1. Spirit Fanfics >
  2. I Remember you >
  3. Mayura...

História I Remember you - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Olha quem apareceu de novo, postando remember you, ta chovendo pra cima... olha só

Capítulo 11 - Mayura...


 Pela manhã Marinette acordou no hospital, Sabine estava ao seu lado com um olhar extremamente preocupado, quando percebeu que ela havia acordado aliviou a tensão e respirou fundo.

— Meu amor esta tudo bem?- Sabine segurou suas mãos

— Mãe o que houve? – falou sonolenta

— Aconteceu um atentado na nossa loja e infelizmente três pessoas que passavam na rua foram mortas, mas não entendemos como você saiu com alguns ferimentos e ainda sim leves... Você foi a mais próxima que tinha da bomba! – chorou em prantos

...

— Olha o que arrumou pra si mesma! – Gabriel falou grosso limpando as feridas no braços dela

Havia passado a madrugada limpando as feridas que havia feito quando a bomba explodiu e ela se fez de escudo humano para sua filha.

— É o mínimo que eu podia fazer por ela! Eu deveria ter protegido mais! – falou entre lágrimas — Ela está no hospital agora!

— Com feridas leves! Se não fossem os miraculous, não estariam vivas as duas – enxugou as lágrimas dela com cuidado — Você é a melhor mãe que eu já vi! – Gabriel lhe olhou nós olhos — Ela vai ficar bem! – segurou a nuca dela para que lhe olhasse nos olhos deles — Eu estou com você, lembre-se disso! - ambos estavam próximos, os lábios se juntaram devagar formando um doce beijo

Delicadamente ele lhe abraça, deitando sobre o corpo dela sem jogar seu peso. Nathalie apenas se deixou levar, seu corpo esperou tanto tempo por aquele beijo, o tão sonhado beijo! Se era pecado não sabia, mas não era de ferro pra resisti-lo.

O momento estava ficando bom, esquentando cada vez mais, até que infelizmente foi quebrado quando ouviu Adrien na sala chamando por ele, com uma voz de quem chorou quase a noite toda.

— Pai... Nathalie...- gritou rouco da sala

— Adrien...- falou se soltando de Gabriel e indo mancando até a sala, com ele atrás lhe ajudando — Oi meu amor! Vimos o jornal!

— Mãe... a culpa é minha... – caiu em choro nos braços de Nathalie que o abraçou

— Não é culpa sua! – começou a chorar também

— É mãe fui eu quem recebeu a ligação! Era pra ter sido eu, mas eu pedi pra ela resolver enquanto ia no banheiro.- Nathalie ficou pasma, a ligação foi para o Adrien? Como assim?

Das duas uma, ou Z-hão está marcando Adrien , ou a bomba não foi do Z-hão.

Mais tarde, quando o loiro ficou mais calmo ainda soluçando deitado nas pernas de Nathalie com o rosto ferido.

— Desculpa, fiquei tão desesperado que esqueci de perguntar, por quê de estar toda machucada!?

— Esquece isso! Eu só... cai da escada, rolei feio, mas estou bem! – beijou a testa dele

— Não parece que foi isso! – olhou estranho

— Liguei para os Dupain-Cheng, a Marinette já pode receber visitas! – Gabriel entrou no quarto e foi ate os dois

— Pai o que houve com a Nathalie! Quero a verdade! – Gabriel lhe olhou incrédulo

— Esta insinuando que eu bati nela?

— Ultimamente você tem andado muito agressivo! Você bateu no ex dela porquê ele fez a Nathalie de amante sem ela saber, e também quase bateu no carteiro e no entregador, porquê ambos só viviam cantando e olhando para o traseiro dela, segundo você. E quando perguntei o motivo você disse que estava com muita raiva e queria bater em alguém. – Nathalie ficou vermelha de vergonha e surpresa com aquilo, ela não tinha ideia de Gabriel tinha feito isso

— Pra sua informação, eu bati neles mesmo pois mereceram. Quanto a Nathalie, se eu levanto a mão pra bater nela eu paro no hospital em um estado de vegetação, Nathalie ela não bate de volta, ela massacra. – disse irônico — Infelizmente ela caiu da escada! Então não estranhe se a escada aparecer demolida do nada.

