1. Spirit Fanfics >
  2. I Need You Girl >
  3. Que saudades...

História I Need You Girl - Capítulo 83


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus queridos leitores.
Aqui está mais um capítulo.
Espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 83 - Que saudades...


Fanfic / Fanfiction I Need You Girl - Capítulo 83 - Que saudades...


Taehyung  tomava um copo de leite enquanto lia uma revista sobre celebridades. Ele estava pensativo, se lembrando  que faltavam poucos dias para o natal. Iriam ter de dar um show San Francisco, mas tinha os restantes dias de férias até ao novo ano e ele queria visitar seus pais. Já estava com saudade da sua família. Taehyung sentiu os braços finos de Dyana rodearem seu pescoço com cuidado e pousar o seu queixo no ombro do moreno.


- o que tanto pensa? - perguntou curiosa.


- Você entenderia se eu falasse que morro de saudades da minha família? - sorri.


- Eu também tenho saudades da minha. Yoongi Oppa e eu costumamos falar todos os fins de semana por ligação, mas ainda assim tenho saudade de abraçar omma, de estar no meu quarto. 


O moreno sorriu tendo uma ideia e olhou para o lado, encontrando o olhar sereno de sua namorada.


- Dyana e se você vier comigo visitar a minha família? 


- Eu? - murmurou.


- Sim, assim você também pode visitar seus pais.


Dyana sorriu de orelha a orelha não contendo a felicidade que sentiu.


- Eu quero. Quero muito Taehyung.


O moreno lhe rouba um selar.


- Então você vem comigo.



(...)



A viagem de avião estava um tanto turbulenta, mas a irmã de Yoongi apenas estava com sua cabeça encostada na janela, olhando as nuvens. Fora difícil, mas Min Yoongi autorizou Dyana a viajar com Taehyung, mesmo que tenham demorado dias e dias, a convencer o branquelo. Neste momento, viajavam até Daegu. Não iria ser uma Viagem rápida, longe disso, porém a garota se sentia confortável com o moreno que estava do seu lado mexendo no telemóvel.


- Taehyung, nós estamos a voar sobre as nuvens, olha - aponta com um sorriso, atraindo atenção do mesmo.


- Já estamos voando a 4 horas. - riu fraco - só notou isso agora Dyana?


- Não, mas você parecia tão concentrado no telemóvel. 


- Estou respondendo as minhas fãs no Instagram. Agora que criei uma conta individual, tenho recebido muitas mensagens das armys. Estamos no natal, então estou respondendo ao máximo de fãs que consigo. - sorriu e mirou o telemóvel na cara da irmã de Yoongi, fazendo em seguida o flash disparar. - linda. 


- Essa luz. - Dyana tapa os olhos.- incomoda um pouco.


- Será que não posso tirar foto da minha namorada?


- Pode, mas, desliga a luz. - pediu.


- Só mais uma. - fala tirando foto fazendo Dyana tentar pegar o telemóvel. - Ei. Calma amor. 


- Não me tire mais fotos Taehyung.


O moreno ria e escondeu o telemóvel no bolso de atrás da calça. 


- Pronto. - fala segurando a cintura da namorada e a puxando repentinamente para o seu colo. -  agora já posso te dar toda. Atenção do mundo.


A irmã de Yoongi  corou fraco e o moreno a calou com um beijo. 


- T.. Taehyung - murmura entre o beijo - Você vai comigo ver meus pais? - o olhou.


O moreno sorriu assentindo.


-  Claro. Eu quero conhecer os pais da minha namorada. 


- Nós vamos passear juntos?


- Vamos passear muito, inclusive vou mostrar a você o lugar onde eu estudava. 


- É bonito?


Ele riu fraco e assentiu, as horas foram passando  e quando já se fez noite, eles pousaram em Daegu. Dyana estava dormindo , com a cabeça no colo do moreno que apenas fazia carinho nos seus cabelos esperando a hora da aterragem. Foi recebido por um dos seguranças, que o encaminhou até uma van preta. V carregou o corpo da namorada no colo. Ele não queria acordar Dyana, mas assim que chegaram a sua casa teve de o fazer. A garota abriu os olhos lentamente e encarou o moreno que ainda a cutucava de leve.


