História I Saw The Love In Your Eyes - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags I Saw The Love In Tour
Visualizações 16
Palavras 3.483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem,
E como sempre, me desculpem qualquer erro. Depois eu corrijo.
Boa leitura.

Capítulo 23 - A Festa


Fanfic / Fanfiction I Saw The Love In Your Eyes - Capítulo 23 - A Festa

- Bobby?- Levo um susto ao ver o garoto.

- Nossa, você lembra de mim.- Ele da um sorriso.

- Sim lembro sim. Como você tá?- Dei um abraço rápido ele.

- To bem.- 

- VITÓRIA VAMOS.- A Hyo da um grito.- Ah, me desculpe eu não vi que estava falando com alguém.- Ela falando chegando do meu lado.- Prazer Hyoyeon.- ela se curva e ele também.

- esse é o Bobby.- Ele pisca para ela.

- Vão fazer festa é?- Ele apontou para o saco que estava com as caixas de jogo de luz.

- S..- A Hyo ia responder só que eu impedi antes.

- Não, a gente só veio buscar isso na casa da minha, amiga que eu tinha emprestado para ela.- 

Ele me olhou estranho, mas logo abriu um sorriso. E eu sentir um alivio.

- Tudo bem. É, eu preciso ir. - Ele seu um beijo na bochecha da Abby, deu um beijo na minha bochecha.- Gostei do cabelo.- Deu uma piscadinha e saiu.

- QUE homem.- Hyo fala suspirando e estramos no carro.- Mas por que você não disse que iria ter a festa?-

- Porque eu conheci ele quando eu e o Jimin demos um tempo....E eu meio que chamei o Jimin para a festa.- Me encolhi no banco.

- Meu Deus Vitória.- ele  revirou os olhos e bufou.

- Mas é que meio, que a gente já se acertou. E eu chamei ele sem querer. Foi no dia que eu descobrir que eu não estava gravida.- 

- Ta tudo bem. Mas mesmo assim. Eu acho que você deveria chamar o Bobby.- Ele deu um sorriso malicioso.

- Ta bom então, pega meu celular e chama ele ai.-

Ela começou a bater palminhas. Ela ligou e chamou o Bobby, e o mesmo aceitou na hora. Mas eu realmente tinha medo, porque Jimin ia estar lá, e ele sabe quem é o Bobby. E eu realmente não sei como ele vai reagir quando ver ele. Mas, mesmo assim a gente terminou. Então chamei só por chamar, não queria ficar com ele ou algo do tipo.

Dia da festa

Apenas eu em casa, tinha acabado de organizar tudo, mas não custa nada verificar né?

Abrir a geladeira que estava cheio de vodka e cervejas. 

BEBIDAS- OK.

Fui até a sala, as luzes iluminando a sala, os travesseiros no chão, copos em cima da mesa que coloquei na sala. 

DECORAÇÃO- OK.

Fui verificar o som que coloquei na salo.

MÚSICA-OK.

Fui de novo na cozinha ver se as comidas, fiz coxinhas, alguns outros salgados e fiz três pratos de brigadeiro.

COMIDA- OK.

PIJAMA?-

Não, ainda não tinha me arrumado. Olhei a horas, e ainda faltava uma hora para a galera chegar. A hyo foi comprar o pijama que ela tinha esquecido.

Bom, tomei um banho, me depilei toda, porque pelo amor de Deus, estava precisando mesmo. Sair enrolado do box, coloquei um creme depilatório no meu buço. Aproveite que tinha que esperar alguns minutos para sair os pelos do meu buço, fiz minha sobrancelha.

- CHEGUEEEEEEEi.- A Hyo da um grito. Logo ela aparece no meu quarto, vestindo um short rosa com alguns detalhes preto, e um top preto. Ela estava bem sexy, tipo muito mesmo.

- Nossa, fiquei exitada só de te olhar.- Falei e ela riu.

- Não para dizer o mesmo de você com essa bosta de pombo no bigode.- Eu fiz uma careta e ela riu.

- Ta, pode sair já do meu quarto. Pode ir ficar na sala para receber a galera, jaja eles chegam.- Ela revirou os olhos, dei linguá para ela, e ela saiu. Coloquei minha lingerie de renda rosa claro. Separei um pijama, um short de seda branco, com um cropedd de renda branco. Mas não era o que eu ia usar. Amarrei meu cabelo e comecei a fazer minha maquiagem, passei tudo que era necessário para fazer a pele da minha maquiagem. Passei uma sombra marrom claro, passei rímel, lápis de olho branco, e coloquei um batom matte. Soltei meu cabelo, comecei a fazer chapinha no meu cabelo. deixei ele bem liso. Peguei meu pijama de unicórnio e vestir. Sim eu ia para festa de unicórnio. Eu já escutava o barulho lá de fora. Os meninos já tinham chego. Olhei mais uma vez no espelho e sair.

