1. Spirit Fanfics >
  2. I will wait for you - Jenlisa >
  3. You are hot...

História I will wait for you - Jenlisa - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Eu demorei um pouco pra postar esse cap por conta do hot... Estou um pouco insegura ainda, mas espero que tenha sido no mínimo aceitavel :/

Capítulo 18 - You are hot...


                         Jennie

Eu e Jeon viemos embora entre conversas interessantes, ele me perguntou sobre o acampamento e principalmente sobre Lisa. Ele não parava de perguntar sobre ela, isso me alegrava de certa forma. Meus pais nunca foram muito próximos de mim, sempre estavam ocupados com o trabalho. E Jeon me dava um certo conforto, algo que nunca recebi de meus pais...

-Bom senhorita Jennie, espero que a conversa entre sua família corra tudo bem. - Jeon disse abrindo a porta do passageiro para mim. -Não quero te ver tristinha está bem? E vai me contando as novidades sobre a...

-Lisa. - Completei.

-Isso! Quero saber tudinho hein! - Jeon deu um grande sorriso e bagunçou meus cabelos. 

-Está bem, está bem. Agora tenho que conversar com os meus pais... Até amanhã, Jeon! - Forcei um sorriso.

-Até, Jen! - O mesmo entrou no carro e deu partida.

OK, vamos lá...

Respirei fundo e destranquei a porta, a casa estava em silêncio. Como sempre esteve.

-Mãe? - A chamei em um tom mais alto, para que ela pudesse ouvir de qualquer cômodo que estivesse.

 Nada.

Achei estranho, a essa hora eles estariam em casa. Então decidi procurar no andar de cima, mas não tive sucesso. Eles não estavam em lugar nenhum, nem no quarto deles, onde eles costumavam ficar.

Bom, eles só podem estar na área de fora da casa, já que foi o único lugar que sobrou para procurar. Não pensando muito nisso, fui a procura deles, procurei na área da piscina, churrasco e academia. O único que lugar que sobrou foi o jardim, não custa nada tentar né...

                            ***

Fiquei horas e horas procurando por eles, passei pelos mesmos cômodos várias vezes. Mas resolvi desistir e subir para meu quarto, eu precisa tomar um banho urgente.

Logo quando sai e me enrrolei na toalha vi meu seu celular vibrar. O contato de Lisa clareou a tela assim fazendo minha música favorita tocar. 

-Liz? - Peguei o celular e atendi a ligação, indo até o meu quarto e me sentando na cama.

-Oi Jen, tudo bem por ai? - Consegui imaginar seu sorriso do outro lado da tela.

-Por enquanto sim. Está precisando de algo?

-Bom... - Suspirou. - Queria saber se você não gostaria de sair comigo, quero te mostrar um lugar. 

Sorri com seu jeitinho encantador. - Claro que quero! Quando vamos? - Perguntei animada.

-Passo ai as sete, pode ser? - Lisa disse soltando pequenas risadas.

-Tá bem, vou te esperar. 

-Tchau, Jen.

-Até, Liz. - Encerrei a ligação e apertei o celular contra o peito. Fazia tanto tempo que não saiamos juntas, era como se o destino estivesse nos dando uma segunda chance. E dessa vez eu não iria desperdiça-la.


18:40....

Eu estava na sala esperando por Lisa. Eu trajava um cropped preto com uma jaqueta de couro preta com alguns detalhes branco e vermelho nas mangas, um short totalmente preto e uma bota cano alto. Eu havia deixado uma mensagem na caixa postal dos meus pais, já que nenhum dos dois atendia o celular.

Não pensando muito nisso ouvi três batidas em minha porta, provavelmente era Lisa então fui atender e... Nossa. Isso seria uma Deusa Grega? Lisa estava extremamente gosto... Quero dizer, estava extremamente linda! Ela usava uma calça de moletom preta azulada, uma blusa fina branca e uma jaqueta jeans clara. Seus cabelos loiros avermelhados escorriam por toda a extensão de sua jaqueta. Ela estava realmente linda.

-Caralho, Jennie. - Lisa disse sorrindo de lado. - Você tá literalmente me comendo com os olhos.

Corei um pouco com suas palavras mas logo me defendi. - Não estou te comendo  com os olhos dona Lalisa, você só está realmente linda.

Lisa riu. - Você também está linda, bebê. 

-Enfim, vamos? - Falei apagando a luz da sala e saindo para o lado se fora.

