História I wanna hear your voices singing for me - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 7
Palavras 575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lemon beeeeeeeem fraquinho. É o primeiro que escrevo. Qualque erro me desculpem. Capitulos serão mais ou menos desse tamanho. Leiam as notas finais para um importante aviso!!

Capítulo 1 - POV Louis I


Por que Harry ainda está na banda? Eu não suporto esse garoto. Ele é muito inocente... Argh!! Eu preciso fazer algo para tirá-lo da banda. Nem que isso comprometa minha dignidade. E por que eu me importaria? Eu sou Louis Tomlinson, o bad boy mais famoso que você conhece. E preciso de um plano para tirar Harry Styles da banda.
-Falando sozinho, Louis?
-Niall!! Preciso de uma ideia.
-Para o que?
-Tirar o santinho da banda.
-Quem?
-Harry.
-Ah. Tô fora. Se Simon descobrir...
-Eu não vou te entregar.
-Participo por um vinho importado, pode ser?
-Pode. Irei te dar o dinheiro. Mas primeiro, como eu tiro ele?
-Tem filmes que explicam isso. Depois de uma noite juntos, a mulher acorda sozinha e flagra o homem com outra. Isso a devasta.
-Pode dar certo... Mas o que é essa noite?
-Você não é Harry, Louis. Sabe o quê.
-Mas...
-Está com medo?
-Não!! Aqui está!! Dez mil. Se vira.

Niall não acreditou quando chamei Harry para sair após um ensaio. Liam e Zayn não comentaram nada. Na verdade, insinuaram já termos um relacionamento secreto. Agora, bastava colocar o resto do plano em ação. O encontro seria em minha cobertura. Naquele momento, Harry estava levemente alterado por conta da bebida. Eu não iria incentivá-lo a tomar mais. O estado em que estava já era o suficiente.
-Harry?
-Lou?- ele me chama por um apelido que até então nunca havia ouvido.- Eu não devia...- acaba derramando vinho em sua blusa branca.- Oops.
-Está tudo bem. Você fica bonito de qualquer jeito.
-Eu... bonito?- ele fica vermelho.- Achei que não gostasse de mim.
-Eu escondia da mídia e de todos. Mas eu amo você, Hazz. Não tenho motivos para esconder mais.- me aproximo.
-Lou...
-Shhh.- selo nossos lábios. Harry tem um beijo diferente de todos os garotos com quem fiquei. É um beijo doce, que deixa um quero mais. Por um momento, esqueco meu objetivo. Mas não preciso pedir. Ele já consentiu. Desço minhas mãos por sua cueca box, encontrando o mini-Harry já ereto.
-Quem é... o top...- o jogo na cama. Com isso, ele já obtém sua resposta.
-Seu daddy. Me chame assim... baby.- penetrei dois dedos na entrada do outro. Harry gemeu.
- L-lou... e-eu quero... - tiro os dedos, logo em seguida penetrando com força meu pequeno-Lou. Isso fez Harry gemer mais forte.
- M-m-mais...- sigo o mais fundo possível. Harry geme meu nome novamente.- Lou... E-eu te... a-amo... mas p-por favor...- ele não termina a frase. Eu já havia gozado. Senti como se o tempo tivesse parado. Saio dele, para logo depois, dormimos exaustos.


De manhã, tenho uma surpresa. Harry não está ao meu lado na cama. Eu não esperava isso. Algo ontem fez com que ele fosse embora. Olho na cômoda. Há um bilhete.
"Foi tudo um erro. Desculpe, H."
Não sabia se agora meu plano seguiria em frente. O que Harry fizera com certeza atrapalhou meus planos. Ouço um barulho na sala. Visto minha cueca e corro até lá.
-Harry?
-Não. Não é o Harry. Ele não vai falar mais com você depois do que fizeram ontem, Louis.
-Como... como você sabe disso?
-Viagem no tempo.
-Eu sei que isso é possível, mas como sabe disso tudo?
-Por que vocês me contaram. Você e Harry.
-Nós? Nem o conhecemos.
-Ainda.
-Afinal, quem é você? Fã maluco? Eu vou chamar a polícia.
-Eu sou Tristan Aiden Styles Tomlinson. O filho de vocês dois.





Notas Finais


Larry é real.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...