História I see me in you girl - (Bang Chan) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias AOA, BtoB, Got7, Monsta X, Somi, Stray Kids, TWICE
Visualizações 75
Palavras 1.720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 😘

Capítulo 14 - Chapter Fourteen


Porque Félix fez isso, ele não queria que eu me declarasse logo, o que ele está tramando? 

S/N - Claro, vai ser legal! 

Félix - Vai amanhã, e segunda a gente vai pra escola juntos ?! 

S/N - A verdade é que meus pais só deixam se for o Changbin ou a Somi comigo. 

Chan - Changbin com certeza vai estar lá - Félix sorri pra mim. 

S/N - ok, vou falar com meus pais e depois mando por mensagem o que se deu de resposta!

Félix - Tudo bem, tchau!

Ela entra em sua casa e eu e Félix vamos pra casa. 

Chan - Está aprontando o que ? 

Félix - Nada, só achei que você não ia conseguir falar, então marquei pra amanhã, pelo menos você vai estar em casa, mais a vontade. 

Chan - Sei ... 

 Yugyeom On

Não confio nesse tal de Bang Chan, meu primo sempre falava desses dois australianos, e dá pra perceber que ele tem alguma relação forte com a s/n, não sou idiota, eu sei que ela não prestou atenção em nada do que eu falei, e isso ficou mais forte quando ela quis ir embora com eles. 

O telefone toca e não tem ninguém pra atender só eu, minha tia estava na cozinha e Changbin estava falando com ela. Pego o telefone e atendo. 

Yugyeom - Alô ? - É Félix, quer falar com minha tia - Tia ... O Félix quer falar com você. - passo o telefone pra ela. 

Tia - Oi... Sim.. ela vai?... Ok ele vai então! - ela desliga. - Changbin, arruma suas coisas, você e s/n vão dormir na casa do Félix amanhã, e segunda vocês já vão pra escola direto de lá! 

Changbin - Obrigado mãe - ele vai pro quarto dele. 

Yugyeom - Tia, a s/n vai mesmo dormir na casa desse menino ? 

Tia - Sim, changbin só vai porque ela vai, eu acho ela muito responsável, e cuidadosa com ele. 

Yugyeom - Mal eu chego e meu primo já me abandona!

Tia - aproveita ele hoje e amanhã de manhã, porque depois só na segunda depois do almoço! 

Minha desconfiança só aumenta! 

Vou até Changbin, preciso saber mais coisas sobre esse cara.. 

Yugyeom - Primo, e aí ? Está bem feliz depois que soube que ia pra lá - sento na cama dele.

Changbin - É, é legal passar o dia com eles, vai ser divertido! 

Yugyeom - Aquele tal de Bang Chan... Ele é bem próximo da s/n ? 

Changbin - ah, eu acredito que sim, ele ajudou ela várias vezes e ...

Yugyeom - e  o que ? - tenho que respeitar por ele ser meu primo e eu estar na casa dele, mas eu estou sem paciência nenhuma! 

Changbin - nada demais, deixa pra lá! Quer jogar ? 

Yugyeom - Tá me escondendo alguma coisa né ? 

Changbin - Não primo, é que ele sempre esteve perto dela quando acontecia alguma coisa ruim! - não estou acreditando, mas vou deixar pra lá, ele não vai me contar mesmo.

Yugyeom - Ah sim, entendo, vamos jogar então! 

 

Félix On

Eu tenho um plano! Na verdade não, tudo que eu pensei foi trazer a s/n para dormir aqui, fazer o Chan se embebedar pra ver se sai alguma coisa desse menino. Não vai dar certo, pra ser mais bonitinho tem que ser natural. Vou pedir a ajuda do Changbin amanhã, mas se nada der certo, o Chan que vai ter que fazer alguma coisa! 

S/N On

Domingo 

Estou acordada desde às 9:00 e já são 10:30, o Changbin marcou de estar aqui às 10:20 e nada dele, nós vamos almoçar nos meninos. Mando mensagem e ele só manda eu abrir a porta. 

S/N - Vou nem falar nada 

Changbin - Não seja chata, cadê sua mochila ? Eu levo! - aponto pro sofá e ele pega a mochila - vamos! - saímos e fomos pra casa dos meninos.

Batemos na porta e Félix aparece com um sorriso no rosto, só que não foi pra mim, Changbin logo entrou e eu em seguida. 

Félix - Changbin deixe as coisas no meu quarto, por favor. - Changbin sobe e depois desce correndo. - pode sentar vocês - aponta pro sofá.  

S/N - Eu vou no banheiro, ok ? - Félix confirma com a cabeça.

Félix - sintam-se em casa! 

Subo as escadas e vou em direção ao banheiro, vou passando em frente de cada quarto olhando, assim que passo o de Chan nem havia notado direito na hora, mas voltei e olhei pra dentro, a porta estava entre aberta e ele estava quase nu, a toalha estava enrolada em sua cintura, e o abdômen todo  a mostra. Mordo o lábio inferior ao ver aquele Deus australiano. 

Tomo um susto quando escuto vozes de Changbin e Félix subindo as escadas e logo corro pro banheiro e fechando a porta. Ufa... Foi por pouco!  