 Quando sair do quarto, já estava os sete garotos, a Hyo, A Momo, a Dahyun e a Nayeon. Todos vestidos com seus pijamas. Suga, Namjoon, e  Jin usando calça e camisa. Jimin, Taehyung, Jungkook e Hoseok vestindo samba canção e camisa.  As meninas fora a Hyo, usavam calça e camisa de mangas longas. 

- Oi oi.- entrei. Eles me olharam.

- Nossa que linda.- A NAyeon falou e veio me abraçar.

- Amei amei.- Momo falou e deu um pulo em cima de mim.

Os outros meninos só se curvaram rápido e continuaram a beber.

- Oi...- Jimin chegou coçando a nuca. Eu sentir um nervosismo ao ver ele. querendo ou não ele ainda mexia comigo.

- Oi.- Dei o melhor sorriso que eu podia.

- gostei do pijama.- Ele sorrir e percebi que já não estava mais nervoso.

- Obrigada. Gostei do seu também.- Ele deu uma voltinha  e eu rir. 

Mas logo a campainha toca e eu vou atender. Quando abro, vejo, um garoto usando um samba canção azul marinho com listras brancas, e uma regata branca. Com seu cabelo agora azul escuro. Seu sorriso que quase me deixou cega de tão branco. Era Bobby.

- Boa noite.- ele diz e sorrir.

- Bobby.- Falei e ele veio me abraçar.- Pode entrar.-

Assim que ele entrou, olhei rapidamente para o Jimin, que assim que viu o mesmo travou o maxilar e foi para a cozinha.

 Logo me arrependi de ter chamado ele, eu sabia que o Jimin ia ficar com raiva, pois já sabia que eu tinha conhecido o Bobby no restaurante. Então provavelmente ia achar que eu to ficando com ele. eu não sabi a o que fazer, pois eu não podia mandar ele sair da minha casa. Seria muita falta de educação. 

Fui até a cozinha e ele estava apoiado na janela, com seus cabelos sendo bagunçado pelo vento. 

- Jimin....- Chamei quase em um sussurro.

- Então você ta ficando com ele?- Ele nem se quer vira, ele apenas fala de costas.

- Não, você entendeu errado.- 

- Não Vitória, eu sei que você esta ficando com ele. Só não quer me magoar..mas eu- Interrompi.

- Não Jimin, eu não estou ficando com ele. Se você acha que eu sou tão baixa assim, para poder chamar o meu ex namorado e meu ''ficando'' para o mesmo local, você esta enganado. Sabia que eu não estou ficando com ninguém, e nem saindo com ninguém. A gente terminou, mas eu ainda gosto de você...- Eu parei, minha garganta tinha fechado, meus olhos marejando. Respirei fundo e me sentei no  banco. - Eu ainda gosto de você...- Sussurrei. Sentir a lágrima escorrer  por minha bochecha. 

Logo sentir seus braços em cima do meus. 

- D-desculpa vih, e-eu não queria dizer, isso eu estava com a cabeça quente, eu não suportei ver aquele menino entrar, e eu sabia que você já conhecia ele. Eu ainda sinto ciúmes de você, Porque...- ele veio para minha frente e segurou meu rosto.- Eu também ainda gosto de você. 

Aquelas palavras fizeram meu coração acelerar, minha respiração parar. Eu fiquei sem reação alguma. Meu cérebro falava não, mais meu coração dizia sim. 

Ele segurou firme meu rosto e  veio se aproximando do meus rosto, e logo fechou os olhos e seus lábios vinham se aproximando do meu. fechei meus olhos e esperei. 

- VITÓRIA-  A Hyo chega gritando. Ela estava beba. O Jimin se afastou em um pulo.

- HMMMMMMM.- Ela fala e eu coro.- O que vocês estavam fazendo?- Ela senta no meu colo.

- Nada, a gente estava conversando.- Eu falo arrumando seu cabelo que estava bagunçado.- Mas como você ficou bêbada então pouco tempo?- Falo e ela da um gargalhada.

