História I want you - Mark Tuan (got7) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Girl's Day, Got7, Laboum, Pentagon (PTG), Red Velvet
Personagens BamBam, E'Dawn, Haein, Hong-seok, Hui, Hyeri, Irene, Jackson, JB, Jin-ho, Jinyoung, Joy, Kino, Mark, Minah, Personagens Originais, Seulgi, Shin-won, Sojin, Solbin, Soyeon, Wendy, Woo-seok, Yan An, Yeo One, Yeri, Youngjae, Yugyeom, Yujeong, Yulhee, Yura, Yuto, Zn
Tags Got7, Mark Tuan, Obsessive, Romance, You & Mark
Visualizações 25
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeira fanfic do meu novo perfil, por que eu tenho + de 1? Porque eu tenho um no celular(kpoper panic) e um no tablet, que é esse no caso.
Decidi fazer a fanfic do amor da minha vida, aproveitem

Capítulo 1 - Chapter one


Fanfic / Fanfiction I want you - Mark Tuan (got7) - Capítulo 1 - Chapter one

×××× point POVs


'EUA/Los Angeles - 23:38'


A temperatura fria da noite, o ar de Los Angeles, aquelas pessoas todas ali... Funerária, com certeza um lugar com uma aura pesada... As lágrimas rolavam nos rostos, e os corações doíam ao ver alguém amado em um caixão... 


O que poderia ser feito? Não temos o direito de dizer quando a hora de alguém chegou, o único que determina isso é ele... Deus... 


"Ele/a foi pra um lugar melhor","Ele/a descansou","Deus solicitou ele/a" 


Coisas como essas são escutadas o tempo todo em lugares como esse... As famílias procuram o conforto, e essas palavras trazem o conforto desejado... Esquecer é impossível...Nós apenas aceitamos e superamos... Mas tem coisas que nem os mais fortes superam...


  omma: Yve volte pra casa com seu irmão


Apenas concordei, me levantando guardando as coisas na mochila


  - Vamos Hui


Chamei o mais novo, e ele pegou suas coisas, indo pra fora, logo o segui 


Quando chegamos em casa, ele se trancou no quarto, eu segui sua ação, me trancando no meu


Nenhum de nòs estava psicologuicamente preparado pra isso, não sabiamos como deveriamos lidar com esse incidente horrivel


Ficar sozinho quanda esta triste não é a melhor das ideias, mas é mais confortavel, não precisa se preocupar com o que as pessoas vão dizer, ou se elas se preocupariam


Sentei-me na cama, depois de colocar "come over - Dean" pra tocar 


Olhava pra fora da porta de vidro da sacada, as folhas e flores caiam conforme o vento batia, outono finalmente tinha chegado, e logo não sobraria espaço na calçada, as folhas e flores a cobririam


Me levantei caminhando até a sacada, fechando a porta de vidro, e em seguida as cortinas brancas, o quarto agora não tinha luz, antes apenas a lua iluminava uma parte do quarto


Fui em direção do banheiro, onde tomei um banho rapido, e voltei pro quarto, indo dormir imediatamente 


[...] 


De manhã acordei com Hui me chamando pro café, ao sair do quarto percebi que a casa estava completamente fria e silenciosa


Talvez eu me adaptasse a esse clima depois, mas agora meu coração doia, somos uma familia de cinnco, não quatro


Hui: omma e appa estão dormindo, vão acordar mais tarde pro interro 


Concordei me sentando de frente a mesa, tomei o café em silencio, não era o melhor momento pra falar 


[...] 


Appa: todos prontos? 


Ficamos em silencio e ele suspirou 


Appa: é para o bem da familia 


E entramos no avião 


Eles decidiram isso sem nos perguntar, eu e Hui gostavamos de Los Angeles


•horas antes - depois do enterro•


Jà estavamos em casa, appa disse que queria nos comunicar algo


Appa: vamos voltar pra coreia 


Hui: que?! 


