História I Need You 2 - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Erwin Smith, Hange Zoë, Kenny Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Moblit Berner, Sasha Braus
Tags Attack On Titan, Hange, Levi, Levihan, Levixhange, Shingeki No Kyojin
Visualizações 35
Palavras 1.995
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Promessa


Fanfic / Fanfiction I Need You 2 - Capítulo 2 - Promessa

Foram um pouco mais adiante até encontrarem uma pequena caverna no fundo da floresta onde decidiram passar a noite. Não adiantaria ficar perambulando noite a fora à procura de um lugar sendo que já nem estavam enxergando direito. 

Após descerem de seus cavalos, todos deram atenção à morena. Levaram-na para dentro da caverna, forraram com uma de suas capas o chão colocando-a deitada. Armin, apesar de não ter muita experiência, examinou Hange com cuidado recebendo a ajuda de Mikasa. Tirou a capa e a blusa da mesma fazendo os curativos necessários, por sorte o tiro não havia atingido nenhum lugar de risco. 

Terminando o trabalho, Mikasa observou como Levi encarava a morena e pediu para que todos saíssem do lugar, ao qual obedeceram mesmo sem entenderem nada. 

Depois de todos terem saído, Levi se aproximou da morena sentando ao seu lado e segurando  firmemente sua mão. Armin disse que ela ficaria bem, não havia perdido tanto sangue e que ela só precisava descansar um pouco, essas informações fizeram o moreno sentir um enorme alívio em seu coração. 

Analisou com cuidado a imagem à sua frente e esticou um pouco a mão pousando-a nos cabelos da morena os acariciando carinhosamente e com cuidado para não acorda-la. Hange estava com alguns machucados no rosto e nos braços devido à queda, seu cabelo estava bagunçado e uma faixa envolvia seu peito. Mesmo assim, Levi a estava achando linda apesar de não dizer isso em voz alta. Hange é uma mulher muito bonita, claro não tinha muito corpo, tanto que na primeira vez que a viu confundiu-a com um homem. 

Mas olhando-a de perto, podia ver como a vida de exploradora havia lhe proporcionado algumas belas curvas, mesmo que não fossem muitas, mas já era o suficiente para chamar atenção de outros homens, esse último pensamento fez com que ele sentisse uma leve pontada de raiva, não seria ciúmes ou sim? Ele já sabia a resposta e não gostou muito.

Voltou a encarar seu rosto. Seus olhos castanhos estavam fechados e seu semblante era sereno, “droga! Essa maluca é mesmo linda” pensava sentindo como seu rosto esquentava um pouco. Hange se moveu fazendo com que Levi afastasse a mão. A morena virou-se na direção de Levi mas continua dormindo, para grande alívio do moreno. 

Havia se passado duas semanas desde que Hange havia entrado em seu quarto por culpa do pesadelo que teve. Havia se passado duas semanas que se beijaram pela primeira vez. Havia se passado duas semanas que fizeram aquela promessa. Havia se passado duas semanas que estavam em uma relação. Sim, o homem mais forte da humanidade e a mais inteligente estavam mesmo em um relacionamento  mas ninguém sabia. Tinham decidido guardar segredo por enquanto, o que não foi difícil já que eles não agiam como “namorados”. 

Enquanto olhava para Hange, uma lembrança lhe veio à mente...

 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Estavam no laboratório da morena analisando alguns papéis/ relatórios de missões. Hange estava sentada enquanto Levi estava de pé tomando chá preto, ninguém falava nada. O silêncio estava presente entre eles mas nenhum reclamava, muito pelo contrário, estavam gostando daquele silêncio.

Apesar de estar analisando os relatórios, Hange estava um pouco pensativa e Levi notou isso mas preferiu não dizer nada, uma hora ou outra ela ia dizer... e foi o que ela fez...

- Hey Levi, já pensou em ter filhos? - perguntou direta e na maior tranquilidade 

Levi que, estava tomando seu chá, acabou se engasgando sujando um pouco sua blusa branca que tinha acabado de lavar. 

- Mas que tipo de pergunta é essa quatro-olhos? - perguntou ele indignado e com o rosto um pouco vermelho 

- Só queria saber ué - disse dando de ombros 

- Por quê isso agora? - disse arqueando uma sobrancelha

- É que... na nossa última missão, enquanto esperávamos os portões serem abertos, eu vi uma menina com a mãe - disse lembrando da cena - elas estavam conversando alguma coisa, mas uma frase me chamou atenção... 

