História I See You - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Visualizações 55
Palavras 2.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi oi gente! Demorei? Se sim me perdoem mas eu tava com uma preguiça sem igual de escrever.

Mas aqui estou eu com mais um capitulo fresquinho pra meus docinhos.

Divirtam-se ;)

Capítulo 3 - Mon petit


Fanfic / Fanfiction I See You - Capítulo 3 - Mon petit

Chiara

Acordo  com  o despertador tocando, que vontade eu tenho de jogar na parede , com força. Mas nada que aconteça hoje vai abalar meu humor, afinal eu conheci Justin Bieber senhoras e senhores! Quem ficaria de mal com a vida depois disso? Nada vai estragar meu dia.

Vou rumo ao banheiro, tomo uma ducha rápida , me arrumo e vou tomar meu café , meus pais já estão a mesa.

- Bom dia família linda! Bom dia sol, bom dia nuvens , bom dia mundo que é belo.- vou saltitando e dando beijo nos meus pais.- O dia não está ótimo hoje família linda que eu amo tanto?

- Quem é você e o que fez com a minha filha?- minha mãe debocha .- Meu amor pegaram a Chiara e botaram outra no lugar.

- Eu estou começando a achar o mesmo meu bem.-meu pai me olha divertido.- Fizeram uma lavagem cerebral nela.

- Sou eu , a mesma Chiara de sempre   , a garota que conheceu o amor da vida dela ontem.- disse comendo. – E ainda conversou horas sem ter a noção do tempo.- em seguida suspirei.- Justin Bieber fez essa lavagem cerebral em mim.

-  Você conheceu o Justin ontem no show?- mamãe perguntou animada.- Me conta como foi, como ele é?

- Ai mamãe ele é um sonho, o paraíso na terra.- digo sonhadora.- Um certo pai desnaturado esqueceu de buscar a filha no estádio. – digo alfinetando meu pai.- Justin apareceu e ficamos horas conversando, ele é super atencioso e fofo, um príncipe.

- Que bom que você conseguiu o que sempre quis meu amor.- minha mãe disse.- Mas você esqueceu sua filha num estádio Christopher?- ela perguntou brava.- Ela sozinha sem poder se defender se algo acontecesse com ela!

- Mãe não briga com o papai.- faço biquinho.- Se ele não tivesse demorado eu não encontraria o amor da minha vida.- digo sorridente.- E o Justin ficou comigo o tempo toda até o papai chegar, foi o melhor momento da minha vida.

- Ta vendo querida? Ela esta feliz , esta a salvo, todo mundo feliz!- diz meu pai.- Agora vamos mocinha , pra escola.

Peguei minhas coisas e segui meu pai até o carro, estou tão contente hoje que até quero estudar. Chegamos na escola, me despeço do meu pai e desço do carro. Avisto meus amigos e meu namorado no pátio e vou até eles, pulo em cima do Aiden e ele se assusta.

- Bom dia gente linda , como vocês estão?- pergunto sorridente.- Eu estou ótima , maravilhosa eu diria.

- Que animação é essa logo de manhã? Essa não é a minha namorada.- me deu um celinho.-Isso tudo por causa de um show?

- Um show? Não foi um show qualquer meu amor! Foi um show do Justin Bieber e eu ainda o conheci.- digo me achando.- Ficamos horas conversando em frente ao estádio, meu pai demorou e o Justin ficou comigo ate ele chegar.

- Serio que o Justin Bieber falou com você?- perguntou Amber duvidando.- Não sei mas isso ta me cheirando a invenção.- sorriu irônica.- Até por que o Justin não perderia o tempo dele só conversando contigo né?

- Valeu hein! Você é uma ótima amiga.- digo com ironia.- E por que eu mentiria sobre isso? Eu não tenho motivos pra inventar nada, aconteceu sim.- digo com raiva.- Acredita em mim né amor?

- Foi mal Chiara mas essa história é meio irreal.- me olhou com cautela , eu vou explodir aqui , me segurem.- Em que mundo Justin Bieber tiraria do seu precioso tempo pra conversar com um fã?

- No meu mundo! Ele ficou comigo por horas , trocamos telefones e vamos ser amigos.- digo com raiva e eles começam a rir.- Quer saber? Vão se ferrar todos vocês , tô indo pra aula.