Faço o que eu precisava e saio do banheiro, ando olhando para minhas meias novas que no caso ficaram lindas no meu pé, e minha cabeça bate em alguma coisa. 

S/N - Como... - passo a mão na testa e olho pra frente vendo Chan me olhar com o sorriso de canto. 

Chan - Olha pra frente quando anda mocinha. - ele ri. 

S/N - está parecendo minha mãe 

Chan - Félix disse que você estava aqui em cima, por acaso era você o vulto que passou e ficou olhando no meu quarto ? - por que ele não tira esse sorriso de canto, carinha de safado. 

S/N - Eu ... Eu não sei do que você está falando! - tento sair da frente dele pra descer a escada mas ele se pôs novamente em minha frente sem me tocar. 

Chan - Era você né ? - ele espreme um pouco os olhinhos e chega mais perto. 

S/N - Era - falo baixo.

Chan - O que ? - finge que não escutou. 

S/N - Era eu sim, eu estava procurando o banheiro! 

Chan - Essa história do banheiro não cola, mas eu vou deixar pra lá, gostou do que viu ? - ele pergunta isso e fica um pouco corado. 

S/N - talvez - passo por ele descendo as escadas e chegando na sala, achei fofo a cara dele depois que perguntou, acho que vou brincar com isso. 

Chan - Talvez quanto ? - ele me segue e se senta ao meu lado no sofá. 

S/N - Não vou dizer - pego celular e entro em alguma conversa qualquer. 

Chan - Por que não ? 

Félix - Gente vamos jogar alguma coisa ou assitir ? - ele desce com Changbin. Chan revira os olhos frustrado. 

S/N - assistir um filme! - todos concordam e Félix liga o aplicativo de filmes na TV, não sei que filme ele colocou. Ele senta com Changbin em uma das pontas do sofá e eu fico no mesmo lugar que eu tava junto com Chan. Começou a esfriar um pouco e Félix pegou duas cobertas, uma era pra ele e Changbin e outra pra mim e Chan dividir. 

A campainha toca e Chan levanta pra abrir, era o almoço, ele pega as comidas e paga o cara. 

Já estamos no meio do filme e até agora só passou coisas clichês, eu gosto e não gosto, prefiro mais o gênero de terror!

Olhei em volta e vi que os dois estavam bem abraçadinhos, queria também, será que se eu encostar a cabeça no ombro do Chan ele...

Chan - s/n tá frio... Você quer que eu te esquente ? 

S/N - Sim - ele passa o seu braço direto em meu pescoço e com o esquerdo me abraça na frente, eu abraço ele também, e minha cabeça fica deitada em seu ombro. 

Ficamos assim até o final do filme, e quando acabou Félix levantou e nos encarou, eu e ele ainda estávamos abraçados. 

Chan - Que foi ? Está frio! 

Félix - nada, eu estava pensando de a gente fazer maratonas ou sei lá. 

Changbin - pode ser, o que acham ? 

Chan - De boa 

Félix - O que querem assistir ? - sem demora peço terror - Eu não curto muito...

S/N - Vamos assistir um filme que cada um escolher, você escolheu seu clichê, agora deixa nós! - ele confirma, e coloca no que eu escolhi. 

[...]

A tarde foi passando e vimos já quatro filmes, em um deles eu e Chan resolvemos nos deitar no sofá e ele ficou atrás de mim, ficamos de conchinha. 

Olho de relance pra trás e ele está dormindo então comecei a fechar meus olhos e dormir. 

Bang Chan On

Acordo e vejo que s/n está dormindo, eu estou muito próximo dela, isso é tão confortável, da vontade apertar ela no abraço. Ela começa a se mexer e se encosta mais em mim, seu bumbum encostou de leves no meu amiguinho, por que me deixa assim s/n ? Ele acordou. Preciso me aliviar, mas não quero sair desse aconchego, ela está tão sexy dormindo ... O que você está pensando ? Assim vai piorar tua situação mané! Merda, tá tão duro que tá doendo. Me levanto devagar e vou pro meu quarto, fecho a porta e me deito. Abaixo minha bermuda e começo a me masturbar. 

S/N On

Aí que preguicinha, preciso levantar pra beber água, me deu uma sede. Me levanto e vou beber água, assim que faço volto pra sala e vejo que os meninos estão dormindo e Chan não está, subo as escadas a procura dele e escuto meu nome... Só que em gemidos ?

Chan - S/- s/n ah ... Hmmmmm - saí meio abafado por a porta estar fechada. Escutar meu nome desse jeito me deu uns negócios, estou arrepiada e por algum motivo estou querendo me tocar. Coloco a mão dentro da minha calcinha e vejo que estou bem molhada. Sem pensar duas vezes tiro minha mão e vou abrindo a porta devagar. 

Sabe quando você está assistindo alguma coisa que contenha Sexo ou que te deixe excitada, tudo que eu estou vendo tá me deixando mais molhada do que já estou, Chan está deitado e fazendo movimentos rápidos de vai e vem com a mão, sua cabeça está jogada pra trás e não para de gemer meu nome... Meu nome... Tudo que saí da minha boca por impulso é: 

S/N - quer uma ajuda ? 


 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...