História I Was Made For Loving You (Fanfic Hayes Grier) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Hayes Grier, Magcon
Personagens Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais
Tags Hayes Grier, Magcon
Visualizações 80
Palavras 2.475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Self Inserction
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Festa (parte 1)


Fanfic / Fanfiction I Was Made For Loving You (Fanfic Hayes Grier) - Capítulo 7 - Festa (parte 1)

Lua apertou os olhos antes de abri-los, já podia sentir a claridade e sua pele quente pelo sol. Colocou a mão no rosto para fazer sombra e abriu os olhos, percebendo que havia dormido na espreguiçadeira. Se sentou ainda meio desnorteado e viu seu celular e óculos ao lado, no chão. A morena pegou o celular e aproximou do rosto para conseguir enxergar a hora sem usar os óculos, bufou quando viu que já era duas da tarde. 

Pegou os óculos e o celular e se levantou, se espreguiçou e sentiu sua lombar doer, bufou e foi para o banheiro. Se despiu, colocou pasta de dente na escova e iniciou sua playlist para tomar banho. Enquanto escovava os dentes, se balançava no ritmo de Love Me Like You da sua girlband preferida, Little Mix. Depilou as pernas e todos os outros locais de seu corpo que odiava ter pelos, depois saiu do banheiro e vestiu um short de ginástica parecido com os que as jogadoras de vôlei usam e uma camiseta larga que havia roubado do seu pai antes de viajar. Foi para a cozinha e resolveu fazer uma lasanha de microondas para o almoço, enquanto sua comida não ficava pronta ela se sentou na mesa e foi mexer no celular.

A foto que Hayes tinha postado em seu stories havia acarretado em varias perguntas de seus amigos do Brasil, sua família e Nick que havia mandado mensagem surtando, além dos cinquenta pedidos novos para segui-la na rede social. Seu Instagram era fechado, então ela precisava aceitar que as pessoas lhe seguissem, mas ela não conhecia nenhuma daquelas garotas, então não permitiu e também não entendeu de onde elas a conheciam. 

A comida ficou pronta e ela se sentou para comer, sem pressa. Enquanto comia, sua mente à levou para seu momento com o garoto dos olhos azuis na noite passada. Lua não podia negar que ele era lindo, divertido e seu jeito descolado tinha charme, mas pelo que contou sobre Lauren era óbvio que ele era um conquistador que tinha casos de apenas uma noite. Apesar disso, ela achou legal da parte dele se importar com os sentimentos dela, mostrava que ele não era apenas mais um garoto que se relacionava com alguém e depois descartava como lixo. A morena nunca se importou em falar sobre sentimentos com pessoas próximas e nunca tornou isso algo banal, depois que perdia a timidez com tal pessoa gostava de conversar sobre tudo. Ela admitia que Hayes a deixava sem saber o que dizer, talvez por ser muito bonito, mas ela nunca diria aquilo, pelo menos não até ter certeza de que eram próximos o suficiente para ele não rir dela. 

Terminou de comer e lavou o que sujou, depois pegou seu kit de manicure que havia trazido de seu país e se sentou na sala para fazer suas unhas, enquanto assistia episódios de Grimm. 

[...]

Na casa ao lado, Hayes e Tez carregavam o quinto barril de cerveja para a área da piscina. 

_Será que a Moon vem?_Tez questionou e passou a mãos na bermuda para limpar o suor, depois que soltou o barril perto da rede de descanso.

Um alerta soou na cabeça do Grier e ele se lembrou de ontem. Ele não tinha contado à Tez sobre sua fugida para a casa ao lado e, sinceramente, não via necessidade do amigo saber, foi um momento que ele achou diferente e especial e não queria ninguém insinuando nada sobre ele e Lua. A verdade era que ele havia admirado os concelhos dela, ela não tentou fazer Lauren se afastar para ter uma chance, Lua foi uma amiga. 

_Acho que sim._deu de ombros._Por quê?

_Ela não parece o tipo de garota que curte as festas que nós fazemos._Tez justificou sua pergunta e pegou a pilha de copos vermelhos para deixar encima do barril.

_Você gostou mesmo dela._Hayes se sentou na rede preguiçosamente.

_Ela é legal e não temos muitas amigas mulheres, bro._Tez também se sentou na rede.

_Temos sim._Hayes discordou.