Saio pisando fundo e o sinal toca, ai que raiva ,meus próprios amigos, meu namorado não acreditam em mim! Eu mentiria pra quê? Eles que se fodam também , não preciso provar pra ninguém que eu sou a mais nova amiga do Justin. Mas eles vão pagar, vou fazer eles engolirem suas palavras, ah se vou.

O dia se segue normalmente, as aulas também , da a hora do intervalo e eu não sento com meu grupo, não tenho saco pra eles hoje , aqueles traíras. As próximas aulas passam devagar , quero logo e ir as compras pelas ruas de Paris , preciso pra me acalmar. O sinal toca dando fim as aulas , saio praticamente correndo da sala , quando eu estou no portão me perguntando pra onde eu sigo, meu celular toca. Justin. Me ligando. Justin Biber me ligando. Agora.

-Bonjour mon petit, comment allez-vous?.- sexy, isso é ele falando francês.- Liguei pra saber se está livre essa tarde , meu ultimo dia em Paris e quero aproveitar com você.

- Eu to saindo da escola agora mon cher, estava nesse momento pensando aonde ir, você me ligou na hora certa garotão.- minha mente se ilumina, tenho um idéia.- Já que eu estou aqui, você pode vir me buscar né? Eu te passo o endereço por mensagem.

- Posso sim meu doce , já estou a caminho , au revoir mon petit.- sinto ele sorrindo.

- Au revoir mon amour.- digo divertida.- Te espero aqui.

A chamada se encerra  eu mando a mensagem com o endereço pra ele, fico no portão esperando ele chegar. Percebo meu amigos e meu namorado chegando perto de mim, provavelmente querem me chamar pra fazer algo, mas eu tenho uma coisa melhor pra fazer , muito melhor eu diria.

- Então amor , estamos indo almoçar, você quer ir com a gente?- me olha esperançoso. – É naquele restaurante que você adora..

- Obrigada mas não vai dar , tenho um compromisso.- digo debochada.- Mas fica pra outro dia.

-Qual é Chiara! Tudo isso por que a gente não caiu na sua mentira?- Aiden explodiu.- Deixa de ser mimada!

- Não é nada disso ta bom? Eu to pouco me importando para o que vocês acham.- digo grossa.- Tenho um compromisso com uma pessoa e por isso não posso ir.

- Ah é? E posso saber com quem é esse compromisso?- disse chateado.- Esse alguém é tão importante do que seus amigos e seu namorado?

- Para de drama Aiden,é o ultimo dia dele aqui na França e ele me chamou pra passear.- digo impaciente.- E já que eu ia bater perna por aí ele vai comigo.

- E quem é essa pessoa?- Amber perguntou.- Por que você falou , falou  não disse quem é.

Nesse momento chega um carro muito luxuoso fazendo sua grande entrada , eu sei que é ele, dou um sorriso sabendo o que está por vir. Justin desce do carro e olha em volta , acho que esta me procurando, seus olhos encontram os meus e ele sorri, olho pra os meus amigos e eles estão paralisados, a escola inteira está.

- Olha só , ele chegou!- digo sorridente.- Bom eu não posso deixar o Justin esperando não é? Vejo vocês depois.

- Chiara vamos mon petit!- fez questão de gritar todo sorridente.- Pronta pro nosso passeio?

Chego perto e pulo nele o abraçando forte, ele envolve os braços na minha cintura e me gira, olho por cima dos seus ombros e meus colegas estão presenciando a cena chocados , sorrio vitoriosa pra eles, eu não estava mentindo seus otários.

- Olá mon amour! Que saudades.- beijo seu rosto todo e ele gargalha.- Meus amigos e meu namorado estava duvidando que eu te conheci.- disse sussurrando em seu ouvido.- Vamos até lá provocar um pouquinho , faz isso por mim.

- Com esse biquinho fica impossível negar algo pra você.- ele acaricia meu rosto.- E provocar seu namorado? Eu não vou perder essa chance.

- Você não presta mesmo Bieber.- digo rindo.- Vai ver por isso nos entendemos tão bem.

