História I Saw The Love In Your Eyes - Capítulo 9


Postado
Categorias Cameron Dallas, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Ídolo, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 42
Palavras 1.582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capítulo nove


Laura’s POV

 

No momento em que entro no meu quarto, vejo uma linda caixa em cima da minha cama e franzo a testa. Me sento na cama e a abro. Dentro havia um carrossel de porcelana em branco e dourado, e embaixo dele um bilhete.

“Para você nunca se esquecer daquela noite. Shawn”

Me seguro pra não chorar e me deito na cama encarando aquele presente maravilhoso, pensando que seria melhor agradecê-lo pessoalmente. E assim acabo pegando no sono.

A semana passa rápido e eu encontro Shawn todos os dias. A cada vez parece ainda melhor que a anterior, e aos poucos vamos nos apegando um ao outro cada vez mais. No dia da viagem para Nova Iorque, acordo sonolenta e vou pro banho. Quando termino, pego uma camiseta branca, o vestido preto e um coturno que havia separado e logo me visto. Pego minha mala e um casaco, caso ficasse frio no avião, desço com minha mala e vou pra cozinha preparar algo pra comer antes de Shawn e Cam chegarem.

— Animada para a viagem? – Pergunto assim que a Crystal aparece, já pronta. – Vai ter o Dallas só para você.

— Muito e você? – Ela pergunta, servindo uma taça de suco de laranja.

— Estou mais que animada, quero saber quem são esses amigos do Dallas. – Sorrio. – Já era pra eles terem vindo, né?

— Pois é.

— Bom dia, meninas. – Cumprimenta Holland ao entrar na cozinha vestindo pijamas.

— Bom dia, Hol. – Respondo. Termino o meu café e levo a minha mala para fora. – Eu tô bonita? – Seguro a barra do meu vestido.

— Tá linda, amiga. O Shawn vai ficar ainda mais pirado.

Sorrio e me sento no sofá esperando.

— Eles já deviam estar aqui.

— Vocês estão ansiosas, né? – Pergunta Holland.

— Eu estou demais. – Confesso.

— Amiga calma, é só ansiedade, eles já chegam. – Garanti Crystal.

— Vou comer um chocolate pra tentar me acalmar um pouco. – Pego uma barrinha na minha bolsa e começo a comer.

 

Shawn’s POV

 

— Dallas, nós vamos ficar em qual hotel? – Pergunto entrando no quarto do Cameron.

— No Four Seasons New York. É aquele de luxo centralizado perto das grandes lojas, sabe? — Ele desce carregando a sua mala e vai até a cozinha preparar algo. Eu sigo ele.

— É em Manhattan? Eu normalmente fico no Brooklyn. Como você fez as reservas? – Pergunto, mas na verdade quero saber se os quartos vão ser de casal ou individual.

— Algum problema se for em Manhattan, Mendes? Se quiser podemos mudar. – Ele me encara um pouco impaciente. – Eu fiz as reservas em quartos individuais para todos, mas se quiser pode mudar. – Toma um gole do seu café. – Escolhi todas suítes.

— Claro que não, mané! – Sirvo uma xícara de café para mim. – Achei que você fosse querer ficar no mesmo quarto que a Crys...

— Quando eu reservei ainda não tinha chamado a Crys, mas lá é claro que eu vou mudar, né Mendes. – Ele sorri malicioso e se levanta. – Vamos que a gente tá atrasado.

— Tudo bem, então. – Dou de ombros. Termino meu café e volto pro quarto colocando todo o restante das minhas coisas que estavam na casa do Cameron na mala. Troco de roupa, penduro a mochila no ombro e levo a bagagem para a sala. – Eu vou de Nova Iorque direto pra Toronto, Cam.

— Vai ter alguma coisa lá? Entrevistas? Você falou pra Laura? – Ele sai para colocar as malas no carro.

— Eu tenho um show lá semana que vem, Cam. – Respondo assim que ele volta. – Ainda não falei nada, tô pensando em chamar ela, vocês podiam vir também, se quiserem... Ah, quase me esqueci... acho que vou precisar de um favor de alguém daqui. – Pego o celular e mando mensagem para a Laura.

"Bom dia baby, vai ficar alguém aí na sua casa essa semana?"

— Com toda certeza eu e os meninos vamos sim... A Lau e a Crys acho que vão. – Ele diz já na porta e sai sem se despedir.

— Meninos... – Murmuro. – Que meninos?

Meu celular vibra com a resposta da Laura.

"Hey babe, sim a Holland vai ficar aqui, por que?"

"Vou deixar meu carro aí, e alguém da equipe vai vir buscar, provavelmente o Geoff... pergunta se ela pode ficar com a chave e entregar pra ele?"

Coloco as minhas malas no carro e vasculho ele pra ver se não tô esquecendo algo importante. Pego algumas coisas no porta malas e encontro a calcinha da Laura embaixo do banco. Sorrio e guardo no bolso da minha calça de moletom. Entro no carro e dirijo para a casa dela.

Vejo a resposta da Laura quando paro em um sinal vermelho.

"Claro que sim amor, vou falar com ela e quando você chegar só deixa a chave aqui”

"Obrigada baby, já tô quase chegando"

 

Laura’s POV

 

— Cheguei. – Cameron grita da porta.

