História I Need You • Meanie • - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Jeon Wonwoo, Kim Mingyu
Tags Meanie
Visualizações 172
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 46 - Cap 40


Depois da conversa que tive com Jun hyung, me abriu muitas coisas na mente.

Podia sim ser possível eu estar com alguma atração por Mingyu.

Só que... Como eu vou explicar... Eu ainda estou bem confuso. E isso tem haver com a minha insegurança.

Ao mesmo tempo que eu gostaria de, até tentar algo com Mingyu, fico receoso. Minha insegurança vence todas as minhas esperanças. Mesmo com todos dizendo um monte de coisas pra mim, que sou bonito, que estou perdendo tempo não estando com um gatinho como Mingyu, que eu sou tonto de ainda achar que não o mereço. Porém, ninguém nunca vai entender o meu estado. A insegurança não é algo tão fácil de se livrar e não é me enchendo de elogios que vou melhorar ou parar com isso. É algo que só quem vive, sabe bem como é horrível ser dessa forma. Você perde muitas oportunidades, muitas pessoas, muitas coisas, tudo por causa da insegurança.

Perguntam pra mim... Por que tanta demora para admitir que esta louco por Mingyu? Bom... Medo? Dúvidas? Incertezas? Questionamentos? Paranóias? Receio? E várias e várias outras coisas.... Não é fácil se relacionar com alguém quando se tem tanta falta de autoestima e falta de segurança em si mesmo.

Como eu tinha dito a Jun, tenho medo das coisas saírem do controle ou mudarem, tenho dúvidas se daria certo, tenho incertezas se quero ter algo a mais, tenho questionamentos se é o que eu gostaria de fazer e tenho paranóias de como isso pode acabar em total desastre.

Oh Deus... Por que sou assim? Os outros fazem parecer algo tão fácil.

Meus pensamentos cessaram quando ouvi uma notificação no meu celular. Na verdade, eram duas; uma de Jun e outra de Mingyu.

Resolvi abrir a de Jun primeiro, mas deu para ver a mensagem de Mingyu pela notificação. Ela dizia o seguinte:

"  - Wonie, queria lhe perguntar uma coisa. Lançou um filme muito legal nos cinemas ontem. Como a promoção dele dura três dias, porque não vamos amanhã? Aproveitamos e comemos um lanche que eu sei que você gosta. O que me diz? ❤"

Minha respiração falhou. Aquilo era como um encontro, certo? Mingyu nunca me levou nesses tipos de lugares, ainda mais sozinhos. A última vez que fomos no shopping juntos, Kwan e Hoshi estavam juntos. Lembro desse dia, foi hilário ver Seungkwan se assustando a cada cinco segundos. Nós sempre vamos em lugares simples. Dar uma volta na cidade, ir na praça, Rio Han, sorveteria, as nossas casas, não passava disso. A não ser quando ele me levou em Gangnam, só que isso não conta.

Resolvi ir correndo falar com Jun e ver o que ele me diz.

  - Wonie, pensou no que eu te disse?

- Mais ou menos... ainda estou receoso, ainda mais agora... 

- Por que?

- Mingyu me chamou pra ir ao cinema...

- ...

- Really? Meu Deuz...

- É... O que eu faço? Não foi algo do tipo: " Vamu sai? ", ele só me convidou pra assistir um filme que lançou recentemente.

- Não é um encontro, ou é?

- Não sei dizer, vai depender da interpretação dos dois.

- Como assim?

- Vai depender do que os dois querem nessa ida ao cinema. Se vai ser só um filme ou vai ter algo a mais. No sentido de uns beijos, talvez. Assim... Seria uma boa.

- Não sei, ainda não me sinto seguro para isso...

- Bom, ai  vai de você. Mas deixe claro isso para ele. Porque, vai que, a intensão dele é outra.

- Tomara que não seja tão assim... Não se vou conseguir beijá-lo, nem se eu quisesse, não dá...

- Não vou insistir para beijar ele, faça o que achar melhor, sim? Vá lá, se divirta e descubra mais sobre seus sentimentos!

Sorri com isso. Ele tinha ótimos conselhos.

- Obrigado hyung, me ajudou muito!

- De nada, meu bebê! ❤

- Agora preciso ir. Meus pais então me enchendo para fazer minhas lições... Desculpa.

- Tudo bem hyung, depois me chama.

- Tudo bem! Beijos 💕

- Beijos kk


Sai da conversa de Jun e fui para a de Mingyu. Estava meio nervoso. Será que eu iria mesmo? E se ele confundisse as coisas? E se eu agisse por impulso e acaba-se fazendo algo de errado?! E se na hora eu passe-se a maior vergonha do mundo?! E se eu resolve-se beijá-lo e ele não gostar?! E se eu desse vexame?!

Okay, Wonwoo... Respira...

Vai!

- Oi Gyu! Acho que será divertido ir ao cinema com você. Eu topo sim. Amanhã discutimos sobre o filme e o horário! ❤










Continua...



Notas Finais


Ai, nindu!!! Um encontro meanie!! Será que vai rolar alguma coisa?! Tomaraaaaaaaa

Espero que tenham gostado desse capítulo! ❤ Me perdoem se tiver muitos erros ou se tiver ruim 😪😢. Desculpa pelos capítulos curtos... Prometo que daqui pra frente vai ser melhor.


Beijos da Tia Boomni e até a próxima! ❤💞❤💞❤💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...