- Já  chegamos?


- Já estamos em frente á minha casa. - sorriu.


Dyana olhou pela janela pelo lado de fora vendo a casa de madeira. Taehyung parecia ansioso com o seu tipico sorriso quadrado desenhado no rosto enquanto seu olhar se prendia na mulher que o esperava do lado de fora. Assim que ajudou Dyana a sair do automóvel , foi em direção da mais velha e a abraçou com força quase a tirando do chão.


- Que saudades omma. - A mais velha sorriu e se afastou começando a o analisar. - eu estou bem, não precisa se preocupar. 


- Estou só analisando seu corpo Kim Taehyung. Está mais magro, mais pálido. Tem de se alimentar bem. Pobrezinho do meu pequeno Kim Taehyung. 


O moreno riu fraco com as palavras dela e sentiu o olhar da mesma parar sobre Dyana. 


- Omma, essa é a Min Dyana,  a minha namorada. - sorriu e abraçou de lado a  irmã de Yoongi que fez questão de se curvar em sinal de respeito perante a mulher que sorriu docemente.


- Não precisa de modestia querida. - Dyana  sorriu timidamente.


- Omma, onde está appa? - analisa em volta.


-  Seu pai está no armazém a armazenar alguns vegetais. Temos tido mais encomendas e por essa razão temos trabalhado mais.


O moreno soltou um suspiro. A irmã de Yoongi se apercebe daquilo, mas decidiu não falar nada.


- Você sabe como aquele homem é. - passou a mão no ombro do moreno - Venham para dentro, seus irmãos estavam ansiosos com a sua chegada. Não paravam de falar no TT. 


Tae sorriu empolgado arrastando as duas malas e seguiu sua mãe. Quando passou a porta de entrada, sentiu duas pestinhas se jogarem em cima dele o enchendo de beijos e abraços. 


- TT.


O moreno  sorriu se sentindo de coração cheio com tanto carinho vindo dos seus irmãos. Dyana os olhava com um sorriso de orelha a orelha. Ver Taehyung tão feliz a deixava assim. 


- Oppa, Quem é a moça que está sorrindo? - os pequenos perguntam apontando com o dedinho. Taehyung sobe o olhar até encontrar o sorriso bobo de Dyana e sussurrou algo no ouvido dos irmãos. 

 


- No três.  - sorriu cúmplice com as duas crianças que não esperaram uma contagem  para sairem a correr até a garota e a abraçarem a deixando um tanto surpresa. 


- Essa é namorada do irmão de vocês, não a sufoquem por favor. Ainda quero netos. 


Dyana sorriu para as crianças.


Omma! 



- Taehyung, é igual a você. - tocando rostinho do garotinho que sorriu mostrando os dentinhos em falta.


- Hyung, sua namorada é fofa. 


- Parece uma princesa - fala a garotinha fazendo V rir fraco.


- Ela é a princesa  Dyana, a princesa da amizade. Vinda de muito muito longe, de um enorme castelo. Ela gosta muito de fazer amigos, será que vocês não querem ser amigos dela? Acho que ela ficaria muito feliz. 


- Quer ser nossa amiga, princesa da amizade? -  perguntam as duas crianças ao mesmo tempo.


Dyana se abaixa para ficar da altura deles e assente entrando na brincadeira do moreno.


- Adoraria ser. A princesa da amizade trouxe uns doces para selar a nossa nova amizade. Vocês gostam? - tira doces dos bolsos e lhes entrega.


- Obrigado princesa da amizade. - sorriram - Queremos mostrar onde a nossa nave espacial se encontra. Quer ver nossa nave espacial. 


Dyana assentiu e as duas crianças sairam a puxando.


- Já roubaram sua namorada em menos de um minuto. - a mais velha soltou uma curta risada.


- Eu acho que eles gostaram dela.


- Ela parece gostar de crianças isso é tão bom. Logo logo vamos ter a nossa casa repleta de mais crianças.


