanto ela fazia o mesmo nos meus, ela fechou os olhos e de repente parou de fazer o cafuné adormecendo em meus braços, e não demorou muito para que eu adormecesse também.


Notas Finais


Oi oi meu povo..

Tudo bem com vocês? Espero que sim.

Povo, mandem suas opiniões, me digam o que vocês esperando para o próximo capitulo, comentem..

E me siga no Twitter: TheHCristina ... Vamos socializar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...