Fomos até eles abraçados e rindo, a medida que nos aproximamos eles vão arregalando os olhos. Paramos enfrente a eles e meu olhar de vitória não deixa meu rosto, a vida é tão plena não é mesmo? Só consigo ver o olhar de raiva do Aiden , Justin também percebe e me aperta mais.

- Então gente, aqui está o meu compromisso.- falo sorrindo pro Justin.- Estamos indo bater perna e Justin vai carregar minhas compras.- Justin arregala os olhos.- Justin, estes são Aiden, Amber, Jasper e Miranda.

- Você não disse nada sobre carregar suas compras mon petit.- disse risonho.- E é um prazer conhecer os amigos da minha bonequinha.

- Na verdade eu sou o namorado dela.- deu ênfase.- Imagino que ela falou de mim não é?

- Sabe que eu não me lembro, nossa conversa ontem esta tão interessante que é difícil me lembrar desses pequenos detalhes.- Justin foi irônico deixando Aiden com raiva.- Mas que legal pra você ser namorado dessa garota incrível, se tivesse solteira com certeza não estaria por muito tempo.- Aiden já tava ficando vermelho e Justin se divertindo.- Não que o fato dela estar namorando impeça  alguém de querer rouba-la de você , então sugiro que fique esperto. Concelho de amigo.

O filho da mãe ainda piscou! Que cara de pau, mas eu to adorando, eu to amando tudo isso. Acho melhor eu tirar o Justin debochado daqui antes que dê briga, apesar de que o Aiden não teria nenhuma chance contra o Justin, não quero meu namorado desfigurado .

- Bom gente linda eu e o Justin precisamos ir, temos muito o que fazer.- jogos beijos no ar pra eles e me agarro a Justin.- Depois eu ligo pra vocês.

Segui com o Justin até o carro, ele abriu a porta pra mim e eu entrei. Justin deu a volta e entrou também dando partida no carro, acenei pra eles e fomos embora. Eu e o Justin caímos na risada , foi tão satisfatório ver a cara deles.

- Você viu a cara deles quando te viram?- gargalho mais.- Foi tão hilário , e quando você fez aquelas provocações com o Aiden? Meu Deus eu achei que ele fosse explodir.

- Confesso que adorei ver a cara do seu namoradinho quando eu disse que ia roubar você dele.- disse rindo ainda mais.- Mas óbvio que isso não vai acontecer não é? Somos amigos.- disse nervoso.- Isso nunca vai acontecer.

- Não! Eu não acredito que o filósofo contemporâneo que disse nunca diga nunca está falando isso pra mim.- tiro sarro.- Eu esperava mais de você Justin Bieber , esperava mesmo.

- Não venha usar minhas músicas contra mim mocinha.- se fez de sério.- Não lembra o ditado, faça o que eu digo mas não faça o que eu faço?

- Sorry , mas eu estou aqui pra jogar na cara sempre que puder mon cher.- digo fazendo carinho em sua nuca com a ponta dos dedos.- Você vai ter que lidar com isso.

- Não tenho dúvidas disso ma chérie.- Justin para o carro.- Vamos fazer as compras que você tanto quer , serei seu servo minha princesa francesa.

Começamos a entrar em diversas lojas famosa e sair de lá com várias sacolas, Justin as  carregava pra mim, ficamos um bom tempo andando. Paramos em um restaurante pra comer, estava morta de fome.

Justin

Confesso que o dia está sendo melhor do que eu esperava, mesmo que eu esteja sendo feito de burro de carga pra carregar as compras da Chiara eu estou me divertindo muito, o ponto alto do meu dia foi curtir com a cara daquele playboy do Aiden, foi muito bom ver  cara dele tendo sua namorada me agarrando e sendo carinhosa. E tudo o que eu disse é totalmente verdade , é melhor ele ficar esperto , se não eu a faço minha e não é um moleque que vai me impedir.

Estamos agora em um restaurante pra almoçarmos, durante todo o nosso passeio fomos fotografados, pela primeira vez eu não me importei, só estou me importando em fazer a Chiara feliz. Ela provavelmente vai ser apontada como o mais novo affair de Justin Bieber e eu até gosto diss... Não! Você não gosta nada Justin. Meus pensamentos sempre me traindo.

