História I Saw The Love In Your Eyes (Jenlisa) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, Mamamoo, TWICE
Personagens BamBam, Dahyun, Hwasa, Jackson, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jisoo, Kim Jong-in (Kai), Lisa, Mark, Momo, Moonbyul, Personagens Originais, Rosé, Sana, Solar, Tzuyu, Wheein
Tags Blackpink, Chaesoo, Jenlisa
Visualizações 130
Palavras 1.694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Aquela Voz...


Lalisa P.O.V.

E mais um dia se inicia, já se passou uma semana e o que tenho a comentar sobre o primeiro dia de aula? Bom, até que foi bem produtivo, tirando a parte da Jennie Kim que se acha a última bolacha do pacote e linda pra um cacete ter enchido meu saco insinuando coisas ao meu respeito quando sai da sala do diretor, foi tudo ótimo, durante a noite ganhei um bom dinheiro que com toda certeza será bom para comprar algumas coisas que estão faltando em casa e o restante posso guardar. Enfim estou indo agora para o colégio sozinha dessa vez, Rosé resolveu ir com a garota chamada Jisoo, pelo que me parece é a melhor amiga de Jennie.

Nada contra ela até porque ela é totalmente diferente da sua amiga.

Caminhando em direção ao colégio pensando em algumas músicas para ensaiar para poder cantar hoje a noite, irei aproveitar o intervalo, entre algumas músicas está a minha favorita que irei tocar no final.

Chegando perto do portão vejo Jennie e o namorado, algo desconfortável por dentro, sinto meu corpo entrar em chamas, não sei ao certo mas espero que eu esteja errada se for o que eu penso que seja.

- Bom dia Lalisa - Jennie fala soltando um sorriso de deboche. Bom dia Lalisa - Dessa vez foi o Kai que falou soltando um sorriso amigável. (Pelo visto ele não é como sua namoradinha)

- Bom dia - Respondo friamente e saio andando mais rápido, por que essa sensação de desconforto em mim.

- Por que falou assim com ela? Ela deve ser legal Jennie - Ouvi Kai falar antes de apressar meus passos.

(Durante esse tempo que venho frequentando o colégio, vejo Jennie sorrindo e devo admitir que o sorriso gengival dela é lindo, dentes pequenos e certinhos, olhos de gatinho, as vezes me pego pensando nela, como estou agora, uma hora ou outra quando começo a tocar vem ela no pensamento e meu coração dispara feito um louco, sem conseguir controlar)

Chegando na sala de aula me deparo com Rosé babando pela garota ao seu lado (Vulgo Jisoo).

- Quer um babador Rosé? - Brinco com a garota que me olha com uma cara nada boa.

- Você quer um soquinho na cara senhora Manobal - Diz olhando fixamente no meu olho e eu reviro os olhos.

- Não sou eu que está babando pela Jisoo aqui, e aliás meu nome não é Manobal sua cara de esquilo. - Digo e vou logo sentar.

- Eu vou te matar Lisa se me chamar de esquilo novamente. - Diz fingido está aborrecida.

- Ah mas eu não tenho culpa se você parece um esquilo Rosé - Falo rindo da cara dela.

- Filha da pu... - Antes dela terminar de falar a professora chega na sala cumprimentando todos.

- Bom Dia meus queridos e minhas queridas - Ela fala e todos nós respondemos educadamente. - Bom vou começar com a aula de hoje, temos muito trabalho a se fazer, então mãos a obra.

- Essa professora é legal né - Rosé sussurra e eu balanço a cabeça em confirmação.

As horas se passam e o sinal do intervalo toca e eu vou direto pra sala de ensaio, enquanto minha querida esquilo vai continuar babando na sua crush Jisoo.

- Lalisa? - Ouço alguém me chamar e me viro para ver quem me chama e me deparo com um Kai com um sorrio no rosto.

- Ah Oi? - Respondo gentilmente.

- Quero pedir desculpa pela Jennie, ela é daquele jeito, espero que não tenha se importado. - Fala com uma cara cabisbaixa.

- Relaxa, eu não levo pra o lado pessoal não. - Respondo simples. - Se me der licença Kai eu preciso ir, tenho um negócio pra fazer agora, espero que não se incomode.

- Ah claro que não pode ir, eu só vim me desculpar mesmo, espero que sejamos amigos Lalisa. - Ele estende a mão.

- Tudo bem. - Estendo a mão pra ele e logo saio acenando para o mesmo.

Chegando na sala pego um violão e me sento em uma cadeira e começo a me aquecer para logo mais tocar.

- Lembro que te vi caminhar

Já havia um brilho no olhar

E junto com um sorriso seu

O teu olhar vem de encontro ao meu

E o meu dia se fez mais feliz

Mesmo sem você perto de mim

Mesmo longe de mim...

Eu fico o tempo todo a imaginar

O que fazer, quando te encontrar

Mas se eu fizer, o que vai dizer?

Será que é capaz de entender?

Mesmo se não for eu vou tentar

Vou fazer você me notar

Por isso eu vim aqui te dizer...

 Jennie P.O.V.