- É  que eu comecei a beber antes. Mas já parei de beber. No momento só estou bebendo água.- Ela levanta e vai beber um pouco de água. 

Jimin me olha, da um sorriso, e vai para a sala. 

Pego um copo com vodka com coca e volto para festa. 

Os meninos dançavam enquanto as meninas conversando e riam deles.

[...]

Já estava bastante bêbada, Eu já tinha virado mais de cinco copos de vodka com a Hyo. Os meninos também já  estavam bêbados. As outras meninas já tinham ido não sei que horas, não lembro. Mas mesmo bêbada, percebia que o Jimin não gostava da presença do Bobby aqui. Então tinha que fazer uma coisa logo.

- Hyo, vem cá.- Chamei a mesma que dançava. Ela veio rindo boba.

- Oii.- Ela sentou no meu colo e colocou os braços envolta do meu pescoço.

- Você poderia fazer um favor para mim?- 

- Tudo. Faço tudo por você.- Ela falava fechando os olhos e rindo. Era engraçado ver a Hyo bêbada.

- Eu quero que você fique com o Bobby.- Falei simples.

- Tudo bem.- Ela sorriu e já ia falar com o Bobby .

- Não, calma, antes vou falar com ele.- 

Deixei a doida sentada no sofá e fui até o Bobby que bebia alguma coisa encostado na parede.

- Bobby.- Falei perto do seu ouvido, para que ele escutasse melhor.

- Diz ai Vih.- Ele sorriu. 

- É que minha amiga queria ficar com você, ai vim perguntar se você queria ficar com ela?!- 

- A quela loira ali?- Ele apontou para ela.

- É.- 

- Na hora.- Ele falou e eu rir. Guiei ele até a cozinha, e apenas via o olhar de Jimin sobre cada passo que eu dava. 

Fui até a Hyo e puxei ela até a cozinha, joguei ela praticamente em cima dele  e sair. Assim que voltei olhei o Jimin, que parecia Irritado. Mas assim que me viu, tinha uma expressão de desentendido. Logo ele se levantou e falou com o Suga:

- Vou pegar uma bebida.- 

Eu sabia muito bem que não era. Ele só queria ver o porque de eu ter levado o Bobby para a cozinha. 

- Vih. Vem dançar.- O Tae me chamou e eu fui.

 A noite estava muito boa. Mas o pijama de unicórnio já estava fazendo calor. Logo começou a tocar,  I Feel Like I´m Drowning. Essa música tinha um timbre muito sexy, e juntando com o álcool e o calor que eu estava, apenas resultava em: Striptease.

Comecei a ir abaixando o zíper do meu macacão. Logo escutei os meninos começar a fazer 'woooou' e isso só me deixou com mais vontade ainda. Olha para cada um deles, Jimin me olhava parecia com bastante raiva, mas eu não estava me importando. Olhei para Hoseok, que me olhava, parecia que iria me atacar. Namjoom, Jin, Suga e V ficavam gritando igual a uns doidos. Eu tirei a parte de cima, fiquei apenas com o meu sutiã de renda branco. Olhei mais uma vez para Jimin, que ainda tinha o mesmo olhar sobre mim. Mesmo assim continuei. E quando tirei tudo, os meninos gritavam mais ainda. Logo o Tae tirou a camisa e começou a rodar, todos riram e começaram a tirar suas camisas também. Jimin agora Parecia mais calmo, mas logo acabou, quando a Hyo e o Bobby entraram na sala de novo. O Olhar caiu diretamente sobre o meu corpo só de calcinha e de sutiã. Olhei para Jimin, e ele tinha sangue nos olhos. Ele veio praticamente em um pulo, me abraçou, cobrindo toda a visão do meu corpo de Bobby.

- Vá colocar outro pijama.- Ele falou autoritário.

- Mas..- Ele não deixou eu terminar.

- Mas nada, apenas vá.- 

Ele nem deixou eu ir andando só, ele foi até a porta do meu quarto me abraçando. Logo peguei o pijama que eu tinha separado para mim usar. Vestir, prendi meu cabelo e voltei.

 Hyo agora dançava com o Hoseok e o Tae, enquanto o Jimin, Namjoon e Jin conversavam. Suga apenas estava sentado bebendo, enquanto Bobby não estava nada bem. Ele parecia bastante bêbado.

- EI, você ta bem?- Perguntei chegando perto dele.