- Omma! -  a repreende. - Mal trouxe a Dyana para conhecer vocês e já está pensando em netos. - faz sinal de negação. - Ainda sou muito jovem.


- Novo é seu irmãozinho que tem apenas 7 aninhos. Agora você já vai fazer 25. Já é adulto. Seu avô quer muito conhecer seus filhos antes de partir. 


- O avô ainda vai viver por longos anos. - ri - é um velho rijo.


Taehyung ouviu uma tosse rouca que o interrompe e gira seu corpo para trás, encontrando o idoso o encarando com uma bengala para manter o equilíbrio.


- O presente do avô? 


 V se levanta e o abraça.


- Eu falei, você está rijo avôzinho. - ambos riem.


- A sua esposa? - pergunta curioso.


- Namorada, é namorada avô.


- Se você trás uma mulher para conhecer sua família é porque é um relacionamento sério.  - sorriu dando duas batidas de leve no ombro de Tae. - mas, fala ao avô. Vocês já fizeram sexo? Porque sua mãe está certa, seu velhote quer netos. 


O moreno coça a nuca um pouco constrangido.


- Vocês só pensam bobagens.


- Não me diga que ainda é virgem? 


- É claro que não omma, já namorei outras garotas antes da Dyana. - fala rapidamente. - Mãe olhe as conversas que estamos a ter. - fica ainda mais constrangido.


A mais velha ri em sintonia com o mais velho. 


- Conversas de adultos. Somos adultos meu filho, não se preocupe tanto. Sua mãe só está brincando. Vou chamar seu pai para jantar.


-  Não está jantando tarde? 


- Não se preocupe. Seu pai também ganhou o hábito de jantar mais tarde.


Taehyung sabia que ela só não tinha servido o jantar mais cedo por causa dele. Dyana saiu do quarto rindo com uma coroa de plástico na cabeça.


- Seus irmãos são tão simpáticos. Me deram uma coroa.


- Bonita. - fala o mais velho chamando a atenção de Dyana.


- Olá senhor. - sorriu se curvando. 


- Ela é a Dyana avô, a minha namorada. Dyana esse aqui é o meu avô. 


- Prazer avô do Taehyung.


- Prazer é na cama do Kim Taehyung. - riu achando piada a cara de confusão da garota e a cara de repreensão do moreno.


O som da porta ranger é ouvido e por ela passa p homem com expressão cansativa no rosto.


- Olá appa. - Taehyung o comprimentou. - Essa aqui é a Dyana, minha namorada. 


O homem cumprimentou Dyana com um sorriso fraco.


- Eu só quero jantar. - fala e foi em direção da cozinha.



Yoongi estava jogado no sofá recusando comer o jantar que Jin tinha mandado preparar. O branquelo tinha estado fechado no quarto a escrever músicas o dia todo e agora se recusava a comer, só porque sua irmã não estava mais ali.


- Ela ainda não ligou. Estou preocupado. Deveria ligar para lá? - fala olhando o telemovél.


Seokjin se senta do lado do amigo.


- Eu acho que você deveria deixar de pensar tanto sobre a sua irmã neste momento. Ela viajou com o V, ele saberá cuidar dela.


-  É exatamente por isso. O V e ela vão estar juntos e eu não posso ver o que eles estão a fazer.


-  Eles são namorados oficialmente Min Yoongi, está na hora de você deixar os dois viveram a vida comum de casal e se preocupar mais com você. 


- Eu não quero que aconteça o mesmo que aconteceu com a Lisa e a Jisoo!


- Eu vou assumir meu filho. Namjoon vai se casar. Então, qual o problema? Ambos vamos assumir responsabilidades.


- A minha irmã ainda precisa crescer muito para se tornar uma mulher por completo. Ela ainda precisa de mim e da minha proteção.



- Eu só vou falar algo como seu amigo. - suspirou. - a sua irmã só vai crescer quando você lhe der a liberdade para isso, e você não o está fazendo pensando dessa forma. 


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim.
Aqui temos # TeamTae no seu melhor.

Até ao próximo capitulo.

Beijos da Dizzi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...