Enquanto vou caminhando pelo corredor, e então eu ouço uma voz doce e por incrível que pareça é linda, vou dá uma olhar para ver quem é a dona dessa voz maravilhosa e não acredito no que vejo, é ela.

Lalisa.

Então quer dizer que além de linda, ela canta. Além disso a sua voz é perfeitamente linda.

Lembro que te vi caminhar

Já havia um brilho no olhar

E junto com um sorriso seu

O teu olhar vem de encontro ao meu

E o meu dia se fez mais feliz...

Lembro quando a vi no primeiro dia de aula, os olhos dela de jabuticaba me encarando, e o sorriso dela, aquele maldito sorriso que não sai da minha cabeça.

Sou tirada dos meus pensamentos com o Kai me chamando.

- Jennie??? - Ele chama com um tom mais alto.

- Ai não grita Kai pelo amor de Deus, o que você quer? - Respondo fria, torcendo para Lisa não ter ouvido.

- Queria te chamar pra gente ir a um bar, fiquei sabendo que tem uma pessoa que canta lá quase todas as noites, e disseram que é mui... - Interrompo ele.

- Pode ser, preciso sair mesmo pra distrair minha cabeça, passa em casa que a gente vai tá baby. - Digo saindo perto dele.

(Os meus pensamentos estão um turbilhão em torno daquela garota, o que tá acontecendo comigo, isso nunca foi de acontecer mesmo eu estando com o meu namorado ou com qualquer outra garota que beijei antes dele, nunca senti meu coração ficar disparado assim como senti a minutos atrás, o nome de Lisa tá girando em torno de mim)

Quebra de Tempo

Seul 19:30 Casa de Jennie Kim.

Chego em casa de mais um dia de aula, hoje irei sair com o Kai, preciso sair, beber para ver se esqueço aquele maldito sorriso, aqueles olhos hipnotizantes, eu iria infernizar a vida daquela garota, mas vejo que tá sendo ao contrario, o pior de tudo é que ela nem dá a mínima, depois do que insinuei com ela.

Saio dos meus devaneios com a campainha tocando, suponho que seja o Kai. abro a porta dando de cara com o mesmo.

- Oi, entra, só vou pegar meu celular e a gente sai. -  Digo e vou correndo pegar meu celular para logo sair.

No carro o silencio se fez presente, e que seja assim até chegar lá, posso parecer uma ignorante e tudo mais, só que eu não consigo ser simpática com os outros e o pior de tudo é que eu namoro com alguém que não me merece, ele é um bom rapaz, carinhoso e atencioso, eu não consigo retribuir esse amor que ele sente por mim, hoje não mais.

Chegando no bar eu e ele entramos e ficamos sentados perto da porta sentados em uma mesa com algumas bebidas, enquanto não começa o show se é que isso é considerado como show.

- Boa Noite, hoje iremos ter nossa querida se apresentando hoje... - O homem começa a falar e logo depois as luzes se apagam e uma luz fraca se acende no palco pequeno com uma garota  segurando firmemente seu violão que logo começa a tocar. Assim que começa a cantar aquela voz soa pelos meus ouvidos fazendo com que eu fiquei arrepiada e surpresa ao mesmo tempo por saber de quem se trata.

And I need you, boo (Eu preciso de você, amor)

I gotta see you, boo (Eu tenho que te ver, amor)

And there're hearts all over the world tonight (E há corações espalhados pelo mundo esta noite)

Said, there're hearts all over the world tonight (Disse que há corações espalhados pelo mundo esta noite)...

E aos poucos as luzes vão se acendendo dando contraste ao seu lindo rosto. Eu não posso acreditar de que eu estou lhe vendo cantar em cima de um pequeno palco com sua linda voz, de olhos fechados ela canta lindamente como se estivesse só ela e o violão em seus braços, Lisa.

Hey, little mama (Ei, garota)

Ooh, you're a stunner (Você é maravilhosa)

Hot little figure (Formas excitantes)

Yes, you're a winner (Sim, você é uma vencedora)

And I'm so glad to be yours (E eu estou tão contente de ser seu)

You are class all your own, and (Você tem sua própria categoria, e)...

 Ali está ela cantando enquanto estou aqui com meu coração a mil, sentindo que estou a um santo momento de levantar e ir ate onde ela canta e beijar - lá como nunca beijei ninguém. Sua voz soando pelos meus ouvidos, a música, o jeito que toca o violão com calma e lentidão.

- Queria conversar com você Jennie, aproveitar que a gente tá aqui, eu acho que a gente tem que... - Interrompo o mesmo de falar com meu dedo indicador.

- Shiiu, vamos curtir depois a gente conversa. - Digo voltando minha atenção pra ela que agora está com os olhos abertos e logo começa a tocar outra música.

E foi assim a noite quase inteira, ela cantando e eu sentindo mil e umas vibrações dentro de mim, percorrer em minhas veias com uma louca e imensa vontade de te - lá comigo, mas sinto que não sou o bastante e por mais que seja ela deve me odiar por eu infernizar a vida dela logo no primeiro dia de aula.

Se tiver a chance de me redimir com ela eu farei o que for possível e impossível para isso acontecer... Ou não me chamo Jennie Kim.

Continua...👉


Notas Finais


Santo cristo, o que essa doida vai fazer.🙇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...