História I only think of you. - Fanfic Lil Pump. - Capítulo 40


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 2pac, Bexey, Bhad Bhabie, Boonk Gang, Cocaína, Codeina, Drama, Drogas, Fama, Ghostemane, Lean, Lil Peep, Lil Pump, Lil Uzi, Lil Xan, Raffa Moreira, Rap, Romance, Smokepurpp, Trap, Tupac, Xanax, Xxxtentacion
Visualizações 107
Palavras 1.340
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Cap sad.
Desculpa a demora, mas eu não sei quando voltarei a atualizar.
Boa leitura! <3 E sorry pelo cap curto, quero deixar vcs curiosos dgjkldg
Comentem aqui o que acharam kskss
Se eu não postar é porque fiquei sem internet!
PLÁGIO É CRIME...
Betty na capa.

Capítulo 40 - Betty Death?


Fanfic / Fanfiction I only think of you. - Fanfic Lil Pump. - Capítulo 40 - Betty Death?

Miami, Flórida. • 19:30 PM. •

Point Of View : Elizabeth Winfford.

Eu  não sei se é porque eu sou pessimista ou não mas hoje eu acordei com um sentimento ruim. Talvez eu acho que alguém morra hoje e eu espero que não seja ninguém que eu conheço. Ninguém merece morrer, e eu e Gazzy estamos super bem e eu não quero que nade estrague isso. O amor que eu sinto por ele é maior do que tudo na minha vida, eu me sinto em uma montanha russa prestes a cair quando eu fico longe do Lil. Eu sei, eu posso estar sendo melosa ou algo do tipo mas é uma simples declaração para uma pessoa importante para mim, Sinto algo envolver minha cintura e me viro rapidamente para trás avistando Lil me dando selinhos no pescoço e logo evoluindo para chupões. Envolvo minhas pernas em torno da sua cintura e iniciamos um beijo quente, Lil me pega no colo firmando nossos corpos e me poe em uma bancada na cozinha, ele abruptamente arranca minha camisa e desfere chupões pelo meus seios. Sorri maliciosa e deslizei minha mão até chegar em seu membro que estava rígido, Pump abaixa minha calcinha me deixando apenas com a saia ele iniciou movimentos prazerosos e rápidos com seu dedo em minha intimidade e eu apertei seus dreads por conta do prazer que eu estava sentindo. Eu estava quase chegando no meu ápice enquanto eu soltava gemidos abafados, cheguei no meu ápice do prazer ejaculando nos dedos de Pump e ele os lambeu logo penetrando sem

Piedade na minha intimidade com estocas fortes e rápida, Lil apertava meus seios e gemia junto comigo. A cada estocada eu sentia seu membro adentrar em minha intimidade cada vez mais forte e minha respiração começou a arfar. Estimulei meu clitóris e por fim chegamos no nosso ápice, ambos ejaculamos juntos e minha respiração parou de arfar e Pump colou nossos corpos me beijando logo senti seu jato quente expelir um pouco da minha intimidade. Desferi alguns chupões em seu pescoço e vesti minha calcinha a vestindo novamente e fui até o banheiro. Engoli uma pílula de anticoncepcional e entrei na banheira jogando alguns sais. Descansei minhas costas ali e fui alguns minutos tomando banho, me levantei e me enrolei na toalha indo para o quarto. Me sequei e pus uma calça de moletom da Supreme vermelha e por baixo um body preto. Deixei meu cabelo solto natural e coloquei minha corrente que era uma nuvem com chuva e raio do emoji do iPhone. Sorri ao ver que brilhava de acordo com meus diamantes, a luz solar refletia os diamantes e eu fiquei a admirar aquilo por alguns minutos. Fiz uma maquiagem leve e peguei minha mochila da MCM da cor rosa, esperei Pump se arrumar pois hoje seria nossa 10° turnê juntos. Finalmente ele se arrumou e entramos no seu carro onde estavam Trippie, Heaven, Cami, Dani e Peep. No outro estava o resto da Lil family, partimos até a turnê em silêncio e quando chegamos no camarim começamos a rir, me preparei e entrelacei minhas mãos com a do Gazzy, entramos no palco pulando e cantando '' Molly ''.

