História I Want Him Too (HIATUS) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Ageplay, Daddy, Hard, Hard Lemon, Lemon, Taegi, Taekook, Taeyoonkook, Vkook, Yaoi, Yoonkook
Visualizações 366
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, xuxus
Eu sei que eu demoro muito pra postar e peço desculpas, hoje eu trouxe um cap mais fluffly e cheio de dengo pra vocês
Boa leitura S2

Capítulo 6 - Mr.Bubbles


Fanfic / Fanfiction I Want Him Too (HIATUS) - Capítulo 6 - Mr.Bubbles

     Yoongi's P.O.V. 

 

Depois de dar banho no meu pequeno coelhinho e fazer todo o 'Aftercare, eu e Taehyung conversamos sobre tudo que eu deveria saber a respeito de como ele se comportaria, suas limitações e vontades. Depois de concordarmos e discutirmos os termos, ambos concordamos com todas as especificações do outro. 

Fico feliz em dizer que ele não quis apenas sessões individuais e esporádicas, mas uma relação 24/7, assim como eu tenho com Jungkook. Isso seria sim um pouco precipitado se nós não tivéssemos nenhuma intimidade, mas como ele e o Jeon são melhores amigos, não vi problema algum, além de que eu gostei muito do garoto. 

Desde daquele dia, há algumas semanas atrás, Jungkook não conseguia tirar o sorriso do rosto, o mesmo vale para Taehyung, este que, mesmo não residindo conosco, mantém um contato constante por mensagens e ligações comigo e Jungkook, fora o tempo que passa com o mesmo na faculdade e as visitas a nós em meu apartamento. 

Descobri sobre ele algo que eu nunca imaginaria... 

Se eu achava Jungkook muito manhoso, é por que eu nunca havia visto Taehyung no "little space". 

Ele é extremamente carente, e diferente de Jungkook, que gosta de punições no estilo clássico de dominação, Tae gosta de algo mais carinhoso ao mesmo tempo que imponente, por isso mesmo que estejamos juntos, a minha forma de tratamento para com eles deve ser diferente, levando em conta também que a faixa de idade de Taehyung em "little space" é menor em comparação a do outro. 

 

XXX.XXX 

 

-Papai! - ouvi Jungkook gritando da sala, em seguida alguns passos se fizeram presentes, se aproximando cada vez mais de meu escritório. De repente eles pararam e eu pude ver a sombra dos pezinhos passando por debaixo da porta.-Toc!Toc!- era uma mania que ele tinha quando estava “pequeno”, em vez de bater, ele apenas fazia o barulho. Sinceramente eu achava uma graça. 

-Pode entrar, Kookie.- disse fechando o notebook, já que sabia que seria impossível continuar conferindo alguns protocolos com ele ali pedindo por atenção. 

- Eu não ‘tô achando, Papai.- fez um biquinho colocando apenas a cabeça para dentro do cômodo. 

-O que, meu amor? - Perguntei, chamando-o para se sentar no meu colo. Obvio que fui prontamente atendido. 

-O Sr. Bubbles.- fiquei confuso, mas então lembrei da pelúcia de girafa que eu lhe dei de presente e que acidentalmente coloquei na máquina de lavar numa rotação alta demais e a pobre girafinha ficou destroçada. 

-Hm... - coloquei a mão no queixo, extremamente concentrado em pensar como dizer ao meu bebezinho que eu destruí um de seus brinquedos favoritos. - Bebê, eu sint...- fui interrompido pela campainha do apartamento que soava alta demais, me lembraria de trocar aquilo depois. Nem um segundo depois Jungkook pulou do meu colo e saiu correndo até a entrada do apartamento.  

Levantei da cadeira e segui pelo mesmo caminho que o mais novo, o encontrando pulando incessantemente com os lábios prensados e os olhos grandes bem arregalados, como se estivessem dizendo que ele me morderia se eu não abrisse logo a porta, por isso eu soube exatamente de quem se tratava. 

-Abre, Papai! Rápido, por favor! Ele ‘tá aqui! - disse completamente afobado, sem parar com os pulinhos. 

-Calma, amor. Já estou indo, mas se você não sair da porta como o Taetae vai entrar? - ele se afastou e ficou ao meu lado enquanto eu abria a porta para o meu outro “bebê”, que se revelou segurando a preciosa mochila do pequeno príncipe e portando um sorriso gigantesco no rostinho bonito. 

-TAETAE! - Kookie saiu de trás de mim e se jogou em cima do “irmãozinho”, que o abraçou de volta e começou a gritar também. 

-KOOKIE! DADDY! - me puxou para o abraço também. 