— Oi, Cam. – Crystal o cumprimenta com um selinho.

— Hol, você pode ficar com a chave do carro do Shawn para entregar pro Geoff? – Pergunto.

— Claro, mas quem é Geoff? – Ela levanta uma sobrancelha.

— É um cara da equipe dele.

— Todas prontas? Os meninos já estão no jatinho esperando por nós. – Cameron acelera.

— Sim, assim que o Shawn chegar nós já podemos ir. – A Crys responde.

Confiro novamente o celular.

— Ele já está chegando.

— Aproveita bastante Nova Iorque por mim, meninas! – Holland nos abraça no momento em que ouvimos portas de carro bater do lado de fora e Shawn aparece carregando as suas malas.

— Falando no demônio, o viado chega. – Cam provoca. – Podemos ir, madame Mendes?

— Hey pessoal... Oi, amor! – Shawn me cumprimenta com um selinho. – Como você tá, linda?

— Hey amor, eu tô ótima. E você? – Beijo a bochecha dele. – Ah, obrigada pelo presente, eu quase chorei com o quão ele é lindo.

Ele me abraça.

— Quem bom que você gostou, agora você pode lembrar de mim sempre que olhar pra ele.

— Eu já lembro de você em tudo que faço, amor. – Dou um beijo nele.

— Então, podemos ir? – Crys sorri ansiosa.

— Cam, você vai deixar seu carro no aeroporto? – Pergunta Shawn.

— Vou cara, vaga reservada pra mim.

— Então abre lá pra eu por minhas malas, mané! – Ele dá um tapa leve nas costas do Cam.

— Sinceramente? Vai se fuder, Mendes, você perturbar demais. – Ele sai resmungando e puxando a mala de Crys.

Pego a minha mala o começo a caminhar em direção ao carro.

— Que foi Dallas? Dormiu de calça jeans? – Shawn dá risada e pega a mala da minha mão, levando até o carro do Cam, colocando as dele logo depois.

— Vai pra puta que pariu, viado. – Reclama o Dallas. – Laura, como você aguenta ele? – Eu dou risada.

Holland se despede de nós mais uma vez e Shawn entrega a chave do carro para ela. Em minutos já estamos a caminho do aeroporto.

— Vai ser bem divertido. – Garante Cameron, ao volante. – É... Amor, eu queria saber se você quer um quarto só pra você ou pode ficar comigo.

— Eu não me importo de ficar no mesmo quarto que você, nós já dormimos juntos todas essas noites... Só se você preferir ficar sozinho. – Crys responde.

— Eu prefiro ficar com você.

— Eu ia te perguntar a mesma coisa. – Shawn sussurra no meu ouvido. Coro e encaro ele.

— Você pode ficar comigo, se quiser. – Beijo o pescoço dele e acaricio as suas coxas por cima do moletom. – Você fica extremamente sexy com essa calça. – Subo a mão um pouco mais.

— Ótimo. – Ele sorri e encosto a boca no meu ouvido. – Fica ainda mais sexy se souber que a sua calcinha está no meu bolso. – Cam, menos dois quartos então.

— Quando chegar lá eu apresento meus amigos a você e a Lau, o Mendes já conhece todos. – Diz o Cameron.

Mordo o lábio com força e acaricio o meio das pernas do Shawn discretamente.

— Tô afim de usar mais um pouco seu brinquedinho. – Sussurro e mordo a sua orelha. – Talvez possamos fazer isso no avião.

Ele sorri e me dá um beijo na bochecha.

— Acho uma ótima ideia. – Então pega a minha mão na dele. – Baby, aqui não, essa calça não esconde nada.

Cameron entra no estacionamento do aeroporto e para em uma vaga próximo a pista, para não precisar passar pelo saguão. Eu sorrio para Shawn e saio do carro.

— Vamos logo então, Mendes.

Cameron abre o porta malas e pega as malas dele e da Crystal.

— Só vamos arrastar as malas até o jatinho e pronto. – Ela diz. Shawn passa por mim, pegando as minhas coisas e as dele.

— Shawn, eu posso levar minha mala, ok? – Digo, pegando minha mala da mão dele. – Obrigado mesmo assim.

— Baby, e toda aquela conversa de me deixar ser feliz? – Ele sorri e pega a mala de volta. – Me deixa fazer as coisas por você.

— Você é um chato, Mendes. – O copiloto pega as nossas bagagens e guarda dentro do jato. Cameron sobe na frente e é possível escutar os gritos e risadas de meninos. Entro logo atrás do Shawn, quando meus olhos pousam “nele” eu travo e fico totalmente gelada.

— Meu amor. – J vem até mim e aperta minha cintura, me dando um beijo no pescoço. Eu me arrepio e encaro ele. – Estava com saudades.

— O-o que você tá fazendo aqui?

— J... E aí, cara, como tá indo os shows? – Ouço Cameron tentar chamar a atenção, mas ele não parava de me olhar.

— Estão ótimos, Cam, daqui a pouco eu falo com você, vou só falar com a Lau. – Ele responde.

Shawn estava um pouco a frente, cumprimentando os outros garotos da Magcon quando olha pra trás e percebe o que estava acontecendo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...