História I Think I Love You... (OneShot Hot Kim Taehyung) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Wanna One
Personagens JB, Kang Daniel, Kim Taehyung (V)
Visualizações 141
Palavras 3.364
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey guys hoje yo voy escrever um bônus para essa oneshot que alguns de vocês gostaram <3
~coroi eu to muito poliglota KKKK
então, estou aqui com esse bônus maravichoso que vai retratar mais sobre as reações de algumas pessoas, umas tretas e mais um inesperado, ou esperado, hot 😏
Bem, espero que fique longo igual àquele primeiro cap.
(Estou fazendo sem rascunho algum, gastaria muito tempo caso fizesse um)
Espero que gostem e boa leitura!
♥♥♥

Capítulo 2 - Bônus


Fanfic / Fanfiction I Think I Love You... (OneShot Hot Kim Taehyung) - Capítulo 2 - Bônus

Alguns anos após aquele incidente

Taehyung On

Sim! Graças a Deus! Obrigado!

Fico pensando nessas poucas palavras a cada dia que passa. Lógico depois daquele “incidente” la em casa rolaram algumas coisas... Mas sim! deu tudo certo e graças a deus, eu fiquei com a minha pequena e sempre digo obrigado a Deus por tudo isso

–Appa! Conta a história de como você e a omma ficaram juntos?–meu pequeno falava com um pouco de dificuldade por estar comendo um cookie

–Hum? Ah! Como foi bom aquele tempo...–Digo saindo de meus pensamentos após ouvir o que meu pequeno disse. Olhei para a minha bela esposa, sorrindo quadrado, vendo que ela fez o mesmo e retribuiu com um outro sorriso–Vamos nos sentar pois a história é longa–Digo pegando Kwan no colo e entrelaçando minhas mãos com a de Naomi, indo em direção a sala, logo sentando na poltrona macia que havia por la.

–Bem, naquele dia fizemos algo que daqui anos você entenderá Kwan–Naomi disse com sua doce voz enquanto o pequeno assentia

FlashBack On

Naomi On

Acordei com uma dor em meu íntimo e ao lado de Tae, que dormia como um anjinho, lembrei do que havíamos feito e senti a adrenalina percorrendo pelo meu corpo, pelo desespero quando nossas ommas chegarem

–T-Tae... Acorda–Falo o cutucando vendo o mesmo abrir seus olhinhos e sentar ao meu lado–Vamos nos arrumar pelo amor de deus, antes que nossas ommas cheguem–Vejo-o a arregalar os olhos

–V-Vamos rápido, toma um banho aqui nesse banheiro que eu vou em outro–Fala coçando os olhos e logo os cobrindo com a mão. Penso “que gracinha, ele tá fechando os olhos porque acha que eu tenho vergonha, achei o homem certo”, me levanto, pego minha toalha e uma roupa e entro no banheiro–Pode abrir os olhos oppa!–Grito para o mesmo ouvir

Durante o banho estava pensando sobre “meu deus, eu transei com Kim Taehyung, e agora? Como ficarão as coisas?” “e as nossas ommas?” “eu amo Kim Taehyung...”

(...)

Quando acabo, me visto no banheiro mesmo e vou ao quarto, vejo que ele estava arrumado

–Ué... Ah! Esse Tae...–Penso alto e esbanjo um pequeno sorriso

Vou até o quarto de Tae, o vendo sem camisa e com os cabelos molhados, ou melhor, minha perdição... Mordo meu lábio inferior e ele me olha

–Então... G-gostou?–Ele pergunta com vergonha

–Não...–Ele abaixa a cabeça–Eu simplesmente amei!–ele me olha e sorri um pouco corado–Mas... E as nossas ommas? E nossos amigos?–pergunto me sentando ao seu lado

–Eu acho que eles vão aceitar, e nossas ommas, com certeza vão–Diz e nós rimos–mas o mais importante é que eu–ele chega perto de mim e me rouba um selar–Te–mais um selinho–amo–selou denovo–Muito–e assim, ele deu seu último selar, mas o aprofundou em um doce e calmo beijo

–Eu também–Digo sorrindo e o roubando um selar–É estranho... –falo me jogando para trás, deitando na cama–Mas é bom–Falo o encarando

–Entendo–Fala se deitando ao meu lado–então, está com fome?

