História I still wait for you - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga)
Tags Romance
Visualizações 3
Palavras 2.743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - A volta de JungKook


Fanfic / Fanfiction I still wait for you - Capítulo 20 - A volta de JungKook

*Jù*

Acordo com uma claridade em meu rosto... Já é dia... é O dia.

Olho para meu redor e vejo todos ainda dormindo. Olho para Yoongi. Seu braço está esticado para baixo, consequência de ter ficado com nossas mãos juntas. Ele dormindo é a coisa mais apaixonante que eu já vi. Tenho sorte de tê-lo em minha vida, e isso eu nunca negarei. Eu o amo tanto!

Decido ficar sentada na cama, vendo assim uma visão geral do quarto. Olho para Jimin. O mesmo estava dormindo com um terço em suas mãos... Eu amo tanto o Jimin também.. ele não merece nada de mal nessa vida. Nenhum desses meninos merecem. Não importa o que houve no passado, para mim eles foram influenciados por JungKook. Eles tem um coração de ouro.

Penso e reflito. Esses dois meninos me amam... Eu amo o Jimin como amigo, e amo o Yoongi com todo o coração. É com ele que quero passar o resto da minha vida junto... Mas quero o Jimin do meu lado também, me fazendo companhia, me fazendo sorrir... Eu quero os dois.

Uma lágrima desce em meus olhos. Meu coração aperta em imaginar na situação que estamos. Milla também está envolvida. Eu tenho que proteger todos eles. Inclusive me proteger.

- Já acordou, meu amor? - Diz Yoongi ainda sonolento ficando sentado em sua cama.

- Ah,sim.. - Digo  me despertando de meus pensamentos e seco as lágrimas em meu rosto

- Você esta bem? Está chorando? - Diz Yoongi se levantando e sentando em minha frente

- Eu estou bem, não se preocupe tanto! - Digo

- Me preocupo sim! O que aconteceu? -Yoongi começa a ficar preocupado 

- Podemos conversar longe daqui? Não quero acordar os dois - Digo e Yoongi faz "sim" com a cabeça

Fomos ao corredor. Segurei nas mãos finas e ainda quentes de Yoongi e começo a chorar ainda mais forte

- Jú por favor me fala o que está acontecendo. Eu odeio ver você chorar - Yoongi me abraça. 

- Eu não quero que isso esteja acontecendo Yoongi. Eu quero a minha vida normal. Quero ver a vida de vocês melhor do que isso. Estamos quase na beira da morte.. Isso é um pesadelo Yoongi - Eu digo e no meio do abraço eu o aperto. 

- Jú, a gente não vai morrer. Você sabe que eu sou esperto. Eu estou com você, ninguém colocará um dedo em você se depender de mim! -Diz Yoongi passando as mãos em meus cabelos

- E o Jimin? Quem vai proteger o Jimin? Ele é o seu melhor amigo e vocês estão brigados- Digo me afastando

-O Jimin... eu vou proteger ele .Do jeito que ele está merecendo! - Diz Yoongi com uma cara fechada e

olhando para o teto

-Como assim? - Pergunto

- Ele quer você, mas você é minha. Eu não posso deixar que ele tome você de mim, não posso! - Ele diz

-Yoongi, me escuta! Eu amo você. Amo mesmo. Nunca nesse mundo eu amei alguém como você.. nunca mesmo. O Jimin é meu melhor amigo. Eu o amo também. Amo ele como se fosse um irmão, Se algo acontecer a ele ou a você, eu jamais vou me perdoar. - Digo

-Eu sei, mas o Jimin ele apaixona demais e luta por quem ele quer. Ele de bobo só tem cara, ele vai conseguir te tirar de mim. - Diz ele

-Não. Eu vou conversar com ele ainda. Vou explicar os meus sentimentos. Primeiro vou ter que escutar os dele... e vai ser difícil eu conversar isso tudo com ele. Não quero magoá-lo. -Digo

-Tá bom, se você conversar tomara que ele entenda. Se ele entender, eu peço desculpas a ele. -Diz ele

-Você promete?- Digo mostrando o dedo mindinho para ele

-(suspiro) Prometo - Ele coloca seu dedo mindinho junto ao meu, fazendo assim uma promessa.

