História I want your heart!( Norenmin) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Girls' Generation, Jeong Sewoon, Neo Culture Technology (NCT), Wanna One
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jeong Sewoon, Jisung, Jungwoo, Lucas, Mark, RenJun, Seongwoo, Taeyeon, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Chensung, Dojae, Love, Luwoo, Markhyuck, Nct, Nctdream, Noren, Norenmin, Renmin, Taeten, Yuwin
Visualizações 284
Palavras 1.231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu demorei um pouco. Sorry! Eu esqueci de postar kkkkkkkkkkk esse capitulo já tava pronto a uns 2 dias. MIANEEE
Aproveitem o capitulo <3

Capítulo 4 - Campo de batalha


Fanfic / Fanfiction I want your heart!( Norenmin) - Capítulo 4 - Campo de batalha

Capitulo 4

Renjun POV

 

Eu sei que Hyuck está certo sobre tudo o que disse,mas eu nunca vou admitir isso pra ninguém. Estava tudo indo maravilhosamente bem: eu ainda fingia não saber de nada, ignorava Jaemin e Jeno, xingava mentalmente Chenle por gritar no meu ouvido toda hora, pensava numa forma de matar meu irmão e Haechan. Até que o satanás em forma de estudante do ensino médio, ChenLe o nome, resolveu nos chamar pra tomar sorvete depois da aula. Tudo bem que era apenas um passeio de amigos, mas eu percebi que ia dar ruim pra mim no momento em que eu percebi o brilho nos olhos do Na e do Lee.

Depois de desesperadamente tentar me livrar desse passeio, aqui estou eu na sorveteria, ouvindo a briga de Jaemin e Jeno para verem quem vai pagar o meu sorvete. E o pior é que me encontro no meio deles, de novo.

_Eu falei primeiro Jaemin. EU vou pagar. - Jeno fala com um bico nos lábios, extremamente fofo, e o cenho franzido enquanto tenta argumentar com o outro garoto.

_Mas eu pensei muito antes de você falar alguma coisa. Eu já falei pra você parar de roubar minhas ideias. - Jaemin bate o pé no chão como uma criança birrenta, o que ele é. Reviro os olhos pela trigésima vez e encaro a mesa onde os dois casais estão. Hyuck ri da minha cara junto de ChenLe e me lança um olhar de ''eu te avisei''. Naja! Será que dá cadeia matar cobra? 

_Como eu vou saber o que você tá pensando? Para de inventar coisas e aceita logo que EU vou pagar o sorvete do Injunnie. - Jeno rebate mais uma vez. Qual é, eles estão falando de mim como se eu não estivesse bem do lado deles. Já cansado dessa situação decido intervir e quando Jaemin abre a boca pra responder Jeno, eu falo primeiro.

_CHEGA! - grito/berro, assustando todos na sorveteria. - _Vocês já me irritaram. Eu mesmo vou pagar o meu sorvete! - falo tirando o dinheiro da mochila. Jeno tenta falar mais alguma coisa e o corto- _Não quero saber. Eu vou pagar e pronto. Podem se sentar agora. - falo sério entregando o dinheiro pra moça que me lança um olhar de ''graças a Deus você deu fim nessa discussão porque eu não aguentava mais'' e me sento junto dos outros.

Tomamos nosso sorvete e conversamos. Confesso que ri muito das piadas ridículas de Haechan e dos poemas acrósticos de Mark. Tudo estava bem, quase tudo na verdade. Jeno e Jaemin ficaram o tempo todo alternando entre se olharem com ódio, o mesmo olhar que eu vi eles trocarem na sala de aula, e tentarem decifrar se eu estava com raiva deles. No caminho pra casa eles fizeram questão de me deixarem na porta de casa, desnecessário, mas era melhor do que fazer papel de tocha pra Markhyuck, esses que quase se engoliram durante todo o caminho.

_Bom, está entregue. - Jeno é o primeiro a falar assim que chegamos na minha casa.

_É…- falo e não sei porque diabos fiquei sem reação no momento em que olhei pros dois garotos parados na minha frente com um olhar entre esperança e medo. Aish! Por que eles tinham que ser tão lindos?

_Junnie, me perdoa por hoje.- Jaemin fala baixo com a cabeça abaixada e meu coração de gelo derrete só um pouquinho diante dessa cena.