A maioria dos Dom’s de qualquer tipo não são muito afetivos dessa forma, só permitem o toque de seus submissos em si em ocasiões bem raras, o que não é o meu caso. Adoro quando eles me abraçam ou me beijam espontaneamente por simplesmente sentirem vontade de fazê-lo. Tirando que eles sempre ficam felizes e satisfeitos por terem o carinho aceito. 

-Oi, bebê. Bem-vindo de volta. - sorri e afaguei seus cabelos, percebendo que Jungkook ainda estava agarradinho a ele. Sinceramente, vê-los assim me deixa extremamente satisfeito e contente, é quase palpável a alegria de ambos. - Você parece um pouco cansado, está tudo bem? - perguntei assim que tive a chance de reparar em seu rostinho e ver que tinham pequenas olheiras em baixo de seus olhos. Imagino que a semana deve ter sido corrida, já que pelo que o Jeon me disse, eles estavam entrando em semana de provas e Taehyung sempre se esforçava além da conta para aumentar as notas que quase atingiam nota máxima. 

-Estou bem, papai. Só não ando dormindo muito bem. - sorriu para mim. 

-Taetae, quer ‘mimir um pouquinho? - Jungkook ofereceu, percebendo o cansaço do Kim, assim como eu. 

-Não precisa, Kookie. Estava com saudades, quero aproveitar o máximo para ficar com vocês. 

-Bebê, vai dormir um pouquinho sim. Eu coloco você na cama e assim que você acordar todos ficamos juntinhos e assistimos o que vocês quiserem. Vem, vamos colocar o pijaminha e você dorme na cama do Daddy. - peguei em uma de suas mãos e Jungkook pegou na outra, e assim seguimos até os meus aposentos. 

 

XXX.XXX 

 

Foi apenas questão de tempo para que Taehyung entrasse no “little space”, acho que ele não resistiu quando eu coloquei o pijama de dinossauros e a chupeta verde que combinava perfeitamente com o vestuário. Jungkook também não resistiu a oferta de colocar um pijama no mesmo estilo do de seu “irmãozinho” só que com pequenas naves espaciais cobrindo o tecido. Tae parecia tão feliz que até esqueceu que estava cansado e ele parecia renovado. 

Os dois brincaram com tudo que tinham direito no quarto onde eu guardava as coisas deles, junto dos brinquedos e várias outras coisas para deixar o lugar mais confortável. Aproveitei a distração deles para preparar algo para comerem. 

Depois de mais ou menos meia hora depois, eu ouvi um “papai, vem cá” vindo do espaço dos ‘littles e fui verificar para saber do que se tratava e se eles haviam se machucado. Assim que cheguei pude ver Jungkook concentrado colorindo o seu livrinho cheio de gravuras de super-heróis e Taehyung, que eu identifiquei como o autor do chamado, olhando pra mim com os bracinhos levantados num pedido mudo de colo. Não era humanamente possível negar um pedido desses vindo daquele bolinho. 

-Quer ir com o Daddy terminar de preparar o jantar? - perguntei enquanto o pegava no colo. 

-’Quelo, Dada. - assentiu e se enroscou ao meu tronco como um pequeno coala. O que era bastante engraçado, dado o fato dele ser maior que eu. 

-Kookie, vem. Vamos pintar lá na cozinha pra você não ficar sozinho aqui, amor. - ele chacoalhou a cabeça freneticamente e começou a pegar tudo que usaria para colorir. Ele tinha pavor de ficar sozinho. 

Fomos de volta para a cozinha e eu terminei de preparar o jantar enquanto Tae se juntava a Jungkook na tarefa de colorir o livrinho. Todos jantamos e assim que eu disse que estava na hora de se arrumar para dormir, ambos pediram para tomar sorvete, o que eu obviamente neguei, já que poderia fazer mal àquela hora da noite, vi ambos se olharem e então cochicharem algo um na orelha do outro e então se viraram para mim novamente. 

-Papai...- começou Jungkook.- Hoje quando fomos brincar, Taetae também sentiu falta de uma coisa. 

-E nós fomos procurar, Daddy. O Senhor não vai acreditar no que a gente achou. Kookie, mostra pro Dada- disse Taehyung gesticulando com as mãos para o Jeon, que se levantou e foi correndo até a lavanderia, me deixando confuso. 

E assim que ele retornou a cozinha eu arregalei os olhos. 

-O que aconteceu com o Sr. Bubbles, papai? - ele levantou a maldita girafa de pelúcia. 

Levei a mão até a minha testa e eu sabia que não teria outra opção... 

-Vocês querem de morango ou de chocolate? 

 

 


Notas Finais


Obrigado por lerem,xuxus
Qualquer erro ou dúvida, por favor me avisem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...