Entramos no quarto. Milla e Jimin já estavam acordados. Ambos estavam olhando o celular em que Milla segurava.

- Aonde vocês estavam? - Diz Milla apavorada

- No corredor. Por que está assustada?- Digo sentando junto ao lado dela

- O pior aconteceu. JungKook foi solto já faz uma hora - Diz Milla apontando a imagem no celular.

Um silencio percorre o quarto. Yoongi senta em sua cama e Jimin se afasta do lado de Milla e senta ao lado de Yoongi.

- Como vamos para a casa agora? Está muito perigoso, não sabemos aonde ele está. -Diz Jimin

-O único jeito é ficarmos todos juntos. Não podemos nos separar de maneira alguma - Digo

- Então vamos ter que viver aqui na casa da Milla para sempre? - Diz Yoongi

-Não sei gente. Mas a gente não pode separar. - Milla Diz

- E se a gente mudasse de cidade? - Diz Jimin

- A claro, morar aonde? De baixo da ponte? Vê se acorda - Diz Yoongi e eu o chuto

- Não o responde desse jeito, só foi uma ideia... Jimin, a gente não pode sair daqui, temos nossa escola e nossa família. - Digo

-Vocês podem ficar aqui até a gente pensar em alguma coisa. Não tem nenhum problema! - Diz Milla

Todos estamos sem saída, não há uma solução que venha em nossas mentes. JungKook bem que poderia ir a casa de Yoongi ou na de Jimin.]

*JungKook*

Em todos esses tempos em que estive nessa cadeia infernal, vendo pessoas estranhas e barulhentas. Conhecendo seus crimes e erros, enquanto aqueles nojentos do Jimin e do Yoongi estão vivendo suas vidas como ninguém. Como se não tivessem feito nada com a minha vida.Como se não tivessem me conhecido. Mal sabem esses dois com quem mexeram. 

A minha mãe me visitou muitas vezes nessa cadeia. Ela trabalha com umas coisas de cartas, e por conta do preconceito ela mudou de cidade e separou do meu pai. Meu pai? Eu não o conheço e nem quero. Minha mãe nunca tocava no assunto dele. Minha mãe ganhava uma boa quantia com o trabalho e me prometeu na visita de ontem, que iria me tirar daqui nesta manha. Ontem, deitado nesse chão frio eu escutava minha mãe dizer sobre uma parada do trabalho. Ela poderia fazer com que eu me comunicasse com quem eu quisesse pela mente. Então tive a ideia de mandar a mensagem para os 4 envolvidos. Sim,4.  Milla amiga de Jú, é a que ficará responsável de avisar a minha volta. Por que ela? Ela é que menos fará parte dessa história. Apenas ficou encarregada de levar a culpa por não ter os avisado antes do prazo certo. Se já contou, ótimo. É a que menos participará dos meus planos.

-Jeon JungKook, o senhor está livre! - Diz o policial abrindo a cela logo pela manhã. 

Ótimo, como minha mãe prometeu! Agora só me resta colocar tudo em prática!

*Jú*

- Hoje vamos para a escola,certo? - Diz Jimin

- Certo - Todos dizem

Pego meu uniforme na mochila e vou ao banheiro me trocar. Assim que saio, todos já estavam prontos.

- Vou colocar o café na mesa, me ajuda Yoongi? - Diz Milla saindo do quarto e Yoongi a acompanha.

Só me resta eu e Jimin no quarto. É essa a hora em que devo conversar? Estou com medo, mas isso não pode continuar indo a diante.

-Jimin.. eu... eu preciso conversar com você - Digo olhando para o chão

-Pode dizer! - Diz Jimin sentando do meu lado na cama.

-Eu não faço a menor ideia de como eu vou te falar isso,não sei mesmo.Quero que saiba que apesar de tudo o que eu disser aqui, mesmo se ficar chateado... por favor, não saia da minha vida. - Digo pegando em suas mãos 

-Está bem, estou ouvindo.- Jimin diz rápido e sua cara está séria.

-Eu amo você, Jimin. O amo de um jeito que você não faz ideia. Eu nunca na minha vida conheci um menino tão doce como você. Eu amo estar com você, amo seu jeito protetor.. eu amo tudo em você. Eu quero ter você para sempre na minha vida. Mas eu não posso... eu não posso ... - Digo e lagrimas aparecem

- Jú.. continue por favor! - Jimin diz apertando de leve minhas mãos.