-Claro, vamos no parque primeiro? Não quero te levar no lugar especial logo de cara. - Lisa destravou o carro com o controle, para que eu pudesse entrar.

-Tá bem, moça dos mistérios. - Brinquei entrando no lado do passageiro.

Lisa sorriu e deu partida a nosso destino. Não demoramos muito para chegar, foi no máximo quinze minutos de carro.

-Jen, onde quer ir primeiro? - Lisa travou o carro com o controle e o colocou em seu bolso.

-Podemos ir na roda gigante? Ela não está muito lotada. - Apontei para a grande estrutura que iluminava as ruas.

-Claro, vamos. - Lisa sorriu e estendeu sua mão para mim. Eu a segurei e fomos até a roda gigante. O garoto que comandava o brinquedo disse que daqui alguns minutos a estrutura pararia e nos poderíamos entrar.

-Você parece ser novo, quantos anos tem? - Lisa perguntou avaliando o rosto do garoto. Ele realmente parecia muito novo para trabalhar ali.

-Tenho dezessete anos. Trabalho aqui a noite e estudo ao dia. - Disse o garoto parecendo tímido.

-Entendo... Qual o seu nome? - Eu apertei a mão de Lisa para que ela entendesse que estava perguntando coisas demais.

-Hoseok, e o de vocês? - Hoseok sorriu largo. Ele tinha uma vibe contagiante.

-Lisa e Jennie. - Lisa fez mencão para o meu lado para que eu garoto entedesse que sou eu.

-Vocês formam um casal lindo. - O sorriso de Hoseok se aumentou mais.

-Não somos um casa... - Lisa me interrompeu.

-Obrigada. - Lisa sorriu para o garoto que parecia consuso.

Nós somos um casal? 

A roda gigante parou e Hoseok abriu um dos pequenos assentos e os fechou com uma barra de ferro quando eu e Lisa nos sentamos. Eu sorri para o garoto em agradecimento e ele contribuiu e ligou o brinquedo, assim fazendo ele se locomover lentamente até o alto.

-Por que falou que somos um casal a ele? - Encarei seu rosto que estava totalmente concentrado nas ruas iluminadas da cidade.

-Não queria deixar ele sem graça. Viu o brilho nos olhos dele quando olhou nossas mãos entrelaçadas? - Lisa parou de encarar a cidade e me olhou.

Não sábia o que responder, eu estava envergonhada com o jeito que ela me olhava e pronunciava aquelas simples palavras, é, eu estava definitivamente apaixonada por Lalisa Manonban. De novo.

-Você é fofa quando está com vergonha sábia? Faça mais vezes, por favor. - Disse Lisa fazendo carinho em minha mão.

Revirei os olhos. - Boba.

Deitei minha cabeça em seu peito e ficamos em silêncio, apenas observando a vista lá de cima. Era perfeito.

Eu e Lisa passamos mais algumas horas no parque, fomos em outros brinquedos e em barracas de desafios. Lisa pegou um ursinho pra mim em uma delas, tão fofa. Era dez para as nove quando Lisa me chamou para ir no lugar tão esperado, como ela dizia. Do parque até lá foi mais ou menos trinta minutos.

-Chegamos. - Lisa desligou o carro e me olhou.

-O que foi? - Perguntei confusa.

-Vou ter que te vendar, meu bem. - Lisa deu um sorriso amarelo e pegou uma bandana vermelha de seu porta-luvas.

-Só não me joga do precipício. - Brinquei. Nós estavamos em cima de uma montanha, ela tinha uma estrada até o topo.

-Jamais. - Disse Lisa cobrindo meus olhos com a bandana e a amarrando gentilmente.

Ela me tirou do carro e me levou até esse tal lugar especial. Pediu para que eu esperasse um pouco e desamarrou a bandana, me dando a liberdade de explorar o lugar. Era gramado, a grama verdinha, sem nenhuma falha. Tinha um pano e uma pequena mesinha, em cima dela tinha dois pratos e talheres e no meio uma vasilha de vidro, com macarrão ao molho de tomate e algumas almôndegas. Minha comida favorita, macarrão a bolonhesa. 

-Você ainda se lembra... - A olhei. Meus olhos marejados, lágrimas faziam pressão para sair.

-Claro que lembro, Jen. - Lisa sorriu. - Uma vez você me disse que sempre quis ter um jantar romântico e principalmente com a sua comida favorita de cardápio. 

-Ah Lisa... Está tudo tão lindo, obrigada por isso. - A abracei.

