1. Spirit Fanfics >
  2. I Saw the Love in Your Eyes >
  3. Capítulo 18

História I Saw the Love in Your Eyes - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Roupa na mídia são as roupas que as meninas usaram para ir a Hogsmead.
Boa leitura ♡♡.

Capítulo 21 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction I Saw the Love in Your Eyes - Capítulo 21 - Capítulo 18

Marrie P.O.V:

Quando acordei de manhã, estava ansiosa e nervosa, com um frio na barriga. Eu nunca tinha saído com nenhum menino ( Draco é meu melhor amigo então não conta como encontro). Levantei e tomei meu banho para começar a me vestir. Assim que sai do banheiro já vestida, Anna e Pansy estavam sentadas em suas respectivas camas e de cara fechada. Essas duas tem um mal humor tão grande de manhã que tenho até medo de falar alguma coisa e ser azarada.

Me sentei na penteadeira para arrumar o cabelo e me maquiar, enquanto as duas com humor de trasgo levantavam e iam se arrumar. Assim que penteei minha juba passei um corretivo e pó compacto, seguido de uma cama de rímel e um gloss sem cor bem discreto, nunca gostei de rebocar a cara. Sempre passei o básico

Sentei na cama pegando um livro enquanto esperava as meninas

- Nossa, olha que linda você está. Terence vai babar em você – minha irmã fala levantando as sobrancelhas sugestivamente enquanto Anna rua

- Acho incrível como vocês ficam de mal humor pra tudo de manhã, mas quando é pra me perturbar passa na hora.

- Não gostamos de acordar cedo, por isso o mal humor. Mas hoje é um dia importante e não tem como ficar emburrada por muito tempo – Anna fala voltando para o banheiro para escovar os dentes

- Marrie, quero que você me conte tudo depois. E se ele fizer alguma coisa que você não goste, me avisa q Anna, eu e Draco faremos ele se arrepender

Uma coisa que eu sempre gostei foi esse jeito protetor deles comigo. Mas tem hora que me irrita.

- Fica tranquila Pans, vocês me ensinaram boas azarações. Não sou tão ingênua assim.

- Sei que não é, mas mesmo assim vamos te proteger.

Nos abraçamos e ela foi terminar de se arrumar.

Assim que ficaram prontas, descemos para a comunal e fomos para o grande Salão tomar, chegando lá os meninos já estavam comendo. Nos sentamos e fiquei entre Draco e Terence, e a minha frente estava a dupla dinâmica Anna e Pansy.

- Bom dia, você está muito linda sabia? – Terence falou baixo apenas para eu ouvir, e corei com o elogio

- Obrigada, e Bom dia

- Eu estava pensando em irmos a casa de chá da madame Puddifoot, depois um passeio pela casa dos gritos e por último ir da dedosmel, o que você acha? – perguntou enquanto eu passava geleia no pão

- Gostei da programação, mas posso adicionar um lugar?

- Claro q sim, aonde quer ir?

- Abriu uma livraria nova em Hogsmead e eu queria ir lá

- Achei legal, posso procurar algum livro para dar a minha irmã. Você até pode me ajudar

- Vou adorar.

Ele me deu um sorriso e se virou para falar com Blaise. O resto do café foi tranquilo, depois fomos para o pátio e seguimos a Hogsmead com o trio de ouro junto e cada um foi pra um lado.

O dia estava frio, então assim que entramos na casa de chá, senti o ar quente que foi muito bem vindo. Escolhemos uma mesa e sentamos depois de fazermos nossos pedidos

- Então, me conta mais de você – pedi colocando o rosto na mão e inclinando a cabeça. Percebi que ele sempre faz isso quando tá interessado por alguma coisa e alguém. Quando me dei conta disso, senti uma sensação boa

- Não tenho muito o que contar, sabe? Tenho 17 anos, gosto muito de ler, ouvir música e tocar. Não sou muito de sair, prefiro ficar em casa assistindo série ou lendo, ou simplesmente dormindo. As vezes Pansy e Anna me arrastam pra alguma festa ou rolê, mas sempre que isso acontece estou de fones e com um livro baixado no celular.

- Você toca qual instrumento?

- Toco piano e violão

- Legal, canta também?

- Sim, desde os meus 8 anos

- Acho isso bem legal, algum dia toca uma música pra mim?

- Quem sabe. Agora me fala de você

- Bom, também tenho 17 anos, gosto jogar quadribol, também canto, e sei tomar bateria, tenho uma irmã mais nova. Ela tem 13 anos, mas meus pais preferiram colocar ela em Beauxbatons, também não gosto muito de sair. Normalmente Theo me reboca pros lugares mas sempre vou embora cedo.