_Além de Taylor e Lox, nós não temos mais amigas._Tez ergueu as sobrancelhas._Te dou cem dólares se você disser uma.

_Olivia, Amélia, Lauren..._começou a contar nos dedos, mas foi interrompido.

_Uma que não transamos.

Hayes abriu a boca para responder, mas percebeu que Tez estava certo. Lua fora a única garota que não foi interesseira, que não se aproveitou do fato dele ser amigo de Shawn e não deu em cima de algum deles.

_Ta._bufou._Você tem razão.

_Não vamos estragar, entende o que eu quero dizer?_Tez gesticulou._Eu quero ser amigo dela, sem outras intenções. 

_Está dizendo para não ficarmos com ela?_Hayes questionou.

_Exatamente._Tez se levantou e se movimentou um pouco enquanto gesticulava._Não vamos tentar nada, ela não pode ser só mais uma, bro.

_Tez...

_Pode fazer isso por mim?_os amigos se encararam._Somos irmãos, não somos?

_Claro._Hayes sorriu um pouco forçado._Ela é proibida.

Tez assentiu e entrou para encher algumas bexigas para jogar na piscina junto com algumas boias. Hayes encarou a cadeira que havia subido na noite passada e a risada da morena ecoou em seu cérebro, ele pegou o celular do bolso e olhou a foto que havia tirado da morena, mas logo bloqueou o celular e balançou a cabeça para esquecer como havia se sentido bem com ela. 

[...]

A campainha soou e Lua deixou seu yogurt na mesinha de centro para atender, vendo Maya e Nick com bolsas enormes e travesseiros parados na sua porta. 

_Vão se mudar pra cá?_ela questionou e deu espaço para eles entrarem.

_É melhor prevenir do que remediar._Nick jogou suas coisas no sofá e suspirou aliviado.

_Claro._a morena riu e fechou a porta.

_Onde podemos deixar as coisas?_Maya perguntou. 

_No quarto._apontou para o corredor._Fiquem à vontade.

Os dois foram deixar suas coisas no quarto e ela voltou para seu lugar no sofá, pegou o yogurt e voltou a assistir sua série. Eles voltaram e se sentaram cada um de um lado dela, encarando a televisão. Lua percebeu a tensão nos amigos, eles estavam inquietos e tentavam se encarar sem ela perceber. 

_Perguntem logo._ela murmurou.

_GAROTA, O QUE FOI AQUILO?_Nick deu um pulo do sofá.

_Amiga, estou chocada!_Maya balançou as mãos histérica._Você ficou com ele?

_Claro que não._a morena revirou os olhos._Nós só ficamos conversando.

_Você estava com Hayes Grier sozinha de madrugada e só ficaram conversando?_Nick disse indignado.

_É._Lua respondeu como se fosse óbvio._Queria que eu tivesse agarrado ele?

_Sim!_Maya assentiu._Era exatamente isso que queríamos que você fizesse.

_Vocês dois só sabem falar disso?_a brasileira bufou._Por que não conversamos sobre o fato de que o isopor não é reciclável?

_Não?_Maya franziu o cenho._Sempre achei que fosse.

_Pois é, ele não é._Lua pausou a série e se levantou, indo para a cozinha._E nós usamos muito isopor.

_Você está mudando de assunto!_Nick entrou na cozinha junto de Maya.

_Estou mesmo._Lua jogou a colher na pia e encarou os dois com as mãos no cintura._Será que podemos não falar sobre Hayes pelo menos algumas horas do dia? Vocês só falam disso!

_Ta bom, foi mal._a loira ergueu as mãos em rendição._Vamos parar de falar disso.

_Vamos?_Nick olhou a amiga e recebeu uma cotovelada._Ah, claro, vamos!

_Obrigada._Lua suspirou._ Quer que eu pinte suas unhas, May?

_Quero._a loira sorriu._Tem esmalte azul?

_Tenho.

_Ei, eu também quero!_Nick disse seguindo elas para a sala.

_Eu pinto a sua também, senhor ciumento._Lua riu. 

Então Lua pintou as unhas dos amigos para o tempo passar mais rápido e tomou cuidado para não estragar as unhas vermelhas. Quando o relógio bateu seis horas, ela foi tomar banho primeiro e deixou os amigos assistindo televisão. Tomou banho rápido e não lavou os cabelos, já havia feito isso de manhã, depois saiu do banheiro enrolada na toalha.