- (Suspiro) eu não posso ficar do seu lado do jeito que você quer... Eu não posso namorar você... eu não posso... - Digo chorando ainda mais. 

Jimin fica um pouco de silencio... do quarto, só se escuta os meus choros.

-Jú... só me responda uma coisa. -Diz ele

- Di-diga - Digo entre soluços

- O que o Yoongi tem que eu não tenho? - Ele diz com os olhos fechados

- O que? Que pergunta é essa? - Digo

-Só me responda - Ele me encara

- Jimin.. você é único. Ele é único. Eu amo os dois! Ele não tem nada que você não tenha - Digo

- Claro que tem. Você prefere ele do que eu. O que há de errado comigo? - Ele diz retirando suas mãos das minhas

- Jimin, eu passo a maior parte do meu tempo com ele assim como eu passo com você. Infelizmente eu não consigo controlar meu coração. Eu não escolhi gostar dele, simplismente aconteceu. Isso não foi escolha minha - Digo

- Eu entendo... - Diz Jimin com tom de voz baixa

- Eu amo você. Não quero que você compare o Yoongi com você. Vocês dois são especiais no mesmo tanto para mim. Eu quero vocês dois se dando bem juntos. Quero que estejam unidos. E sem brigas por minha causa. - Digo

- Como posso estar entre vocês se você é a menina que eu gosto? Como vou aguentar ver meu amigo com você? - Ele diz

- Você encontrará outra pessoa muito melhor. Poderá ser hoje, amanhã ou quem sabe... ano que vem. Não existe somente eu neste mundo. Infelizmente eu quero somente sua amizade como se fosse um irmão para mim.. Mil desculpas, Jimin.. - Seco as lagrimas e olho para o chão

-(suspiro) Tudo bem, não irei obrigar você a ficar comigo... Eu agradeço por ter conversado comigo - Diz ele 

-Você esta bem? Não quero te ver magoado por minha causa - Digo

-Eu vou ficar chateado por um momento. Mas irei tentar esquecer das ideias que tive para te conquistar.. Seremos melhores amigos! - Diz Jimin

- Promete nunca desistir de mim? E estar comigo sempre? - Digo

-Prometo - Diz Jimin colocando suas mãos nas minhas novamente

- Eu amo você - Digo levantando e abrindo os braços para um abraço

Jimin me observa e limpa seu rosto que havia algumas lagrimas sobre seu rosto. Abre um sorriso e se levanta.

- Eu também amo você - Diz Jimin me abraçando. Ficamos ali por alguns minutos.Realmente precisávamos disso. Tinhamos  que ter uma conversa séria, e mesmo com medo de que eu o magoasse, fiquei surpresa que ele entendeu. Mas sabia que, para ele, esquecer totalmente os sentimentos por mim seria uma aventura e tanto.

-Vamos descer para o café - Digo dando tapinhas em suas costas.

Assim que chegamos na cozinha, o café estava todo preparadinho na mesa, e claro, Yoongi já estava comendo. Milla estava em ligação com o Hoseok e claro, dizendo a todo momento que o amava.

- Vocês demoraram - Diz Yoongi sério ao me ver

- Precisamos conversar - Digo e pisco para o mesmo o fazendo levantar as sombrancelhas. Acredito que entendeu o assunto da conversa.

Milla desligou a ligação e sentou junto com todos. Todos estávamos saboreando o delicioso bolo que sua mãe havia comprado.

- Eu quero pedir desculpas a você... Jimin - Diz Yoongi quebrando o silêncio e todos olhamos para ele

-Está tudo bem agora. - Diz Jimin ainda encarando o bolo

- Eu estou seriamente arrependido por ter te machucado e dito coisas que não eram. - Diz Yoongi, eu nunca tinha visto tão sério como aquela hora

-Eu também peço desculpas a tudo que fiz. - Diz Jimin

- Amigos? -Diz Yoongi estendendo sua mão

-Amigos! - Diz Jimin com um sorriso e estende sua mão fazendo o "toque" que só ele e Yoongi tinha

-Fico tão satisfeita em ver isso - Digo

- Eu também! Grandes amigos merecem estar sempre juntos - Diz Milla

- Vamos! Logo logo temos que estar na escola - Digo olhando para o relógio da cozinha

Todos se aprontam. Pegamos nossas mochilas e paramos de frente a porta.