- Você sempre fala da sua irmã, parecem ser bem próximos

- Ela é o amor da minha vida, entende? Mesmo ela estudando longe e a diferença de idade nunca atrapalhou minha intenção com ela, na verdade só ajudou. Ela sempre falava q eu era o herói dela, por estar mais presente que meu pai.

- É lindo ver irmão agindo assim

- Você também é próxima da sua irmã né?

- Sim, a gente dividiu a mesma barriga né,  é uma ligação que não se quebra. Anna também é minha irmã, mesmo não sendo de sangue. Quando junta ela e a Pansy da merda, pior quando junta o Draco. A última vez que saímos juntos eles ficaram bêbados em plena 3 da tarde na Londres trouxa, tentaram roubar um carrinho de supermercado, quase fomos preso e Draco quase é atropelado.

- Cristo Amado hahahahahaha, quero ver o que eles vão aprontar amanhã

- Amanhã??

- É, hoje no café Blaise me falou que amanhã vai ter rolê na Londres trouxa e me chamou para ir, você não tá sabendo?

- Não, depois do café não falei mais com as meninas, quando encontrar com elas, amanhã vai sobrar pra mim com certeza

- Como assim?

- Sempre que as duas madames dão PT, eu que tenho que cuidar delas. Pelo menos agora tem a Mione, o Harry, o Ron e o Blaise pra ajudar. Senão não ia dar conta

- Esse rolê promete então

Ficamos conversando coisas bobas e quando fomos embora ele pagou a conta me estendendo o braço pra sairmos

Passeamos pela casa dos gritos e na dedosmel, e indo para a livraria “Fragnello”

- Ei, entra na frente que preciso fazer uma coisa

- Tabom

- Entrei na loja e retirei as luvas para tocar nos livros. Sempre gostei de sentir a textura das capas e das folhas. Escolhi alguns livros que ainda não tinha, quando fui pegar outro, uma mão entrou na frente e pegou primeiro, quando virei pra reclamar vi o livro ser estendido pra mim. Era Terence

- “ A Garota que Você Deixou para Trás “, interessante o título, sobre o que é?

- Não sei na verdade, mas tenho outros livros da mesma autora e todos são muito bons. Esse deve ser também

- Entendi, ah, quase me esqueci. Isso é pra você

Ele me estendeu uma rosa azul linda. Quando fui pegar e flor, meus dedos encostaram no dele e senti uma corrente elétrica passou entre meus dedos. Mas ignorei

- É muito linda, obrigada. Não só pela flor, mas pelo passeio também

- Não precisa agradecer, fico feliz que gosto. Podemos ter um próximo?

- Vou pensar no seu caso

Depois disso ele escolheu alguns livros para a irmã e fomos pagar tudo. Voltamos para a escola e nos despedimos na escada do meu dormitório

- Tchau Terence

- Tchau Marrie

Ele se aproximou e plantou um beijo na minha bochecha e foi para seu dormitório. Subi as escadas devagar e entrei no quarto vendo as minhas jogadas na cama de Anna lado a lado de pijama e mexendo no celular

- Olá meninas – saudei e as duas deram um tchauzinho com a mão

- Conta aí Marrie, como foi? – Pansy perguntou tirando os olhos o celular e comendo uma varinha de alcaçuz

- Foi bem legal, conversamos muito, passeamos. Fomos a livraria, ele me deu uma rosa e voltamos pra cá. Ele me deixou na entrada do dormitório e meu deu um beijo na bochecha

- Fico feliz por você, Terence é um cara legal – Anna fala mas nem tira os olhos do celular

- Olha, já vou avisando que se amanhã vocês resolverem dar a louca não me responsabilizo por nada, entenderam? –

- Fica de boa, a gente não vai beber tanto e também o Blaise, a Mione , o Ron e o Harry vão ajudar se a gente der trabalho – Pansy falou revirando os olhos

- E o Theo? Não vai ajudar? – Perguntei e as madames se olharam e começaram a rir. Boiei.

- Ele com certeza vai ajudar. Ajudar a dar trabalho isso sim – Anna falou parando de rir

- Ai meu Salazar, tô até vendo a merda de amanhã. Terence falou que ajuda a tomar conta de vocês também.

- Então não à nada com que se preocupar

- Aham, sei

Depois disso me troquei e fomos dormir.

Não quero nem ver o que vai acontecer amanhã. Meu último pensamento foi antes de adormecer foi um par de olhos castanhos e sorriso contagiante.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...