...

No hospital

— Mãe e a Mayura? Ela morreu?

— Mayura? A vilã, parceira do Hawk Moth? Bom eu não sei, as pessoas que morreram eram homens!

— Eu vi... pouco antes da explosão ela veio e se jogou contra mim, antes da bomba explodir depois não lembro mais.- se forçou um pouco para se sentar

— Filha você tem certeza?

— Eu não sei, estou com dor de cabeça!- se encostou na cama

— Eu vou chamar o médico!

— Ta! – assim que Sabine saiu Marinette se encostou na cama

Lembrava de tudo da noite anterior, pouco antes de descer para busca o “envelope” para o Adrien, na ligação Nathalie pedia pra o loiro descer pois havia pedido na ligação para o loiro pegar e levara escola no dia posterior. Mas quando chegou lá embaixo não havia ninguém, quando foi retornar a ligação ouviu um barulho estranho, vindo de um carro parado próximo. Depois só viu Mayura correr na sua direção, e sem tempo de se esquivar dela, acabou sendo pega e... protegida?

Mayura protegeu ela, ou tinha algo envolvido quando a agarrou. Mas o que seria???

A azulada forçava a mente para tentar se lembrar de algo a mais que Mayura havia feito.

Porém na sua mente só vinha, em câmera lenta, a vilã se aproximando r puxando para baixo, ao mesmo tempo em que se pôs como escudo na sua frente.

Mas por quê?

Ela teria descoberto sua identidade e agora junto com Hawk Moth, estavam tramando contra ela. Mas e o Chat? Será que descobriram ele? Céus... estão tramando contra ele também, ou será que...

— Senhorita, vamos preparar seus exames? – o medico entra tirando de seus pensamentos

— Quando posso ir pra casa? – perguntou olhando para o rapaz de pele escura

— Provavelmente em três dias! – arruma a cadeira de rodas para ela se sentar, e logo em seguida ajudando a se sentar, ouvindo os gemidos de dores da garota.

...

A madrugada chegou e ela ainda estava preocupada com ChatNoir, olhou para o lado e viu sua mãe dormindo no sofá, tadinha, deveria estar exausta!

Marinette se levantou da cama no mais puro silêncio e caminhou até o armário e pegou seus brincos, Tikki saiu junto vendo sua portadora pedindo silêncio.

—Vem! – entrou no banheiro

— Marinette, como você está?

— Confusa Tikki!- suspirou colocando os brincos

— O que houve?

— Depois te explico, tenho que encontrar o Chat! – a kwami só confirmou com a cabeça- Tikki transformar!

No alto de um prédio, Ladybug andava de um lado a outro preocupada com o gatuno que não respondia suas mensagens dela.

— My lady o que houve?- pousou o herói no local

— Você está bem! – suspirou

— Sim estou! Mas por quê isso do nada?

— Estava preocupada, acho que mayura descobriu minha identidade e junto com Hawk Moth está tentando... Bom, você sabe o que eles querem? – suspirou cansada e começou a sentir dores novamente — Aai...

— My lady, o que foi? – se aproximou preocupado

— Eu tenho que voltar ao hospital... – se apoia nos ombros dele

— Você está hospitalizada? Como assim? Como você acha que Mayura te descobriu? Vem cá... - pegou-a no colo

— Me leva de volta, explico no caminho...

Chat ergueu seu bastão e correu pelos telhados, ele nem prestava atenção direito na história de tão preocupado que estava, e sua parceira coitada, mas gemia de dor, do que contava a historia.

— .... Chat olha....- apontou para um telhado próximo ao quarto de hospital em que estava

 — Mayura!


Notas Finais


Tchau até o proximo outono :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...