História I will make you believe you are lovely - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Levine, Debby Ryan, Panic! At The Disco, Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Tyler Joseph
Tags Joshler, Joshua Dun, Twenty One Pilots, Tyler Joseph
Visualizações 185
Palavras 642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello... Depois de ser atormentada por dois seres de luz (Maria Eduarda e Laura), postei esse mini capítulo, sorry se não ficou tão bom assim, mas... Mas... Não tem uma justificativa.

Capítulo 9 - Truth or challenge


- Eu não sei,  talvez devessemos ir pra sua casa. - Eu respondi

- Ty,  você já está melhor,  não acha melhor irmos pra sua casa? 

- Você está me expulsando,  é isso? - Eu disse e ri. 

Josh riu também,  e balançou a cabeça, em um gesto de "não". 

- Claro que não,  é só que a minha está uma bagunça. - Josh disse,  mexendo em seu cabelo. 

- Eu não ligo. - Eu disse,  descendo do carrinho,  enquanto cambaleava um pouco. 

- Tá,  vou falar o por que de você não poder ir.  - Josh então respirou fundo,  eu já esperava o pior.  -... Eu vou pegar várias garotas quando eu chegar, e não era pra ninguém saber. 

- Porra Joshie,  que susto! - Eu disse aliviado,  e automaticamente abrindo um sorriso em meu rosto. Josh também riu  e me fitou. 

- Tá,  vamos logo pra minha casa.

Eu nunca tinha ido a casa de Josh,  mas já passei por ela algumas vezes, sem saber que lá morava um retardado,  bom... Pelo menos sem saber quem era o retardado. 

Assim que chegamos não pude deixar de notar aquele jardim estranhamente...  Perfeito, chegava a ser magnífico,  talvez não fosse pra tanto,  e nem era, mas mesmo assim, é impressionante saber certas coisas sobre Josh, como por exemplo, que se apenas tal morasse naquela casa, obviamente o jardim não seria daquela forma, mas como os pais de Josh moram ali, eu não deveria me surpreender. 

[…]

- E então, Ty. - Diz Josh,  abrindo um pacote de Oreo, e logo em seguida se deitando ao meu lado em sua cama. - O que você quer fazer? 

- Ãhnn... Eu não faço a mínima ideia. - Eu pensei em falarmos sobre algo de interesse a ambos, falar sobre músicas, mas automaticamente pensei em o que havia acontecido mais cedo na frente do bar, e eu não gostaria nem um pouco de falar sobre aquilo. Pensando assim em outra coisa, uma brincadeira talvez. - Verdade ou desafio? - Fui direto. 

- Porra,  Ty.  Quantos anos você tem? - Josh disse, e logo em seguida sorrindo de uma maneira extremamente fofa. 

- Verdade ou desafio?  - Falei, agora enfatizando a frase. Josh pareceu um tanto quanto pensativo, então resolvi quebrar o silêncio. - Só responde...

- Verdade! - Ele afirmou. 

- Ãhnn... É verdade que... - Fez-se uma pausa, para que eu pudesse pensar em algo descontraído, mas verdadeiro para falar. - ... Joshua Dun tem sua sexualidade questionável? 

Josh me olhou de uma forma engraçada e riu. 

- Sim, é! 

Eu esperava todas as respostas exceto aquela. 

- Sério? - Eu disse,  ele não parecia ser gay...  Eu nem sabia afinal se ele era realmente gay ou não e pelo jeito... Ele também não. 

- Sim,  é sério. - Josh disse, agora com um tom de seriedade. 

- Ah...  Ok, então. 

- Verdade ou desafio? - Josh perguntou. Aquele parecia ser o maior dilema de toda minha vida... 

- Verdade. 

- É verdade que você e Brendon se beijaram naquela festa? 

Aquilo havia soado como um tiro pra mim, eu me senti cair em algum lugar sem fim, comecei a suar, e a me culpar a todo instante por ter aceitado a ideia de estar alí, ou melhor, de ter me auto-convidado para a casa de Josh. 

- Desafio! - Eu disse, tentando mudar minha resposta e assim me safando dessa, mas não deu muito certo. 

- Não vale mudar de resposta, Pirralho. - Parece que além de tudo, ele ainda se lembrou do meu apelido. Podia ficar pior? 

- Acho que cansei de brincar de verdade ou desafio. 

- "Só responde". - Josh disse, da mesma maneira que eu falei antes, me deixando desconfortável. 

- Espera... - Eu não conseguia entender como ele sabia sobre Brendon e eu. - Como você sabe? 

...

 

 


Notas Finais


Então é isso... Beijinhos de luz 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...