História I Wish - Neagle - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Gabriel "Neox" Soares, Mike, Pac, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Victor "Eagle" Trindade
Visualizações 72
Palavras 550
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - 32


Dia trinta e seis (tarde)

12:15 pm

Ele, de fininho, foi até à sala, tentando ganhar coragem e abrir enfim a porta.

E foi isso o que ele fez.

A luz estava apagada. Eagle sorriu, não se dando ao trabalho de a ligar. Pensou que fosse mais divertido assim.

O mais novo avistou um corpo de costas para si, não muito no fundo da sala, mas também nem muito perto de si, o fazendo engolir seco.

- É v-você? – a sua voz soou baixinha. O nervosismo era nítido. Ele era capaz de desmaiar a qualquer momento, mas ele não queria desmaiar, ele queria poder conhecer o outro garoto.

- Sou eu, sim – uma voz grave saiu junto a um suspiro, derrotado(?)

Os dois foram se aproximando cada vez mais, não era segredo que Eagle estava nervoso, muito nervoso, tanto que suas mãos até tremiam. Ele estava mais nervoso que o próprio anônimo já não tão anônimo assim.

Eagle, que estava de cabeça baixa, logo a ergueu para olhar o garoto e seus olhos claros se arregalaram. Sua pele tremeu ainda mais do que antes.

- V-você? – sua voz saiu em um sussurro. Não era possível.

Eagle não estava desapontado... pelo contrário, estava feliz, e surpreso, apenas isso. Não era possível que esse tempo todo... oh, deus. Claro, estava tão na cara. Ele deu-lhe todas as pistas possíveis para que Eagle o descobriu-se, e nem assim mesmo ele descobriu. Era lerdo demais para isso, só não pensou que fosse tão lerdo a certo ponto.

Eagle não pôde esconder um pequeno sorriso escapar dos seus lábios. O garoto a sua frente parecia confuso. Então Eagle não estava desapontado consigo? Apenas... um pouco surpreso?

- Porque não me falou? – Eagle perguntou.

- Sejamos sinceros, Eagle, você namorava, além de que eu não iria só chegar perto de você sem mais nem menos e falar que te amo... você surtaria, e tenho a certeza de que não seria no bom sentido.

- É... talvez você tenha razão – ambos suspiraram. Eles estavam próximos, muito próximos – Eu também... – Eagle murmurou, fechando os olhos com força.

- Você também, o quê? – o outro perguntou, confuso.

- Eu também amo você – murmurou. Os olhos do mais velho se arregalaram por completo. Ele não pôde esconder um sorriso escapar dos seus lábios. Céus, estava tão feliz!

- É sério isso? – Eagle assentiu – Sério mesmo?

- Sim, Neox! – ele deu uma risadinha.

- Então, eu... posso? – passou seus braços em volta da cintura de Eagle, que corou, mas permitiu, enlaçando seus braços em volta do pescoço de Neox.

- Deve – aquilo soou como um pedido.

Neox aproximou seu rosto do mais novo e, sem mais delongas, beijou-o. Ele pedia por aquilo à tempos, e agora que tinha o garoto em seus braços, não queria mais o soltar. Não queria o deixar fugir por entre seus dedos.

Neox pediu passagem com a língua e Eagle cedeu-o na hora. Amava-o, e praguejava-se mentalmente por ter demorado tempos e tempos para o descobrir. Descobrir que o cara certo para si nunca foi Michael, e sim Neox. A resposta certa sempre esteve por debaixo de seus olhos, e ele mesmo assim levou tempos para o descobrir.

Eles se separaram com vários selinhos e Neox não deixou de apertar um pouco mais a cintura de Eagle, querendo deixar marca proposital.

E naquela hora eram só eles. Não eram o anônimo e o Eagle, eram apenas o Gabriel e o Victor.


Notas Finais


Maratona: 7/10
Beijão, nos vemos no próximo capítulo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...