Ele apenas disse que não. E ele estava com a cabeça baixa, logo começou a sair um monte de saliva da sua boca. Ele ia vomitar. Peguei rapidamente ele pelos braços, e fui guiando para o banheiro. Assim que abrir ele vomitou. Esperei alguns segundos e ele já tinha parado de vomitar. Lavei sua boca e voltei para sala. Jimin já tinha sua cara de preocupado.

- Vou pedir um Uber para você. Me diz seu endereço.- ele me passou seu endereço com a maior dificuldade de lembrar. Logo pedir o Uber e pedi que Jin e Namjoon levasse Bobby.

- Eu não gosto dele.- Jimin sentou do meu lado.

- Eu nem percebi..- Falei irônica. Ele riu.

Logo o Namjoon e o Jin voltaram.

- Pronto, agora que só estamos entre amigos. Vamos brincar de desafio ou um copo de vodka.- Jin falou.

 Todos formaram uma roda e sentaram no chão.

- Eu começo.-  Tae falou.- Eu desafio o Hoseok a passar a língua na teta do Namjoon.-

- Desafio dado é desafio aceito.- Ele falou indo até Namjoon que logo riu. Ele apenas levantou a camisa e Hoseok passou a língua rápido, e todos riram com a reação do Namjoon.

- Agora eu.- o Suga falou.- Eu desafio o Jimin a dar um selinho de trinta segundos na Hyo.

Quando ele falou isso, Jimin olhou logo para mim. E eu continuei rindo, que deu a entender que ele podia. Então ele foi. Segurou o rosto da Hyo e encostou seus lábios. Todos começamos a contar. Quando terminou os dois olharam para mim, como se tivesse acabado de matar alguém. Mas eu não ligava, porque eu sabia que a Hyo não era capaz de fura meu olho.

- Agora eu.- Hoseok falou.- Desafio a Vitória a me dar uma chupada de língua.- ele falou e todos fizeram ''wooou''. Eu olhei para o Jimin, do mesmo jeito que ele fez comigo. Ele de primeira travou o Maxilar, mas logo fez um sinal com a cabeça dizendo que eu podia. Então, fui até o Hoseok e segurei sua cabeça. Quando ele colocou a língua para fora eu comecei a rir. Mas logo coloquei a minha boca na sua língua, e nossas línguas se encontraram. Ele segurou minha nuca e já ia iniciar um beijo. Mas demorou alguns segundos e eu sair. 

- Minha vez.- Namjoon falou e tinha um sorriso malicioso no rosto olhando para mim. Percebi que era merda para cima de mim.- Eu desafio você a dar um beijo de língua na Hyoyeyon.- Ele apontou para mim.

 Logo os meninos começaram a bater palmas e gritar. Jimin dessa vez não parecia incomodado com nada. Engatinhando até a Hyo, que tinha um sorriso malicioso no rosto.

 Eu era Bissexual, e  a Hyo também. Mas ela gosta mais de mulheres. 

Então, sentei no seu colo, que ela levou as mãos até minhas nádegas. Coloquei meu braços envolta do seu pescoço, rocei nossos lábios.Os meninos gritavam mais ainda. Logo colei nossos lábios. Ela pediu passagem com a língua, que eu deixei na hora. Nossas línguas se encontram , e logo um fogo subiu em meu corpo. Segurei em seus fios da nuca, enquanto a mesma apertava minha nádegas forte. Ela explorava minha boca, enquanto eu só queria mais dela. Ela dava mordidas no meu lábio inferior. Mas logo nos separamos por falta de ar.

- Porra..- Ela fala assim que a gente se afasta.

 Saio de cima dela, e os meninos olhavam para gente com um olhar de desejo, menos Jin. Eu rir com a cara deles e voltei ao meu lugar. Os meninos apenas ficavam calados.

- Bora gente continua.- Falei os mesmo apenas piscaram e riram.

- Minha vez.- Jimin falou.- Desafio o Namjoon a lamber o pé do V.

 Namjoon fez uma cara de nojo e desistiu. Jin encheu um copo de vodka pura e entregou a Namjoon que engoliu tudo.

- Minha vez.- Hyo fala.- desafio a Vih a passar meia hora comigo no quarto.- ela fala mordendo os lábios.

 eu apenas dou um sorriso e levanto.  Os meninos começaram a rir.

- Usem camisinha viu.- Jin deu um grito e os outro riram.

 O jimin não parecia incomodado, ele apenas ria e olhava a gente entrando no quarto.

 Assim que entrei, Hyo me jogou em cima da minha cama e trancou a porta. Ela veio e subiu em cima de mim.

