História I Wish - Neagle - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Gabriel "Neox" Soares, Mike, Pac, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Victor "Eagle" Trindade
Visualizações 84
Palavras 730
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - 39


Definitivamente, hoje não estava sendo uma noite fácil. Ah, não estava não.

Eagle não parava de chorar sem parar, enquanto o namorado a todo custo tentava o acalmar. Estavam na casa do mais novo, já que sua mãe estava de plantão.

Neox tentava a todo custo tirar-lhe aquelas coisas na cabeça, mas Eagle era teimoso. Teimoso até demais.

- CALA A BOCA! – Eagle pediu entre lágrimas. Seu namorado tentou aproximar-se, mas ele esquivou-se rapidamente – SE VOCÊ TENTAR VOLTAR A TOCAR EM MIM, EU DOU NA SUA CARA E AINDA ESFREGO A SUA CARA NO ASFALTO!

- Eagle... para de ser assim, você sabe que eu jamais seria capaz de trair você. Eu não sou o Michael, tá bom?! – Neox elevou o tom de voz, fazendo o menor se encolher. Ele parecia uma bolinha encolhida na cama – Eagle, eu...

- Não! Só... m-me deixa...

Neox abaixou a cabeça, saindo do quarto rapidamente. Mas ele não saiu, não seria capaz de deixar seu pequeno sozinho, ainda mais grávido, sendo que era ele o pai dessa criança.

Discou o número de seu melhor amigo. Ele saberia o dar conselhos, certo?

Um, dois, três toques, e por fim ele atendeu.

- Hmm.. Neox?

- Pac, tá ocupado?

- Não.. porquê? – Neox podia ouvir alguns murmúrios do outro lado da linha, junto a Pac, então deduziu que ele não estivesse sozinho. Provavelmente Cellbit estaria com ele, já que agora namoravam.

- E-eu preciso da sua ajuda, cara. O Cellbit tá ai com você?

- Tá, mas porque?

- Aí caralho... é o seguinte, o Victor não para de chorar. Você viu que hoje tinha uma garota sempre do meu lado, lá na escola, né? – Pac murmurou um sim – Então... ele acha que eu tô traindo ele com ele e que ela é uma idiota, o que de tudo não é mentira. A verdade é que eu nem gosto dela, ela sempre foi obcecada por mim, você lembra da Laura? – Pac concordou – Então... ela é completamente louca, mas eu não traí ele com ela. E agora ele não para de chorar. Ele quase jogou o abajur em mim!

- Eita.. o negócio aí tá sério mesmo então, em? Enfim, escute bem, é normal, ele está em uma fase difícil. Podem muito bem ser os hormônios que estão tomando conta dele, o que é muito mais provável. Enfim, tente acalmar-lhe da maneira mais calma possível, okay? Qualquer coisa liga pra gente.

- Okay. Valeu aí, Pac.

- De nada. Tchau.

- Uh.. okay, tchau.

A ligação ali encerrou. Neox suspirou derrotado, voltando a subir as escadas.

Ele abriu a porta do quarto e encontrou Eagle ainda chorando. O seu choro era alto, dava para se ouvir de lá debaixo.

- Eagle...

- O que tá fazendo aqui ainda? – perguntou choroso.

- Olha Eagle, será que podemos conversar normalmente? – pediu. Eagle olhou-o desconfiado, mas mesmo assim assentiu – Primeiro, porque isso não faz bem para você e nem ao bebê, já que tudo o que você sente, todas as emoções, ele também sente. Segundo, eu não traí você, okay? A Laura é obcecada por mim, ela é louca, mas ela tem que entender que eu gosto da mesma fruta que ela – Neox foi explicando, enquanto acariciava as mãos de Eagle, que com o tempo, seu choro foi acalmando – Sente-se mais calmo? – perguntou com a voz calma.

- S-sim... – ele se jogou nos braços do maior, abraçando-o – M-me desculpe... por não ter ouvido você. Eu...

- Hey, calma, já passou, tá bom? Hm?

- O-okay...

- Vamos dormir, tá bom? E nada de chorar, seus olhos não combinam nada com as lágrimas – Eagle corou fortemente, fazendo Neox rir baixo, puxando o namorado para si – Você é tão mais fofo ainda do que já é quando tá grávido, parece que fica mais sensível e essas coisas. Vou mimar muito você, sweet – ele beijou o garoto calmamente, sentindo-o arrepiar-se com o toque em sua cintura.

- S-seu bobo! – ambos riram – Eu amo tanto você, Daddy, tanto que chega a doer.

- Não se preocupe, baby, eu jamais seria capaz de machucar você.

- Tá, agora vamos que tô com sono.

- Ah, você é muito sem graça, sweet, de repente muda de humor de um segundo pró outro – Neox falou aquilo só para provocar o namorado, que ameaçou chorar, resmungando algo que não fora capaz de ouvir.

- Cala a boca, seu insensível – ele fingiu estar bravo e chorar. Neox abraçou-o pela cintura de modo possessivo, rindo.

Ambos dormiram minutos após, quando as respirações de ambos começavam a ficar cada vez mais calmas e silenciosas.


Notas Finais


Último capítulo em breve, já tô com saudades :(
Beijão, nos vemos no próximo -e último- capítulo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...