-Vamos ficar todos juntos! - Diz Milla agarrando minha mão, fazendo com que eu pegasse na de Yoongi, e ele a de Jimin

-Vamos ficar bem! -Digo e saímos

A caminho do colégio, estávamos quietos. Toda hora eu olhava atenta para a rua. Por dentro eu estava tão nervosa e com medo do JungKook aparecer. Mas eu tinha os meninos e minha amiga do meu lado, sabia que eles junto comigo eu estava segura e eles também.

-Chegamos! Como somos de salas diferentes de vocês dois, tomem cuidado e tentem nos avisar de qualquer jeito possível - Diz Milla e os meninos confirmam com a cabeça.

Os primeiros horários estavam bem tranquilos. Eu não conseguia me concentrar 100% nas aulas por conta do medo, e sempre ficava observando a janela ou ficando distraída.

- Amiga, tenta se concentrar só mais um pouquinho - Diz Milla se virando para mim

- Eu juro que estou tentando! Não posso ir mal nessas provas e ferrar com o meu 3°ano - Digo

Um aluno entra na sala de aula. Observo e ele não é da nossa turma. Ele está com um capuz preto e logo pega o pincel de quadro na mão do professor e começa a escrever com toda a pressa do mundo a frase

                                                      " Ele está perto"

E logo saí da sala. Todos os alunos começam a conversar e sem entender nada. Eu começo a tremer e a querer chorar. Milla logo se levanta e vira pra mim

-Eu estou com medo total - Diz ela

- Minhas pernas estão bambas eu vou desmaiar - Digo fraca e tremendo 

O Alarme da escola toca e logo todas as luzes ficam piscando. Todos os alunos começam a correr tanto da sala tanto nos corredores. Yoongi e Jimin entram na nossa sala correndo.

- Vocês também viram o menino escrevendo isso? - Diz Yoongi

- Sim - Apontamos para o quadro

- Eu não consigo sair daqui, minhas pernas estão bambas demais - Digo

- Alunos, vão para o pátio agora! - Diz uma de nossas professoras entrando na sala 

- O que está acontecendo? -  Digo

- Aquele menino não pertence a escola, pulou simplesmente o muro e entrou. A policia já veio e o pegou, mas o diretor quer que todos vão ao pátio - Diz a professora e sai correndo da sala logo em seguida

-Eu não consigo sair daquiiii - Digo mais uma vez implorando para alguém me ajudar a levantar e Yoongi me pega em seus braços

Vamos juntos para o corredor e não há mais ninguém nos corredores. Descemos as escadas ate chegar ao pátio

- A aluna está machucada? -Diz um professor 

- Não, eu estou bem. Eu só estou com as pernas bambas por causa do nervoso - Digo e Yoongi me coloca no chão

-ALUNOS ATENÇÃO!! Espero que ninguém esteja machucado aqui! O susto já passou e vamos limpar esses escritos no nosso muro e vocês podem voltar para as realizações na aula ! - O Diretor diz isso e logo viramos para ver os escritos 

Em todos os cantos estava escrito "Ele está perto". Meu coração parecia que ia sair pela boca. Eu estava me sentindo totalmente trêmula.

Olhei para Milla e para os meninos e juntos ficamos com a mesma cara: Apavorados

-Gente... e agora? Vocês também acham que é ele? - Jimin diz

- Claro que é ele né meu filho, pessoal de fora do colégio e ainda vem do nada escrever uma coisa dessas você acha que é quem? - Diz Yoongi nervoso

- Não liga pra ele, ele está nervoso assim como todos nós estamos - Digo a Jimin

- Eu estou realmente sem reação... Não sabia que ele começaria já hoje-Diz Yoongi

- Do que você ta falando? - Digo

- Sobre a vingança dele, está meio óbvio que ele quer vingar de todos nós aqui - Diz Yoongi

- Ele não perde uma oportunidade galera... estamos ferrados! - Diz Jimin

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...