–Sim, muita–Digo e logo sinto minha barriga roncar–Mas eu to com muita preguiça de andar até a cozinha aaa–Falo manhosa

Tae ri e me pega no colo, estilo noiva, e eu envolvo um de meus braços em seu pescoço, descemos as escadas e fomos até a cozinha, eu vejo algumas roupas por la e coro, lembrando do momento erótico que ocorrera por la. Tae me desce do colo, pega as roupas e as leva para a lavanderia, mas logo volta

–O que quer comer?–Pergunta sorrindo para mim

–Hum... Tem cup noodle?–Pergunto esbanjando um sorriso e minha barriga ronca

Tae mexe em alguns armários e encontra dois cup noodles e me mostra sorrindo, assim ele os prepara enquanto eu ia arrumando a mesa, colocando pano e tals

Enquanto comíamos, falávamos normalmente, até que nossas ommas chegam e eu engulo seco e olho para Tae, que estava ciente do que eu estava pensando

–Omma, posso falar com você e com a tia Yoo?–Pergunto com a voz trêmula as encarando

–Hum sim, houve algo?–Minha omma disse enquanto se sentava na mesa junto de Tae, eu o encaro sinalizando para ele falar

–B-Bem... É q-que eu e a Nao nos b-beijamos...–Ele diz e eu fecho os olhos com medo esperando o que elas iriam dizer, mas não ouço nada e abro os olhos, as vendo com um sorriso de orelha a orelha no rosto

–Mas ué... Não estão bravas, surpresas, ou algo do tipo?–Me pronuncio, me acalmando

–Nem um pouco, ja estávamos esperando para que um dia desses vocês derem uns amassos–A omma de Tae diz e as duas fazem uma cara maliciosa

–Omma!–Eu e Tae dissemos em uníssono

–Então não tem problema caso namoremos?–Tae pergunta e elas negam na hora

(...)

Depois da nossa estranha conversa, eu e Tae vamos para cama, ja que estava de noite e dormimos

-Algumas semanas depois-

Eu e Tae saímos diversas vezes e fizemos muitas coisas(eróticamente)

Mas agora eu estou no celular falando com ele, ele disse que queria fazer uma surpresa no apartamento dele

Mensagem On

Tae: Ja está vindo bb?

Sim Oppa, ja estou chegando ^^:Me

Tae: Que bom, estou ansioso

Aish, eu não sei o que é, eu que estou ansiosa: Me

Tae: verdade --emoji rindo--, avisa quando chegar amor

Ah, falando nisso, acabei de chegar, vou desligar o celular, estou no elevador, beijos bb --emoji de coração--: Me

Tae: okay, beijos --emoji de coração--

Mensagem Off

Estava em frente de sua porta, com a adrenalina em meu sangue, o que será que ele está aprontando?

Bato de leve em sua porta, mas ela abre, sinalizando que a mesma ja estava aberta, entro em seu apartamento e vejo algumas flores, as minhas favorias, orquídeas, com pedrinhas pretas entre elas, que formavam algumas palavras em coreano, viro um pouco minha cabeça e consigo emchergar um “나오, 사랑해” (Nao, eu te amo), lacrimejo um pouco e sigo o caminho que elas formavam, e esse caminho passava pela cozinha, onde havia uma carta em cima do balcão, a abro e leio

“Nao, você foi e é a pessoa mais importante desse meu mundo... Desde o dia que eu te vi, sim, no dia de seu nascimento, eu sabia que algo havia de diferente em você... Sim, ja tive algumas namoradas, mas elas nunca chegaram perto de seus pés, mesmo você não sendo minha namorada, ainda... Sei que ja tivemos brigas, mas tudo se resolveu no final, eu não sei o que faria sem você, você é meu tudo!”

Me emociono e deixo escapar algumas lágrimas, continuo meu caminho e vejo uma caixinha de som, com uma mensagem nela

“fiz essa música especialmente para você... ”

Ligo a caixinha e aperto o play

“Um dia

Eu escrevi uma longa carta para a lua

Não é tão brilhante quanto você

Mas eu acendi uma pequena vela

Em um parque melancólico

Canta um pássaro sem nome

Onde você está?

Oh, você

Por que você está chorando?

Somos apenas eu e você aqui

Eu e você

Oh, você

…”

Solto várias lágrimas que eu prendia enquanto termino de ouvir a doce canção que Tae fez para mim... Continuo meu caminho ainda derramando lágrimas de felicidade e chego em seu quarto, entro e vejo Tae sentado em sua cama, com um sorriso e lacrimejando, corro até o mesmo e pulo em seu colo, logo o beijando. Tae se surpreende mas retribui o beijo, sinto um gosto salgado provocado por algumas lágrimas que ambos derramavam

–Eu te amo tanto. Eu não tenho nem palavras para descrever isso, eu realmente te amo muito Tae!–Digo chorando o abraçando

–Eu também te amo muito Nao! Eu não sei o que eu faria se você não existisse, meu mundo acabaria! Você é meu mundo!–Fala retribuindo o abraço–Nao, ainda não acabou... Quer namorar comigo?–Fala se ajoelhando no chão, coloco minhas mãos em minha boca e sinto lágrimas percorrerem por minha bochecha

–Sim! Lógico que sim!–Grito o abraçando

Tae se levanta emocionado e pega uma pequena caixa dourada, com duas alianças dentro, coloca uma em meu dedo anelar e eu faço o mesmo. O abraço e me sento na cama com ele, ficamos fazendo coisas de namorados durante todo o dia.


