História I Need You ||A.G - J.B|| - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Becky G, Camila Cabello, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Ariana Grande, Becky G, Camila Cabello, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Ariana Grande, Brigas, Jariana, Justin Bieber, Romance
Visualizações 46
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - C h a p t e r O n e


Fanfic / Fanfiction I Need You ||A.G - J.B|| - Capítulo 2 - C h a p t e r O n e

Depression...

Ariana Grande Butera POV's.
Toronto, Canadá.
2018

Assim que chego no colégio vou em direção ao meu armário, pego os livros que irei precisar para as 3 primeiras aulas, fecho o meu armário e vou em direção e sala, assim que entro, vejo que tem poucos alunos e me sento na última cadeira, me isolando de todos que estavam ali. Digamos que eu sou uma anti social, só tive uma amiga na minha vida, mas ela não dava total atenção a mim então a deixei de lado, todos os alunos me acham estranha, eu até que não ligo muito, mas me incomoda quando eles fazem piadas sobre mim e me olham torto, eu evito usar camisa ou até mesmo regata, para que eles não vejam as cicatrizes que a em meu braço.

Assim que o sinal toca, todos os alunos se sentam em seus devidos lugares, quando o professor de geografia entra na sala percebo que o mesmo não está de bom humor, bom isso já é de costume velo assim, não sei o que tanto o aborrece ou é ter que dar aula para alunos que nem se quer se dão ao respeito ou como anda a sua vida pessoal, acho que prefiro acreditar na primeira opção.

— Bom, hoje na aula iremos falar sobre um novo assunto que estou querendo abordar com você, mas antes disso, irei falar sobre o trabalho que quero semana que vem! — Ele fala e vários alunos já começam a reclamar, ele vai até a sua carteira e pega um papel, que suponho que seja sobre o assunto do trabalho — Bom, o trabalho será em dubla, mas dessa vez eu irei escolher quem irá ficar com quem, e antes que comecem a reclamar, eu sugiro que pensem duas vezes antes de fazerem tal ato, pois se eu ouvir alguém reclamando, irá ficar sem nota! — A sala inteira fica um completo silêncio, tenho certeza que se uma agulha caísse nesse instante eu iria ouvir. — Pois bem, nesse trabalho, eu quero que vocês escolham um país, e falam sobre sua história, suas tradições, pontos turísticos, comidas típicas etc... Quero também no meninos 5 fotos, e eu também quero que vocês fazem um resumo sobre o que aprenderam sobre o país e irão apresentar na frente da sala toda!

— Professor, posso fazer o trabalho sozinha? — Pergunto com a minha mãe erguida, mas me arrependo de tal ato que acabarei de fazer, pois todos estavam olhando para mim.

— Não Ariana, dessa vez você não poderá fazer sozinha...

— Compreendo! — Digo e logo o professor começa a falar as duplas, não gosto de fazer trabalho em dupla, sempre prefiro fazer sozinha.

— ... Camila Cabello e Demi Lovato, Chaz Somers e Becky G e por fim Ariana Grande e Justin Bieber. — Assim que ele termina de falar, olho para ele indignada por ter me colocado com o Justin Bieber, além dele ficar me perturbando, ele fica me chamando de Ana, sempre discuto com ele por causa disso.

— Ana... — Sinto alguém me cutucar, nem preciso olhar para saber quem é o indivíduo, só pelo jeito que me chamou já sei de quem se trata.

— Quando mais eu rezo, mais assombração aparece! — Digo e olho para ele — O que foi garoto?

— Nossa! Calma estressadinha, caso você tenho esquecido, eu sou a sua dupla, então amanhã as 18:00 esteja em minha casa para fazermos o trabalho! — Ele fala.

— Tá, só me passa o seu endereço! — Peço, eu até poderia falar que iria fazer o trabalho sozinha, mas como eu estou fazendo o trabalho com o Justin, não irei deixar barato para ele, por mim eu nem iria na casa dele hoje, só estou indo para acabar logo com isso.

— Aqui está! — Ele me entrega um papel onde está o endereço da casa dele e pego o mesmo.

Logo volto prestar atenção na aula.


[...]


Ouço o sinal da última aula tocar, queria poder me jogar no chão e agradecer por finalmente poder ir embora, mas tenho que manter postura.

Assim que termino de guarda meus matérias me retiro da sala indo em direção a saída, quero sair daqui o mais rápido possível, agradeço por estar no último ano e assim que o ano terminar não terei que ver esses rostos novamente.

Abro a porta de minha casa e adentro na mesma, como de costume estou sozinha.

Solto um longo suspiro e subo as escadas indo até meu quarto. Jogo minha mochila num canto qualquer e me jogo na cama.

Amanhã é o dia que me assombra a dois anos, o dia em que meu irmão morreu. Éramos tão próximos um do outro, sinto falta de quando ele me contava de seus sonhos, um mais louco que o outro, mas infelizmente, ele foi tirado de mim.

Depois que ele se foi eu entrei em depressão, ele era a única pessoa que se importava comigo, se eu tivesse percebido logo do início pelo o que ele tava passando eu poderia ter evitado dele ter cometido suicídio, ele poderia estar agora comigo mexendo no meu cabelo é falando como o atendente da panificadora e gata.

A depressão me levou a começar a me auto-multilar sempre que fico triste, resumindo: todo dia.

Minha tristeza vira frustração e a frustração, desespero. O desespero se torna tão grande que ficava insuportável. E como se existisse um monstro dentro de mim e como se eu precisasse me cortar para libertá-lo e isso me faz me sentir bem.

É estranho, mas eu gosto de ver o sangue escorrer e gosto da dor que sinto.

 Continua!...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...