1. Spirit Fanfics >
  2. I returned home (Nevra) >
  3. I promise...

História I returned home (Nevra) - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - I promise...


Fanfic / Fanfiction I returned home (Nevra) - Capítulo 15 - I promise...

Acordo de manhã com dor de cabeça, mas ignoro e me levanto ainda com a coroa em mãos. Assim que saio do meu quarto já pronta vou em direção a sala do Cristal, ao entrar me deparo com Miiko, Lance e Leiftan na sala. Os três se viram para mim quando entro.

Miiko - Alice ? Quando você voltou ? 

Alice - Ontem... - ela me olha um pouco irritada e direciona seu olhar para a coroa.

Miiko - E por que não veio me ver assim que chegou ? - chego mais perto deles.

Alice - Eu passei no seu quarto ontem a noite, mas...- dou uma risada - você parecia um pouco ocupada - direciono meu olhar para o Lance e dou um um sorriso malicioso para ele, o mesmo arregala seus olhos antes de corar, Miiko está do mesmo jeito e o Leiftan está sem entender nada.

Lance - N-nós temos t-treino - ele pega a coroa de minhas mãos e entrega para a Miiko, que ainda está sem graça, logo em seguida ele saí me empurrando para fora em direção ao campo de treinamento.

Chegando lá ele vira seu rosto em vergonha, eu solto uns risonhos e ele me olha meio irritado.

Alice - Então Lance o que vamos treinar hoje ? - pergunto mudando de assunto, ele volta a sua postura de sério.

Lance - Arco e flecha - diz apontando para um alvo longe, sempre gostei de arco e flecha... Lance sai e volta alguns minutos depois carregando um arco e várias flechas - você primeiro - ele me estende o arco - seu alvo vai ser aquele - ele aponta para um dos mais distantes -a distância é de 500 metros... Você acha que consegue ? - sorrio para ele e aponto a flecha para o meu alvo, regulo minha respiração, 1... 2... 3, soltei... A flecha acerta bem no meio do alvo.

Me viro para o Lance com um sorriso vitorioso, ouço ele sussurar um "exibida" e logo em seguida revirar seus olhos.

Lance - Vá buscar sua flecha enquanto me preparo para atirar em meu alvo - ele aponta para o alvo alguns metrôs depois do meu.

Faço o que ele mandou e saio correndo para pegar a flecha. Assim que retiro minha flecha, vejo Mery entrando correndo atrás de um borboleta, assim que vejo que ele está correndo quase em frente aos alvos, minha primeira reação é me virar para o Lance, mas ele parece não ter visto o Mery, no mesmo instante Mery está passando em frente ao seu alvo, mas antes de perceber Lance solta sua flecha, saio correndo  em direção ao Mery.

Alice - MERYYYY - assim que chego nele o abraço para o proteger da flecha, que em um segundo acerta minha costas, me perfurando fundo, abaixo minha cabeça para ver Mery, e vejo que o pequeno está assustado - Você está bem... pequeno? - ele assena com a cabeça - Que bom...

Sem forças eu caio de lado enquanto tosso sangue.

Lance - ALICEEE - vejo Mery se ajoelhar ao meu lado e logo em seguida colocar sua pequena mão em minha bochecha.

Mery - Senhorita Alice... - sinto Lance me pegar no colo.

Depois disso vejo apenas flashs.

Lance - Ali.. ficar... Apague - não consigo ouvir ele direito - EWELEEEEEIN 

Ewelein - O que... Alice - ela coloca a lanterna em meus olhos - temos... Tratar... Rápido - é a última coisa que ouço antes de apagar.

Lance on 

Ewelein - Ela desmaiou! Jack! Ewerton! Onnika! Venham aqui agora - dois enfermeiros e uma enfermeira entraram correndo - Lance saía daqui e vá avisar a Miiko - ela me empurra para fora e eu vou fazer o que ela mandou.

Chegando na sala do Cristal encontro Miiko e Nevra conversando. 

Nevra - É o que eu estou falando! Quando eu cheguei lá ela estava com o mascarado e depois ela disse que estava conseguindo informações - paro no mesmo instante.

Lance - Quem estava com o mascarado? - os dois olham pra mim. Miiko parece com tédio e Nevra meio irritado - Bom isso não importa, Alice está na enfermaria parece que perdeu muito sangue.

Vejo a expressão de Nevra mudar de raiva para preocupação e logo em seguida ele saí correndo, mas Miiko vem até mim assustada.

Miiko - O que aconteceu com ela ? - abaixo minha cabeça em vergonha.

Lance - Nós estavamos treinando arco e flecha , Mery entrou derepente no campo de treinamento e eu havia atirado uma flecha... Se Alice não tivesse entrado na frente eu teria machucado Mery sem querer, mas... Por minha culpa ela está na enfermaria - Miiko chega mais perto e me abraça, foi minha culpa.

Miiko - Não se culpe... Ela vai ficar bem, foi apenas um acidente - abraço ela de volta.