Omma: não vou aguentar ficar aqui, onde ela nasceu e morreu


Eu ficava em silencio, enquanto Hui tinha um surto, nada adiantaria, estavamos perdidos


•agora•


'Coréia do sul/seoul - 07:36'


Tinhamos chegado a coréia já, estavamos em um taxi, indo pra nossa casa


Observei as ruas a tanto tempo não vistas por mim, sentindo o ventinho bater contra meu rosto  


Paramos em um sinal vermelho, e eu olhei pra calçada, onde as lojas estavam, vi um garoto ruivo, da minha idade aparentemente, ele me encarou, quando o sinal abriu ele nos seguiu com o olhar 


Quando chegamos em casa, aquele ruivo ainda estava na minha cabeça


  - por que ele me encarou de volta? 


Sussurrei ao me jogar na cama do meu quarto


 Mark point POVs


Estava voltando pra casa, enquanto o sinal estava vermelho vi uma garota em um taxi, ela me encarava, não sei se é por causa do meu cabelo vermelho, mas ela era linda 


Depois que o taxi sumiu da minha vista, voltei pro AP onde moro sozinho, fiquei pensando nela, e ainda estou


Em plenas 8 da manhã, eu pensando na garota do taxi, e por que ela esbanjava uma aura fria


Quando cheguei na escola, fui recepcionado por pessoas, não mentira, todos abriram caminho e eu caminhei pelo corredor até meu armario, logo senti alguem passando o braço no meu pescoço 


Jackson: eae mestre das trevas, como foi a visita a aquela maluca? 


  - ela matou o enfermeiro 


Jackson: como uma princesa daquela consegue ser tão perigosa? 


  - ela ta doente, você sabe


Jackson: ela tenta te atacar? 


  - ela se lembra de mim


Jackson: eu deveria visita-la? 


  - não 


Fechei meu armario e caminhamos até a sala, quando entramos escutamos uma conversa de um grupo 


×××: eu vi ela na cidade, quando fui abrir a lanchonete 


××: será que ela vai voltar pra cá? 


××××: estou mais curiosa pra saber se o irmão dela vai vir pra cá


Jackson: de quem estão falando? 


××: Min gi viu a Yve 


Jackson: a Yve?! 


×××: sim, ela não voltaria né? 


Jackson: acho que voltaria sim


×××××: o que?! A Yve vai voltar?! Ela não pode! 


Jackson: pode sim Minah, se ela voltar, seu reinado acaba, por isso o medo? 


Minah: ela tinha que voltar agora?! 


Jackson: ela volta quando ela quiser 


Minah estava surtando, quando eu vim pra coréia, 3 anos atrás, essa Yve já tinha ido embira, então nunca cheguei a ve-la 


Todos dizem que ela era a rainha da escola, ninguem mexia com ela, e ela era cobiçada pelos meninos e meninas, também ouvi que ela era a numero um na escola em todos os aspectos 


Ficaria curioso pra ve-la se eu já não estivesse ansioso para ver a garota do taxi de novo 


[...] 


A aula foi chata como sempre, então logo dei um jeito de sair, basucamente pulei o muro


Fiquei em casa o dia todo, fazendo algumas coisas


Poderia ser chamado de psicopata, ou obsessivo, tenho quadros com anotações, fotos e informações sobre pessoas, que ficam em um quarto secreto do AP


E agora comecei um quadro dela, a garota do taxi


  - sinto que vou te encontrar logo


Falei sorrindo enquamto olhava pro desenho dela, feito a pouco por mim


Yve point POVs


Estava sentada de frente pra escrivaninha, escutava "four seasons - taeyeon" enquanto desenhava no caderno 



"O teatro de Shakespeare 

셰익스피어의 연극 같은 


Como o amor que vai durar 

마지막이 될 사랑 마주한 듯 


Eu só vi dois 

둘밖에 안 보였나 봐 


Eu quero ver outra coisa

다른 걸 좀 보고파

Eu te dei o mundo 

I gave you the world 


Só você é tudo 

너만이 전부라 


Dê meu inverno 

내 겨울을 주고 


Te dei verão de novo 

또 여름도 주었지 


Naquelas estações quentes e frias 

뜨겁고 차갑던 그 계절에 


Eu realmente te amo 

정말 너를 사랑했을까 


(Ooh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh) 

(Ooh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh) "


  - eu realmente te amo 


sorri olhando o porta retrato, onde estava uma foto minha com meu ex namorado


"Se você ainda ama ele, por que terminaram?"


Isso é uma outra historia, que mais pra frente vão saber 















Notas Finais


Desculpe pelos erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...