1. Spirit Fanfics >
  2. I think i'm falling for ya; Hyunin >
  3. Two.

História I think i'm falling for ya; Hyunin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Aqui está mais um capítulo, tô postando um pouco mais tarde porque esse tá um pouco mais longo que o primeiro, espero que gostem! <3

Capítulo 2 - Two.


Fanfic / Fanfiction I think i'm falling for ya; Hyunin - Capítulo 2 - Two.

No dia segunte, Jeongin já havia acordado, estava se arrumando para ir ao colégio, assim que abriu o guarda roupa, viu o papelzinho que Hwang o entregou, abrindo um sorrisinho besta ao lembrar do mais velho sorrindo, ah, Jeongin poderia passar o dia inteiro vendo aquele sorriso junto de sua risadinha que, na opinião do mais novo, era extremamente fofa. Depois que se arrumou, saiu e seguiu o caminho da escola.

Chegando lá, deu de cara com Jisung:

— Oi innie! — falou sorrindo. — Então, vamos, Felix me disse que vai se atrasar um pouco, mas não me explicou o porquê. — disse.

— Ah, ok, vamos. — disse andando em direção à sua classe. — Aliás Jiji, você sabe onde é a sala do Hyunjin?

— Hm, se eu não me engano é a mesma que a do Chang e do Minho hyung, tá querendo ir lá né? Se for me avisa quando, eu vou lá também.

— Acho que na última aula a gente vai lá, beleza? — Jeongin disse.

— Por mim tudo bem.

Depois de alguns minutos que chegaram na sala o professor havia chegado, iniciando a aula. Passaram algumas horas e já era intervalo.

— Felix! — Yang disse, chamando a atenção do menino. — o que o Minho e o Hyunjin hyung estão fazendo ali? A mesa deles é aqui do lado.

— O changbin faltou, por isso eles devem ter achado que não adianta ficar sentado se só tem eles dois. — Felix falou explicando.

— Ah... Tem mais dois lugares aqui, vou chamar os dois para cá, Minho vai sentar do seu lado Ji. — I.n disse logo saindo da mesa, sem ao menos ouvir Jisung.

— Por quê? Você sabe que eu gosto dele! — Jisung dizia, derrotado. — Vai dar tudo certo, só acreditar.

— Oi hyungs! Bom, eu estava olhando ali da mesa, vocês parecem meio perdidos, se quiserem podem ir lá pra minha mesa, já que tem mais dois lugares. — disse sorrindo. 

— Ah, obrigado Jeon, eu falei para o Hyunjin sobre ir para sua mesa, mas ele disse que talvez não teria lugar, mas agora que você disse, vamos para lá. — Minho disse, sorrindo.

— Que bom que aceitaram, vamos! — disse feliz, estava igual uma criança depois de ganhar um presente.

— Conseguiu então innie? — Seungmin falou.

— Claro. — Jeongin.

Jisung havia ido um pouco para o lado, batendo no espaço vazio, indicando para minho se sentar ali, o que deu certo, foi o primeiro a ver Han bater no banco, assim que se sentou, Han virou para Yang e começou a mexer os lábios, formando a frase: "você me paga, ele veio na mesma hora que eu abri espaço!" Assim que o mais novo leu seus lábios, segurou o riso, logo respondendo do mesmo jeito: "eu sei, disse que ele gosta de você!".

— A-ah, Jeongin, eu vou sentar do seu lado ok? — disse se sentando no espaço que Yang já havia dado.

— Tudo bem.

Enquanto conversavam, a cada pelo menos cinco minutos os dois se olhavam sorrindo, causando vergonha para ambos. Depois de alguns minutos, o sino tocou e todos foram para suas salas.

Após a aula acabar, Han e Jeongin foram para a sala de Hyunjin e de Lee:

— Oi Hyunjin! Bom, eu queria saber se a gente podia sair alguma hora aí depois de sair do colégio... — Yang falava corado.

— Ah, Claro innie! Que dia? — Hyunjin falou sorrindo um pouco corado também.

— Pode ser hoje se você estiver livre...

— A gente pode ir na cafeteria! — disse ainda sorrindo. — sete horas eu passo lá, tudo bem?

— Tudo bem então, a gente se vê ás sete. — Jeongin falou indo embora.

— Até as sete.

Era cinco e meia, estava de frente ao seu guarda roupa, e com seu celular na mão, conversando com Jisung e Felix sobre o que escolher:


Felix: sinceramente eu não sei Jeongin, mas acho que do jeito que o hyun é ele vai gostar mais de um estilinho meio normalzinho.
Jeongin: eu tenho a roupa PERFEITA se for assim.

Jisung: ai gente me dá dica também né, não é só o Jeongin que tem encontro não ok >:(

Felix: o Lino gosta de um bagulho mais e-boy sabe? E eu já vi seu guarda roupa, só tem roupa assim.

