História I Wish - Neagle - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Gabriel "Neox" Soares, Mike, Pac, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Victor "Eagle" Trindade
Visualizações 101
Palavras 409
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - 34


Eagle foi correndo escada abaixo, abrindo a porta em segundos. Sua mãe não estava em casa, ela havia entrado pró trabalho às três da tarde – faz pouco tempo – e de lá só sairá às duas da manhã, por estar de plantão. Sua mãe é infermeira em um hospital ali perto.

- Oi – Eagle sorriu doce ao ver o mais velho a sua frente.

- Oi, sweet – Neox deu um beijo em sua testa e Eagle deu-lhe espaço para que entrasse.

- Vem – o mais novo puxou-o pela mão -ou tentou- até o seu quarto. Ele trancou a porta e sorriu cúmplice para Neox, que sorriu de volta, como se já houvesse descoberto o que Eagle queria dizer com aquele sorriso.

- Sabe Neox, você foi muito malvado comigo esses dias – Eagle fez um biquinho – E me deixou carente por dias. Sabe o quão isso é terrível? Hm?

- Uh.. sei, me desculpe, meu baby.. mas o que posso fazer para que você me perdoe, hm?

- Eu quero que você me dê carinho, daddy – Eagle sussurrou em seu ouvido do modo mais sensual possível, fazendo Neox arrepiar-se da cabeça aos pés. Eagle estava o enlouquecendo de um jeito absurdo, e sabe-se lá até onde aquilo iria parar.

- Hm... E-Eagle... você tem certeza disso? Quer dizer...

Antes dele continuar, Eagle soltou uma risadinha fofa.

- Não é como se eu ainda fosse virgem, Neox – explicou. Neox sorriu, avançando nos lábios do menor em seguida. Tinha Eagle só para si agora, e não podia estar mais que satisfeito com isso. Levou, sim, levou tempo para isso, mas valeu a pensa, não foi mesmo?

O garoto riu, ele já podia sentir um certo volume começando a crescer na calça que Neox vestia.

- Merda Eagle – murmurou, jogando o garoto na cama.

- Wow, vai com calma aí, Ne... Ahh! – gemeu alto ao sentir um chupão forte em seu pescoço.

- Como é?

- V-vá com calma, d-daddy – pediu, manhoso. Neox sorriu, passando as suas mãos curiosas pelo corpo todo de Eagle.

- Porquê tão perfeito, baby? – beijou-o desta vez calmamente – Tão meu...

- Sim, daddy, eu sou só seu – murmurou no ouvido de Neox.

- Apenas meu – Neox rosnou, apertando a cintura de Eagle.

Eagle vestia somente uma blusa larga que era, provavelmente, de Neox, já que ele uma vez a deixara lá – sem detalhes desse dia –, e uns shorts curtos, muito curtos, de tecido fino. Era gostosura demais para uma pessoa só, e Neox sentia-se a pessoa mais sortuda por ter alguém como Eagle do seu lado.


Notas Finais


Maratona: 9/10
Beijão, nos vemos no próximo capítulo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...