- Essa comida está divina não é mesmo Justin?- pergunta sorridente.- Eu adoro esse restaurante, a galera bem que me chamou pra vir com eles , mas eu os  dispensei pra desfrutar da sua ótima companhia.- me olhou com seus olhos meigos.- Olha o que eu to falando e pra quem eu to falando! O senhor convencido vai se achar mais ainda.

 - Quem dispensaria a minha companhia não é mesmo?- digo convencido.- Eu , Justin Biber , o cara mais gostoso e mais talentoso que a senhorita teve o prazer de conhecer.

- Ih pode ir parando esta bem? Eu não queria elevar mais o seu ego.- ela diz divertida.- Mas você não precisa de mim pra isso não é mesmo? Você já faz isso sozinho.

- Mas ouvir isso de uma mocinha linda como você é muito mais prazeroso.- a olho maliciosamente e ela cora.- Me deixou completamente satisfeito.

- Lá vem você querendo me seduzir.- me advertindo.- Mas posso dizer que eu admiro a mulher guerreira que sou e não vou cair na sua lábia, vai ter que ser melhor do que isso.

- Isso foi um desafio mon petit?- digo sussurrando.- Olha que eu posso aceitar viu! Eu adoro desafios, faço tudo pra vencer.

- Não sei , talvez, entenda como quiser.- diz desafiadora.- Mas você sabe que eu sou uma moça inocente ,indefesa e comprometida.- da ênfase , tem que me lembrar toda hora?- Você não seria capaz seria?

Ela tem aquele olhar, de falsa inocência mas com um brilho de perigo por traz, mesmo não dizendo em palavras ,ela quer que eu me perca , isso parece a divertir , o quanto eu me seguro é divertido pra ela e por isso ela me provoca. Foi assim quando nos conhecemos e vai continuar sendo.

- Você não sabe do que eu sou capaz Chiara.- sorrio sedutoramente.- E pode ter certeza que eu sou capaz de muitas coisas.

- Não duvido das suas capacidades mon amour.- disse sarcástica.- Mas como eu disse esse território esta estritamente proibido, o Bieber não se envolve com garotinhas não é mesmo? O Bieber gosta das mais experientes.

- Tem razão , o Bieber não se envolve com garotinhas , não quer ser preso de novo.- disse entrando no jogo.- Então vou pagar a conta e vamos certo?

Mudei de assunto, não sei se agüento a pressão desse olhar, dessas provocações. Pago a conta e vamos pra fora , tem paparazzi nos cercando , e fazendo perguntas estúpidas, seguro forte a sua mão e vamos até o carro. Entramos , dou partida nos tirando dali.

Pergunto o endereço da casa dela, ela vai me indicando caminho e chegamos lá. Desço do carro e abro a sua porta pra ela sair.

- Eu amei nosso passeio baby boy.- disse me esmagando.- Promete que não vai m esquecer? Por que eu não vou!- beijava todo o meu rosto.- Je t'aime mon amour.

- Jamais esquecerei de você mon petit.- digo com carinho.- E ainda temos a nossa vigem de férias não é? Esses dois meses vão passar voando.

- Eu não vejo a hora Jutin, vamos nos divertir bastante.- diz pulando.- A gente vai se falando, todos os dias, certo?

- Certo  sempre vou falar com você.- digo indo em direção ao carro.- Au revoir mon petit.

- Au revoir mon amour.- soltou um beijo.- Até daqui a dois meses.

Joguei um beijo também e entrei no carro, preciso ir pro hotel arrumar minhas coisas, tenho show amanhã em Londres. Chegando no hotel fui pro meu quarto, arrumei minhas coisas e estava tudo pronto pra partir. Já no jatinho aproveitei pra postar uma foto que eu tirei da Chiara no meu instagram com a seguinte legenda: “Ótimo dia com uma ótima pessoa, até daqui a dois meses mon petit.”


Notas Finais


Então é isso meus amores! Favoritem , comentem , digam se estão gostando.

Beijinhos açucarados amo vcs.

foto que o Justin postou:https://www.instagram.com/p/BTt1R-agxZF/?taken-by=thylaneblondeau&hl=pt-br


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...