1. Spirit Fanfics >
  2. I Won't Mind >
  3. Capítulo Único

História I Won't Mind - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Essa fanfic foi escrita a mais ou menos dois anos atrás e eu não alterei nada, apenas mandei para betagem e estou repostando.

Obrigada a Camilla fada das edições pela capa incrível e a Nath (@byuncifer) pela betagem maravilhosa e sempre estar disposta a ler minhas loucuras.

Capítulo 1 - Capítulo Único


I Won't Mind — Zayn

Chanyeol sentia um pequeno incômodo nos olhos, não por um motivo sério, ele apenas se encontrava sentado em umas das nove cadeiras posicionadas milimetricamente no centro do palco. Observava tudo atentamente, nada passava despercebido por suas grandes orbes escuras e curiosas.


E com nada, ele quis dizer que o olhar alucinado das fãs a sua frente não lhe passava despercebido, o olhar exasperado e ansioso delas lhe sufocava, a luxúria o incomodava. Park não julgaria ninguém, também se sentia afetado pela cena que estava acontecendo diante dos seus olhos.


Lá estava ele, Oh Sehun, com seus 1,83 de altura, seus ombros largos e sua total habilidade de bagunçar o psicológico de qualquer ser humano comum.


Ele demonstrava alguns passos de dança enquanto uma música qualquer tocava no fundo. O Park não fizera questão de prestar atenção nisso, na verdade, não prestava atenção em nada, não quando havia alguém tão inumanamente bonito dançando sensualmente em sua frente.


Park não se importava com nada no momento.


Isso acontecia constantemente, quando seu psicológico era posto a prova como naquele momento, Chanyeol tinha lapsos de insanidade e imaginava coisas absurdas.


Era em horas como aquela, com o mais novo dançando tão insanamente, bem na sua frente, que o mais velho se permitia pensar como seria a sua vida se, por um acaso, seu relacionamento com o moreno viesse a tona, como ficaria sua carreira depois de todo o escândalo.


Isso poderia acabar com sua carreira e a das outras oito pessoas que trabalhavam consigo, mas Chanyeol não se importaria se algo assim acontecesse. Pagaria pra ver a reação dos seus fãs se fossem pegos no ato de suas predições, se fossem vistos em sua forma mais deplorável e maravilhosa.


Chanyeol não se importaria em ser visto ajoelhado em um dos quartos de hotel enquanto tinha sua garganta sendo fodida tão profundamente a ponto de não conseguir respirar. Não se importaria em ser ouvido implorando coisas como "me sufoca com seu pau" ou, até mesmo, "me deixa engasgar em você ao menos uma vez", eram coisas insanas e sujas, mas que no momento do ato, não eram tão intolerantes assim.


Park não era autorizado a falar sobre isso, mas ele não se importaria se todos soubessem o quão bem era fodido.


Não se importaria se todos vissem as milhares de formas e posições que era colocado e depois fodido, forte e profundo, tão fundo a ponto de ver estrelas, sendo empurrado cada vez mais para beira de um precipício e alcançando o êxtase de um orgasmo.


Droga, soava tão egoísta. Chanyeol não era egoísta, definitivamente, não.


Mas se pudesse pagar para ver até onde isso iria, o Park, com certeza, pagaria o dobro ou até mesmo o triplo.


Só queria que as marcas das mãos possessivas de Oh Sehun ainda estivessem lá no final da noite, enquanto sentia o final de sua coluna formigar e os braços quentes do seu amado lhe abraçarem, dissipando todo o resquício de insegurança e medo.


Porque se Park Chanyeol fosse fodido por Oh Sehun, e no final da noite ainda estivesse no meio de uma bagunça de lençóis e com o coração batendo rápido como todas as outras vezes, ele, definitivamente, não se importaria.



Notas Finais


Obrigada por quem leu até aqui e ouçam essa música perfeita que o Zayn descartou e eu nunca vou perdoar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...