- Você me deixou louca com a quele beijo.-

 Apenas isso ela falou antes de voltar a me beijar. ela dessa vez me beijava com mais desejo. Ela levou suas mãos até as minhas coxas e apertou com força fazendo eu arfar contra sua boca. Eu levei minha mão até seu top preto e tirei. Tendo visão de seus seios. Logo levei as minhas mãos até ele e apertei. Ela soltou um gemido baixo. ela sentou sobre minhas coxas e eu levei minha boca até seus seios e ela gemia baixinho em meu ouvido, me deixando cada vez mais exitada.

A verdade é que eu nunca tinha tido relação sexual com nenhuma mulher. E ter a Hyo assim, era uma coisa nova, que estava me deixando muito exitada.

 Ela tirou minha blusa e eu ainda estava de sutiã. Ela revirou os olhos e e riu. Tirou o sutiã e me empurrou fazendo eu deitar. Ela segurou meus peitos com certa força fazendo eu fechas meus olhos com força e gemer.

- Tão grandes.- Ela falou aproximando sua boca de um deles. 

Ao sentir sua língua em contanto com meu seio, me contorci. Ela segurou meus braços em cima da minha cabeça e começou a chupar o bico dos meus seios. Gemia baixinho com seu ato. Logo ela soltou meus braços. Beijou minha boca, e foi descendo seu beijos. beijo meus seios, minha barriga, minhas coxas e deu um beijo em cima do meu sexo ainda coberto pela calcinha. Ela segurou a calcinha e foi tirando lentamente, até que ela já estava no chão. Ela separou minha pernas e com seus dedos separou meus lábios. Sentei e segurei seus cabelos em forma de rabo de cavalo. Ela logo passou a língua em meu clítoris, e eu fechei meus olhos com força e gemi. Ela fazia movimentos circulares, e eu gemia mais alto. Ela dava sugadas e dava estalos gostosos. Quando estava chegando no meu limite ela parou. 

- Ainda não.- ela sorriu maliciosa.

Ela me beijou fazendo eu sentir o meu próprio gosto. Ela foi me deitando devagar na cama. Mas logo, deixei ela por baixo e sentei em suas pernas. Fui fazendo a mesma coisa que ela fez comigo. Fui beijando seu corpo até seu sexo. Tirei sua calcinha, ela antes mesmo, abriu suas pernas e começou a fazer movimentos circulatórios em seu clítoris. Eu tirei sua mão, e deitei ela. Beijei ela, logo coloquei dois dedos dentro da sua boca, que a mesma chupou, me olhando com um olhar bem malicioso. Sem nem avisar, coloquei os dois dedos dentro dela, que a mesma deu um gemido alto. Comecei a fazer movimentos de vai e vem. Ela gemia mais alto ainda, mas logo comecei a chupar seu clítoris, que ai ela gritou mais ainda. Ela chegava as pernas contra minha cabeça, logo percebi que ela já estava em seu limite. Parei. Ela sorriu. Subi em cima dela e começamos a nos beijar. Logo ela me deitou na cama. Se ajeitou em uma posição em que os nossas intimidades se encostasse. Começou a fazer um movimento para frente e para trás. era uma sensação maravilhosa, uma sensação que eu nunca tinha sentido. Logo ela começou a ir mais rápido, assim como eu. Começamos a gemer alto. Gemi mais alto ainda quando ela colocou dois dedos dentro de mim. Eu já estava quase no meu limite. Então eu comecei a me movimentar mais rápido ainda. E logo gozei. Ela ainda não, então continuou os seus movimentos, fazendo com que eu gemesse mais alto ainda. Logo ela gozou, mais continuou com os movimentos devagar. 

Saímos da posição que a gente estava, ela deitou ao meu lado e me beijou com  delicadeza.

- Gostou?- Ela perguntou olhando em meus olhos. 

- se eu gostei? Eu amei.- Ela riu e me beijou de novo.

- você maravilhosa.- Ela falou e eu sorrir.

- Que bom, porque foi minha primeira vez.- 

- Nossa, eu tirei sua virgindade de Lésbica.- 

Começamos a rir alto.

 Hyo realmente tinha sido minha primeira mulher, e eu tinha gostado realmente. Mas eu sentir aquela falta de ter algo entrando dentro de mim.

 Fazer o que? A Vida de uma Bissexual mais hétero do que lésbica é assim.


Notas Finais


Iae gostaram?
Bye bye
Kiss Kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...