Levi percebeu que o semblante da morena ficou diferente, mais... radiante, isso o deixou curioso.

- A menina disse “eu te amo mãe”... isso meio que me tocou sabe? Sei lá.. fiquei pensando como seria se alguém dissesse isso pra mim... 

O moreno a encarou com um semblante calmo. Ela queria saber como seria se alguém dissesse que a amava? Claro, eles não trocavam muitas palavras de afeto, principalmente Levi, ele não é de expressar seus sentimentos aos demais e Hange sabia disso tanto que ela não o forçava a dizer palavras ou atos românticos. Ela gostava de Levi do jeito que ele era e não o trocaria por nada. 

Mas isso fez com que o moreno meditasse um pouco. Levi não costuma dizer seus sentimentos à ninguém, mas com Hange ele meio que procurou demonstrar mais isso às vezes por meio de um abraço ou pegando em sua mão. Mas agora ele se sentiu tentado a fazer e curioso ao mesmo tempo.

- Queria saber como aquela mãe se sentiu - continuou Hange - por isso perguntei 

Agora ela estava o encarando esperando uma resposta. Com um suspiro, Levi também a encarou com a mesma profundidade...

- Não quatro-olhos, nunca pensei nisso, até porque.. você é a única ao qual tive uma relação 

- Oh... me sinto honrada! - disse brincalhona - mas... queria saber como seria ter uma família, como seria se eu tivesse filhos. Será que eu seria uma boa mãe? Uma boa esposa? Às vezes... fico me perguntado isso 

Ao escutar essas palavras, Levi sentiu como seu coração se aquecia. Bem no íntimo ele também queria saber mas o que saiu de sua boca foi completamente o contrário 

- Quatro-olhos, você acha mesmo que seria uma boa ideia ter uma família no mundo ao qual vivemos? Estamos em uma luta árdua contra os Titãs e não estamos ganhando 

Hange ouviu aquilo e sentiu uma dor aguda no coração, sabia que ele estava dizendo a verdade mas como diz o ditado: a verdade dói...

- T-tem razão Levi, onde eu estava com a cabeça? - disse rindo um pouco - desculpe pela pergunta idiota- Disse voltando a atenção aos relatórios 

Levi amaldiçoou a si mesmo por isso, viu como o semblante da morena mudou depois de ter pronunciado tais palavras. Entendia seus sentimentos, todos queriam constituir uma família, é normal. E agora que estava em uma relação com ela, ficou curioso para saber como seria se tivesse um bando de pirralhos correndo pela casa o chamando de pai. Sentiu novamente aquela sensação quente em seu coração, sentiu como o mesmo se derretia só de imaginar tal cena. Um turbilhão de sentimentos preenchia seu corpo.

- Mas... - disse Levi recebendo a atenção da morena - os Titãs não vão durar para sempre. É por isso que temos a tropa de exploração, é por isso que carregamos as asas da liberdade em nossos uniformes, é por isso que estamos lutando... e é por isso - disse pegando na mão de Hange - que vamos vencer 

Levi dizia aquilo tudo olhando dentro dos olhos da morena, que sorriu diante daquelas palavras. Estava feliz, realmente não trocaria Levi por mais ninguém. Levantou o abraçando de surpresa deixando o moreno paralisado por um tempo mas que correspondeu ao abraço logo depois. Odiava admitir isso, mas amava aquela mulher.

- Obrigada Levi, te amo - disse encostando a cabeça em seu ombro.

Levi não esperava aquilo, não esperava aquelas palavras saírem da boca de Hange. Mas ao ouvi-las, seu coração se aqueceu de uma maneira que ninguém conseguiu fazer antes.  Lembrou de seus “irmãos” Farlan e Isabel, não demonstrou muito afeto por eles e acabou perdendo-os depois. Ele viu ambos serem comidos por aquele titã, ao qual Levi teve prazer em matar. Lembrou de ver o corpo de Farlan completamente sem vida e mutilado no chão. Lembrou de ver a cabeça de Isabel no meio do campo, os havia perdido. Nunca mais iria ter a oportunidade de concertar isso. Não queria isso com Hange...