3 anos depois

Fazem três anos que eu e Tae namoramos, nós estávamos a assistir séries na televisão, juntinhos, abraçados, em sua cama, até que chega uma parte erótica e Tae desliga a TV, o olho com cara de dúvida

–Está com fome?–Pergunta aleatório e eu assinto–Pois é, eu também

–O que quer comer amor?–pergunto acariciando seus cabelos

–Hum... Você–Diz sorrindo pervertido e eu o olho com o mesmo semblante

Então, Tae cola nossos lábios como se fossem apenas um, sua língua era o par perfeito para a minha, Tae fica por cima de mim e desce seus beijos até meu pescoço, sinto algo quente por lá e arfo, Tae deixa sua marca, um chupão e tira minha camisa, acariciando meus seios cobertos pelo sutiã. Faço o mesmo com ele, tiro sua camisa, com sua ajuda levantando seus braços, Tae se levanta e eu o olho curiosa, vai em seu armário e pega uma caixa de la. Pega uma venda e uma corda, chega perto de mim e coloca-me a venda, lambo meus lábios por inquietação e sinto ele amarrar a corda em minhas mãos a as prendendo a cabeceira da cama

–O que pretende fazer daddy?–Pergunto mordendo o lábio inferior sentindo Tae tirando meu sutiã

–Vou te dar a melhor transa de todas–Fala com uma voz mais grossa do que o normal e eu engulo seco, porém, adorando aquela nova atitude

Então, Tae ataca meus seios e eu arfo, tentando tirar as mãos da corda.

–Awnn daddy, pretende mesmo f-fazer isso com sua baby?–Pergunto e ouço ele murmurar como um sinal de “sim”

Logo sinto minha calça junto de minha calcinha serem retiradas e eu, novamente, tento me livrar da corda que me prendia. Ouço um barulho de algo cair no chão e suponho que Tae tenha tirado sua calça, que estava com cinto e sua box, umideço os lábios por ansiedade e sinto Tae abrir minhas pernas, arfo com pensamentos impuros e sinto-o penetrar-me com seus dedos em meu íntimo inesperadamente, me fazendo gemer. Seus dedos se movimentavam rapidamente em minha vagina, me fazendo ter espasmos em algumas “dedadas“ 

–A-Awnn daddy, me solte por f-favor–Imploro gemendo mas o mesmo não responde, seus dedos faziam mevimentos de vai e vem mais rápidos e mais fundos, em mais algumas estocadas eu sinto que vou gozar e falo–E-Eu vou...–Nem termino a frase e sinto meu íntimo contrair e apertar os dedos de Tae, sinalizando que eu havia chegado em meu ápice, Tae retira seus dedos de dentro de mim e os lambe. Sinto-o chegar perto de mim e me dar um selar, eu retribuo. Tae tira a venda e me desamarra, olho para as minhas mãos e as vejo vermelhas.

–Minha vez–Falo e o empurro, o fazendo ficar de joelhos na cama, seguro em seu membro o sentindo arfar e começo uma masturbação calma, o vendo gemer, vou abaixando lentamente e vejo-o a morder os lábios, me encarando. Coloco seu membro em minha boca e começo a fazer movimentos de vai e vem enquanto o rodava com minha língua, massageava com uma mão seus testículos, enquanto masturbava o que não cabia em minha boca

–A-Awnnn baby, assim que o daddy gosta... Ahh–Sinto seu pau latejar e suas mãos grandes segurando minha cabeça, ditando seus movimentos, rápidos, enfasgava com algumas estocadas, e sentia minha boca ficar dolorida–A-Ahhh–Tae chega em seu ápice–Bebe todo o leitinho baby–Faço o que o mesmo pede e o beijo, fazendo-o sentir seu próprio gosto, me deito com ele novamente e quem estava por cima agora era eu, coloco minhas pernas em cada lado de sua região pélvica e sento em seu pau, lentamente, começo a rebolar e gemo, vendo Tae arfar