Lance - Assim eu espero...

Lance off

Abro meus olhos, mas eu não estou na enfermaria, é um lugar diferente olho para os meus pés e o chão parecem nuvens.

Alice - Eu morri?... 

Alajéa - Não... Ainda está muito cedo- me viro bem de vagar...

Alice - Al? - ela se aproxima de mim e eu vou me distanciando.

Alajéa - Tá tudo bem, não precisa ter medo - paro e olho para ela séria.

Alice - Não estou com medo... É só que... Você estava morta - ela se aproxima mais até ficar na minha frente, ela abre um enorme sorriso.

Alajéa - Mas eu estou morta minha princesa - olho para ela espantada e ela me olha confusa, mas logo parece entender - Eu me encontrei com a sua mãe... Ela me contou a verdade princesa - eu abraço ela.

Alice - Me desculpe Al... Me desculpe foi minha culpa você morrer, desculpa por não te contar sobre eu ser princesa, me desculpa por não poder te proteger - ela se afasta um pouco de mim e sorri.

Alajéa - Tá tudo bem Lice, não foi sua culpa eu morrer e eu entendo você querer esconder que é princesa... Mas um dia eu sei que você reinará e será uma ótima rainha - eu desvio o olhar - você fará isso porque é uma ótima lider.

Alice - Eu não sei se estou pronta...

Alajéa - Mas um dia você estará, e será uma ótima rainha ao lado do Nevra... - olho para ela surpresa - eu vi que você se distanciou dele... E de novo foi por minha culpa, mas eu quero que você seja feliz com ele... Eu sei que você fará isso por mim e principalmente por você, eu te quero feliz Lice.

Alice - Mas-

Alajéa - Esses são meus únicos desejos Lice : Que você seja feliz com o Nevra,  que se torne a melhor rainha que Eldarya já viu e que sempre sorria  - eu abraço ela novamente.

Alice - Eu prometo Al, se for por você eu faço - ela me abraça de volta.

Alajéa - Obrigada Lice... - ela se distância novamente - nosso tempo está acabando então quero que você tenha uma coisa em mente... Tempos difíceis estão por vim, coisas ruins aconteceram, mas você tem que continuar boa como sempre foi - uma luz começa a surgir em minha volta, olho para Alajéa.

Alice - Prometo que vou fazer tudo isso que você me pediu Al 

Alajéa - Adeus Lice...

Alice - Adeus Al...

.

.

.

Eu acordo novamente, só que desta vez estou na enfermaria, olho em minha volta e vejo o sol nascer pela janela, ao lado da janela está Nevra dormindo, me levanto e vou até ele, levemente coloco minha mão em sua bochecha e sento em seu colo, mas ele não acorda.

Alice - Você sempre está aqui quando eu preciso, não é ? - chego mais perto de seu rosto e encosto levemente meus lábios em sua testa - obrigada...

Ouço a porta se abrindo bem devagar, me levanto do colo do Nevra antes que a pessoa entre, e vou até a porta para ver, derepente uma cabecinha aparece na porta... Mery. Assim que ele me vê, ele vem correndo até mim.

Mery - Ali você está bem - me agacho em sia altura e ele abraça meu pescoço e eu retribuo seu abraço - seu dodói já está melhor? - ele fala tudo sussurrando.

Alice - Não, não dói mais, mas... Por que estamos sussurando ? - ele me olha sem jeito.

Mery - Como sou apenas uma criança, não me deixaram vir aqui ver você, então... Eu vim escondido, assim como você me ensinou quando eu queria ver minha mamãe - me separo dele e me levanto.

Alice - Muito bem pequeno, mas eu acho melhor você ir antes que alguém apareça - ele assena com a cabeça e vai em direção a porta.

Mery - Até mais Ali.

Assim que o pequeno saí minha barriga ronca bem altoooo, instintivamente coloco a mão em minha barriga, que fome... Vou até o Nevra e balanço ele devagar, até ele acordar, sorrio quando ele abre os olhos.

Alice - Bom dia Nev... Desculpe te acordar, mas eu estou com fome, será que você pode ir tomar café comigo? - ele sorri.

Nevra - Que bom que você está bem Alice - ele se levanta e vem até mim - Tem certeza que quer ir? Eu posso trazer aqui se você quiser... - eu nego com a cabeça, ele suspira em desistência - tudo bem... Vamos 

Saímos da enfermaria e estou muito feliz que nem percebo os olhares dos homens em mim, mas Nevra parece perceber e olha para minha roupa, ele me abraça para me esconder.

Nevra - O que estão olhando? Saião daqui antes que eu me irrite - rio de sua reação e ele começa a me puxar até o meu quarto, abrindo a porta do mesmo e me empurrando para dentro, ele mexe no meu guarda-roupa e joga um conjunto para mim - Vá no banheiro e se troque.

Pego a roupa e faço o que ele mandou.

Alice - Melhor assim ? - ele sorri para mim.

Nevra - Muito - ele exclama feliz.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...