Se separou do abraço pegando o rosto da morena com ambas as mãos obrigando-a a encará-lo 

- Hange...- disse se aproximando- eu também te amo 

Dito isso, cerrou a distância entre eles encostando seus lábios aos da morena a beijando com calma. Não iria cometer o mesmo erro do passado, se esforçaria para demonstrar seus sentimentos à quem ele mais ama

Hange se surpreendeu de início pelo ato inesperado mas correspondeu alguns segundos depois da mesma maneira sorrindo entre o beijo. Após se separarem, Levi a encarou profundamente 

- Hange, seja sincera... você quer mesmo ter um filho? - disse Levi, ele estava disposto a lhe dar um se necessário, se isso a fizesse feliz. 

Levi perguntou com um semblante tão concentrado que fez a morena rir um pouco 

- Agora não... como você disse, não estamos em condições e eu concordo plenamente com você. Mas... se você ainda me amar quando os Titãs não existirem mais, eu aceitaria com todo prazer constituir uma família com você - disse encostando suas testas 

Levi sentiu seu rosto esquentar um pouco mas devolveu tal gesto. 

- Mas.. - disse Hange - temos que seguir com aquela promessa lembra? Nem eu nem você podemos morrer... 

- Tsk  já falei que não vamos morrer quatro-olhos... eu não vou deixar 

 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Lembrando disso, Levi sentiu aquela sensação de acolhimento em seu coração, mas ao mesmo tempo se sentiu muito incompetente. Ele havia prometido que não deixaria ela morrer, e onde ele estava quando ela foi atingida pelo tiro? Tá certo ela não morreu, ela ficaria bem... mas e se acontecesse algo pior?! E se ela não estivesse mais aqui do seu lado?! E se-

- Levi? 

O moreno levou um susto ao ouvir a voz, abaixou a cabeça se encontrando com os olhos castanhos de Hange... ela estava sem os óculos.

- Estou aqui... 

- ... você viu meus óculos? Não estou enxergando nada- disse forçando um pouco a vista 

Foi mínimo, mas um sorriso surgiu nos lábios do moreno ao escutar aquela voz de novo, nunca pensou que sentiria falta da voz dessa mulher...

- Estão do seu lado 

Hange tentou se levantar mas Levi a impediu dizendo que precisava descansar. Ela percebeu que o moreno a estava segurando na mão e deu um sorriso apertando o toque. Usou sua outra não livre para tentar pegar seus óculos mas foi interrompida por Levi que a segurou 

- Levi.. eu preciso dos meus óculos, não consigo enxer-

Hange foi interrompida pelos lábios de Levi. Sentiu uma imensa felicidade ao sentir aqueles lábios mais uma vez depois de duas semanas. Ao se separar Levi distribuiu vários beijos no rosto da morena fazendo a mesma rir.

- Isso tudo era saudade? - disse em um tom brincalhão 

- Não faça mais isso, nunca mais me assuste desse jeito quatro-olhos- disse a encarando- se não... 

- ... Se não? - disse o incentivando a continuar 

- não poderemos cumprir aquelas promessas 

-  Prome-

Hange interrompeu a si mesma ao lembrar da promessa que fizeram. Após destruírem todos os Titãs eles construiriam uma família 

- Levi..

Hange não conseguiria demonstrar o quão feliz estava, puxou Levi para mais um beijo ao qual ele correspondeu de imediato. Depois de se separarem, se abraçaram mostrando todo amor que sentiam. Ambos estavam em silêncio, não precisavam dizer nada, mas Levi tomou coragem 

- Hange 

- Hm? 

- ... Eu te amo - pronunciou a atraindo mais a ele - vou cumprir as duas promessas que fiz a você...

- Levi - Hange o apertou mais forte- Também te amo baixinho 

- Já falei para não me chamar assim quatro-olhos 

Ambos continuaram abraçados até Levi dizer que ela precisava descansar, ele ficou ao lado dela todo o momento não desgrudando nem um segundo seu olhar. 

Enquanto a observava, se perguntou como havia chegado nessa situação. Como conseguiu amar uma pessoa como ela?! Mas sabe de uma coisa? ele não se arrependia 

 

 

 

~ FIM 

 

 

 

  

 

 


Notas Finais


É isso galera!! Espero que tenham gostado, me digam o que vocês acharam e o que precisa melhorar!! *3* bjsss ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...