Jisung: ai valeu, vou sair aqui porque já já ele chegakkkkkkk

Jeongin: eu também :)

Felix: ai só eu não vou ter encontro por causa do lerdo do Seo.


Depois de colocar o celular em um lugar, pegou a roupa mais "bonita" que tinha: uma camiseta amarela pastel com uma frase em vermelho e mangas até o cotovelo, uma calça jeans azul escuro, e um vans amarelo. Passou um pouco de batom, só para deixar a boca um pouquinho mais vermelhinha, um pouco de blush também e passou perfume. Estava simples, mas até que bonito.

Desceu as escadas, se deparando com Eun-Kyung, sua mãe:

— Filho aonde você vai tão arrumado assim? — a Yang mais velha disse.

— Vou na cafeteria com o Hyunjin hyung, daqui a pouco ele chega.

 Ah, o Hyunjin, tudo bem então, mas você sabe que um dia vai ter que apresentar ele pra mim, certo?

— Claro, mãe. — disse rindo, mas meio envergonhado.

— Bom mesmo, quero ver se ele é bom elemento.

— "bom elemento" — repetiu a frase ainda rindo.

Logo a campainha tocou, anunciando a chegada de Hwang.

— Ele chegou, tchau mãe! — Yang falava indo direto para a porta.

— Tchau Jeongin!

Então o mais novo abriu a porta, se deparando com a cena mais linda que poderia ver, Hyunjin estava lindo naquela noite: uma camiseta preta com uma blusa branca por baixo, uma calça jeans junto de algumas correntes e um all star preto. Simples mas lindo.

— O-oi Hyunjin, você tá bonito hoje — falou corado enquanto fechava a porta atrás de si.

— Você também innie, vamos? — disse segurando a mão de Jeongin.

— Claro — disse entrelaçando os dedos e começaram a andar até chegarem na cafeteria.

Chegando na mesma, se sentaram em uma mesa perto do vidro, dando visão para a rua.

— Vai pedir o que Jeonginnie? — perguntou.

— Uma torta de morango e um smoothie de uva. — falou sorrindo.

— Ok.

— Olá, o que os dois desejam? — logo uma atendente tinha chegado.

— Vamos querer uma limonada, um smoothie de uva, uma fatia do bolo arco - íris e uma torta de morango.

— O pedido de vocês já vai ser entregue. — falou antes de ir para de trás do balcão.

...

— Innie, seu sorriso é muito fofinho, sabia? — Hyunjin falou sorrindo besta.

— Ah, obrigado, o seu também é hyung, sua risada também — disse corado.

— Assim que fico sem jeito né — disse rindo.

— Foi mal. — disse rindo também.

— Nah, tudo bem.

— Mas, sério, eu não achava que você era tão fofo assim, sempre que eu te observava nos corredores você parecia um bad boy.

— Um bad boy, estou bem longe de ser um, sou um amorzinho. — disse fofo.

— Realmente, amorzinho de mais, não sei como eu não tinha feito amizade com você ainda. — disse sorrindo besta.

— Digo o mesmo sobre você innie.

— Aqui está o pedido de vocês. — a mesma atendente chegou colocando os pedidos na mesa, logo saindo.

Assim começaram a comer.

— Innie, sua boca está suja. — Hyunjin.

— Onde? — perguntou.

— Aqui. — falou se aproximando do mesmo, dando um beijinho no canto de sua boca, fazendo ambos ficarem envergonhados. — Agora não está mais. — disse sorrindo. 

— A-ah, agora eu tô todo besta! — Yang falava colocando as mãos no rosto, sorrindo.
Depois de um tempo na cafeteria, decidiram ir para casa.

...

— Bom, é isso, tchau innie. — falou abraçando o mais novo antes de ir embora.

— Tchau Jinnie. — disse retribuindo o abraço.

Para ambos, aquele abraço era a coisa mais confortável que já tinham sentido, Jeongin não queria se separar de Hwang, era quentinho, e se sentia protegido enquanto estava ali, ficaram algum minutos assim, e se separaram, para assim Jeongin abrir a porta.

— A gente se vê semana que vem. — Yang falou sorrindo.

— Até. — Hyunjin falou sorrindo também.
Então, Jeongin fechou a porta, colocando a mão no coração que no caso estava acelerado e respirou fundo.

— Já até imagino o que aconteceu para ter voltado assim, Yang. — Sua mãe apareceu na porta da cozinha.

— Aconteceu n-nada de mais. — disse enquanto lembrava do que havia acontecido mais cedo, subindo para su quarto.

Subiu, trocou de roupa, e voltou a pensar em sua cama: "tudo bem, eu posso até estar apaixonado sim", "na verdade, sei lá, eu gostei do beijinho". E assim começou a pensar mais no moreno, até adormecer.


Notas Finais


Foi issokkk demorei um pouquinho pra fazer o cap, espero que tenham gostado! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...