_O BANHEIRO JÁ ESTÁ LIBERADO._gritou do quarto.

Ela vestiu apenas uma calcinha e ficou enrolada na toalha, não se importou em fechar a porta, não havia problemas em ficar daquele jeito na frente de uma amigo gay. Maya entrou no quarto e se sentou na cama para esperar Nick terminar o banho. 

_Você pode fazer chapinha no meu cabelo?_a brasileira perguntou e colocou o aparelho pra esquentar na tomada perto do espelho. 

_Posso._a loira assentiu e olhou para a bunda da amiga._Calcinha fio dental? Vai impressionar quem?

_Ninguém, idiota._a morena riu e pegou a roupa no armário._É pra não marcar na roupa. 

Lua vestiu uma sutiã de lingerie vermelho e de rendas que parecia uma blusa de alças e colada no corpo, se espremeu um pouco para se enfiar na calça de couro preta cintura alta . 

_Uau!_Nick exclamou quando entrou no quarto só de cueca._Você ficou com uma bunda ernome!

_Amiga, você está um arraso!_Maya sorriu.

_Eu nunca usei essa roupa no Brasil por não sair muito._a brasileira se olhou no espelho e analisou suas curvas._Até que ficou bom. 

_Nick, vai fazendo a chapinha nela enquanto eu tomo banho._Maya se levantou da cama e pegou suas roupas íntimas e toalha, antes de sair do quarto.

_Senta aí, amiga._ele disse após colocar a calça preta com taxinhas douradas._Vou deixar seu cabelo incrível.

Lua se sentou de costas para Nick e ele começou a dividir seu cabelo e passar a prancha quente, tempos depois ela ouviu o barulho do seu secador sendo ligado no banheiro. Não demorou muito para que seu cabelo já estivesse pronto, ele era curto e facil de modelar. 

_Prontinho._Nick disse e desligou a chapinha.

Ela se levantou e foi se olhar no espelho, jogou o cabelo escorrido para o lado e sorriu com o resultado. Pegou sua caixinha com as lentes de contato e foi até o banheiro, encontrando Maya usando suas maquiagens.

_Chega pra lá._ela bateu sua cintura com a da loira e ficou em frente o espelho.

_Por que você não usa as lentes sempre?_Maya perguntou observando a amiga colocar pelo espelho.

_Porque se eu usar sempre não vai ser impactante._abanou os olhos para fazê-los pararem de arder e se acostumar._Igual maquiagem. Se eu usar sempre, quando eu usar vai parecer normal e ninguém vai se impactar.

_Faz sentido._a loira concordou._O banheiro é todo seu, fica bem gata.

Lua sempre assistia vídeos de tutoriais de maquiagem na internet, então acabou aprendendo algumas dicas. Esfumou a pálpebra, sem fazer algo muito forte, e depois esfumou com sombra vermelha a região do cílios inferior. Passou delineador, rimel e colou cílios postiços enormes. Não abusou na base para não parecer uma palhaça de circo e escovou os dentes antes de passar seu batom vermelho sangue. Passou o perfume e desdorante que estavam encima da pia e saiu do banheiro. 

Maya já estava com seu vestido preto e salto pink e colocava as jóias que havia levado. As unhas pretas de Nick haviam combinado com a camisa listrada que ele havia comprado. 

_Estamos incríveis!_ele disse sorrindo.

_Qual sapato combina mais?_Lua perguntou mostrando um salto preto e o vermelho que havia usado com o vestido de cerejas.

_O preto._os dois disseram juntos. 

A brasileira calçou de pé mesmo e sua altura aumentou oito centímetros. Foi até a caixinha de jóias e colocou seus anéis dourados, não deixando nenhum dedo sem, e seu colar com seu nome escrito. A música já tinha começado fazia vinte minutos na casa ao lado e isso deixou Maya animada.

_Vamos tirar uma foto antes de irmos._Nick disse já com o celular desbloqueado. Os três posaram e Lua abriu um pouco a boca, fazendo uma cara sexy, igual aos amigos._Está arrasadora! Vou postar.

_Depois você posta._Maya disse apressada._Vamos logo!