–A-Ahh, não faça isso comigo b-baby–Fala e eu continuo rebolando

–Você v-vendou sua b-baby–Digo entre gemidos

–D-Desculpa baby, e-essa sua boceta ta a-apertando meu p-pau, a-ahh vamos logo–Diz em gemidos e o sinto segurar minha cintura, ele me ergue, quase fazendo seu membro sair de meu íntimo e me faz sentar com tudo em seu rígido membro, arrancando gemidos altos de ambos, começo a quicar em seu pau, movimentando os quadris com a ajuda de suas mãos em meus quadris, sinto o tirar por inteiro de dentro de mim e Tae inverte as posições, me fazendo ficar por baixo, ele abre minhas pernas e me penetra sem aviso, me arrancando um gemido alto, ele começa a se movimentar rapidamente, estocava e fodia com minha boceta com seu pênis ereto alcançando meu ponto G, estocadas fundas e fortes que me levavam ao delírio.

–A-Awwnnn—Nossos gemidos mais o som erótico provocado pelo choque de nossos corpos era como a melhor melodia daquele momento, o suor que escorria em ambos deixava-nos o mais sexy possível. Estocadas depois sinto minha vagina esmagar seu grosso pênis

—H-hoje sua bocetinha está m-me apertando m-muito baby, m-meu pau está s-sedento a-ainda–Diz com sua voz rouca e ele retira seu membro, mas logo o estocando fortemente em minha vagina, sinto meu gozo percorrendo pelo seu pênis. Tae continuou com seus rápidos movimentos me causando espasmos pelo corpo, até que sinto seu líquido me preenchendo por completo

Tae sai de dentro de mim e deita na cama, acompanho seus atos

–O que acha de tomarmos banho? Estou completamente soada–Falo ofegante

–Boa ideia–Tae diz se levantando, e eu faço o mesmo, com uma certa dificuldade. Tae liga o chuveiro e assim, entramos no box

Ensaboei seu corpo e quando cheguei em sua parte genital, não pude me aguentar e segurei seu membro, o sentindo arfar e vendo seu pau ficar ereto, comecei uma lenta masturbação a partir dai.

Tae tira minhas mãos de seu membro e começa a me ensaboar, mas quando chegou em minhas costas, me empurrou de leve, me fazendo abaixar um pouco

–Não devia ter me provocado baby–Fala com a voz grossa e eu sinto seu membro pincelar em meu anus, me fazendo arfar

–A-aah, você quer segundo round é?–Falo com uma voz sexy sentindo um tapa em minha nádega–Vou considerar isso como um sim–Digo com uma voz maliciosa, mas logo sinto seu membro me penetrando, confesso que quase me desequilibrei pelo prazer que Tae me proporcionava

Tae começa com movimentos um tanto quanto lentos, mas logo aumentou sua velocidade, sinto-o puxar meus cabelos, fazendo um rabo de cavalo, enquanto penetrava cada vez mais fundo em meu íntimo, a cada estocada, eu gemia pelo prazer, Tae fazia o mesmo. Após muitas estocadas, chegamos ao ápice juntos

(...)

Quando saímos do banho, nos vestimos e fomos a cama, pelo cansaço

Estava jogando um jogo qualquer em meu celular enquanto Tae lia um livro, mas de repente eu penso em algo e digo quase gritando

–TAE! NÃO USAMOS CAMISINHA–falo desesperada

–PUTA MERDA, VERDADE–grita porém pensa e diz–Não é tão ruim... É MUITO bom!!–Diz animado

–Quê? Por quê?!

–Porque eu terei um filho seu! Entende! Eu estou muito feliz!–Diz animado

–Taehyung! Eu tenho apenas 20 anos!–Falo o encarando

–Ah mas o que isso importa? Eu terei um filho seu!–Antes que eu pudesse retrucar, ele me abraça e me enche de beijinhos

–Assim não tem como ficar brava contigo amor–Falo rindo dando um selar em seu nariz–Vamos dormir? Estou com sono–Falo o abraçando

–Vamos–Diz ainda com seu sorriso no rosto

Deitamos na cama e assim, dormimos

Um mês depois

Eu e Tae estamos caminhando em um parque de mãos dadas, eu havia feito um teste de gravidez há algumas semanas e tinha dado positivo, por mais de todas as dificuldades que teríamos que passar, estávamos felizes

Sentamos em um banco que estava em frente ao parquinho e ficamos observando as crianças que estavam por la. Eu encosto a cabeça em seu ombro e Tae me abraça de lado

–É tão bom saber ue daqui a 9 meses teremos um pequeno ou uma pequena–Tae diz sorrindo me encarando