_Não se preocupem. Por mais que a atitude de vocês foi idiota e irritante, eu não estou com raiva.- falo e eles suspiram em alívio. - _Eu não vou perguntar o motivo, mas me prometam que não vão mais brigar por coisas idiotas. Eu odeio quado vocês brigam. Isso me machuca. - falo com lágrimas se formando e eles me abraçam apertado.

_Me desculpa Injunnie. Eu não queria te fazer chorar. A culpa é toda minha. - Jeno fala triste, quase chorando também.

_Não, a culpa é nossa Jeno. Nos perdoe Junnie. Me dói ver você chorando por nossa culpa. - Jaemin fala e lhes dou um sorriso fraco mas sincero. Espero que eles possam se entender. Seria horrível ter que escolher apenas um deles, quando meu coração bate pelos dois à tanto tempo.

Narradora POV

 

Depois de deixarem Renjun em sua casa, Jeno e Jaemin caminhavam lado a lado. Por obra do destino e infelicidade dos dois, moravam lado a lado, não muito longe da casa do chinês que ambos amavam. O silêncio entre eles era incômodo, mas nenhum deles sabia como iniciar uma conversa. Andaram mais alguns metros em silencio e com uma distância segura entre eles.

Não sabiam ao certo quando começaram a ser ''inimigos''. Talvez se odiaram no momento que perceberam que nutriam sentimentos pelo mesmo garoto. A partir daí, travaram uma espécie de batalha pelo coração do chinês. Mal sabiam eles que conseguiram o que tanto queriam: o coração de Renjun. Mas teria que dividí-lo afinal de contas.

_Eu não quero, mas precisamos dar uma trégua.- o primeiro a falar foi Jeno.

_Eu concordo. Prefiro te odiar menos do que ver Renjun sofrer.- Jaemin fala e logo mais um pausa silenciosa entre eles começava de novo.

Quando chegaram em sua rua, diminuíram os passos. Algumas coisas mais precisavam ser ditas, mas nenhum deles tinham coragem.

_O que você faria se ele me escolhesse? - mais uma vez Jeno inicia o diálogo. Jaemin dá de ombras fingindo estar indiferente à situação, mesmo seu coração estando acelerado apenas com a hipótese de perder Renjun.

_Eu teria que aceitar. Mesmo eu achando que você não seria bom pro Junnie. - Jaemin provoca Jeno. O Lee bufa e se controla para não jogar o garoto longe.

_Injunnie não gosta de garotos metidos como você.- dessa vez quem bufa é Jaemin.

_Ele combina comigo muito mais do que com você. Eu começei a gostar dele primeiro e você quis me imitar. Duvido que goste de verdade do Junnie. Você só quer aparecer!- Jaemin grita a última frase,fazendo Jeno o encarar com os olhos marejados.

_Como você pode falar isso Jaemin? Eu não ia brigar com meu melhor amigo por causa de um garoto se eu não o amasse de verdade. Eu amo o Renjun! Amo tanto que dói! Não fale o que não sabe! - Jeno grita para o outro sem se importar com as lágrimas grossas descendo pelo seu lindo rosto. Jaemin engole em seco, não esperava essa atitude do rival.

_Ok Jeno, mas fique sabendo que eu também o amo e vou lutar até o fim. - o Na fala semicerrando os olhos para o outro. Jeno retribui o olhar e se aproximam um do outro. Quem passasse na rua agora iria imaginar que eles estavam prestes a travar uma batalha até a morte.

_Faço das suas palavras, minhas.

Eles se encaram com ódio por mais alguns segundos e caminham em passos largos até suas respectivas casas. O som de ambas portas batendo é ecoado por todo o quarteirão. E mais rápido do que começou, a trégua logo acaba. Cerca de 30 segundos depois, os dois garotos abrem novamente a porta de suas casas.

_A trégua continua pelo Renjun, mas eu ainda te odeio! - Jeno grita para Jaemin.

_Faço das suas palavras, minhas. - responde o Na. 

Se encaram com ódio mais uma vez e entram em suas casas, batendo as portas mais uma vez. 


Notas Finais


Quem ia imaginar que o Renjun já gostava dos dois antes de saber que eles gostavam dele?
Fé no pai que Norenmin tá quase chegando rsrsrs
Gente obrigada pelos comentários e votos! To mega feliz com a evolução da fic <333
Gente na vida eu sou o Chenle e Haechan, rindo da desgraça alheia kkkkkkkkkkkkk
Pra quem não entendeu, Nomin eram melhores amigos antes do Junnie se mudar pra coréia.
Prevejo que essa trégua não vai dar muito certo.
OBGGG NENENS LOVE VCS <333333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...