História I Save You (2 Temporada) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Once Upon A Time, Ouat, Regina Mills, Swanqueen, You Save Me
Visualizações 176
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - FORGIVE AND FORGIVENESS


POV REGINA

Levamos Emily de volta para o orfanato e sem se despedir da gente a mesma entrou quase que correndo. Madre Superior estranhou e veio em nossa direção.

- O que aconteceu? - Perguntou preocupada 

- Eu acho que nos precipitamos de mais - Falei olhando para minha esposa que permanecia calada dentro do carro 

- Eu vou falar com ela, sugiro que faça o mesmo com sua esposa

- Emma é muito sensível, ela se paga de forte mas... 

- Regina, sabíamos que talvez haveria, infelizmente, essa rejeição 

- Eu sei, tentamos não criar expectativas, mas... - Pude sentir que Madre também tinha criado esperança, fazendo com que sentisse nossa dor - Acho melhor ir - O caminho de casa foi repleto de silencio e em casa não foi diferente, Emma não expressava nenhuma emoção, isso me preocupava. - Amor, você não comeu nada - Levei uma bandeja com um lanche para a varanda onde ela se encontrava.

- Não estou com fome - Falou sem me olhar. Estava concentrada tirando fotos 

- Emma... Por favor, conversa comigo - Me sentei na cadeira quase que atras dela, mas ela nada disse, seus olhos estavam focados na lente da câmera - Amor - Me levantei abraçando sua cintura 

- O que quer que eu diga? 

- O que você quiser meu amor, eu sei que esta triste assim como eu estou - Beijei sua bochecha sem maldade alguma, apenas tentando reconforta-lá 

- Eu já entendi que o destino não quer que tenhamos outro filho, então eu desisto - Se soltou de mim e saiu do quarto indo para o seu estúdio. Respirei fundo e a segui.

- Emma, quem faz o nosso destino somos nos 

- Regina, não quero conversar agora - Falou dando sua total atenção para as suas fotos - Se importa em me deixar sozinha por favor. 

- Emma...

- Não se esqueça de fechar a porta quando sair - Contra minha vontade a deixei sozinha. Queria dizer que os dias foram melhorando, mas a verdade era que Emma ia se afastando cada vez mais.

- Emma? Aonde esta indo? - Perguntei ao vê-lá fazendo as malas 

- Passar uma tempo na casa dos meus pais - Falou sem olhar para mim, não me lembro quando foi que ela me olhou.

POV EMMA

Eu queria sair dali um pouco, poder respirar e poder chorar sem que minha esposa não se sentisse machucada ou que eu a machucasse. 

- Emma, o que aconteceu com você e Regina? Vai mesmo deixar isso abalar vocês? - Mamãe me aconchegava em seu colo 

- Mãe é complicado 

- Não é não - Papai falou me trazendo chocolate quente com canela - Regina faz tudo por você, se fosse possível ela te daria a lua e as estrelas. - Aquelas palavras me doeram, por saber que eram verdades - Você sabe pelo menos como ela esta se sentindo agora? - Já estava com meus pais alguns dias e ainda não havia falado com minha noiva 

- Amor, eu e seu pai passamos por muita coisa, mas em nenhum momento sofremos sozinhos. Sempre tivemos um ao outro

- Nos sorrimos juntos e choramos juntos. - Meus pais eram realmente um exemplo de perseverança - Somos fortes juntos minha princesa, não separados.

- Ela deve me odiar agora 

- Regina pode ser fria, sarcástica e mandona, mas ela te ama muito - Mamãe beijou minha bochecha 

- Minha princesa, ela tem ligado todos os dias para saber de você. Vai por mim ela não te odeia, mas não entende o que aconteceu. 

POV ZELENA 

Belle e eu estamos melhores do que nunca, tivemos alguns desentendimentos, mas isso que dá quando temos duas pessoas apaixonadas por festas de casamento com gostos diferentes. 

- Amor, deixa que eu escolho o local - Falei com algumas ideias aberta na tela do computador 

- Nem pensar, se depender de você vai acabar locando um castelo gigantesco e convidando toda a cidade. Não vai acontecer Zel.

- Acho melhor escutar sua noiva Zel - Regina falou vindo em nossa direção 

- Oi sis, como você está? - Levantei a abraçando

- Estou na mesma Zel

- Sem noticias da Emma? - Belle perguntou a abraçando 

- Ela esta com os pais, segundo Mary Margareth ela bem, mas seu emocional esta bem abalado. E o pior é que eu não sei o que fazer - Ela fiou um tempo pensativa, acabei tendo uma ideia.

- Mulheres da minha vida - Brinquei - Lembrei que tenho que ir a empresa preparar um documento, se comportem - Beijei Belle e me despedi de Regina. Dirigi passando pela minha empresa e continuei dirigindo até chegar no orfanato.

- Boa tarde, meu nome é Zelena Mills, gostaria de falar com a Madre Superior - Disse a secretaria 

- Senhorita Mills, o que deseja? - Madre Superior apareceu e sem rodopios a enchi de perguntas

- Porque não deixou minha irmã e minha cunhada adotar a criança? Você não vai achar mães que amam mais aquela criança do que elas...

- Zelena acho que...

- Elas são mulheres com amor de sobra, eu te garanto que a menina ficará bem com elas

- Eu não as impedi de adotar Zelena - Falou um pouco mais alto, foi quando percebi que todos nos olhavam - Eu concordo com tudo o que você disse. Regina e Emma são excelentes mães 

- Então porque

- Eu que estraguei tudo -  Ouvi uma voz de criança e ao me virar, vi Emily parada me olhando 

- Porque? Você não gostou delas? - Me abaixei ficando em sua altura 

- Não, é claro que eu gostei delas. Mas eu não quero sair daqui.

- E porque não?

- Como minha mãe vai me achar? Se eu sair daqui minha mãe não vai conseguir me achar - Seus olhos se encheram de lagrimas - Ela disse que iria voltar para me buscar 

- Emily, já se passou anos - Madre Superior se agachou ao meu lado - Você vai mesmo desistir de ter uma família que te ama porque quer esperar por alguém que talvez não volte? 

POV EMMA 

Abri a porta de casa e tudo estava quieto, indicando que não havia ninguém. Subi para o meu quarto e a cama estava bagunçada, algo que Regina jamais deixaria, a não ser que estivesse muito mal. 

- Emma? - Levei um susto ao me virar e encontrar minha esposa na porta - Você voltou? - Olhou para minha mão ao ver que eu segurava minha mala.

- Eu nunca devia ter ido - Regina se aproximou de mim - Eu fiquei com medo, triste, com raiva de tudo e não queria que isso te machucasse 

- Meu amor - Regina segurou meu rosto com suas mãos - Eu prefiro que me machuque e esteja ao meu lado do que vá embora. Eu te amo muito minha loirinha.

- Me perdoa? 

- Sempre - Me beijou e me senti segura novamente. Suas mãos passearam pelo meu corpo, estávamos em um outro universo, em um lugar onde nada podia nos atrapalhar, a não ser a campainha que tocava desesperadamente. - Meu Deus, será que Henry esqueceu a chave de novo? - Descemos as escadas abraçadas e rindo. Eu abri a porta e meu mundo parou novamente.

- Emily?

- Me perdoem?


Notas Finais


Oi pessoas lindas, a fic já esta acabando irá ter mais caps que a primeira temporada, porem não muito. O que estão achando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...