-Que bom que gostou. - Retribuiu meu abraço.

-Enfim, vamos comer? - Lisa me perguntou ainda abraçada comigo.

-Vamos sim. - Sorri e a abracei mais forte até solta-la.

                             ***

A comida já havia acabado e eu e Lisa estávamos conversando coisas diversas. Ela me contou mais sobre sua família na Tailândia, e pelo o que ela me contou ela não gosta muito dela, pelo fato de ser muito rigorosa e suja. Lisa disse que todos lá era podres de ricos, mas o dinheiro era sempre sujo, e ela odiava isso.

-Você quer ir embora? - Lisa me perguntou.

-Não... Ainda tem muito pra aproveitar aqui. - Disse a olhando de cima pra baixo.

-Tipo? - Sorriu de lado.

Me levantei e fui até Lisa ficando atrás da mesma.

-O que você quer fazer? Hum? - Pousei minha mãos em seu ombro.

-Quero que venha aqui, na minha frente. - Lisa segurou minha mão e a puxou para frente. Puxou minha cintura gentilmente até perto de si e me pediu silenciosamente que eu sentasse em suas coxas. E eu o fiz, colocando minhas mãos apoiadas em seu ombro enquanto as dela seguravam firme minha cintura.

-Você está muito gostosa nessa roupinha, Jennie Kim. - Lisa desceu suas mãos pela minha coxa e afundou suas unhas ali.

-Estou é? - A provoquei indo até seu pescoço e deixando beijos e chupões em sua pele quente.

-Oh, sim. Muito gostosa. - Lisa tirou minha jaqueta e a jogou por algum canto, eu sinceramente não dava a mínima pra onde ela foi arremessada.

Tirei meu rosto de seu pescoço e comecei a beija-la, Lisa tinha um gostoso muito bom... Se eu pudesse ficaria a noite inteira fazendo isso. Com minhas duas mãos fui até seus ombros e tirei gentilmente sua jaqueta a jogando para o lado, não vi onde caiu. Lisa tirou uma de suas mãos da minha cintura e foi até um de meu seios, o apertando me fazendo soltar um gemido contra sua boca.

-Esse seu shortinho... Tá me deixando louca. - Lisa sossurrou no meu ouvido que fez toda a extensão do meu corpo se arrepiar. -Tira esse cropped pra mim, vai... - Lisa segurou a barra do tecido e o puxou para cima, e eu a ajudei a tira-lo.

-Que visão... - Modeu o lábio inferior.

Lisa sem esperar por qualquer reação minha foi até um de meus mamilos e o chupou delicadamente, enquanto apertava o outro com sua mão. Ela deu uma pequena mordida de leve que me fez soltar um suspiro pesado, tombei minha cabeça para trás por conta do prazer e fiquei sentindo sua boca quente em meus mamilos. Lisa segurou em minhas costas e me deitou no pano macio que estava sobre a grama ficando por cima de mim, ainda chupando meus seios levou sua mão que estava apertando o outro até o meus short e o puxou para baixo, não deixando nem minha calcinha presente. Começou a massagear meus clitóris quente que já estava pedindo por atenção.

-Lisa... - Gemi seu nome segurando severamente o pano fino.

-Tá toda molhadinha pra mim, Jen. - Lisa ainda mantia o contato visual comigo, seus olhos estavam escuros e com fogo neles. - Vou te foder tanto que não vai conseguir andar. - Penetrou dois dedos em mim me pegando totalmente de surpresa.

-Puta que pariu, Lisa... - Soltei um gemido baixo e abafado. Ela ia e vinha com seus dedos em mim, as vezes aumentando a estocada e diminuindo.

Lisa tirou seus dedos de mim e os levou até sua boca, sugando qualquer líquido que havia ali. Não esperando muito afundou suas duas mãos em minha coxa e as afastou, tendo um bom espaço para si. Afundou seu rosto em minha virilha e começou a me chupar me tirando gemidos e arquejos durante os períodos em que ela aumentava a velocidade. 

Eu já estava na beira do precipício, meu orgasmo fazendo pressão para fora de mim. -Lisa, eu acho que vou... - Antes de terminar a frase meu orgasmo fez questão de sair. Lisa sugou cada gota que restava, assim tirando seu rosto de minha virilha e ficando por cima de mim novamente.

-Essa noite está longe de acabar, Jennie Kim. - Disse Lisa mordendo o lábio inferior e afundando seu rosto em meu pescoço.

É, está mesmo longe de acabar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...