Lua riu e apagou as luzes antes de saírem, trancou a porta e colocou a chave no bolso junto com o celular. Já tinha carros espalhados pela rua, incluindo o laranja do dia anterior, e os três andaram até a entrada da casa ao lado. A porta da frente estava aberta e uma música eletrônica que Lua nunca ouvira antes soava alta.

_Você vai na frente, Moon._Maya disse para a amiga._Os amigos são seus.

A morena bufou e atravessou a porta, sendo seguida por Maya e Nick. Ela passou os olhos pelo lugar e viu algumas pessoas espalhadas já com copos nas mãos, tinha luzes coloridas piscando e a porta de vidro que dava acesso à piscina estava aberta, a música saía de lá. A morena não percebeu, mas atraiu olhares dos caras a medida que andava para procurar Tez ou Hayes, mas os dois amigos perceberam e trocaram sorrisos cúmplices. 

Lua encontrou Tez na área da piscina conversando com um garoto moreno e de cabelos na altura dos ombros, que estava abraçada à Taylor. ele usava uma bandana vermelha que o deixava uma graça aos olhos dela.

_Ei._ela chamou o amigo sorrindo.

_MEU DEUS, GAROTA!_ Tez disse de seu jeito histérico e foi dar um abraço em Lua, levantando ela alguns segundos do chão._Olha só pra você, vai matar os garotos desse jeito.

_Cala a boca!_ela empurrou o ombro dele de leve enquanto ria._Esses são Maya e Nick, meus amigos. 

_E ai, cara._fez um toque com Nick e abraçou Maya rapidamente._Tudo bem, gatinha?

_Tudo._ela sorriu com as bochechas um pouco coradas. 

_Oi, Lua._Taylor a cumprimentou com um beijo no rosto.

_Bom te ver._a brasileira disse à garota e olhou o rapaz com olhos iguais aos de Hayes._Você deve ser o Nash, certo? 

_E você deve ser a garota dos bolinhos abençoados._ele sorriu e a abraçou rapidamente._Eu ouvi sobre você mais vezes que posso contar.

_Coisas boas, eu espero._Lua riu._Porque eu também ouvi falar de você.

_Sua dor de barriga se espalhou, amor._Taylor gargalhou e a brasileira riu junto.

_Ótimo, um complô._Nash revirou os olhos._Em minha defesa, seria um pecado não comer aqueles bolinhos.

_Prometo que faço mais qualquer dia._ela garantiu e ele deu um soco no ar em comemoração. 

_Cerveja._Tez estendeu um copo vermelho pra ela.

_Obrigada._pegou e viu que seus amigos também estavam com copos._Onde está Zan? Não vi ele.

_Ele está trancado no quarto do Hayes, não queremos correr o risco de algum idiota dar algo pra ele._Tez explicou.

Lua apresentou Nick e Maya à Nash e Taylor e os cinco se entreteram facilmente, Tez foi receber algumas convidadas e os deixou conversando perto da piscina. Hayes desceu as escadas junto com Taylor Caniff, os dois haviam subido para trancar Zan junto com a comida e a água para nada de ruim acontecer com o cachorro. 

_O Cameron disse que está passando para pegar o Matthew._Taylor avisou olhando o celular.

_Aposto que ele demorou duas horas para se arrumar._Hayes revirou os olhos e pegou um salgadinho quando passaram pela cozinha.

_Como sempre._o loiro riu.

_Ei, Hayes._Zack se aproximou do moreno._Quem é aquela gostosa que chegou? 

_Gostosa?_Hayes disse confuso.

_É, cara._ Zack disse ansioso._Fala de mim pra ela, acho que não consigo chegar nela sozinho. 

_Ela é tão boa assim?_Taylor riu pelo nariz debochado. Colocou cerveja em dois copos e deu um para Hayes.

_Ela está conversando com Nash e a namorada dele na piscina._Zack apontou para a direção do quintal._Tirem suas próprias conclusões.

Hayes e Taylor saíram apressados para a piscina e o Grier se engasgou com a cerveja quando viu Lua conversando com seu irmão e cunhada. Ele tossiu algumas vezes e sentiu a mão do amigo batendo nas costas, mas Taylor também não tirava os olhos na garota.

_Cara..._Taylor parou de bater nas costas de Hayes._Quem é ela?

_Minha perdição._o moreno sentiu as malditas borboletas no estômago quando os olhos escuros de Lua encontraram os seus azuis. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...