- Obrigada gente, eu amo vocês. - Eu disse assim que acabei de cantar minha música '' Aylek$ - No Feels '', sorri para os fãs e fiz um coração. Pump me puxou para perto do seu corpo e me beijou, iniciamos um beijo de língua e paramos ao ouvir os gritinhos histéricos dos fãs.-

- Até a próxima, Lil Family! - Gritou Pump entrelaçando nossas mãos e saindo do palco comigo, fui correndo até o camarim e me deitei no sofá descansando. -

- Caralho eu to com fome - Disse Peep aleatoriamente fazendo todos os olharem, acabamos não aguentando e rimos. -

- Meu deus Gustav, você tem fome toda hora. Quer ir pro McDonald's gente? - Perguntei e todos assentiram. - Gente...eu to ouvindo dizer que estão caçando trappers. - Disse Tana e eu arregalei os olhos. -

- Meu deus...eu fiquei com medo agora. - Eu disse e me levantei do sofá com um pulo e fiquei olhando o instagram até eu receber um DM interessante. - 

[ ... ] Eu fecho o seu medo, logo logo você perderá ele. Eu te amo! Hahaha! Quando você morrer logo logo todos irão junto com você, e você poderá renascer em uma vida melhor meu amor, junto comigo. - Ass : Um admirador secreto. [ ... ] 

Eu tentei analisar o perfil do '' Admirador Secreto '' mas não havia fotos e ele me seguia junto do Pump, eu obviamente fiquei assustada e guardei o celular. Post/Tana/Dani/Xan/Ivory/X/Peep/Louise/Heaven/Trippie/Uzi/Steven/Pump/Smoke/Dinha/Bexey/Ghost/Ivory me olharam estranho e eu soltei o meu melhor sorriso falso para não os preocupar. Quando fomos embora eu me agarrei fortemente em Pump e ele olhou desconfiado para mim.

- Eu te amo. - Sussurrei em seu ouvido e ele sorriu. - Eu também te amo B. - Sussurrou Pump igualmente e eu dei um selinho rápido nele. - 

- Gente...se um dia eu morrer, como vocês reagiriam..? - Perguntei e todos pararam no caminho me olhando assustado. - 

- Betty você tá me assustando, para com isso. - Disse Dani com a voz fraca. - Eu só estou perguntando, por favor respondam. - Disse ríspida e eles me olharam assustados mais ainda. - 

- Eu amo vocês gente, eu juro que eu não me mataria - Eu disse com uma voz confortável e todos suspiraram aliviados. -

- Todos nós choraremos muito, mais não desistiremos de viver por sua causa. - Disse todos em unissóno e eu sorri os abraçando em um abraço coletivo. -

- Também te amamos. - Disse todos. - Bem...eu vou fazer compras e volto já. - Eu disse mudando rapidamente de assunto e todos assentiram, peguei um pouco de dinheiro assim que chegamos em casa junto com minhas chaves do carro, adentro no mesmo e parto em rumo ao um shopping. -

- Oi mãe, eu tinha passado em um shopping e vim te-... - Eu não completei e desabei no chão ao encontrar minha mãe morta no chão com remédios em volta do seu corpo e os meus filhos do seu lado chorando. -

- Kath, Bryan pro carro agora! - Eu disse chorando e eles entraram no banco de trás. -

- Mamãe...e agora? - Perguntou Bryan na porta e eu disse para ele esperar no carro, liguei para a polícia e eles me perguntaram coisas básicas e logo ligaram para o IML, que levou o corpo da minha mãe. Olhei meu instagram e eu recebi diversas mensagens de consolo, agradeci a todos através de um vídeo onde eu chorava e bloqueei o celular e me deitei na cama chorando. -

- MERDA. - Gritei e taquei um vaso de planta na parede. - Para com isso, isso não vai ajudar - Disse Dani me abraçando. -

- Filhos mamãe ama vocês, eu juro que eu volto já já. - Eu disse abraçando meus filhos e chorando, dei um beijo na testa de cada um e peguei minha bolsa. Fui para a sala e dei um selinho em Pump, abracei todos presentes ali e fui para a rua e caminhei aos prantos por ai. -

- SOCORRO! - Gritei quando senti algo tapar minha respiração junto da minha boca, tentei me soltar do desconhecido mas era tarde demais. Os gritos davam para serem ouvidos da porta da minha casa, todos correram até a mim mais foi tarde demais. Senti uma bala atravessar minha barriga e a escuridão tomar conta dos meus olhos, meu corpo ficou mole e fraco e eu fui jogada no chão delicadamente e vi o meu assasino/ ou não correr. Bexey e Ghost tentaram ir atrás dele, mas tudo de repente ficou preto. -

Não me deixem e nem abandonem meus filhos, eu amo vocês. Essas talvez foram minhas últimas palavras, ouvi apenas todos chorarem e minha visão apagou e eu não sentia mais nada, e nem ouvia. 

Continua.


Notas Finais


Será que a Betty morreu ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...