–Sim, ah, Eu te amo tanto, amo seu sorriso, amo sei jeito de ser, eu amo você–Falo o encarando

–Ah amor, eu também te amo muito! Você é a pessoa que eu mais amo nessa vida!–Fala me dando um selinho–Nao, desde que te conheci tive a certeza de que havia surgido para ser a mulher da minha vida, para a minha vida toda. A única e eterna, a mais amada dentre todas as outras do mundo, aquela a quem eu deveria dedicar todo o meu carinho e atenção. Passaram-se, dias, semanas, meses e anos, e o tempo apenas reforçou a minha primeira opinião. Você me proporciona tudo o que eu poderia desejar encontrar num ser humano, pois me da carinho, conforto, atenção e tranquilidade. Me da a alegria de cada vez que sorri ou olha para mim, e me da prazer de cada vez que toca a minha pele com as tuas mãos e com os teus beijos. Eu sei que te amo e não sinto o peso de carregar todo este amor no meu coração porque, pelo contrário, é este amor que me dá força e coragem para suportar o peso de todos os contratempos e adversidades do dia a dia. Quando penso em ti renovo os meus sonhos de futuro, e você faz sempre parte desses sonhos. Aliás, se não fosse assim, não seriam sonhos! Tenho a certeza de que este período em que estamos juntos é o período mais belo e feliz que já vivi. Hoje, olho para o passado e percebo o quanto a minha vida era oca, o quanto o meu quotidiano era entediante e quanto tempo eu perdia em conversas vãs ou em outras atividades que não acrescentavam nada à minha essência. Por tudo isso, minha querida, é que eu preciso fazer-te uma pergunta e espero que ela não te traga surpresa ou espanto, mas apenas alegria, como também me trará a maior alegria do mundo se eu tiver uma resposta positiva para ela… Quer casar comigo?–Ja me encontrava ao choro após o que Tae disse, um choro de felicidade

–Sim! Eu te amo muito! Sim, SIM!–falo o abraçando e voltando a um momento muito bom, antigo, mas muito bom, ver Tae retirando de seu bolso, novamente uma caixinha dourada

–Se lembra?–Pergunta balançando a caixa

–Como poderia me esquecer–Digo sorrindo, ainda emocionada

Tae retira duas alianças e coloca uma em meu dedo anelar esquerdo e eu faço o mesmo com a outra em seu dedo

Nos beijamos e observo que algumas pessoas ali por perto, nos aplaudiam

9 meses depois

Estou na sala de parto nesse instante, anestesiada, e Tae está ao meu lado, segurando minha mão e dizendo palavras que eu quase não entendia por estar fazendo força para minha criança, um pequeno, nascer

E logo ouço um choro e palmas, começo a chorar e olho para Tae, que estava na mesma situação que eu

(...)

Algumas horas se passaram e eu estava com meu pequeno no colo

–O nome dele será Kwan?–Tae pergunta lembrando do nome que eu sugeri caso fosse um garoto

–Sim–Digo sorridente–Quer segurá-lo?–Mal pergunto e Tae assente. Dou-o cuidadosamente e sorrio vendo o bom pai que se escondia dentro de Taehyung

Uma semana depois

Ja havia saído do hospital e estava com Kwan e Tae indo até minha casa, apresentar Kwan para a família, que ja estava ciente de tudo

Chegando la foi uma festa “posso segurar?” para cá e para la

Nossas ommas emocionadas

E eu e Tae apaixonados

FlashBack off

Taehyung On

–Então, se passaram 5 anos e aqui estamos nós–Naomi finaliza e Kwan boceja–História longa, não?–Kwan assenti–Vamos, está na horas das crianças irem dormir–olha para Kwan e para mim

–Olha quem fala–Digo e aperto sua bochecha recebendo um bico de Naomi, rimos e fomos ao quarto

–Omma, Appa, posso dormir com vocês hoje?–Pergunta sonolento

–Claro nenem!–Digo sorrindo

–Claro Kwan–Nao diz o levando para o quarto

Nos deitamos, com Kwan entre nós, demos um selinho em Kwan e nos beijamos, deitamos todos abraçadinhos

–Amo vocês–Sussurro

–Eu também amor–Nao diz sonolenta

–Eu também appa–Kwan diz também sonolento

E assim, dormimos


¡Fim!


Notas Finais


Ainn emocionada eu aqui --sniff--
Sorry se ficou curto esse hot porque eu estava tentando retratar mais as outras coisas
Ain eu só queria um Tae para mim :')
Espero que tenham gostado
Esse cap bônus é especialmente para @Melanny <3
Obrigada por lerem
Amo vxs
Kissus
♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...