História I Wanna Know - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Alessandro "Alesso" Lindblad
Tags Romance
Visualizações 40
Palavras 1.062
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Literatura Feminina, Musical (Songfic)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Um hot com draminha
buenas
xx

Capítulo 1 - Capitulo Único


Fanfic / Fanfiction I Wanna Know - Capítulo 1 - Capitulo Único

 

Fui atingido por estrelas, você é uma beleza, você é uma beleza
Dia vira noite, você ilumina minha escuridão, você ilumina minha escuridão
Yeah, você é a única que eu vejo acordando ao meu lado

E eu espero que seja o mesmo para você
Mas você brinca com a minha mente quando você me envia esses sinais
E eu vejo outros caras pegando esses sinais também

Eu quero saber, eu quero saber♫

 

‘’Falta muito?’’ digo inquieta na cama, Alesso está concentrado no note mixando uma nova musica.

‘’To quase...’’

‘’Seus dedos vão ficar cansados demais para mim...’’

Tendo certeza de que ele não entendeu por estar bastante concentrado, provoco de novo.

‘’Vou ter que usar meus dedos...’’

‘’Do que se ta falando Manuela?’’

Abro um sorriso, homens...

‘’Vem logo, estou ficando com sono’’

Não nos vemos com frequência devido a nossas vidas, ele vive viajando e eu trancada em um estúdio fazendo fotos de animais, nada muito interessante.

‘’To acabando, ele volta a por o fone’’

Desisto de verdade, me cubro e fecho os olhos um pouco irritada com ele, mas a vida de djs é assim, quando tem inspiração é melhor manter distancia e não incomodar.

 

Pov Alesso

Manuela dorme como um anjo, pego uma garrafa de agua e bebo sem conseguir tirar meus olhos de seu lindo rosto. Quando a conheci ela era uma fã, agora eu que sou fã dessa mulher. Tiro minha camiseta de algodão e deito-me ao seu lado relaxando meu corpo tenso. O cheiro doce que sai de sua pele e cabelos não me deixa dormir a beijo suavemente e ela desperta preguiçosamente. Vejo a lingerie branca por sua pele morena e sinto meu membro pulsar dentro da calça.

 ‘’Te amo’’ sussurro beijando-a e me colocando sobre ela que sorri, seus olhos mais abertos brilham como a lua lá fora.

‘’Para...’’ ela pede manhosa.

‘’Você estava falando algo sobre dedos?’’

Ela ri mais abertamente, claro que eu estava ficando desconcentrado naquele momento, mas esperar às vezes melhora tudo.

‘’O que queria com meus dedos?’’

Manu desperta completamente ao sentir meus dedos passar de seus lábios roçando seu pescoço ate entre seus seios, do tamanho que eu adoro, médios e firmes como tocar uma maça fresca. Deslizo-os por sua barriga ate a calcinha minúscula brincando com o elástico, ela move o quadril exigindo mais.

 

Pov Manuela

Toco meus dedos por seu peitoral enquanto sinto-o me provocar entre as pernas me ascendendo tão fácil.

‘’Você adora um botão ne’’

Ele ri descontraído e deus, como eu o amo. Puxo seus cabelos prendendo meus dedos ali disposta a beija-lo até o dia clarear la fora. Alesso quebra o beijo e se livra da calça mantenho meus olhos em seu corpo, desvio apenas para me livrar do sutiã.

‘’Adoro você inteira sabia?’’ ele se inclina me beijando a boca com a intensidade de um vulcão acendendo todo meu corpo.

Aperto suas costas e bunda trazendo-o mais para mim, já posso sentir seu pau roçando meu clitóris, mas não o recebo, Alesso distribui beijos por meu pescoço e seios chupando um depois o outro me deixando ainda mais agitada e ansiosa pelo que vem a seguir.

Sinto sua língua brincar no meu sexo e seu dedo me penetrar em ritmos desconexos estou perto de ter um primeiro orgasmo, ele enfia mais e mais, lambe e chupa me fazendo cerrar os olhos e apertar o lençol entre meus dedos.

‘’Venero seu talento dj’’

Alesso me olha com um sorriso malicioso e de onde está só consigo pensar em uma coisa, segurar seus ombros fazendo-o cair sentado na cama. Antes de pegar seu membro duro entre meus dedos e leva-lo a boca com desejo, o beijo profundamente adoro sentir meu gosto em seus lábios, lábios macios e deliciosos.

‘’Não vou durar muito morena...’’

‘’Quero te chupar’’

Não dou tempo para que ele me impeça não que fosse fazer isso... desço minha boca por seu peito ate seu caminho encontrando seu membro e sem cerimonias o masturbo com minha boca, ele agarra meus cabelos ditando o ritmo soltando gemidos roucos que faz novamente meu sexo pulsar.

Ele geme cada vez mais alto colocando a cabeça para trás e eu continuo até parar de repente arrancando um xingamento frustrado de seus lábios que me faz rir.

‘’Me provocando é?”

Sorrio mordendo o lábio.

 Alesso se move e me segura pela nuca me deixando completamente rendida. Sua vez de me jogar novamente na cama e meter de uma vez só me fazendo quase engasgar na minha própria saliva. Agarro seu quadril, mas ele segura meus braços acima da minha cabeça mantendo as estocadas que me tiram gemidos pervertidos dos lábios, ele também geme e ainda mais alto quando mais uma vez sinto meu orgasmo possuir todo meu corpo em uma onda deliciosa de prazer.

Ele goza dentro de mim deliciosamente e fica sobre meu corpo.

‘’Não sei o que mais gosto em você moreninha...’’ ele diz ao recuperar o ar e me olhando nos olhos.

‘’É melhor você ficar calado nesse momento dj’’

Ele ri e beija a ponta do meu nariz.

 

Durante o set ele oferece a nova musica aos fãs e para a garota que ele ama. Eu amo esse homem. Espero-o descer do palco e o abraço dando-lhe um beijo demorado, preciso ir embora e não sei quando vamos nos ver novamente, já sinto sua falta.

‘’Preciso falar com os repórteres, espera no carro.’’

Faço um movimento de cabeça e ele se afasta.

Sento-me no banco de trás esperando-o com um segurança que fica me olhando de um jeito malicioso. Dou de ombros. Alesso vem apressado e entra atrás, o motorista e o segurança entram na frente colocando logo o carro em movimento.

‘’Gostou da nova musica?”’

Ele tem mania de perguntar primeiro para mim, essa ele não perguntou, era surpresa.

‘’Quero te ver mais vezes concentrado’’

‘’Se minha musa deixar né’’

Sorrio retribuindo seu carinho, quando sinto um baque e o carro capotar ficando tudo escuro depois.

Eu quero saber, eu quero saber
Hey-ey-ey, ey-ey-ey
Para onde vamos, para onde vamos

A partir daqui-ey-ey, aqui-ey-ey
Por que você me coloca em espera
Não quero deixar este lugar sozinho

É um sim ou é não (ah-woo)
Eu quero saber, eu quero saber
Hey-ey-ey, ey-ey-ey

Oh oh oh
Confie em mim, podemos estar esta noite especial
Eu quero saber, eu quero saber
Hey-ey-ey, ey-ey-ey♫

 

 

 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...